Posse de bola no Facebook

Translate

segunda-feira, setembro 08, 2014

Albânia

A Albânia vem a Portugal, não treina futebol e ganha. Irónico...


Isto não é nenhuma crítica ao treino, e exercício do treinador da Albânia. É só ironia pura.

32 comentários:

fabiol disse...

nem foi preciso treinar futebol...
a continuar assim ainda passam...

Pedro disse...

Entre não treinar e defrontar quem nada percebe do assunto...

Nani aos 12 minutos. Pensei tanto em vocês!!
:)

M disse...

Toda a malta que aqui passa e vai lendo e trocando opiniões reteve o minuto 12....istpo, claro, em função de debates recentes acerca do Nani

Schmeichel disse...

Também não foi preciso jogar futebol!

Roberto Baggio disse...

Que se passa com o minuto 12? Não vi o jogo....

Joao disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Joao disse...

baggio,


sobre o treino da albania, sem ironias,
serve para alguma coisa o exercício passar bolas com as mãos ?


abraço

Roberto Baggio disse...

Sim João. Para aquecer/activar. Para descontrair/recrear
:)

Jay disse...


O Nani com 2 opções de passe dentro da área, com superioridade numérica, opta pelo remate. Um remate ridículo, ainda por cima.

Mas não foi o único. Também o Pepe tem um remate a 20 metros que fosse meu colega de equipa tinha levado logo um calduço. Com 3 linhas de passe à frente. Não se faz.

E na segunda parte perdi a conta ao nº de vezes que o Cavaleiro decidiu mal.

Enfim.


Roberto Baggio disse...

Ah ok. O Nani decidiu mal. Ok. Pensei que tivesse morrido alguém

Carrela disse...

Deu pena, ver jogadores como Coentrão ou Moutinho e mais um ou outro no meio de "craques" como João Pereira, Cavaleiro (como é possível este jogador estar na Selecção?), Vieirinha, Éder, WC, e até "este" Nani (que se aplicou mt, é verdade, mas aquilo espremido foi igual a zero) entre outros...

O grupo é "fraco", ainda está tudo mais que em aberto, mas... assim não vamos lá...

Alessandro Del Piero disse...

Nem o Messi que é o Messi decide sempre bem.

Gonçalo Matos disse...

O Nani e o Moutinho foram os únicos jogadores que tentaram meter dinamica no ataque da selecção e mesmo assim são criticados.. Tirando os 2, volta e meia o Coentrão tentou destabilizar pela linha de fundo mas raramente conseguiu ser bem sucedido, visto que invariavelmente centrava para uma zona em que a sup numerica da Albania era obvia (grande área).
Tudo bem que a qualidade individual não abunda. Mas esta qualidade em organização ofensiva não lembra a ninguém. Eu tenho a certeza que na distrital à equipas a jogar melhor que a selecção.. A ausencia de tempo de treino não serve de desculpa. A selecção portuguesa ataca preferencialmente pelos flancos, sendo que nem consegue fazer o adversário bascular minimamente antes de centrar. Quando procuram jogar no bloco adversário é sempre porque algum gajo (que depois é criticado) decide tentar desequilibrar e fixar uma malta.
E dizia o comentador quase no final: "E Paulo Bento está desesperado porque quer mais cruzamentos para a área."

O que nos vale, infelizmente, é que agora os 3 primeiros se apuram. Tá na hora de perdermos a sério para percebermos a falta de qualidade que tem o futebol que representa o nosso país.

Gonçalo Matos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pedro disse...

"Nem o Messi que é o Messi decide sempre bem."

Bem verdade. Ainda no Mundial..enfim..mas é Messi.

A questão é que Messi decide quase sempre bem. Nani é quase sempre aquilo. :)

António Borges disse...

Gostei do post e do blog em geral. Vou seguir. Façam o mesmo com o nosso :)

futeboltricot.blogspot.com

Miguel Pinto disse...

Contra nós tivemos o facto desta equipa da Albânia ter jogadores que já jogam juntos há muitos anos (no último terço do campo).

Roberto Baggio disse...

Oh Pedro, faz lá um resumo dos últimos 2 jogos do Nani (clube e selecção), com todos os toques na bola, e conta as más decisões. Se a taxa for superior a 20% prometo que deixo de ver futebol. Se for igual ou inferior deixas de fazer comentários anedóticos. Combinado?
Ps: eu não vi o jogo da selecção, porque não tenho tempo a perder com equipas do Paulo Bento, portanto creio que estás em vantagem e podemos fazer essa aposta. Que dizes?!

Abraço

Miguel Pinto disse...

Pedro, já foste!!!

Roberto Baggio disse...

Oh Miguel não estragues a minha festa sfv. Não vês que só o quero obrigar a ver os jogos de novo, e rever cada acção do Nani isoladamente, e analisar...

Gonçalo Matos disse...

Bora Pedro!

E ainda por cima um dos jogos é contra o JJ, podes matar vários coelhos com uma só cajadada.

Gonçalo Matos disse...

Bora Pedro!

E ainda por cima um dos jogos é contra o JJ, podes matar vários coelhos com uma só cajadada.

Miguel Pinto disse...

Se tivesse algum voto na matéria propunha ao presidente da federação que se fizessem alguns testes escritos aos jogadores da selecção (já para não falar nos clubes), relacionados obviamente com o jogo, de forma a aquilatar os seus conhecimentos perante situações que ocorrem durante um jogo de futebol, do género: nesta fotografia vê-se x com bola, y no corredor central, z no apoio frontal etc.. Qual acha ser a melhor solução para o problema que o jogador encontrou? Justifique.
Estou certo que seria esclarecedor sobre a forma como eles entendem o jogo.
Fazer o mesmo para os treinadores também seria uma boa ideia...

Em relação ao jogo de ontem digo que vamos lutar com a Arménia pelo 3º lugar e que o Ronaldo ao fazer aquela exibição na Suécia fez com que a remodelação que já deveria ter começado após esse jogo, só venha a ter lugar após a derrota na Arménia.

Acho giro que toda a gente diga que os brasileiros pararam no tempo mas nós não, nós só paramos com o bento a dar-nos nas fuças.
E resignamos de lutar contra este estado de coisas...

Por último que dizer se tivessemos ganho? Teriamos ficado contentes? A renovação/revolução dar-se-ia com mais tranquilidade? As novas escolhas teriam sido bem ponderadas? O Ronaldo continuaria a ser o foco das atenções(modelo de jogo, sistema de jogo)? Falando de características dos jogadores, william, veloso, gomes, meireles, moutinho, o que é que os distingue verdadeiramente? O nº de tatuagens que têm no corpo? Aonde mora a versatilidade, a imprevisibilidade, a ousadia do seu jogar, das dinâmicas que se criam, que confundem o opositor, que ludibriam sistemas defensivos, que promovem o desgaste mental no adversário. Que saudades do costinha, maniche e deco ou rui costa no meio campo...
Para reflectirmos sobre o que andamos a produzir na formação, de que forma e para que finalidade.

Albertini disse...

Testes escritos para que? Eu não ponho em causa a inteligência dos jogadores, ou seja em fotografia acerta na resposta, o problema é no jogo jogam com a cabeça no chão assim torna-se dificil de vislumbrar uma solução melhor que a dele...

O que acham do seguinte:

1) Jogamos contra uma albânia não temos pontas de lança disponiveis em quantidade (e em qualidade acrescente-se), mas... podiamos jogar com um terceiro médio mais criativo (nani a 10 !!) e apostar num William carvalho e moutinho (alias na 2 parte o Moutinho e o Andre Gomes sozinhos deram conta de grande parte das situações de contra ataque).

2) Em relação ao Ponta de Lança, bem sabemos que isto não é o FM para agarrar num "pinheiro" e meter lá na frente, mas em relação a este tema é necessário reconhecer 2 factos: 1) O Eder está muito verde para ser o titular da seleção os seus movimentos raramente são os acertados; 2) Como é possivel contra a Albânia em casa não "promover" um dos pontas de lança dos sub 21 a equipa principal, quem viu o jogo dos sub 21 do Domingos Paciencia (infelizmente acaba por lesionar-se) percebe facilmente que apesar de tambem ainda estar a ser formado já sabe interpretar o jogo naquela posição e nesse aspecto até é mais forte que o Eder, o próprio Carlos Mané neste jogo teria sido uma excelente opção para suplente ja que esta habituado no seu clube também a jogar atras de um avancado.

3) E o que dizer desta opção do Bruma para a Bancada ..., em relação a esta só jogo o seguinte "dado para a mesa" para o Mundial o Antunes não e convocado e uma das justificações e que se leva jogadores polivalentes (nomeadamente Andre Almeida - e que bem esteve o homem a tapar buracos), então e num jogo que e para ganhar em casa com uma seleçção mais fraca deixa-se um lateral esquerdo no Banco?! e manda se pra bancada um avancado?!

4) O Miguel Veloso entra em jogo para fazer o que?! eu diria que pela sua capacidade de passe, agora o seleccionador nao lhe deve ter explicado bem, porque eu perdi conta à troca de passes com o PEPE no nosso meio campo, quando o que era suposto e passes a queimar linhas ou até mesmo bombear bolas pra area segundo o Paulo Bento que pedia cruzamentos (não percebi também muito bem para quem, já que o Eder no final do jogo apeteceu lhe encostar se a linha a pedir a bola)

5) Para terminar, não podia deixar de ser uma palavra sobre o João Pereira, diga-se a verdade teve vontade e corria, mas nem defender o extremo Albanes conseguiu ... e quando fazia os movimentos em que é mais forte, apoiar o ataque e ganhar a linha não fez um único cruzamento com qualidade ...

Enfim, continuo a defender que o Paulo Bento não sabe extrair o melhor dos nossos jogadores que apesar de não serem craques são claramente superiores à Albânia e exigia-se uma vitória em casa... As suas opções são questionáveis e o seu discurso incoerente e não se admirem que a próxima convocatória regressem os "suspeitos do costume" e esta renovação (que diga-se é mais que necessária, com a chegada destes que foram chamados e outros) seja uma vez mais adiada!!

ABc

Albertini disse...

Testes escritos para que? Eu não ponho em causa a inteligência dos jogadores, ou seja em fotografia acerta na resposta, o problema é no jogo jogam com a cabeça no chão assim torna-se dificil de vislumbrar uma solução melhor que a dele...

O que acham do seguinte:

1) Jogamos contra uma albânia não temos pontas de lança disponiveis em quantidade (e em qualidade acrescente-se), mas... podiamos jogar com um terceiro médio mais criativo (nani a 10 !!) e apostar num William carvalho e moutinho (alias na 2 parte o Moutinho e o Andre Gomes sozinhos deram conta de grande parte das situações de contra ataque).

2) Em relação ao Ponta de Lança, bem sabemos que isto não é o FM para agarrar num "pinheiro" e meter lá na frente, mas em relação a este tema é necessário reconhecer 2 factos: 1) O Eder está muito verde para ser o titular da seleção os seus movimentos raramente são os acertados; 2) Como é possivel contra a Albânia em casa não "promover" um dos pontas de lança dos sub 21 a equipa principal, quem viu o jogo dos sub 21 do Domingos Paciencia (infelizmente acaba por lesionar-se) percebe facilmente que apesar de tambem ainda estar a ser formado já sabe interpretar o jogo naquela posição e nesse aspecto até é mais forte que o Eder, o próprio Carlos Mané neste jogo teria sido uma excelente opção para suplente ja que esta habituado no seu clube também a jogar atras de um avancado.

3) E o que dizer desta opção do Bruma para a Bancada ..., em relação a esta só jogo o seguinte "dado para a mesa" para o Mundial o Antunes não e convocado e uma das justificações e que se leva jogadores polivalentes (nomeadamente Andre Almeida - e que bem esteve o homem a tapar buracos), então e num jogo que e para ganhar em casa com uma seleçção mais fraca deixa-se um lateral esquerdo no Banco?! e manda se pra bancada um avancado?!

4) O Miguel Veloso entra em jogo para fazer o que?! eu diria que pela sua capacidade de passe, agora o seleccionador nao lhe deve ter explicado bem, porque eu perdi conta à troca de passes com o PEPE no nosso meio campo, quando o que era suposto e passes a queimar linhas ou até mesmo bombear bolas pra area segundo o Paulo Bento que pedia cruzamentos (não percebi também muito bem para quem, já que o Eder no final do jogo apeteceu lhe encostar se a linha a pedir a bola)

5) Para terminar, não podia deixar de ser uma palavra sobre o João Pereira, diga-se a verdade teve vontade e corria, mas nem defender o extremo Albanes conseguiu ... e quando fazia os movimentos em que é mais forte, apoiar o ataque e ganhar a linha não fez um único cruzamento com qualidade ...

Enfim, continuo a defender que o Paulo Bento não sabe extrair o melhor dos nossos jogadores que apesar de não serem craques são claramente superiores à Albânia e exigia-se uma vitória em casa... As suas opções são questionáveis e o seu discurso incoerente e não se admirem que a próxima convocatória regressem os "suspeitos do costume" e esta renovação (que diga-se é mais que necessária, com a chegada destes que foram chamados e outros) seja uma vez mais adiada!!

ABc

Jay disse...


Nani, Moutinho e Coentrão. Foi o que se aproveitou do jogo. O resto, minha nossa.

E estar a reclamar do Nani quando em 90' tem um ou outro erro significativo e andou lá o Cavaleiro sempre a fazer asneira e o Gomes sempre a fazer asneira é obra. E nem falemos do Éder. Ainda bem que o Braga existe para provar que o Éder sabe jogar à bola.

Mas eu quando ouço dos comentadores desportivos que o Gomes fez bom jogo e o William é que foi o pior em campo realmente tenho que tirar o chapéu, que percebo pouco disto.

Daqui a mais a culpa da derrota foi do Patrício. Já estão como os sportinguistas que culpam o Montero do empate contra a Académica. Olha que realmente.

jorge gaspar disse...

"andou lá o Cavaleiro sempre a fazer asneira e o Gomes sempre a fazer asneira é obra"

Eu até gostei do jogo do Cavaleiro e do Gomes.

A mim pareceu-me que o maior problema de todos é táctico (exceptuando obviamente o João Pereira. Sempre que jogar, seja onde for, será ele o maior problema).
Os sectores estão sempre muito longe uns dos outros. A defesa está sempre a meio do seu meio campo, sempre que se perde a bola, demora-se muito tempo a recuperar, os jogadores cansam-se muito mais a correrem completamente desorganizados. Quando se tem a bola há sempre demasiada pressa. O Éder nunca é uma boa opção de passe, ou não dá linha de passe, ou então quando dá e recebe a bola perde-a logo de seguida. A equipa á excepção de um ou outro jogador prefere levar sempre o jogo para as laterais. O João Pereira sempre que tem a bola relativamente perto da área manda chutão lá para dentro. Nem olha, ás vezes estão 10 adversários para um dos nossos, chutão na mesma.
Quando se conseguem criar desequilíbrios, começa logo a haver demasiada pressa em concluir a jogada.
Bem, ainda assim, o maior problema é o dos sectores estarem muito longe uns dos outros. Não sei se concordas com a minha opinião Baggio

Roberto Baggio disse...

Não vi o jogo... A equipa do Paulo Bento não me desperta qualquer interesse.

Pedro disse...

LOL

Até aceitava o desafio se tivesse paciência para isso. Mas depois teríamos a discussão sobre o que era boa decisão e má decisão. Já sei o que a casa gasta. E não tenho vantagem nenhuma, tb não vi o jogo. Tinha a televisão a dar o jogo nesse momento de Nani e, obviamente, lembrei-me de todas estas discussões.
:)

Pode ser que um dia possamos ver um jogo juntos. Isso sim tem mais piada.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Jorge, o Ivan Cavaleiro é uma camarada que tem dificuldades sérias naquilo que é básico (recepção, passe, condução).

A determinada altura enganou-me bem, reconheço, porque na B do Benfica parecia ter algumas qualidades. Não tem - para além do físico e de correr bué e de se achar a última bolacha do pacote (incríveis as declarações dele quando foi para a Corunha, sobre o JJ e os poucos minutos que teve na época passada).

Portanto, não entendi o teu comentário.

Gonçalo Matos disse...

Edson,

Segundo o meu primo, o Cavaleiro tb é mto bom na noite. Digamos que já estiveram várias vezes na mesma convocatória. Se é que me entendes.

jorge gaspar disse...

Edson concordo, no entanto acho que é inteligente na maneira como se relaciona com os colegas, e foi por isso que eu disse que até gostei do jogo que fez. Não acho que tenha sido por ele ou por qualquer um dos outros que jogaram que Portugal fez o jogo que fez. Acho por exemplo que o João Pereira é muito pior jogador, embora acredite que mesmo com ele a jogar, é possível ganharmos á Albânia.

Não tenho culpa que não tenhas entendido o meu comentário. Disse que achei que o Gomes e o Ivan Cavaleiro não fizeram na minha opinião um mau jogo e achei que o maior problema de todos é a distância entre sectores. Esqueci-me porém de referir que as marcações homem-a-homem persistem. É ver os médios constantemente atrás dos adversários e quase sempre sem qualquer preocupação com a bola. É ver o William sempre onde não devia estar, sempre atrás de um homem qualquer. Ainda assim há experts que acham que o Bento tem coisas boas. Deve ser daquela pose que faz nas conferências e daquela forma de falar autoritária. Há quem goste disso, vá-se lá saber porquê.

Penso que o meu comentário foi bem explícito. Não disse que o Ivan Cavaleiro era um grande jogador, disse que na minha opinião não fez um mau jogo