Posse de bola no Facebook

Translate

sexta-feira, setembro 05, 2014

O meu onze




59 comentários:

Roberto Baggio disse...

Seria esse o meu onze inicial no SLB, compreendendo, no entanto, que Ola John atravessa um período de menor confiança, onde a cabeça tem prejudicado as acções técnicas. Ainda assim, jogaria com ele na ala, e Gaitan como segundo avançado. Na frente Lima. E quando Lima é o melhor avançado que o Benfica tem, perceba-se a falta de qualidade do Benfica nesse sector. Compreendendo também que Lisandro ainda está a aprender os movimentos da equipa, para posteriormente entrar no lugar de Jardel. É um verdadeiro filme de terror, a saída de bola do Benfica, sem um central com qualidade ofensiva vincada.
No meio campo conseguiu reforçar-se com dois jogadores (Samaris e Cristante), sendo que no ataque continuará com o deserto de qualidade que as contratações no início da época faziam prever.
Sabendo-se à partida que Jesus conta com os reforços para a posição 6, e Pizzi para a posição 8, assim que tiverem todos alguma competência dentro do modelo de Jesus é certo que voltaremos a ver qualidade no meio campo do SLB. Quando éque Sálvio começa a jogar futebol?
Eliseu enganou-me bem. Bom reforço para o SLB.
De resto, Jardel, A.Almeida, vão ser capazes de tapar alguns buracos, mas para o Benfica terá de ser só isso.
O melhor reforço foi sem dúvida Enzo.

No Sporting jogaria assim. O que se nota desde logo é a falta de qualidade na linha defensiva. Maurício é em tudo mau e Sarr não convence. Cédric poderá dar (mas ainda não deu), Jefferson mostra dificuldades quando o nível de exigência sobe. Por todos esses motivos, jogaria com Nuno Reis (se ainda for o que conheço) e Rosell no centro da defesa. Esgaio mostra-se cada vez mais competente (como eu já esperava) e tem mais que qualidade para fazer parte deste plantel, e ser uma alternativa válida para várias posições (lateral, interior, extremo).
Onde não falta qualidade é no meio campo. Com William, A.Martins, J.Mário e Adrien (todos formados em casa) dão garantias, e soluções para as várias competições onde o Sporting vai jogar. Para J.Mário estar fora, só por Nani. E seria essa, talvez, a maior mudança que faria no Sporting de Marco Silva. Jogar com William, A.Martins, e Nani, no meio campo, daria qualidade em posse como há muito não se vê em Alvalade.
No ataque Mané, Carrillo, e Montero. E também aqui as alternativas são escassas. Capel, Slimani, e Héldon são o que se conhece. Gauld está na equipa B a fazer número, onde vai evoluir zero. Tanaka mostrou pormenores interessantes, mas preciso de ver mais jogos.
O melhor reforço é sem dúvida Nani.

O Porto, no meio de todos os problemas do adversário é quem pode estar mais descansado. Ainda assim tem em comum com os outros dois candidatos ao título os problemas com a zona central da defesa. É a zona do campo mais fraca, que não acompanha as restantes em termos de talento. Bruno Indi e Maicon não me convencem. Ainda assim, há Lichnovski, que está na B a fazer peso, e tirar margem de progressão a quem realmente precisa. Tem mais do que qualidade para estar na equipa principal. Nas alas, com Danilo e Alex a qualidade está garantida.
No meio campo e no ataque tem muitas soluções de qualidade. Casemiro e Rúben Neves, Oliver e Evandro dão garantias de qualidade. Com Brahimi, Tello, Adrian, Quintero (que ainda tem muito para dar, mas tem mostrado pouco), Jackson e Quaresma, Lopetegui fica com uma panóplia de soluções verdadeiramente invejável. A única critica que posso fazer é Gonçalo Paciência ainda estar a competir na segunda divisão...
De destacar ainda a grande polivalência de alguns elementos do Porto (Casemiro, Oliver, Quintero, Brahimi e Adrian), podendo jogar em zonas centrais ou nas alas, bem como jogar em posições mais avançadas ou mais recuadas. A sério que Herrera continua a ser titular?
É sem dúvida o melhor plantel em termos de profundidade, e qualidade.
O melhor reforço é sem dúvida Jackson.

Os reforços que chegaram aos 3 grandes e não falei são os que não conheço. Pelo que podem existir mais soluções de qualidade do que aquelas que estou a pensar de momento.

Travenca disse...

Só na parte do Sporting:
"Cédric poderá dar (mas ainda não deu)"
Não deu o quê?! Pau, tipo Maxi Pereira? Qualidade ofensiva e defensiva? Convém especificar...
Quanto aos centrais, concordo que jogar com Maurício na CL será um pesadelo, mas Rossel parece-me mais talhado para jogar a 8 do que a central (decide rápido e razoavelmente bem) com bom espaço de cobertura e verticalidade - qualidades apreciáveis para central também, mas a falta de rotinas ir-se-iam fazer notar.
O meu onze seria (correndo o risco de ser apedrejado em algumas opções!):
Boeck - Dentro dos postes é tão ou melhor que Patrício mas é nos pés e nos cruzamentos que me parece que ganha aos pontos. Além disso é um líder natural, algo que a defesa precisa como de pão para a boca.
DD: Cédric (para mim o melhor DD a jogar em Portugal em todos os momentos de jogo)
DC: Tobias Figueiredo? RabiaDifícil decidir sem os ver jogar na I liga, mas pior que o Maurício não devem ser.
DC: Sarr - Tem algumas lacunas, é verdade, mas a altura e a imponência não podem ser desprezadas quando o jogo, hoje em dia, tem a componente atlética que sabemos. Além disso só pode evoluir a jogar.
DE: Jefferson - Pelo menos até vermos o que Jonathan Silva dá e até pelo bom momento que atravessa é naturalmente DE.
MDefensivo - William Nem é preciso comentar
MDireito - Carrillo É também nesta altura incontestável manter o Peruano no onze.
MCentro - Adrien Com a qualidade e intensidade que empresta ao jogo tem lugar cativo no 11. Precisa apenas de melhorar a média distância, porque de resto é perfeito. Não percebo a sua não inclusão nos 11 apresentados!!
MEsquerdo – Aqui reside a minha maior dúvida. Mané pode desempenhar este lugar, com a vantagem de trazer muito jogo para o interior, tem mais qualidade de passe, finalização e decisão que por exemplo, Capel. Situação a avaliar os ganhos obtidos se trocasse por exemplo com o Nani.
Mofensivo (9) - Nani - Efetivamente por tudo o que pode acrescentar por jogar mais perto da baliza, parece o lugar ideal para Nani ser mais decisivo no futebol do Sporting.
PL - Slimani - É força bruta, jogo aéreo, pressiona na frente e sozinho como mais ninguém no plantel do Sporting, e tem ainda a vantagem de marcar golos. Parece incotestável até pelas alternativas (Montero – não marca há quase 1 ano e Tanaka que ainda mostrou pouco!).

Joao disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joao disse...

travenca, vês muito o futebol por sectores, enquanto este esta cada vez mais global. vê um pouco alemanha, espanha, barcelona (guardiola), borussia, bayern e por ai adiante.

Joao disse...

no porto, o redes tb é fraquinho fraquinho com os pes o que condiciona muito a saída de bola (+ indi).

Joao disse...

no porto, o redes tb é fraquinho fraquinho com os pes o que condiciona muito a saída de bola (+ indi).

Roberto Baggio disse...

Travenca vou especificar,

"Dentro dos postes é tão ou melhor que Patrício"

Sobretudo quando a bola está longe da baliza

"Além disso é um líder natural, algo que a defesa precisa como de pão para a boca."

O que é um líder natural?! Podes especificar tu? A defesa precisa disso para quê?
Não me digas que o Oblak era um "líder natural", que "a defesa precisava como de pão para a boca".

"Cédric (para mim o melhor DD a jogar em Portugal em todos os momentos de jogo)"

Principalmente naqueles momentos em que o jogo está parado, para alguém ser assistido, ou quando a bola sai do campo.

"mas a altura e a imponência não podem ser desprezadas quando o jogo, hoje em dia, tem a componente atlética que sabemos."

Qualquer diferença entre o futebol dos 60s e o futebol de hoje é mera ilusão. Ou então é invenção minha.

"Carrillo É também nesta altura incontestável manter o Peruano no onze."

Sim. Mas só se Nani não for extremo. Porque mais incontestável que Mané não é de certeza.

"Adrien Com a qualidade e intensidade que empresta ao jogo tem lugar cativo no 11."

Está certo que é cativo. Mas não o é pelas qualidades futebolísticas. É por estatuto. Não joga metade do que jogam A.Martins ou J.Mário.

"Precisa apenas de melhorar a média distância, porque de resto é perfeito. Não percebo a sua não inclusão nos 11 apresentados!!"

Precisa de aprender a jogar futebol. Com e sem bola!

"Slimani - É força bruta, jogo aéreo, pressiona na frente e sozinho como mais ninguém no plantel do Sporting, e tem ainda a vantagem de marcar golos."

Sim. É isso tudo. Mas não joga futebol. Pena. Se jogasse, talvez fosse o melhor em Portugal. Como não joga, nem no Braga calçava.

"Parece incotestável até pelas alternativas"

Nas alternativas está o segundo melhor PL a jogar em Portugal. Montero. Esse mesmo. Só não é melhor que Jackson.

Espero que tenha sido mais específico desta vez.

Gonçalo Matos disse...

Em relação ao 11 do Benfica e Porto, não conheço o Samaris nem o Lichnowski, portanto não vou comentar.

Em relação ao do Sporting, no meu 11 jogaria o Esgaio no lugar do Cedric. O critério com bola que o Esgaio tem faz com que acrescente coisas que o Cédric não consegue. Esgaio temporiza melhor, decide várias vezes melhor, raramente executa mal e alterna como poucos laterais o jogo interior com o exterior. Defensivamente, nestes jogos que vi nao teve qquer problema, porque já percebeu o que o modelo do MS exige dele.

De resto, só tenho pena de não ver o Rosell na posição 6, porque é o melhor reforço do Sporting deste ano. Mais uma vez, imenso criterio com bola e com capacidade de alternar o passe curto com o longo. Acho é que tem mto mais dificuldades a 8 que a 6, porque na maioria das situações a 6, está enquadrado com a baliza do adversário e consegue mais facilmente fazer o que o torna tão forte com bola. Defensivamente tem uma agressividade posicional fantástica. Po-lo a central parece-me uma alternativa interessante, pq acho que ele tem de jogar, tal é a sua qualidade.

Roberto Baggio disse...

Gonçalo, eu não o acho nada de especial como 6. Mas como central acho que em pouco tempo poderia ser o melhor da liga!

Bruno Pereira disse...

A minha (curta) análise dos 3 grandes aqui :)
http://orgulhosamentelampiao.blogspot.pt/2014/09/e-agora-que-o-mercado-finalmente-fechou.html

Abraço!

João Marinho disse...

Do sporting e benfica ainda não quero pronunciar pois ainda não vi nenhum jogo completo das equipas. Mas no porto penso que na defesa optaria pelo reyes em vez do chileno, apesar de reyes não estar tão seguro quanto eu gostaria, pelo que tenho visto na equipa b optaria por ele. Lá ele assume-se mais como "patrão" da defesa e parece me que tem mais critério e "à vontade" com bola. Meio campo parece me bem mas penso que vai haver jogos em que será necessário retirar o adrian, colocando o tello ou o ruben(indo assim oliver para a faixa). Também gostei mais de ver o brahimi do lado esquerdo do ataque.

Ps: não achas que no sporting com essa dupla de centrais seriam criadas situações de perigo e que teria dificuldade com equipas que apostassem no jogo direto e tivessem um homem como referencia para ganhar bolas pelo ar ?

JON disse...

lol Baggio, ri-me com as tuas respostas...

Eu tenho dito a uns amigos sportinguistas que o Slimano era bom era para a vindima no tempo do meu avô. Era daquela feita em ramadas, não em vinhas a meia altura. Nessas ramadas o que dava jeito era gajos grandes para chegar lá cima e fortes para carregar os cestos. Nisso, o Slimano seria óptimo.

FDX! O passe ao Artur naquele lance retratado no LE é de chorar. Que craque!

Roberto Baggio disse...

João, não. Não acho. Mas como isto é só uma opinião....

Abraço

masterzen disse...

Baggio,

Que axas do Fejsa como possível central?

Parece-me que além das capacidades fisicas, tem suficiente toque de bola para sair a jogar.

Roberto Baggio disse...

acho uma excelente ideia... mas este ano já vai ter pouco espaço pela lesão...

masterzen disse...


Estas adaptações fazem me viajar até ao Balboa, olhando para o maxi penso que o Balboa se tem cruzado com o JJ tinha dado um defesa direito de grande nível.

Não é menos inteligente que o Maxi, tinha velocidade, alto como jj gosta.

jogador em posse disse...

Para quem diz que o trabalho físico é o mais importante numa pre época curioso que slimani luisao e Enzo tiveram um rendimento alto entrando no jogo praticamente sem pre época.

Travenca disse...

@Roberto Baggio

De tudo o que dizes, umas vezes fundamentado, outras ironizando, só me apetece dizer-te que viste tantos jogos do Benfica como eu do Sporting. Portanto falas pela imprensa, pelas imagens de 1 jogo num outro sitio (LE) e afins. Não por conhecimento ou estatística...

Acho que andas um pouco baralhado com as funções de cada jogador! Seja lá qual for o esquema tático o primeiro trabalho de um atacante é marcar golos...

Nas alternativas está o segundo melhor PL a jogar em Portugal. Montero.

Dizer isto é abjecto! No mínimo!

Sim. Mas só se Nani não for extremo. Porque mais incontestável que Mané não é de certeza.

Mané melhor que Carrilho?!?! Em que planeta?! ...


"Slimani - É força bruta, jogo aéreo, pressiona na frente e sozinho como mais ninguém no plantel do Sporting, e tem ainda a vantagem de marcar golos."

Sim. É isso tudo. Mas não joga futebol. Pena. Se jogasse, talvez fosse o melhor em Portugal. Como não joga, nem no Braga calçava.


Felizmente que não presta... mas vai marcando uns golitos... Afinal o que é um PL?

Artur Semedo disse...

eu diria que a primeira e única função de cada jogador é jogar futebol. já marcar um golo é simplesmente um dos dois resultados possíveis de uma ocasião de finalização, sendo que essas ocasiões representam, num jogo, e, mais ainda, no que é a quantidade de jogo com bola por que cada jogador é responsável, uma ínfima parte do total. que, chegado o momento de finalizar, o jogador deva ser capaz de o fazer, é uma coisa; que seja esse o seu principal intuito, é não contribuir para o grande panorama.

Futebol Táctico disse...

Gosto muito deste blog, venho cá muitas vezes, leio sempre que possível os comentários e até comento de vez em quando. Mas entristece-me a forma como de vez em quando dizes as coisas: umas vezes de uma forma irónica outra até gozando, quase.

O Futebol é para ser discutido e se escreves para um blog deverás quer partilhar os teus conhecimentos, a melhor forma de o fazer é debatendo (de forma argumentada e sustentada.

Quanto ao SCP, acho que Nuno Reis é inferior a Tobias Figueiredo e Rossell tanto podia dar um bom central como um desastre. Adrien pode não ser tecnicamente muito evoluido, mas é muito importante no meio-campo leonino.

Futebol Táctico disse...

Gosto muito deste blog, venho cá muitas vezes, leio sempre que possível os comentários e até comento de vez em quando. Mas entristece-me a forma como de vez em quando dizes as coisas: umas vezes de uma forma irónica outra até gozando, quase.

O Futebol é para ser discutido e se escreves para um blog deverás quer partilhar os teus conhecimentos, a melhor forma de o fazer é debatendo (de forma argumentada e sustentada.

Quanto ao SCP, acho que Nuno Reis é inferior a Tobias Figueiredo e Rossell tanto podia dar um bom central como um desastre. Adrien pode não ser tecnicamente muito evoluido, mas é muito importante no meio-campo leonino.

Travenca disse...

@Artur Semedo
Concordo. No entanto, levando o caso do Montero à discussão, que me interessa ter um jogador tecnicamente muito evoluido, se depois perco o jogo porque as oportunidades que lhe criaram (está mais perto do golo) não entraram?

Travenca disse...

@Futebol Táctico
Concordo com o a tua introdução...
Quanto ao Nuno Reis tambem não me parece melhor que o Tobias. O Rossel a central também não me parece que vá correr bem... Ainda para mais quando se têm tantos centrais na formação mais os que se contrataram, com rotinas e cultura tática para o lugar...

Futebol Táctico disse...

Travenca, eu percebo o porque do Baggio dizer isto. Falta qualidade na saída de bola. E talvez funcionasse, porque não experimentar contra clubes menos atrevidos no ataque? No entanto não me parece que seja uma opção viável. Tobias Figueiredo, esse sim, para mim deveria ser aposta!

Artur Semedo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Artur Semedo disse...

a questão é que um jogador que oferece mais à equipa que apenas presença na área não está à espera que lhe criem oportunidades. ele próprio contribui para que a equipa tenha oportunidades, sejam elas finalizadas por ele, ou não. se calhar, o que falta é outros jogadores capazes de atacar as zonas de finalização e concretizar, depois...
de resto, eu não sou do sporting e não sigo esmiuçadamente os seus jogos, mas quantos golos/jogo falha o montero por inépcia própria? e quantas ocasiões ajudou a criar? há muito que pensar globalmente... óbvio.
paz!

Travenca disse...

@Futebol Táctico
Aos anos que o Sporting tem esse problema - penso que começou ainda o Polga jogava. Ou melhor chutava para a frente.
A diferença entre a saída de bola do SCP e o SLB por exemplo é que os médios vêm buscar a bola ou sai nas alas, no Benfica.
No Sporting sai invariávelmente dos centrais para os defesas laterais que impulsionam com passes verticais. Se os laterais forem tapados, é chutão do Defesa Central ou do GR.

Travenca disse...

@Artur Semedo
Não discordando penso que, apesar de tudo, o Sporting é mais perigoso com o Slimani na frente, e basta atentar nas estatísticas da liga...

http://www.zerozero.pt/raiox_jogador.php?equipa_12=16&jogador2_equipa1_escolhido=1&jogador_1=75614&epoca_id=143

http://www.zerozero.pt/raiox_jogador.php?equipa_12=16&jogador2_equipa1_escolhido=1&jogador_1=158263&epoca_id=143

Edson Arantes do Nascimento disse...

Travenca, desculpa a sinceridade, mas tu não entendes o que está aqui escrito. Recomendo longas horas de leitura e reflexão a partir das etiquetas.

Tu pensas - mas estás enganado - que o guarda-redes serve para agarrar as bolas (do adversário?), que o defesa serve para partir as pernas aos outros e que os avançados existem apenas para marcar golos.

Acontece que, como já te explicou o Semedo, e eu estou completamente de acordo, o primeiro objectivo de um jogador de futebol tem de ser saber jogar futebol. É apenas uma questão de lógica. E, neste caso, a lógica é irrefutável - não se trata de uma opinião.

Um jogador de futebol de alto nível tem de saber jogar futebol. Óbvio!

Portanto, o Montero (marcando 1 golo ou 100 golos por época) é sempre muito, mas muito melhor jogador do que o Slimani. A todos os níveis. Exactamente porque o Slimani pode ser bom em tudo, menos a jogar à bola.

Enquanto o Montero pode ser mau em tudo, mas a jogar à bola poucos lhe vão ensinar coisas válidas.

Se tu me vens dizer assim: o fulano é alto, forte, corre muito e mostra muito os dentes, a primeira contra-pergunta que vou fazer é esta - e sabe jogar futebol?

É que se não souber, todos os restantes atributos, para mim, valem um redondo zero. Zero.

Travenca disse...

@Edson
Não sou treinador. Nem de bancada.
Mas se um jogador, como o Montero é assim tão bom, porque é a equipa não ganha com ele?
compreendo perfeitamente a envolvência que hoje os jogadores têm de ter uns com os outros e no modelo de jogo. No entanto não podes negar que o Montero é bom em tudo, menos em enfiar a redondinha lá dentro. O Slimani é assim tão mau mas no entanto enfia-a e o resto é conversa.
É por causa de determinadas teorias que hoje em dia temos jogos tão aborrecidos - sem verticalidade, nas acções e opções, não chegas à baliza. Logo não marcas golos.
Isto para mim é senso comum... Mas posso estar errado (devo estar de certeza...)

GBC disse...

Acho que o Rabia é bem capaz de ser importante. Porém, só recupera da lesão em Outubro.

https://www.youtube.com/watch?v=5m_g8IO_WL0

O que achas do Paulo Oliveira Baggio? Comigo, neste momento, seria titular. Fazendo dupla com o egípcio.

Discordo de ti quanto ao Rosell, é mesmo a médio-defensivo que gosto de o ver. Acho que só precisa de se soltar mais, o que vem com a confiança.

O meu segundo avançado actualmente seria o Tanaka, acho. Gosto mais do Nani a extremo, embora também o admita ver a 10. No outro lado iam rodando o Carrillo (parece-me melhor ultimamente) e o Mané.

Gostei dos argumentos do japonês. Acho que lá jogava a segundo avançado. Na pré-temporada, para além da mobilidade e disponibilidade, pareceu-me decidir relativamente bem, ser capaz de jogar de primeira, ter bom passe e meia distância. Em certos jogos acho que seria uma boa solução naquele lugar caso confirme as boas impressões.

GBC disse...

Já agora, tenho dificuldade em ver o Esgaio como extremo. Lateral sim, interior gostava de ver também.

Roberto Baggio disse...

Travenca, tu não percebes nada de futebol e tens a lata de dizer que eu ando baralhado? Nem sei como é que isto ainda me surpreende. Vou usar a eterna dica do Maldini. Olha, meu, isto não é o visão de mercado. Este blogue é diferente, tem vida própria. Tem uma forma muito própria de ver o jogo, que eu não tenho paciência ao final de muitos artigos e comentários de resumir para ti. E segundo essa forma de ver o jogo, tu só dizes lixo.
Se quiseres segues o que o Edson recomendou, que ele é bem melhor do que eu para essas coisas.
Uma última ajuda: qualquer diferença entre o futebol nos anos 60 e o futebol dr agora é um mito. Ou então, sou eunque sou parvo.

Futebol táctico, eu discuto o que quiser discutir, com quem quiser discutir. Qualquer tipo que chegue aqui de paraquedas e entra a pés juntos, é arrasado com ironia ou gozo. Quem acha que isto não é correcto que deixe de vir a este blogue. Olha, pede ao Edson para criar um, que ele é bem mais tranquilo do eu.
Não tenho paciência para discutir depois de muitas horas de artigos. Quem achar por bem que perca essas horas nas caixas de comentários, e nos artigos passados. Quem não achar, merece exactamente o que citei cima.

Quando tu dizes, por exemplo, que devo argumentar, e bla bla, bla, e depois fazes um comentário com a tua opinião, e zerozero argumentos, tenho de pensar o quê? Que tas a gozar comigo na parte do bla bla bla nê?

GBC,
Não conheço Rabia...
O Paulo Oliveira vi pouco. Mas não duvido nada que seja melhor que o Maurício. Aliás, quem não é?
Acho que com William ou J.Mario vai tar sempre sentado. Mas isso é a minha opinião só.
Eu também gosto mais do Nani a extremo. Mas, o impacto que ele ia ter no jogo interior do Sporting, me faria coloca-lo a jogar ali... um pouco como Enzo no Benfica, com bola, aquela explosão. Quebrar fácil contenção, cobertura, etc.
O Carrillo na minha opinião continua igual. É um génio, e um pateta ao mesmo tempo. Tem acções incríveis, e outras ridículas. Mas lá está, opinião novamente.
o Tanaka sim me deixou boas sensações, mas só isso. Talvez devido à escassa utilização.
Percebo a cena do Esgaio. Mas para o que eu quero dos extremos, como segunda opção, tenho a certeza que não me ia desapontar.

Roberto Baggio disse...

Ps: Saudações Desportivas meus caros!

Gonçalo Matos disse...

Traveca,

O Sporting, para tirar o maior proveito do Slimani tem de centrar pra area sempre, porque bola no pé ele é fraco. O centro não é, na maioria das situações, uma opção que seja mto eficaz. Logo, qual a lógica de uma equipa andar um jogo todo a centrar?

Não tem sentido alterares o modelo de jogo por causa de um jogador que é forte apenas na finalização e só de cabeça. Este é o meu problema com o Slimani. Ele é forte num contexto super especifico e de resto é fraco.

Eu acho que dizeres que o futebol anda aborrecido porque não há verticalidade é um bocado tonto. Na distrital tens mta verticalidade e nng quer ver, porque é mal jogado. E tens equipas super verticais que são das melhores do mundo.. Talvez seja questão de escolher os jogos que ves.

Futebol táctico,
"O Futebol é para ser discutido e se escreves para um blog deverás quer partilhar os teus conhecimentos, a melhor forma de o fazer é debatendo (de forma argumentada e sustentada.

Quanto ao SCP, acho que Nuno Reis é inferior a Tobias Figueiredo e Rossell tanto podia dar um bom central como um desastre. Adrien pode não ser tecnicamente muito evoluido, mas é muito importante no meio-campo leonino."

Não explicaste o porquê de nada.. Porque é que o Tobias é melhor? Porque não o Rosell a central? Porque é que Adrien é muito importante?

hertz disse...

Baggio, fala-se na possibilidade do Jonas ir para o Benfica. Achas que seria uma boa contratação para o ataque?

Futebol Táctico disse...

Baggio, como autor do artigo, esse é o teu dever.

Gonçalo Matos, mas posso fazê-lo. Começando pelo Adrien, é um jogador que tecnicamente é fraco e cognitivamente às vezes parece ser nulo. No entanto tem impetuosidade, intensidade e agressividade importantes num meio-campo só com dois elementos (André Martins junta-se ao ponta-de-lança na pressão). Quando o autor do artigo afirma que quer um equipa constituída por Rossel,William, André, Nani e Montero numa zona central está a dar a entender que irá privilegiar controlar os jogos em posse, aliás com muita posse. Defensivamente iria-se ressentir (ou secalhar até não) de um elemento que conseguisse segurar o jogo ofensivo da equipa (William é muito lento e Adrien, não sendo propriamente rápido, dá muita consistência ao meio-campo.

Quanto ao Nuno Reis ser inferior a Tobias é apenas a minha opinião. Nunca foi grande admirador do Nuno e aquilo que tenho visto dele nos clubes por onde tem passado têm-me dado razão. Já Tobias reconheço-lhe um potencial enorme, com qualidade em todas os aspectos técnicos, tácticos, psicológicos e físicos.


Rossel daria muita fluidez na saída de bola, no entanto na parte defensiva poderia ser uma pouco permeável (estou a pensar até nas bolas na profundidade). Não digo que não, talvez dê-se, mas não sei.

Joao Rodrigues disse...

Atençao ao Campana no FC Porto

PPM disse...

Baggio: Concordo plenamente com o o que disse o Gonçalo Matos. Não sou grande apreciador das qualidades de Slimani, mas sei reconhecer a sua veia goleadora e apesar de não ser um jogador apelativo (não entende o jogo), se for inserido num contexto diferente (por ex: Premier League, numa equipa como o West Ham, repleta de jogo directo), será um avançado bastante útil. Pese embora os golos que marca, e a sua importância na equipa do Sporting na época passada no sentido de desbloquear alguns jogos, a verdade é que se jogar com Slimani durante toda a época a titular a equipa perde qualidade no seu futebol. Quanto aos onzes apresentados por ti, algumas notas: 1º, relativamente ao Porto: Excelente plantel, muitas soluções e todas com elevada qualidade. No entanto, considerado igualmente que o problema se encontra na dupla de centrais. De resto, considero que Evandro tem lugar de caras no onze titular e que Rúben Neves deve ir rodando em muitos jogos. No que toca ao Benfica, há, efectivamente, falta de soluções para o ataque! Há Lima e mais ninguém! Por mim, jogaria com Gaitán atrás de Lima (acho que poderia ser uma excelente solução) mas gostaria de ver Pizzi a pisar nesses terrenos (forte remate, técnica, faltando apenas alguma intensidade e noções tácticas). Lisandro deve ser titular, embora considere Jardel um central muito competente a nível defensivo. No entanto, é necessário alguém que saiba "conduzir" e soltar com qualidade e critério, coisa que Jardel não o faz pois não tem atributos para isso. Finalmente, no que toca ao Sporting, Mané, para mim, encontra-se a um nível abaixo do que fez na época transacta. Vi o jogo dos sub-21 e deu-me a impressão que está mais egoísta e com tiques de vedeta, algo que no ano passado não se vislumbrava. Mas posso estar enganado! Não deixa de ser, ainda assim, um excelente jogador. Nani, para mim, é extremo e João Mário tem lugar de caras no onze. Ricardo Esgaio a titular no lado direito da defesa sem dúvida e centrais, para mim, seriam Paulo Oliveira e Tobias Figueiredo (bem trabalhado). Um abraço!

Gonçalo Matos disse...

Futebol táctico,

Só te sugeri que ilustrasses pq enriquece a discussão. O meu problema com o Adrien é que, como disseste, o que ele acrescenta tem fundamentalmente a ver com características físicas.
Na minha opinião, agressividade individual não tem sentido. Como eu vejo o jogo, aressividade tem de ser colectiva e isso trabalha-se. De nada me serve um jogador ser extremamente agressivo e intenso se anda sozinho na pressão. Por isso, não vejo mais valias no Adrien, pelo menos neste contexto do Sporting.

Nuno Reis vs Tobias não tenho opinião, mesmo. Só queria ter mais uma opinião de alguém que os conheça a fundo.

Quanto ao Rosell a central, lá está. Eu acredito que a maioria dos problemas que o adversário coloca devem ser resolvidos colectivamente. Controlando profundidade, largura, dando coberturas ou fazendo contenções. E nesse aspecto acho que o Rosell é forte (do que pude ver na pré-época). O que mais me surpreendeu nele no momento defensivo foi mesmo a agressividade com que ocuava os espaços quando a equipa não tinha a bola. Muito rápido e muito disponivel para entrar em duelos individuais se necessário

PPM,
Westham e Stoke são os destinos de sonho para o Slimani mas também Capel. Ir a linha cruzar e finalizar no ar.

PPM disse...

Por acaso o Stoke é um dos clubes interessados no Capel! Era perfeito para ele de facto ahah coitado! Anda o Bojan perdido no meio daquele pobre futebol.. Slimani encaixava que nem uma luva :D

PPM disse...

PS: Adoro a Premier!

Roberto Baggio disse...

Futebol Táctico, como autor do artigo não tenho nenhum dever.

Abraço

Futebol Táctico disse...

Gonçalos Matos, eu concordo que isso é um aspecto colectivo e que se trabalha. Mas, na minha forma de ver o jogo, um meio-campo com William e André é demasiado mole e permeável. Adrien acrescenta sempre outra intensidade e até dinâmica, na minha opinião. Acho que o Adrien não é tão bom como alguns o pintam, mas também não tão mau como outros o querem pintar. William é muito lento, não têm estofo para aguentar uma equipa tão ofensiva e descorada defensivamente.

Eu não conheço o Nuno Reis e Tobias a fundo. Nunca achei o Nuno nada de especial mas o Tobias sempre lhe reconheci muito potencial.

Quanto ao Rossel, talvez possam ter razão, admito. Talvez pudesse ser um grande central. Mas eu preciso de ver mais para dar um feedback.

Roberto Baggio disse...

Futebol Táctico, permita-me ironizar: eu não sei, sinceramente, o que é que passou na cabeça de Guardiola para colocar dois jogadores Moles à frente de um lento. Não entendi qual era a proposta dele com um meio campo tão soft. LoL.

Se bem que soft é coisa que André Martins nunca foi. Entre ele William, Adrien, J.Mario, ele é o mais agressivo nos posicionamentos. Mas vai-se lá perceber isso. Intensidade para alguns é correr à maluca e a toa como Adrien faz. Para mim é estar no sitio certo, na hora certa, como Martins faz. Mas as pessoas continuam a achar que dar sarrafada e suar imenso, chamar nomes aos adversários, isso sim é ser intenso. LoL.

Adrien é forte do ponto de vista técnico e só. Não aprendeu o jogo, e está a anos luz dos outros médios do Sporting. De todos eles.

Eu ainda não entendi se as pessoas não entenderam ainda que defender é um processo colectivo, ou se sou eu que ando muito enganado com os ensinamentos do melhor treinador da história.

Saudações Desportivas!

Futebol Táctico disse...

Baggio eu já percebi que o teu Jogar é em tudo muito semelhante ao do Guardiola. Isso é uma equipa que sufoca as outras, que tem domínio quase total do jogo. Achas que o Sporting conseguiria fazer isso? Principalmente com um meio-campo com William, André, Nani, Carrillo e Mané? É que comparar o melhor Barça de Guardiola com o Sporting é quase como a noite com o dia.

Roberto Baggio disse...

Futebol Táctico, "Achas que o Sporting conseguiria fazer isso? Principalmente com um meio-campo com William, André, Nani, Carrillo e Mané? É que comparar o melhor Barça de Guardiola com o Sporting é quase como a noite com o dia."

E o maior problema das pessoas é continuarem a achar que só o Barcelona consegue perpetuar passe e recepção!
Linhas de passe constantes, e uma reacção rápida e agressiva à perda de bola.

Gonçalo Matos disse...

Fisicamente, os jogaodores do meio campo do sporting são superiores aos do Barça, não duvido disso. São mais rapidos e mais fortes.

O grande problema, e é um que como treinadores enfrentamos, é mudar o chip dos atletas para reagirem o mais rapidamente possivel quando nao tem a bola. Faze-los compreender que é necessario bascular pra zona da bola, subir linhas e constantemente dar cobertura ao homem que sai na contenção. O problema é que em mtas equipas essa pressao não é colectiva. Há que pressionar em bloco. Este 11 do Sporting tem toda a capacidade para tal.

Fernando Aguiar disse...

Gosto de ler este blog e o lateral esquerdo, pois fala.se de algumas questoes interessantes. No entanto não percebo o porquê de alguns jogadores serem tão "massacrados". Qualquer jogador que tenha mais de agressividade/poder fisico/intensidade em vez de criatividade tecnica e tactica é marginalizado. Pois bem, nem so de genios vive o futebol e é por isso que Slimani, Adrien, Herrera continuam a vingar...porque têm qualidade e oferecem coisas à sua equipa que mais nenhum no plantel oferece....

A logica que prevalece por aqui é a mesma do correio da manha e do 24 horas: chamar a atençao, criar debate e criar controversia. Bem ou mal o que interessa eq falem... Só assim se justifica algumas afirmacoes.

Mais, como autores de blog, deveria haver mais cuidado na forma como falam (demasiadas vezes ofensiva) de jogadores, treinadores e mesmo de leitores deste espaço.

A maior sorte para o futuro e que algum dia cheguem lá acima e nos iluminem e ensinem com a vossa sapiência.

Roberto Baggio disse...

Fernando Aguiar, não tenho nada para te ensinar. Nem eu, nem o blogue. Não é esse o meu objectivo. Eu tenho este espaço para discutir as minhas ideias com uns amigos.

Cumprimentos.

Gonçalo Matos disse...

Fernando Aguiar,

Nos temos as nossas ideias e discutimos o jogo de acordo com elas. Isso é sabido, quando lêem os artigos.. Criticamos esses jogadores pelo que acrescentam nao so num modelo de jogo de acordo com as nossas ideias como tb tendo em conta os

Gonçalo Matos disse...

Princípios mais básicos dos desportos colectivos.
Eu nao acho que tenhamos de ser politicamente correctos. Acima de tudo somos sinceros connosco nas nossas analises e reflectem o que pensamos. Nao têm de gostar sempre nem de achar que sao verdade absoluta. Cada um tem sua maneira de ver o jogo e nos temos a nossa.

Pedro Ferreira disse...

Pa oh Baggio consegues perceber alguma razão para a falta de golos do Montero? Procuro sempre acompanhar cpm atenção o jogo dele e parece me que as qualidades tão todas lá, da-se ao jogo, procura profundidade, jogo entre linhas, mas as vezes ao atacar a finalização parece me pouco agressivo nao sei.. será falta de confiança? Há uns dias li num jornal que o MS equacionava afastalo da zona de finalização e coloca lo a 10, seria boa opção? O jogo entre linhas, qualidade na decisão estaria todo lá, nao tendo ja a obrigação dos golos a incomoda lo... que te parece?

Gonçalo Matos disse...

Pedro Ferreira,

Sem me querer meter, Montero a 10 implica que jogue alguém a ponta de lança e não jogue um dos médios a 10. Eu preferiria jogar com Martins-Montero ou Nani-Montero ou J.Mario-Montero que com Montero-Slimani, Montero-Tanaka. De resto, acho que o Montero é daqueles avançados com uma compreensão do jogo tão grande, que consegue jogar em qualquer zona do campo. Não necessita da referencia da área para que consiga jogar à bola.
Quanto ao atacar as zonas de finalização, tb me parece que não é super agressivo, como é o Jackson por exemplo. Mas tb nao me recordo de Montero ter muitas oportunidades e falhanços flagrantes todos os jogos

Anónimo disse...

desistam nao percebem nada de futebol.

Gonçalo Matos disse...

Tendo em conta a tua argumentação Anónimo, resolvi desistir. Podes assumir o meu lugar.

Gonçalo Matos disse...

Tendo em conta a tua argumentação Anónimo, resolvi desistir. Podes assumir o meu lugar.

Joaquim Rato disse...

Muito lirismo nos 3 onzes. Quase ortodoxia pura. Quanto ao meu Benfica, apesar de gostar muito do Ola Jonh ( preto mais inteligente a jogar futebol, extremamente esclarecido), não vai tirar o lugar ao Talisca, porque não tem a entrega a intensidade de jogo a vontade de vencer do Talisca.Cujo a técnica está a evoluir exponencialmente. Vai ser uma das revelações do campeonato.
Custa-me a compreender a crítica ao Herrera, e até me dá jeito que ele não joge. Foi o grande erro do Paulo Fonseca ter apostado no Josue em vez dele. A intensidade que ele imprime ao jogo só está ao alcance do João Moutinho do porto ( o de agora não joga metade - mas ninguém comenta, é tabu!!!!!)


Queria ser Mourinho disse...

Como Benfiquista, só desejo que os treinadores rivais sigam as sugestões de 11 apresentadas aqui para FCP e SCP, facilitariam e muito a tarefa do Benfica para a conquista do 34º!

Quanto ao 11 do Benfica, indiscutível, é o melhor 11, à falta de um 2º avançado de categoria (será Jonas?). Se sim, gaitan de volta à esquerda e jonh vai para o banco, se não, 100% de acordo com este 11.