Posse de bola no Facebook

Translate

sexta-feira, junho 05, 2015

Os meus 15 minutos de fama, sobre Jorge Jesus

Ainda sou do tempo em que o Benfica não ganhava. Pior, do tempo em que o Benfica não jogava bem.
Apareceu na altura um homem, que “não sabe falar português” e que revolucionou tudo. Exigiu-se muito, criticou-se muito, tirou-se sempre imenso mérito.
Especialmente quando não era campeão apesar de levar o clube sempre perto de o ser.
Ou quando não ganhava a taça apesar de estar na final e jogar melhor.
Esqueceu-se do que era o passado recente, acente em glórias passadas...
Criticou-se JJ de não ganhar sempre, tendo a maior qualidade individual vista no SLB dos ultimos anos. Mas esqueceu-se que o Porto tinha igual ou mais e um treinador top mundial.
Criticou-se de não se apostar na formação. Pergunto quantos jogariam com Cancelo em vez de Maxi, Guedes em vez de Jonas, Cavaleiro em vez de Gaitan... Só o Bernado acho que foi mal tratado. Se há alguém mestre em fazer sobressair qualidade individual, é Jesus. Perguntem ao Enzo, ao David Luiz, Witsel, Ramires, Javi, Matic, Coentrão, Markovic, Garay, Rodrigo o que acham dele.
Criticou-se quando se desentendeu com Cardozo.Todos o queriam na rua e só um homem acreditou nele e esteve do seu lado. Ele ficou e ganhou, quando ninguém o queria lá.
Criticou-se, por ser fraco estratégicamente, quando sofreu golo do Kelvin, no lance mais sui generis dos ultimos anos do futebol em Portugal... Num minuto, retiraram-lhe todo o mérito.
Criticou-se este ano quando não seguiu em frente na Europa. Esqueceram-se que a qualidade do plantel era a mais fraca da era Jesus, com poucos jogadores de qualidade e muita gente a aprender o modelo de jogo.
Criticou-se a sua inaptência para falar. Quando todos os seus jogadores dizem que foi o treinador que mais os ensinou
Mesmo assim, ele pôs o Benfica a lutar, a ganhar, a festejar. E calou-se quando criticado. Apesar de ser injusto o que ouvia.
E eu pergunto... O ingrato é Jorge Jesus? Que deu tudo o que tinha a um clube onde foi sempre criticado? Onde nunca foi totalmente valorizado? Onde exigiram a perfeição e ele quase que a atingiu?
E é... Haverá sempre um Benfica depois de Jesus. Como houve um antes.
Todos nós sabemos como era e poucos parecem ter noção que foi Jesus que o tirou do fosso.
O Rui Vitória sabe defender zona, mas não o faz tão bem como o Jesus.
O Rui Vitória aposta na formação, mas ataca pior que o Jesus.
O Rui Vitória é bom, mas não tão bom quanto Jesus.
Jesus é o melhor treinador em Portugal. E nestes últimos anos só não foi sempre porque ombreou com um outro monstro chamado Vitor Pereira.
Jesus nunca foi valorizado pelo que sabe de futebol. Jesus foi valorizado porque ganhava. E quando não ganhava, era criticado. Se fosse Mourinho, Villas-Boas, Jardim, Vitor Pereira, a admiração era igual. Não tem a ver com a qualidade do técnico, mas com o número de títulos.
Sempre foi assim, aqui em Portugal.