Posse de bola no Facebook

Translate

segunda-feira, agosto 04, 2014

Curtas da pré-temporada

- Sporting. Marco Silva vai ter de mostrar serviço. Sendo que a equipa se encontra num momento mais estável que os rivais, os reforços que entraram não garantem a subida de qualidade que o Sporting precisava para lutar com FCP e SLB. Uma boa notícia é que há mais soluções no plantel, e que o grosso da época transacta se mantém. Outra é que o SLB desceu muito de qualidade, relativamente à época anterior. Para já, fazendo um exercício como no ano anterior, quantos jogadores do SLB entrariam no onze do Sporting? E veja-se o equilíbrio que existe ao nível das individualidades. Se por um lado isso poderá significar uma aproximação do Sporting ao SLB, por outro significa que o nível baixou drasticamente. Isto porque não foi o Sporting a ganhar qualidade, mas sim o SLB a perder.

- FC Porto. Lopetegui tem individualidades fantásticas, como há muito não se via em Portugal. Tem muitas soluções ofensivas de qualidade, tem Jackson, Danilo e Alex Sandro de nível mundial. Para já, não deslumbra ao nível do modelo de jogo, como seria de esperar, tendo em conta tanta entrada e saída, tanto teste. Sabendo-se também que é um treinador que não conhecia os jogadores, com uma proposta de jogo (escrita/dita) difícil de operacionalizar. A boa notícia é que SLB e SCP não poderão competir ao nível das individualidades. A má é a exigência do público do Dragão. Será "impossível", entrando na Champions pensar que se poderá competir com os tubarões com tão pouco tempo de treino e de jogo destes jogadores juntos. E a Liga dos Campeões é algo que no Porto se valoriza muito. É preciso dar tempo para que um treinador novo, com ideias novas e muitos jogadores novos (no clube), tenha possibilidade de tentar implementar com tranquilidade a sua ideia de jogo.

- Benfica. Desde o início da temporada sem oito daqueles que foram indiscutíveis na época passada. Ainda por cima com um Artur sem confiança para fazer o mínimo para que os colegas que defendem sintam confiança e estabilidade. A boa notícia é que Jesus conhece perfeitamente o contexto. A má é que não há milagres, não há ainda reforços, não há novidades quanto a Gaitan e Enzo, e que vai ser preciso tempo.

Poderá isto significar um campeonato mais animado, com três verdadeiros concorrentes ao título? Veremos.

14 comentários:

Mike Portugal disse...

Eu diria que poderá haver algum destaque até Novembro, mas só em finais de Fevereiro, inicios de Março veremos mesmo quem é candidato ao título ou não.

Anónimo disse...

Alarmismo. Muito alarmismo em redor do Benfica! John, Salvio, Gaitan e Sulejmani são titulares no Sporting. Pizzi que nem entra nos 4 é um jogador que o Sporting nem conseguiu contratar. Queriam o Derlei que veio cá parar. Têm um belo avançado que entra no Benfica, mas o seu suplente é quase um não jogador. No meio campo continuava a querer o William...tal como o ano passado. E ainda pode sair! Centrais perderam o melhor e queria o GR. Têm mais soluções mas acima de tudo a grande diferença pode vir do Marco, principalmente com aquilo que vai conseguir fazer com o André Martins.
O Porto perde o Hélton vamos ver quem vai entrar, o Mangala foi embora e entrou um limitadissímo, sai o Fernando...mas reforçaram-se bem é verdade. De forma non-standard no entanto. Tello, Oliver e Casemiro são empréstimos. Brahimi é quase isso. Vamos ver o que quer isso dizer a médio prazo.
No Benfica há diminuição da qualidade, sai Garay...e fica Jardel. No meio campo no entanto há a lesão do Fejsa, mas Amorim e Almeida dão conta do recado no entretanto. Ou o Gomes passou a ser um super-jogador por ter saido? Sai Rodrigo e entra Derlei, sai Markovic e tem-se no plantel John ou Salvio. Oblak é que ainda não tem substituto, mas salvo erro quem fez mais jogos o ano passado até foi o Artur. Mas esta semana chega alguém. A equipa ainda tem qualidade para lutar pelo título e ainda devem chegar reforços.
Com o plantel de hoje aposto que passam a fase de grupos da Champions e acabam o campeonato com entrada directa para essa competição! Acho que ficou tudo muito alarmado ou ver jogos do Benfica com tipos como o Luis Felipe ou o Sidnei que provavelmente nem um minuto terão ao longo da época. E como eles há o Artur, Paulo Lopes, Jara, Bebe, Candeias,...

Abraço,
Top1

Roberto Baggio disse...

Top1 concordo com tudo o que escreveste. O problema é quando é que os lesionados Luisão e Jardel chegam, e quando é que Artur larga. O resto, para o campeonato, não me preocupa.

Roberto Baggio disse...

Ah, Enzo e Gaitan, também são um assunto importante.

Gonçalo Matos disse...

Cedric, para mim, entrava no 11 do Benfica. Mais qualidade técnica e decisão que Maxi, menos agressividade e força, mas no geral acho melhor.

Montero entrava tb, assim como o William. De resto, só mmo o Patricio.

Artur, Maxi, Jardel/Lisandro, Luisão, A. Almeida, Ruben Amorim, Enzo, Salvio, Ola John, Gaitan e Lima/Derlei. Com o Teixeira, o Bernardo, Talisca no banco ainda há alguma qualidade individual. E se querem que vos diga, acho que o que seria expectável tendo em conta a dimensão de Portugal é um 11 destes, não o que se via na Luz o ano passado e se vê este ano no Porto...

DC disse...

Achas que a pressão algo atabalhoada e a distância entre sectores é ainda falta de tempo ou já revela alguma coisa da competência do Lopetegui?

Gonçalo Matos disse...

Gostei mto do Sarr do Sporting. Bastante bom ao novel do posicionamento, rápido a antecipar, bom tecnicamente. De resto, mto picareta tem este Sporting... Entre Heldon, Capel, Maurício, Fokobo dava pra montar uma mina

Roberto Baggio disse...

Acho que é falta de tempo

Filipe C. Coelho disse...

Vou só centrar-me num mero pormenor da vossa análise: considerar o Danilo top mundial.
Sei porque o fazem, uma vez que o lateral brasileiro é relativamente inteligente na forma como ataca, privilegiando imenso o 1x2 (a forma mais fácil de ultrapassar um adversário) e revelando capacidade de galgar metros e carrilar jogo pelo flanco direito.

Mas está tão longe de ter qualidade a defender que até mete dó. Só em 45 minutos diante do Everton:
1. http://www.tacticzone.com/wp-content/uploads/2014/08/5_espaco-entre-linhas-1024x770.jpg
2. http://www.tacticzone.com/wp-content/uploads/2014/08/6_espaco-entre-linhas_2-1024x771.jpg
3. http://www.tacticzone.com/wp-content/uploads/2014/08/7_bloco-medio-alto-1024x771.jpg
4. http://www.tacticzone.com/wp-content/uploads/2014/08/8_4-5-1-1024x771.jpg
5. http://www.tacticzone.com/wp-content/uploads/2014/08/12_Danilo-Maicon-1024x771.jpg

Roberto Baggio disse...

Caro Filipe, se me permite. É só analisar o Porto do ano de Vítor Pereira. E poderá estar aí a chave para responder ao que você colocou.
A.Sandro, no mesmo jogo contra o Everton, soma os mesmos erros que Danilo. Ou seja, o Porto defende colectivamente mal a largura. Quero acreditar que é passageiro. No futuro veremos como evolui.
Nenhum defesa que não esteja incluído num processo defensivo, colectivo, de qualidade sabe defender. E é isso que Danilo, Mangala, e Alex Sandro ppassaram com Paulo Fonseca. Pelo que é natural que hoje ainda cometam esses erros.
Se tiver hipótese, reveja o jogo e perceba que é um comportamento colectivo e não individual.

Roberto Baggio disse...

Assim como se tiver hipótese reveja o Porto de V.P e depois me diga quem é que naquela equipa não sabia defender, ajustar, recuperar rápido, fechar dentro. Se quiser eu adianto uma resposta: nenhum. Todos sabiam exactamente o que fazer a cada momento defensivo. Todos daquele onze inicial, sem excepção.

Filipe C. Coelho disse...

Não concordo. É certo que Paulo Fonseca foi uma má influência para toda a equipa e, inerentemente, para cada um dos jogadores.
Mas acho Alex Sandro incomparavelmente mais inteligente do que Danilo, com outra cultura táctica e percepção do jogo. Isto não quer dizer que não cometa erros em processo defensivo mas, na minha opiniao, comete muito menos do que Danilo.

Apenas foi analisada a primeira parte mas, nesse espaço temporal, Alex Sandro aparece muito menos vezes desposicionado do que Danilo.
Aliás, confesso que houve até um lance em que Maicon foi batido e Danilo fez a compensação, fechando ao meio. Tive de me beliscar, dado que foi um momento tão raro.

Filipe C. Coelho disse...

Não concordo. É certo que Paulo Fonseca foi uma má influência para toda a equipa e, inerentemente, para cada um dos jogadores.
Mas acho Alex Sandro incomparavelmente mais inteligente do que Danilo, com outra cultura táctica e percepção do jogo. Isto não quer dizer que não cometa erros em processo defensivo mas, na minha opiniao, comete muito menos do que Danilo.

Apenas foi analisada a primeira parte mas, nesse espaço temporal, Alex Sandro aparece muito menos vezes desposicionado do que Danilo.
Aliás, confesso que houve até um lance em que Maicon foi batido e Danilo fez a compensação, fechando ao meio. Tive de me beliscar, dado que foi um momento tão raro.

Roberto Baggio disse...

Eu estou a dizer para ser você a analisar. Não o blogue que fez o artigo. E você verá que tanto Alex como Danilo cometem os mesmos erros. Depois de o ver, quero saber se faz sentido pensar que Danilo é fraco defensivamente. Eu acho Alex melhor que o Danilo. Mas a minha opinião em nada tem a ver com o processo defensivo.