Posse de bola no Facebook

Translate

quinta-feira, maio 12, 2016

A minha equipa da época 2015/2016

Na equipa do ano destaco alguns jogadores que mesmo não tendo minutos ao nível de outros, tiveram um grande impacto na forma como entraram nas respectivas equipas, não deixando margem para dúvidas sobre a sua imensa qualidade na posição que ocuparam.

Treinador: Jorge Jesus. A sua equipa foi a que melhor se apresentou em todos os momentos do jogo em Portugal, dado que não espanta mesmo sendo o seu primeiro ano com os jogadores do Sporting.

Treinador Adjunto: Paulo Fonseca. O seu Braga passeou qualidade pelos relvados portugueses. Sendo que não tem a qualidade individual de outrora, o trabalho para sair a construir desde os centrais, e a qualidade do jogo interior, é de assinalar.

Sistema de jogo 1x4x4x2 do Sporting.

Guarda-Redes: Ederson. Há que destacar o controlo e a segurança que deu à equipa, nos detalhes em que outros que jogam em grandes não são tão fortes. Controlo do espaço atrás da linha defensiva. Controlo dos cruzamentos. Bolas paradas. Posicionamento.

Lateral Direito: Layun. Qualidades ofensivas e físicas marcantes. Do ponto de vista técnico do melhor que se pode ter na liga, e num grande, para jogar como lateral.

Lateral Esquerdo: Bruno César. Pelo seu perfil técnico, e pelo que consegue fazer com bola. Pela forma como acrescentou imensa qualidade sempre que foi chamado a jogar como lateral. Tem características para o jogo que um grande joga.

Defesa Central: Jardel. Dentro do que vem fazendo nos últimos anos, com a diferença de ter sido obrigado a liderar (ao nível dos comportamentos tácticos) depois da lesão de Luisão. Monstro fisicamente, e nos duelos individuais, pelo ar, ou no um contra um. Velocidade, concentração.

Defesa Central: Lindelof. Não é fácil chegar e afirmar-se como o melhor central da liga. Qualidade defensiva ímpar. Características físicas que o ajudam a chegar primeiro, a chegar mais rápido, a ganhar mais vezes. Inteligente na forma como se coloca em campo. Falta perceber se a qualidade ofensiva que tem sem pressão, se mantém quando pressionado. Ainda assim, a afirmação foi evidente.

Médio Defensivo: Adrien. Que grande época. Conforme foi sendo dito aqui, e noutros espaços, o que faltava ao médio português era jogar num modelo de exigência, que lhe mostrasse o caminho do ponto de vista ofensivo e defensivo. Sendo que é um jogador abnegado, e concentrado, o foco nas tarefas lhe iria fazer perceber melhor o que fazer, como fazer, e quando fazer. Hoje, é um jogador muito mais perto do potencial que se lhe previa quando era mais jovem, como médio mais recuado, a iniciar a construção, e a parar a transição. A ajustar com os defesas, e a procurar colegas em zonas mais adiantadas. Na próxima época, a continuar com a mesma qualidade de treino, será ainda melhor.

Médio Centro: João Mário. Não é surpresa para ninguém a qualidade e inteligência do médio do Sporting. Com bola sempre soube tudo. O como, e o quando. Joga em qualquer posição do meio campo e do ataque, sempre com grande percepção do que fazer tendo em conta o espaço que ocupa. Inteligente como é, aproveita-se do posicionamento dos colegas para fazer a equipa chegar mais perto. Melhorou muito sem bola, ofensiva e defensivamente. Hoje é uma das grandes referências em Portugal, como já o devia ser há muito.

Médio Ala: Bryan Ruiz. Criatividade e qualidade técnica como o Sporting não via há muito. Não se distingue pelos seus atributos físicos, apesar de encorpado. Faz o jogo jogar-se como ele quer, ao ritmo que lhe interessa. Joga com as dificuldades dos colegas, colocando-os quase sempre na melhor situação possível. Nos espaços reduzidos, há poucos com tanta qualidade no nosso campeonato.

Médio Ala: Rafa. O factor mais do Braga. Tecnicamente muito dotado, e hoje com a confiança suficiente para se movimentar e para decidir como gosta. Melhor com espaço do que sem ele, mas hoje procura mais associar-se do que no passado. Conduz como os grandes, ainda que no pormenor nem sempre coloque a bola onde deve (espaço, pé, etc).

Avançado: Jonas. O homem que decide o campeonato. Incrível a forma como consegue participar no jogo sempre com qualidade. Sempre a fazer de quem joga ao seu lado melhor, sem ligar muito a notoriedade. Este é o campeonato de Jonas, pela criatividade, pela qualidade de execução, pela qualidade na construção, e pela finalização. Surpreendente a época que fez individualmente.

Avançado: Slimani. Com chegada de Jesus previam-se mil golos, e cumpriu. O potencial pela agressividade com que finaliza, pela ferocidade com que trabalha nos momentos defensivos, num modelo exigente sempre esteve lá. Das dificuldades iniciais, típicas de quem não era obrigado a jogar mais do que uma fase ofensiva do jogo, para uma maior competência na relação com os colegas na criação e por vezes até na construção. Mais conhecedor das suas limitações, e do que pode ou não fazer, é hoje um jogador mais completo. Já não se pode dizer que é só golos, apesar de continuar a ser esse o seu ponto forte. Evolução tremenda, que se espera que melhore ainda mais com mais tempo de treino de grande qualidade.

Suplentes: Rafael Bracalli, Coates, Maxi Pereira, Renato Sanches, Pizzi, Brahimi, Mitroglu.

46 comentários:

Blessing disse...

Lá fora

Treinador - Sarri
Tr Adj - Tuchel

1433

Gr - Oblak
L.dir - Daniel Alves
L.esq - Daley Blind
Cent - Hummels
Cent - Vertonghen
M.def - Busquets
M.ofe - Iniesta
M.ofe - Mkhitaryan
Av - Neymar
Av - Messi
Av - Morata

Sup: Neuer, Lahm, Pique, Rabiot, Modric, Reus, Griezmann

Barbosa disse...

João Mário, Ruiz, Rafa e Jonas. A violência que isto era!

André Gomes disse...

Boa tarde,

Se estivermos única e exclusivamente virados para a vertente futebolística dentro das quatro linhas, vou concordar com quase todas as escolhas. No entanto, o futebol não é apenas e só isso. Como tal, faria as seguintes alterações:

Treinador adjunto -> Rui Vitória por Paulo Fonseca. Não que o atual treinador do Braga não mereça o prémio, mas o Rui Vitória merece mais. Pelo peso que teve o seu antecessor, pelo trabalho árduo que teve no início (sendo que, algum dele, não foi culpa do próprio) e como conseguiu contornar a situação. E de referir que o futebol dele melhorou imenso desde então. Principalmente na linha defensiva.

Relativamente ao onze escolhido, faria duas alterações:

Danilo Pereira por Adrien, apesar de perceber a vossa escolha. E Mitroglou por Slimani. Estranha-me aqui que não tenham escolhido o grego. Porque, efetivamente, vocês percebem muito da poda. E o grego, pela qualidade que demonstrou em campo, merecia mais o lugar no onze do que o Slimani.

Cumprimentos

Barbosa disse...

Creio que a escolha do Slimani terá tido mais a ver com a evolução do que propriamente com ter mais ou menos qualidade que o mitro, mas isso o autor é que pode elucidar.

De facto quando vi o Adrien na lista também fiquei um bocado reticente, porque ofensivamente existem sempre demasiadas situações em todos os jogos, em que o médio estraga jogadas com imenso potencial. Mas a verdade é que naquela posição também não há ninguém na liga que, sendo melhor nesse aspecto, seja significativamente superior em tudo o resto. No fundo trocá-lo por Danilo, William ou Fejsa, é ganhar umas coisas e perder outras, por isso acho que até acaba por ser uma escolha acertada. Principalmente tendo em conta o resto do 11 - JM, Ruiz, Rafa e Jonas, o Adrien nem que quisesse conseguia estragar.

Pedro disse...

Fejsa no lugar de Adrien. Nem devia ter discussão. :)

Bruno César um pouco puxado mas tudo bem.

Unknown disse...

Parece-me bem a equipa. Só tenho dúvidas em relação ao Bruno César, mas a verdade é que pouco vi dele a LE.

O Jonas mesmo sem ser campeão será o MVP distanciado da Liga. Pelo que marca (31, a sério??), pelo que assiste (deve ter mais de 10) e por tudo o resto que dá ao jogo ofensivo do SLB. Defensivamente também trabalha muito bem.

Ricardo disse...

roftlol !

R.B. NorTør disse...

Eu percebo um pouco mais disto do que da pesca do bacalhau, mas não muito mais, daí que, para perceber o Slimani em vez do Mitro recuo a um post no LE, aquando da mudança do JJ, que previa que Slimani seria o maior beneficiado com o novo treinador. Acabou por ser o segundo, porque João Mário explodiu!

Face à subida de forma e porque isto não é fazer um 11 para jogar, mas dar relevo a quem se destacou, "aceito" a inclusão. Mas, como o André, acho que o Mitro mostrou ser mais jogador, sendo um parceiro de quem Jonas gostaria muito mais.

Concordo inteiramente com o PF e só lamento que não tenha um Ferrari para conduzir. Se com aquele plantel do Braga anda a discutir títulos, com mais e melhor seria para sonhar!

Não sabia que o Bruno andava a jogar como lateral. Muito me contas!

Blessing disse...

André, não acho o Slimani melhor que o Mitro, ou o Adrien melhor que o Neves, ou o Rafa melhor que o Pizzi ou que o Brahimi. Sequer acho o Bruno melhor que o Maxi. Se tivesse que fazer um 11 com aqueles que eu acho que são os melhores, seria muito diferente!

Pedro, também acho puxado sinceramente. Qual seria a tua opção, já agora?

Unknown, eu também tenho dúvidas. Qual seria a tua opção?

R.B, sim. Jogou alguns jogos. Quanto ao Mitro, prefiro-o ao Slimani. Mas este não é o onze das minhas preferências como bem disseste.

m1950 disse...

Boa tarde.

Ali nas laterais mantinha apenas a ordem normal e metia Maxi e Layún do lado onde jogou , mas de facto foi impressionante e deixa a imaginar o que jogará do seu lado. Se o Porto não acionar a sua compra devido a um possível ingresso de Ricardo , é uma excelente opção para o Sporting ou Benfica.

No que toca ao Bruno César , penso que o Schelloto apesar de ter muitas dificuldades na relação com a bola teve mais impacto que o Bruno César , pela profundidade que oferece e que o Sporting não tinha com João Pereira. Não sei até que ponto não terá sido um erro de Jesus em deixá-lo no banco no derby. Para o futebol português é mais que suficiente em termos ofensivos , defensivamente está com o treinador certo para aprender.

De resto concordo plenamente com 11 , principalmente com a apreciação ao Lindeloff que é um jogador de uma categoria muito acima da nossa Liga , vamos ver até pode chegar , penso que estamos perante um jogador de topo a curto prazo.

No banco - Iuri Medeiros no lugar do Brahimi. Foi one man army no Moreirense que apesar de ter um elenco com qualidade técnica , andou-se a arranhar.

Unknown disse...

É uma posição que não consigo ter opinião pelo que te disse no comentário. :D

cobra2 disse...

Todas as opções são válidas para mim com excepção do Bruno César. O Maxi calçaria num 11 do Jesus sempre e com o Layun à esquerda.
De resto acho que é um pouco ela por ela, Mitro/Slimani, Fesja/Adrien, Rafa/Brahimi.

Ricardo Fernandes disse...

Custa-me o Pizzi não estar na lista principal, mas a concorrência ao lugar é muito forte. No entanto, Pizzi é mais jogador que Rafa. Acho eu, embora jogando Rafa ao lado de Jonas, não sei que tipo de monstro se poderia tornar.

Quanto a laterais, sendo esta uma análise da época e embora haja a ressalva inicial, falta a Bruno César jogos com maior dificuldade defensiva para saber se realmente é solução para o lugar. Eu escolheria, Almeida ou Maxi.

Joao Migueis disse...

Concordo com o onze apresentado, na generalidade mas creio que deixar Gaitán, o extremo com mais assistências do campeonato, de fora (nem no banco?!) é um crime! Até porque é peça fundamental do melhor ataque da Liga.
Em relação à posição de médio defensivo, concordo que a evolução de Adrien foi enorme e até um pouco surpreendente mas o impacto de Danilo Pereira no FC Porto e Renato Sanches no Benfica, não podem ser descurados neste exercício. Por último, na posição de lateral-esquerdo, parece-me claro que Eliseu, Maxi ou até Zeegelar merecem mais a convocatória do que Bruno César.
O meu 11:
Ederson
Maxi
Lindelof
Jardel
Layun
Danilo
J.Mario
Gaitan
B. Ruiz
Jonas
Slimani

R.B. NorTør disse...

@Ricardo Fernandes, Rafa é um monstro. Arrisco dizer que se o Pizzi tivesse de concorrer com ele teria metade dos minutos ou assim.

Quanto ao Bruno César, como não sigo o SCP regularmente (aliás, desde Janeiro praticamente só sigo o SLB e ainda assim a custo), acho que perdi os jogos dele a lateral. Acredito no entanto, pelas características, que tem sucesso no SCP nessa posição. É um jogador do treinador e se o JJ até começa a treinar para Redes.

Arrenka disse...

Elderson;
Maxi, Jardel; Lindelof; Layun;
Fejsa
Brayen Ruiz; João Mário; Gaitán;
Jonas, Mitroglou

Sup. Patrício; Zegellar; Coates; André Almeida; William; Renato Sanches; Rafa; Pizzi; Brahimi; Slimani

Treinador: JJ - mestre da tática, parecendo menos competente na vertente motivacional
adjunto: Rui Vitória - menos competente na vertente técnica, demonstrou ser uma pessoa inteligente, sabendo utilizar a pressão adversária (extra futebol) como forma de motivação e união dos jogadores. Contudo, demonstrou aidna ter aprendido com alguns dos seus erros no início do campeonato, colocando sempre os melhores à sua disposição, conseguindo colmatar algumas das falhas posicionais e de comportamentos menos assertivos relativamente ao início da temporada (ex. maior jogo interior - ajudou o tipo de jogo dado pelo Renato - menos fixação pelo cruzamento ineficaz e infrutífero; dando maior abertura à criatividade dos melhores jogadores e com melhoria franca da linha defensiva e abordagem aquando na organização e transição defensiva).

Mérito até algumas jornadas atrás para o jogo do Braga, tendo decaído um pouco de rendimento, com um super Rafa a pautar o jogo da sua equipa (como dito, necessita de alguma melhoria técnica a nível de passe, mas com muita criatividade e critério com bola e ótima condução da mesma).


Menção para Corona, que desiludiu, Carrillo que não foi a jogo (muito bons jogo no início) e para o regresso de Sálvio aquém das expectativas (menos fulgor, mantendo algumas dificuldades táticas).

bio disse...

Blessing, andas triste com o William.

Vá, façam as pazes...


Percebendo o contexto em que fazes o 11, fazem sentido algumas escolhas. Bom post.

Gonçalo Mano

Gonçalo Matos disse...

Blessing,
Que achas do defesa esquerdo do Arouca?eu acho que tá ali uma bomba principalmente pelo impacto qur tem nas bolas paradas.

Em relação ao Bruno César, sinto que é um lateral que tráz coisas estranhas que os outros não fazem mas eu adoro essas estranhezas. A qualidade qur ele traz na construção e criação é linda

Edson Arantes do Nascimento disse...

A lateral-esquerdo acho risível seleccionar o B. César.

Mas enfim, o autor decide quem bem ele quiser. Eu colocaria o Eliseu ou outro qualquer (Layun), menos o Jefferson, claro :-), até porque se "não é para meter os que eu gosto" então fico um bocado confundido. O B. César só pode entrar aqui porque é um dos que o autor gosta. Não há outra razão objectiva.

Sobre a restante equipa: para mim o jogador do ano da I Liga foi... o Iuri Medeiros. Sim! Portanto, uma equipa de 18 jogadores que não refere o Iuri Medeiros é para mim uma falácia, naturalmente.

Pedro disse...

Blessing,

Acho que BC jogou tão pouco a lateral que me parece puxado colocá-lo num onze da época.

bio disse...

Eu bem tento explicar isso aos meus amigos...

"mas não é alto"
"o Marvin corre muito mais"
"o Jeff cruza muito melhor"

Se eu tivesse cabelo, arrancava-o....

PS: não acho que ele traga estranheza, traz é carradas de critério, traz segurança na posse, traz qualidade, coisa a que os sportinguistas não estão habituados nas suas laterais...

Blessing disse...

Pedro, não respondeste à minha pergunta. Eu disse-te que concordava que era puxado.

Edson, eu até podia dizer que concordo com o que disseste. Porque como disse a outros, também acho duvidosa e puxada essa escolha. Que foi feita tendo em conta tudo o que ele deu, e que mais ninguém dá, como defesa esquerdo. O bio ali em cima explicou bem. De resto, é tão por gostos isso como a escolha do Layun para defesa direito. Creio que jogou menos jogos aí, do que BC como defesa esquerdo, se for esse o critério.

Quanto ao Iuri, jogador que gosto mesmo muito. Aliás, há por aí etiquetas com o nome dele, por aqui ou pelo LE, tirando os jogos com os grandes em que jogou, não vi mais nada dele. Quem é que viu mais do que 4 jogos do Iuri? Eu não vi. É isso que eu acho risível. Meter um jogador do qual vi 4 jogos,e tentar imaginar o que fez nos outros 24. Vi mais jogos do Bruno César a lateral, do que do Iuri na época toda. Portanto, falácia seria colocar ou falar de um jogador cujos jogos vi muito poucos. O resto, é o que cada um disser. Já ouvi dizer que há vida para lá dos grandes. Mas não ouvi ninguém dizer quantos jogos viu do Moreirense, do Boavista, ou do Nacional.

bio disse...

Eu adoro o Iuri, mas admito que vi mais jogos dele no euro sub 21 (onde foi suplente) do que no moreirense...

Acho que acaba por ser uma pena, e aqui falo por mim, esta falta de cultura desportiva.

Vejo os três grandes e depois passo o tempo a ver Dortmund, Barcelona, Real, Atlético (aqui só para malhar no Diego...),etc...

O Edson anda preocupado com o jogo contra o nacional ;) mas discordo de ti, gosto de ver o Bruno César a defesa esquerdo.

Não será também um sinal que o Chiclas está a mudar aos poucos? Este gajo está longe do típico perfil JJ.

Pode ser que nós vejamos mais o Iuri para o ano. Queira ele e queira o cabeçudo do treinador.

Gonçalo Mano

rochacj85 disse...

Blessing,

Morata á frente de Ronaldo? Pode não ser o mais forte a criar, mas é monstruoso a executar. Os golos e estatística não dizem tudo, mas caramba, já são 50 golos esta época. Nem o metes no banco... A equipa dele está na final da champions e está a discutir o título contra o melhor grupo de jogadores do mundo!

Mas mais interessante para mim: Morata à frente de Reus? Porque?


Blessing disse...

rocha, podes usar o mesmo argumento para o Suarez (o do Ronaldo). Na minha opinião, e não é de hoje porque pode-se pesquisar aí nas etiquetas o que eu achava do Morata, onde ele ia chegar, evoluiu tanto com a exposição a titular numa equipa que lute por títulos, que hoje é top3 na posição dele. Daí o destaque. Tem qualidade nas acções todas, tem qualidade técnica muito boa, fisicamente é monstro, É incrível.

quanto ao Reus, teria que entrar por Neymar ou por Messi, e tendo feito mais uma época extraordinária, não fez, para mim melhor que nenhum desses. Aliás, Neymar é para mim a grande sensação da época. Não esperava que em tão pouco tempo se colocasse tão perto dos deuses. E já é, para mim, um dos três melhores jogadores do mundo.

Benfiquista Primário disse...

Ederson;
André Almeida, Lindelof, Jardel e Layun;
Fejsa;
João Mário, Brian Ruiz, Nico Gaitán;
Jonas, Mitroglou

No banco Rui Patrício, Mini Pereira, Adrien, Renato Sanches, Pizzi, Rafa e Slimani.

E só não tenho dúvidas na dupla de avançados...

RG disse...

Ederson - Pela afirmação de qualidade que fez
Maxi - Menos fulgurante mas ainda assim muitas vezes o melhor do FCP
Jardel - Excelente época onde, e já vem da época passada, disfarçou lacunas
Coates - Independentemente de apenas ter feito metida da época é um central que veio dar outra estabilidade. Forte no jogo aéreo e a demonstrar qualidade na saída de bola.
Layun - Não o conhecia e foi uma bela surpresa
Adrien - A demonstrar um grande crescimento com JJ
João Mário - Para mim o melhor médio a actuar em Portugal
Rafa- Ano da afirmação
Pizzi - Pensei em Ruiz, mas penso que Pizzi teve maior preponderância na grande série de vitórias do SLB do que Ruiz na do SCP
Jonas - Muita classe
Slimani - Evolução....muita evolução

Banco: Patricio, Lindelof, Bruno César, Danilo, Sanches,Ruiz,Gaitan, Mitroglou.

Treinador: JJ
Adjunto: Miguel Leal. Moreirense com mais dificuldades esta época mas do pouco que vi, ainda com bons princípios.

RG disse...

Lá fora e apenas baseado no que fizeram na época e alargando a outro tipo de ideia:

Treinador: Sarri
Adj: Paulo Sousa

Oblak
Carvajal
Hummels
Alderweld
Vertonghen
Kante
Iniesta
Mahrez
Messi
Neymar
Higuain

Neuer,Godin,Lahm,Dier,Modric,Griezmann,Vardy

Blog de Portugal disse...

Pera aí, na equipa ideal lá fora, não entra o Alaba?

NSC disse...

Não é por nada, mas não colocar o treinador que bateu o record de pontos no campeonato nem no banco é um bocadinho estranho.

Blessing disse...

Blog de Portugal, acho que não escrevi lá o nome dele loool. Na minha opinião não fez uma época especial.

NSC, que seja. A ver como se controla as variações mentais na próxima época.

João Alveirinho disse...

As minhas equipas:

Gr - Oblak
L.dir - Daniel Alves
L.esq - Marcelo
Cent - Hummels
Cent - Alaba (sim, às vezes joga a DE)
M.def - Busquets
M.ofe - Coutinho (aqui podia ser modric ou iniesta)
M.ofe - Douglas Costa
Av - Neymar
Av - Messi
Av - Suarez

Portugal:

GR- Ederson/Patricio
L.dir - Almeida
L.esq - Layun
Cent - Jardel
Cent - Lindelof
MD - João Mário
MC - Adrien
MC - Fejsa
ME - Ruiz (podia ser Gaitan ou Rafa)
AC- Jonas
PL - Slimani

João Alveirinho disse...

Lá fora:

Gr - Oblak
L.dir - Daniel Alves
L.esq - Marcelo
Cent - Hummels
Cent - Alaba
M.def - Busquets
M.ofe - Coutinho
M.ofe - Douglas Costa (Modric/Iniesta)
Av - Neymar
Av - Messi
Av - Suarez

Portugal:

Gr - Ederson/Patricio
L.dir - Almeida
L.esq - Layun
Cent - Jardel
Cent - Lindelof
MC - Fejsa
MC - Adrien
MD - João Mário
ME - Ruiz/Gaitan/Rafa
Av - Jonas
PL - Slimani

RS disse...

Blessing, parabéns também pelo teu título! Falta a taça!

Tiago Stuve Figueiredo disse...

Sou portista, anti benfiquista. Colocar se um treinador que fez um campeonato pior que p Sérgio Conceição e ficou a trinta pontos do primeiro, 28 do segundo e 15 do terceiro à frente do Rui vitória é Mt engraçado

NSC disse...

Não sei como se vai controlar, pois não sou adivinho. Mas quase que aposto que sei quem, apesar de tudo o que se passou este ano, não aprendeu nada.

Já agora: a ser verdade a afirmação do Vítor Pereira (um dos favoritos PB e LE) quando saiu do Porto, de que gostaria de saber quem é que ganharia em Portugal um campeonato com o JJ cá, parece que já há resposta.
Mas, como convém dizer, foram os jogadores que ganharam o campeonato.

Pedro disse...

Não vejo jogos de outras equipas em quantidade suficiente para encontrar outro nome que não seja Eliseu.

Blessing disse...

NSC, são sempre os jogadores a ganhar o campeonato. Agora, a forma como ganham é que define o resto. Quanto ao Vítor Pereira, ele disse quantos campeonatos queria ver o Porto ganhar sem ele, e com Jesus cá. Em 3-0.

Blessing disse...

RS, obrigado!

Vasco, por que não Vardy, Kane, Ibra, Suarez?

R.B. NorTør disse...

A questão daquilo que se aprendeu para mim é o que justifica a continuidade do RV. O futebol colectivo do Benfica está longe do rolo compressor, mas está também a anos luz do que era o futebol do próprio Benfica até meados de Dezembro. Se isso se deveu a "controle das variações mentais" vamos ver.

Face ao que fizeram pelas suas equipas, PF e JJ merecem o top de treinadores. Se a única coisa que RV tem a seu favor é bater o recorde de pontos de uma forma, até ver, pontual, então é uma fraca candidatura. É como dizer que o Pena, como foi uma vez melhor marcador do campeonato foi um PL de eleição!

bio disse...

Eish o Pena, foste buscar essa ao baú dos tesourinhos ;)

Gonçalo Mano

rochacj85 disse...

Este ano estive sem Sport Tv, pelo que o meu 11 lá fora pode ter/ tem mais a ver com preferência de estilo do que propriamente com o que se passou esta época.

GR - Neur (Sempre Neur)
LD – D. Alves
LE – Alaba
DC – Hummels
DC – Não tenho preferência óbvia
MC – Busquets
MC – Iniesta
MO – Deus
AV Esq – Neymar/(Hazard versão época 2016/2017)
Av Centro – Aguero/CR7/Reus
Av Dir – Silva (Na minha equipa até lesionado…)

viciadoemfutebol disse...

Do onze nacional apenas tirava o B Cesar e deixava na esquerda o Layun , na direita o Judas Maxi e colocava na baliza o Rui Patricio tendo em conta que este fez a época toda e esteve em muito bom nível.

A grande pena esta época foi a descida de divisão do Rayo Vallecano ,. fala-se do nome do Paco pro Valencia pro ano , assim espero...

Vasco disse...

Gostaria mesmo de saber o porquê de Morata e não Dybala? Não pergunto sarcasticamente, só para aprenderl

Blessing disse...

Eu já justifiquei o porquê da minha escolha. Não vou justificar o porquê de não de "todos os jogadores do mundo"

Miguel Pinto disse...

O gelson entrava na minha equipa, na pior hipótese a suplente. E faria parte das minhas escolhas para o europeu em vez do renato sanches. Foi uma das maiores afirmaçoes deste campeonato e será um grande trunfo do scp para a próxima época.