Posse de bola no Facebook

Translate

domingo, janeiro 04, 2015

Ola John e Cia.

Péssimo o holandês durante quase todo o jogo. Soma perdas atrás de perdas. Chega a ser confrangedor, como é que Jesus o deixa em campo tanto tempo. No Benfica, vale Gaitan e Jonas. Cristante ainda não é, mas vai ser...

Oliver e Jackson. Top do top da liga. Juntamente com Nani, os melhores.

Nani. Parece que esteve dois dias de férias. Chega, vê, joga, faz jogar, aproxima do golo.

José Mota e Pecks. Simbiose perfeita para quem quiser descer de divisão. O treinador, amontoa onze dentro de campo, e cada um joga pelo adversário mais perto. A melhor descrição do que se diz na palestra é, "esquece a bola, marca o teu". Nem a atacar mostra alguma coisa. Transições de qualquer forma, que são as coisas mais simples de trabalhar, quando há duas linhas de passe.
O jogador, não percebo. Não joga com bola, não joga sem bola, não agarra no homem. Está na elite (primeira divisão ) a fazer o quê?

23 comentários:

Anónimo disse...

Baggio tinha ficado com a ideia que tinham dito que o Ola John tinha potencial para se tornar um jogador interessante, tendo em conta que os anos vao passando e o holandes parece nao agarrar o lugar achas que se deve dar continuidade ou se deve começar a apostar em outros jogadores??

Gonçalo Matos disse...

e o que dizer de uma liga em que o Boavista do Petit, está no 12º lugar, com 5 pontos acima da linha de água?

Jose Castro disse...

José Mota desde os tempos do Paços parou no tempo. Nunca mudou, nunca evoluiu.

Anónimo disse...

Boa noite picaretas( kkk)

Muito obrigado por terem aberto o site outra vez. Alguem viu o andre gomes no Valencia? Fez bom jogo ou continua terrinho?

AC

Anónimo disse...

"...disparou Peck's, que perspetivou ainda o confronto com o Jackson Martínez, o melhor marcador da última edição do campeonato. "Vai ser um jogo entre o melhor central e o melhor avançado em Portugal", sustentou."

Nunca mais me esqueci disto.
BP

Interior-Direito disse...

Baggio, o que é feito do Ola John que quando apareceu decidia sempre bem? Agora, como dizes, chega a ser confrangedor, a complicar o que é fácil. O que o JJ lhe deve deve pedir - um estilo diferente daquele que ele mostrava - mudou-lhe o "chip" ou o gajo piorou porque... sim?

Baresi disse...

O Boavista era a pior equipa da Liga quando jogou com o Benfica, passou a ser só má quando foi empatar ao Dragão, e daqui a algum tempo ainda se vão ver algumas virtudes por ali.
Ou então a culpa é do sintético ;)

O nosso campeonato está uma tristeza, e com os 6 pontos de avanço, JJ não é campeão se não quiser.
E hoje, do 11 titular da época passada jogaram Maxi, Lima e Gaitan.

Gonçalo Matos disse...

Baresi,

Vi o jogo Boavista-Belenenses e no dia a seguir vi um jogo de duas equipas B do escalão de juvenis, queres adivinhar qual foi o jogo mais interessante a todos os níveis?

Já para não falar que o ponta de lança titular do Boavista nesse jogo, do ponto de vista técnico era 0. houve um lance em que apos 4 toques, enquadrado com a bola e sem oposição, conseguiu mete-la pela linha de fundo...
muito, mas mesmo muito pobre este campeonato, principalmente ao nível da qualidade dos treinadores

João Pedro disse...

Eu acompanho o Boavista de perto e posso-vos dizer que o plantel não é assim tão mau quanto parece, mas só o plantel, de resto é tudo mesmo muito mau. O grande problema é que o Petit só mete os "grandalhões" a jogar e deixa alguns jogadores que até se safam no banco, bancada ou nos juniores. Ultimamente a tendência tem vindo a melhorar, vamos ver como evolui neste ponto.
Outra coisa que me deixa pasmado é que ele muda sempre a dupla de centrais de jogo para jogo, não consigo perceber como é que se criam rotinas. Por um lado até percebo, o que eles lhes pede tanto faz estar lá um gajo com 3 anos a trabalhar com ele como pode estar lá um gajo com uma semana de trabalho.
Abraço e continuação de um grande trabalho.

João Pedro disse...

Ps- E em relação ao tal ponta de lança muito limitado tecnicamente posso-vos dizer que o vejo regularmente a sair do estádio depois dos treinos e que até a andar ele tem dificuldades, tem as pernas muito grandes e finas e não consegue andar normalmente. O mais irónico é que ele esteve com a Nigéria neste último Mundial e ainda somou alguns minutos.

Baresi disse...

Tem tudo a ver com o projecto onde estás inserido, com os meios que tens à disposição, etc.
Já vi bons jogos de futebol na distrital, e maus jogos na champions league.

Agora, se há umas 10 equipas aqui que jogam pouco ou nada à bola? Isso é claro.
És treinador, recebes 3/4mil euros por mês num clube do fundo da tabela na 1ª divisão, sabes que és despedido se não fizeres pontos, tens sempre a pressão do presidente e dos associados, por muito bom futebol que apresentes... o que fazes?

Há clubes em que te podes dar ao luxo de tentar aliar as duas vertentes (resultados/qualidade de futebol) porque é uma linha que vem sendo adoptada por quem os dirige (Rio Ave, Estoril, Marítimo, Nacional, Guimarães) (devido a diversos factores que não vale a pena discutir aqui) mas a maior parte não quer nem pode andar a pensar em modelos de jogo bem definidos e futebol bem jogado.
Não há dinheiro nem tempo para isso.
O Aves, Feirense, o Portimonense, Leixões, etc passaram pela 1ª divisão de forma fogaz nos ultimos anos ... agora lutam todas as épocas para tentarem subir, mas é super super complicado isso acontecer, porque se há campeonato competitivo em portugal é a segunda liga...
Isto podia dar uma longa discussão, mas acho que o problema do nosso futebol é estrutural e só melhorava com uma grande volta.
Um dia talvez possamos falar disso melhor.

Ah, hoje no record vinha uma reportagem sobre esse avançado do Boavista... era chamado a "arma-secreta". Só joga em casa ;)

Abraço

Edson Arantes do Nascimento disse...

No Benfica que jogou ontem valem Júlio César, Maxi, Gaitan, Talisca, Jonas e Lima. Sorry.

O Cristante ainda vai ter de fumar um bocado de palha, apesar do potencial, mas falta Samaris. Que também vale para o que interessa.

Gil Vicente, Peks e José Mota estão bem uns para os outros. Tudo péssimo, péssimo, péssimo.

Uma mensagem para o NES e para o Valência: a equipa tem algumas boas ideias, na minha opinião, mas convém ter um bocadinho menos de pressa com bola. E convém recordar que atirar bolas consecutivas para dentro da área, sem olhar, não é propriamente um plano muito inteligente. Vá lá, NES, o resto até tem alguma qualidade e os jogadores são bons.

Uma palavra para o André Gomes: é o mesmo de sempre. E com esse treinador não vai chegar longe. Participa bem em alguns momentos, mas a quantidade de bolas cheias de potencial que desperdiça (com más opções e más execuções) chega a ser tipo os malucos do riso.

Tiago disse...

Não vi o jogo do Benfica ontem, o Ola John esteve assim tão mal ou estavas a ser irónico? O que tenho visto dele nos últimos jogos é tentar cada vez mais o lance individual, talvez numa tentativa de se aproximar mais do futebol de Salvio...

Roberto Baggio disse...

Não faço ideia interior. Não faço ideia do que é que se passa naquela cabeça.
Maxi a procurar a linha de fundo foi do melhor neste jogo. Valeu pelos cantos que ganhou? Certo?
Lima, e os erros técnicos constantes. Mas isto é a liga portuguesa, nem vamos ligar, não é?
Talisca então nem falo disso. Tomada de decisão terrível. A quantidade de bolas que perde naqueles passes vistosos é, bem... é a liga tuga. Vale tudo. Depois claro que chega o Jonas, dispensado, e é logo o melhor. A qualidade individual deste Benfica é ridícula. A pior equipa do Benfica nos últimos anos. Jogadores a sério tem muito poucos.

O NES é terrível. Em organização não sabe o que sao linhas de passe lol. Mas sim, até não está mal na defesa. O que vale é que o campeão mundial não sabe defender.

Roberto Baggio disse...

Ps, o facto do Benfica não fazer 3 passes seguidos pelo chão é culpa do relvado?

Diogo Santos disse...

Bem, ia perguntar o porque do Ola John já não acertar nas decisões que toma e também ia perguntar pelo NES, mas já se anteciparam e já sei qual a tua opiniao, Baggio.

Cada vez me dá mais prazer ver o Oliver jogar! Achas que se pode dizer que o futebol dele está na cabeça? Tal como o Zidane dizia?

Ricardo Perna disse...

Ele há ali coisas no Benfica e no jogo de ontem que me fazem alguma confusão. Sim, o terreno não é o melhor, mas caramba, não pode ser desculpa para tudo.

Vocês que são os entendidos e que me fizeram passar a ver o jogo com outros olhos, expliquem-me se o que vi ontem é fruto das cataratas ou se tem lógica: o talisca recebia grande parte das bolas de costas para a baliza e tinha de rodar para dar sequência aos lances, perdendo-os na maior parte das vezes ou fazendo aqueles passes sensacionais que deve ter entrado 1 em 20, principalmente na primeira parte. Ora, eu raramente via o Enzo receber bolas de costas para a baliza, bem pelo contrário, tal como n vejo o Pizzi ou o Samaris fazerem-no. É defeito do minino, que ainda acha que é avançado, ou terá sido indicação? É que parecia empancar o jogo todo...

Ola John terrível, de facto. Apesar de concordar convosco nas qualdiades que ele terá, a verdade é que, psicologicamente, o rapaz não tem força para pensar pela sua cabeça. Há uma jogada na primeira parte em que ele tabela com o Lima, fica em excelente posição mas rodeado por três, e depois em vez de largar na esquerda onde estava o Gáitan sozinho, deixa-se ir e perde a bola com um tipo que arrancou depois dele. WTF??

A qualidade do SLB é muito baixa sim, e a ausência do Salvio não vai ser fácil de colmatar, a não ser que o JJ aposte no Gonçalo Guedes. É que Gáitan, Ola e Sulejmani são todos pontas esquerdos, nenhum deles rende à direita, o Gáitan então parece que desaprende de jogar daquele lado, não está mesmo haituado...

Finalmente, uma dúvida: os jogadores crescem e evoluem em modelos de sucesso. No caso do SLB, em que o modelo é bom mas grande parte dos executantes são maus, jogadores como o Cristante ou o Guedes têm reais possibilidades de evolução, só aprendendo bem o modelo?

Roberto Baggio disse...

AC, "Alguem viu o andre gomes no Valencia? Fez bom jogo ou continua terrinho?"

Está a evoluir, naturalmente. Mas está, sobretudo, mais confiante.

Diogo Santos, sobre Oliver, naturalmente que está tudo na cabeça, e nos pés!

Ricardo, Talisca está a adaptar-se a Europa da "pior" forma possível: no modelo de jogo de Jesus. É difícil, e não é para tdos. Mas se conseguir, vai sair do SLB jogador para jogar nas equipas top. Pelo menos do ponto de vista do posicionamento, e sim tbm conta nisso a orientação dos apoios e a posição que escolhe para receber a bola.

Cris e Guedes, quando entrarem (que não creio que entrem já) provavelmente a equipa já terá mais qualidade... Mas ainda assim, a maior parte dos jogadores tme mais qualidade do que eles. Só não são fenómenos. Ou ainda não são. Alguns...

Edson Arantes do Nascimento disse...

Não concordo com algumas coisas. Se a análise era apenas do jogo de ontem, não tinha percebido, mas mesmo assim tenho dificuldades em encaixar tudo.

Para mim, o NES não é terrível. Ou, pelo menos, é tão terrível quanto o Luis Enrique ou o Ancelotti (só para citar alguns exemplos). Cada um com os seus méritos e as suas fraquezas.

O NES tem como defeito principal a organização ofensiva. Que é de facto muito fraquinha. Mesmo com jogadores de qualidade. Mas é um treinador com potencial para evoluir.

Vou esperar para ver mais até o rasgar totalmente. Coisa que não me inibe em relação ao Luis Enrique: flop total.

O Baggio tinha deixado as pistas para esta conclusão no LE, numa análise ao Celta de Vigo.

Aqui: http://lateral-esquerdo.blogspot.com/search/label/Lu%C3%ADs%20Enrique

Voltando ao fim-de-semana: o Lima fez um bom jogo. A definição do lance do golo é muito boa e demonstra aquilo que é o Lima: trabalho para a equipa, apoios, movimentações.

Olhando para os jogos de FCP e Benfica... Vejo a diferença entre um treinador competente e um a roçar a incompetência. É que um Benfica depauperado vai a Penafiel e eles fazem apenas dois remates à baliza - e o Benfica estava com um meio-campo de Talisca, Cristante, Ola e Gaitan e com Jardel, Lisandro e André Almeida na defesa.

E um FCP na máxima força arranca do chão o Gil Vicente - não pode ser considerada uma equipa de futebol -, bate o recorde de remates à baliza (LOL) - e concede quatro ou cinco oportunidades claras de golo ao adversário.

Kandandu!

Roberto Baggio disse...

Edson, o NES para mim, com aquele modelo, é para equipa pequena... E a qualidade individual que tem agora não é tão pouca assim...
Claro que é pior que Atleti, Real, e Barça, sempre... sem comparação.
quanto ao Luis Enrique, bem, é uma confusão. Acho nem ele ainda sabe muito bem o que quer da equipa. Com aquele plantel, andar a sofrer jogos a fio, a deixar que lhes criem, e a criar na mesma medida, é absurdo.
O mesmo para Ancelotti. Com a diferença da equipa estar com uma dinâmica de vitória forte, e com isso com uma confiança desmedida e desmesurada nas suas qualidades. Mas colectivamente o campeão do mundo é bem banal.

Sobre Lima, é isso tudo. Jogador de treinador. Não invalida isso que seja fraquinho noutros pontos (qualidade da execução), e que neste jogo se tenha notado isso de maneira absurda.

O Benfica tem um treinador competente. Mas só isso não chega. Quando as linhas passe estão lá, e as bolas n entram... e depois isso associado à velocidade que Jesus exige nos processos...

O Porto vai continuar a passear, até encontrar equipas de verdade. Mesmo com menos qualidade. MAs está a melhorar... acho que está bem melhor do que no início da época, e prevejo qu melhore mais. Vamos lá ver é se chega. Contudo, para aqueles jogadores, ainda é de facto mt pouco.

João disse...

Sobre o Ola John, não vi bem o jogo, mas também fiquei desiludido contra o Porto.

Tenho ideia de ter já acontecido algo parecido a outro jogador do Benfica (Nolito? Not sure). Quando sente que não é opção, quando entra faz mais disparates do que habituou a malta.

É apenas um bitaite, mas pode ser uma mudança de comportamento. Não dava como jogava antes, talvez ganhe em fazer de outra forma.

J. Saro

Edson Arantes do Nascimento disse...

Qualidade individual no Valência? Bastante!

Percebo e concordo com o que dizes em relação ao modelo de jogo, mas o homem tem pouco tempo de treinador, será que ainda pode melhorar isso?

Porque nos outros momentos do jogo o NES não é terrível. Dou-lhe até ao próximo natal antes de partir para a agressão.

No jogo contra o Gil Vicente também achei que o FCP, pelo menos nisto, estava menos obcecado pelos corredores e variações sem passar pela casa de partida (o corredor central).

No entanto, que conclusões posso eu tirar de um jogo, contra o Gil Vicente do Peks e do José Mota? Quase nenhuma. O FCP podia até jogar sem treinador no banco que ganhava na mesma. Por três ou quatro (no mínimo).

O Oliver é um génio da bola! Tudo fácil-fácil!

pv disse...

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=523591&rss=1

:D