Posse de bola no Facebook

Translate

domingo, junho 22, 2014

Sampaoli vs Holanda

«Temos pela frente um jogo estratégico difícil, porque do outro lado vai estar um treinador atento a diferentes variáveis e vão tentar controlar-nos. Mas nós temos capacidade para expor as fraquezas da Holanda. Somos modestos mas temos as nossas qualidades e, na minha opinião, o colectivo é mais importante que o individual»
Palavras do seleccionador do Chile.

E há muito por onde pegar! A Holanda é muito débil, ao nível organizativo. E não tem qualidade individual por aí além.

PS: Dá para meter o Silva e o Iniesta a jogar pela Costa Rica?!

PS2: O mundial com esse clima é impossível!

27 comentários:

Signori disse...

Olha que de facto, pensando bem, a nível de qualidade individual esta é das piores selecções holandesas de que tenho memória. Já agora, e porque van Gaal é treinador da Holanda, acham que será capaz de criar uma organização coletiva forte em Manchester ?

Roberto Baggio disse...

Eu acho que sim

Signori disse...

E já agora, onde pensam que pode chegar a Costa Rica, que provavelmente irá apanhar Colômbia e Costa de Marfim nos oitavos, e depois Holanda, Chile ou México?

E com Silva e Iniesta? :P

Roberto Baggio disse...

Sinceramente, não faço ideia...

Signori disse...

Okay, merci. Eu aposto nos 4ºs.

M&M disse...

O que voces acham sobre a influência do clima sobre este Mundial? Não é coincidência a grande queda das selecções europeias?

Será que é altura de rever alguns conceitos, como aquele em que se tratam todos os treinadores do Brasileirão como incompetentes?

É praticamente impossivel jogar neste clima com a equipa muito compacta, com pressão alta durante muito tempo. As equipas são quase forçadas a estenderem-se para dosear o esforço. Os jogadores melhores nos duelos individuais são favorecidos! Acho que é altura de se deixar de achar que indo alguem para o Brasil treinar com algumas boas ideias, torna-se automaticamente num caso de "em terra de cegos..."

F.Redondo disse...

Mas a questão é ... se treinares todos os dias e jogares semanalmente neste clima certamente que o corpo se adaptará, não sou nenhum especialista mas diria que sucederá isso.

Uma palavra para os jogos de hoje, i) esta bélgica é qualquer coisa, tanta qualidade individual espalhada pela relva, em termos colectivos não me parece extraordinária; ii) O numero 9 da Coreia (não me vou arriscar a escrever o seu nome) é um grande jogador; iii) Atitude competitiva da Coreia é de enaltecer, sempre a procura do golo, em teoria ainda tem hipoteses de passar se ganhar o ultimo jogo.

Agora veremos o nosso Portugal, continuo a não entender a aposta num Postiga !!! que me obrigue hoje a meter a viola no saco (ie que ganhemos à custa do seu bom jogo).

Gonçalo Matos disse...

M&M

É muito mais desgastante jogar hxh que jogar zona. Há vários tipos de zona e nem todas são pressionantes nem compactas. O Jesus por exemplo, em alguns anos expunha mto a sua equipa e jogava zona. A Costa Rica joga zona e têm sido surpresa. Não me parece que o clima justifique jogar-se mal à bola. O problema no Brasil é mesmo falta de conhecimento ou de capacidade para aplicá-lo.

Quanto ao clima, tem sido determinante. São vários os jogos em que se percebe que uma das equipas não responde aos estimulos do jogo. Italia vs Costa Rica, Alemanha vs Gana são os que me lembro assim de cabeça.

Edson Arantes do Nascimento disse...

O Mundial com este clima é impossível porquê? As equipas europeias têm de ser sempre beneficiadas? Até no clima?

Ou agora só se pode jogar à bola com 20 graus centígrados?

O clima tem pouco a ver com as ideias e com a organização que a equipa apresenta. Eu tenho gostado dos jogos e do Mundial porque têm sido divertidos apesar de a toda a hora vermos coisas quase impensáveis, tal é a desorganização.

M&M disse...

O problema é que mesmo com zona, com este clima, vao sempre aparecer muitos espaços, porque as equipas nao conseguem ajustar com velocidade suficiente. Se a bola esta num flanco e ha uma variaçao de flanco, quanto tempo ate ajustarem? Sempre diferente. Equipas menos compactas, mais estendidas, mais espaços entre-linhas, tudo ideal para vingarem jogadores fortes nos duelos individuais. Não estou a sugerir que será melhor com referencias individuais ou um misto das duas, apenas que não há tanta diferença como quando estamos no clima europeu.

Roberto Baggio disse...

"O Mundial com este clima é impossível porquê?"

Porque as condições climatéricas extremas, afectam os jogadores de forma diferente. Logo, isso é um factor externo que não deveria existir, que beneficia mais uns, do que outros.

"As equipas europeias têm de ser sempre beneficiadas? Até no clima?"

Népia. Pedem-se condições climatéricas onde todos possam jogar de igual forma, sem um factor externo a influenciar o rendimento dos jogadores. Não é beneficio que se quer, é igualdade.

"Ou agora só se pode jogar à bola com 20 graus centígrados?"

E se for possível com pouca humidade, para que os jogadores não tenham dificuldade em respirar, e consigam manter-se sóbrios o máximo de tempo para que estão treinados.

"O clima tem pouco a ver com as ideias e com a organização que a equipa apresenta."

Concordo, até certo ponto. Se um jogador não consegue correr, não há organização que resista. Não estou a dizer que o clima está a influenciar a organização inicial das equipas. Mas a partir de um determinado período do jogo, influencia de forma gritante.

" Eu tenho gostado dos jogos e do Mundial porque têm sido divertidos apesar de a toda a hora vermos coisas quase impensáveis, tal é a desorganização."

Eu tenho achado os jogos uma seca lol. Divirto-me com poucas equipas :)

KAKÁ disse...

Salve Gonçalo

"O problema no Brasil é mesmo falta de conhecimento ou de capacidade para aplicá-lo."

Perfeito! é isso mesmo, falta de conhecimento tático e metodologia!

PS.
Sobre o clima eu sou contra o horário do primeiro jogo de cada dia q é 13hrs, nem no Brasileirão se joga nesse horário... sou a favor de parada técnica mais longa nesse horário de resto é tudo frescura... nos EUA eram feitas partidas ao meio-dia (12:00)e ninguém morreu!!

Todo mundo sabia q era quente, só vejo Ingleses, Espanhóis reclamando com veemência, são uns GAYS, os Holandeses, Russos, Alemães,Americanos são profissionais, acham quente mas não estão se importando com isso!!

A próxima COPA é na RÚSSIA e parece q já vejo Ingleses, Espanhóis dizendo:

"Aí é muito frio, é impossível jogar futebol nessa temperatura..."

;p

Elias disse...

Kaká.

Iria dizer exatamente isto! No Brasil não se joga às 13h. O jogo de Manaus foi a noite e Itália x Inglaterra foi bonito de se ver. Jogos no Brasil são sempre às 22h (mais tarde que qualquer um da copa) ou às 16h aos domingos. Não é desculpa. Ainda mais quando estes jogos ocorrem no Norte e Nordeste, onde o calor e a umidade juntos acabam com o rendimento de qualquer equipe que jogue em alto nível. Não duvido até o próprio Brasil reclamar em 2018 do clima frio, que é impossível e a mídia brasileira, que hoje reclama do "choro" europeu vá apoiar sua seleção neste argumento em 2018.

Acho que faltam muitas coisas no futebol do Brasil em termos de desenvolvimento de uma equipe. O Corinthians jogou em 2012 bem compacto em qualquer lugar do país e não teve desculpa mas não conseguiram manter a organização por mais de 1 ano. Por que será?

Anónimo disse...

Engraçada a questão do clima. Se bem me recordo sempre q uma equipa brasileira ou a selecção brasileira vai a La Paz jogar referem sempre a questão do clima. Especialmente qdo o jogo n corre bem.
Independentemente do qto o clima pode afectar o jogo duma equipa, pelo menos deixem a malta usar o clima como uma das razões pelo fracasso da equipa. Isto ate pq os brasileiros tb fazem o mm.

PS - Manaus??? Campinas ou Santos n eram exoticos o suficiente? S cidades de equipas pequenas?....

Gonçalo Matos disse...

O climatéricas influencia, mas nao justifica tudo. La Paz é um caso diferente, falta oxigénio e ai as diferenças sao maiores ainda porque ha características genéticas fortemente associadas ao desempenho.

KAKÁ disse...

Nossa!! comparar condições climáticas a LA PAZ é um grande erro, ALTITUDE é muito diferente de CALOR, é muito mais fácil se adaptar ao calor do q a altitude...

Em LA PAZ é só um jogo, não há tempo hábil pra se adaptar...

A copa de 70 no México foi na ALTITUDE, o Brasil chegou cedo pra se adaptar! Assim como faz a ALEMANHA no Brasil, q fez questão de fazer um CT no calor de SALVADOR para se adaptar o mais rápido possível!

;p

Roberto Baggio disse...

KAKA,

Ninguém se adapta a essas condições climatéricas, num mês, numa semana, num ano. O calor, a humidade, a falta de vento, é demasiado extremo para quem não tem já o hábito de jogar nessas condições.
Isso de dizer que chegou cedo para adaptar é muito giro, mas os efeitos práticos disso são zero.

Roberto Baggio disse...

PS: Claro que comparar com LA PAz é ridículo. Mas também o é, não perceber que o clima tem de facto influência no rendimento dos jogadores a certa altura do jogo (60 minutos para cima).

Anónimo disse...

Climáticas, POR FAVOR! Climatério é a menopausa:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Climat%C3%A9rio

Muito Obrigado!!

Frigoliny

Roberto Baggio disse...

obrigado Frigoliny

KAKÁ disse...

Salve Baggio

Ninguém vai chegar no RIO passar um mês e se transformar em CARIOCA, nem fazer o mesmo no NORDESTE e virar NORDESTINO...

Agora, q isso melhora o condicionamento eu não tenho dúvidas!!

Nâo fosse isso ninguem chegaria antes aqui, ninguem gastaria dinheiro em um CT como a HOLANDA fez e a ALEMANHA faz...

"Sobre o clima eu sou contra o horário do primeiro jogo de cada dia q é 13hrs, nem no Brasileirão se joga nesse horário... sou a favor de parada técnica mais longa nesse horário de resto é tudo frescura... nos EUA eram feitas partidas ao meio-dia (12:00)e ninguém morreu!!"

Valeu?!
;)
Abraço




Roberto Baggio disse...

"Agora, q isso melhora o condicionamento eu não tenho dúvidas!!"

E que pressuposto te leva a dizer isso?
Olha que isso é uma questão científica, e mesmo assim, deriva de individuo para individuo. Qual é então o pressuposto científico que te leva a afirmar que melhora alguma coisa?
É que te posso mostrar vários estudos que mostram precisamente o oposto. Que deteriora, antes de melhorar alguma coisa. Ou seja, durante a adaptação as capacidades diminuem radicalmente, até se conseguir adaptar. Adaptação essa que leva muito, muito tempo.

"Nâo fosse isso ninguem chegaria antes aqui, ninguem gastaria dinheiro em um CT como a HOLANDA fez e a ALEMANHA faz..."

E por eles fazerem estão melhores?
Vais ver a queda física deles na próxima fase. Depois n digas que n avisei ;)
Aliás essa quebra já se começou a notar.

Signori disse...

Nesse âmbito, da fisiologia do desporto, não percebo muito, mas alguém sabe se há algum estudo que diga que, nestas condições, poderia ser mais vantajoso treinar em ambientes menos quentes e húmidos, onde os jogadores estivessem habituados, e no dia antes do jogo ir treinar e depois jogar no clima mais quente e húmido?

Roberto Baggio disse...

Não há vantagem nenhuma nisso. Assim como não há adaptação numa semana, ou em duas, ou num mês.

Ou seja, a adaptação está demasiado dependente da fisiologia de cada um. E, portanto, depende sobretudo disso.
Daí a vantagem inegável que alguns têm.
Neste mundial, ninguém teve vantagens por chegar mais cedo ao calor. Quanto muito (que também não acredito assim tanto), teve desvantagens, pela baixa intensidade, pelo maior desgaste causado pelo clima.

Signori disse...

Sim, a minha ideia era essa, treinar num ambiente fresco, e só no dia do jogo, ou um dia antes, ir para o clima do sítio do jogo.

KAKÁ disse...

Baggio

"E que pressuposto te leva a dizer isso?"

O mesmo q ti leva a dizer o contrário!!

"E por eles fazerem estão melhores?"

Não sei se melhores, mas ainda estão aqui!!

Os EUA se prepararão pra fazer uma grande COPA, treinaram no calor, fizeram amistosos no calor, já faz tempo q eles estão fazendo isso, mostrou profissionalismo...

A ESPANHA pelo contrário, apesar de já ter experiencia anterior com o calor preferiu chegar em cima da hora, e ir a um lugar frio para treinar, santa ignorância...

Por isso q eu fui o ÚNICO a dizer:
"NÃO PASSA NEM DA PRIMEIRA FASE!!"

Sem falar no CHILE q há séculos q ti falo dele, mas isso é outra história...

;)

Roberto Baggio disse...

Quem mostra profissionalismo são os gajos que estão sempre a gritar com os jogadores, os tipos que os metem a subir e descer escadas, a correr desalmadamente de forma contínua, e enchem o campo de pinos. Isso são coisas para o público ver, e que o público gosta. Tal como essa "suposta" adaptação ao clima.
É muito bonito dizer que eles foram cedo, e estão na próxima fase. Mais difícil é conseguir provar essa mesma adaptação... Portanto, pelo que li (e já pensava), quando fui lendo o feedback dos jogadores sobre o como se sentiam, não, não tem nada a ver.

Ela simplesmente não existe. Para além de que, como disse, há determinados jogadores, de determinados países, nomeadamente os mais atléticos que sentem menos a influência do clima.