Posse de bola no Facebook

Translate

sexta-feira, abril 01, 2016

Paulo Fonseca leva o futebol à Luz, mas deixa os três pontos.

É dessa forma que analiso a primeira parte do Braga na Luz. Muito trabalho do treinador em todos os momentos do jogo.

No ofensivo: Saída de bola pelos três corredores. Com um dos médios a baixar para junto dos centrais, permitindo a projecção dos laterais. A tentar sair sempre. Mesmo que pressionado, a simular situação onde joga longo e a baixar rapidamente para receber. Utilização dos apoios frontais. Laterais em largura e profundidade quando O SLB baixa para defender atrás do seu meio campo. Alas dentro. Avançados a provocar constantemente na profundidade, mas também médios ala. Alas a alternar entre o jogo interior apoiado e a ruptura. Envolvimento dos avançados com a bola no seu corredor.

No defensivo: Reacção à perda. Sectores juntos e compactos, não permitindo espaço entre linhas. linha defensiva com bons timings de profundidade e de subida. Referências zonais. Avançados a fechar primeiro e a pressionar depois. Médios a não deixar enquadrar.

A diferença de processos foi evidente. Infelizmente para o treinador do Braga ainda são os jogadores a jogar. Ele não pode não cometer erros por eles, nem tão pouco meter a bola na baliza e escolher onde meter o passe. Com ou sem estratégia de um lado e do outro, não houve razão nenhuma que não os erros individuais, a diferença de qualidade individual, que justificasse a vantagem do Benfica ao intervalo.

7 comentários:

DC disse...

Eu continuo a ver a mesma saída de bola péssima que via no Porto. E a desejar sinceramente que assine pelo Benfica o mais rapidamente possível.

NSC disse...

A linha defensiva do Benfica, enquanto o André Almeida esteve na lateral, não foi inferior, do ponto de vista da organização, à do Braga.

fui disse...

Mesmo com toda essa qualidade foi goleado e já perdeu duas vezes com o Benfica. O Braga tem qualidade de processos mas o Benfica não é só a qualidade dos seus jogadores, algo faz com que eles consigam expressar todo o seu potencial. Não sei analisar o futebol como vocês, mas algo tem sido bem feito no Seixal e não são só as contratações.

Guilherme disse...

Pois pa, e isto é um Benfiquista a falar, mas o Braga podia ter marcado à vontade duas vezes nos primeiros 10 min. 2 oportunidades de golo em 10 minutos a jogar fora! Devo ser so eu que acho a coisa anormal para um clube como o Benfica. Aquela perdida do Rafa entao é de bradar aos céus, com a linha do Benfica batida outra vez na profundidade. Tivessem eles marcado e o jogo teria sido muito, muito diferente. O Rui Vitoria nao é nabo, mas os Deuses estao com o Benfica, o que so mostra a beleza do jogo: tudo é realmente possivel.

Fica aqui o link para o ultimo ReporTV sobre o PF:

http://www.dailymotion.com/video/x3qwg7q

Blessing disse...

Guilherme, obrigado pela partilha. Vi o programa no dia em que saiu. Concordo com cada linha do teu comentário.

Manuel disse...

Guardiola sobre o Benfica.
“Estou muito, mas mesmo muito impressionado com o Benfica. É uma equipa que sofre poucos golos em todas as competições, a linha defensiva deles é realmente espantosa, jogam e movimentam-se como uma verdadeira equipa. Claro que têm jogadores de qualidade como Gaitan, Jonas, Pizzi e o jovem Renato, que é muito agradável também, mas acima de tudo têm uma equipa muito boa, vai ser muito duro para nós”.
“Não são muitas as equipas que criam muitas oportunidades de golo contra eles. O Benfica sofre poucos golos, tem uma super organização defensiva. Tem uma linha de 4 defesas como há muito não via, são muito compactos.”

Naturalmente que foi o Braga que perdeu por demérito e erros exclusivamente seus, não foi o Benfica que ganhou com todo o mérito. Até porque a "estrutura" do Benfica e os seus treinadores não percebem grande coisa do assunto. O presidente então nem se fala.

As palavras do Guardiola, um treinador que tem por hábito elogiar todas equipas que vai defrontar, disse o mesmo do Porto o ano passado e da Juventus este ano, quis ser simpático para baixar as expectativas dos seus adeptos face à euforia que se instalou por ter calhado a equipa mais fraca da Chapions.

Mas no fim de tudo, o que eu acho mais interessante é que o que ele afirma é o que eu tenho visto e é também a minha opinião, apesar de eu não perceber nada de futebol nem ter pretensões a isso.
Mas diria mesmo que ele tirou-me as palavras da boca. Obrigado Guardiola.
Quanto ao resto deixo para os "experts" da net.

DM disse...

Manuel,

O comentário do Guardiola expressa a mensagem que ele quer passar para fora e não aquilo que ele realmente acha. Pela forma como o Benfica defende e pela qualidade dos processos ofensivos do Bayern, mesmo sem a gigante diferença de qualidade o Bayern passava a eliminatória sem problemas. Assim, a discussão será sempre quantos golos o Benfica vai encaixar ou quantos minutos vai aguentar sem sofrer. A superioridade é tão, mas tão evidente que nem um sobressalto como teve o ano passado no Dragão poderá mudar a história da eliminatória.

Boas noticias para os adeptos do Benfica, que têm oportunidade de ver 2 jogos do seu clube contra um dos melhores do mundo. Um espetáculo pelo qual vale a pena pagar bilhete. É que hoje em dia, infelizmente, não são muitos.