Posse de bola no Facebook

Translate

domingo, junho 15, 2014

O golo mais bem construído até ao momento

Sendo que 75% dos golos deste mundial, até ao momento, foram conseguidos com transições, e bolas paradas, ou erros individuais (perdas de bola na área que possibilitam o remate imediato), não foi difícil eleger o melhor golo que derive do momento de organização ofensiva da equipa.
E para ser sincero, sendo que ainda não jogou a Argentina, apenas poderia haver três candidatos sérios ao prémio (Espanha, Chile, Itália).
Caiu no entanto para o México de Herrera.



Mas o Chile também faz coisas engraçadas.

9 comentários:

Luís Carvalho disse...

Não sei o que acham, mas para mim o Chile desiludiu-me, não vi contra a Austrália uma " grande equipa". Agora, para mim, que ainda pouco percebo disto, o melhor jogo foi ontem, em especial os primeiros 45 minutos, itália- Inglaterra. Baggio o que achaste ontem da costa rica em termos de organização ofensiva e em especial do campbell, temos craque? E já agora o Uruguai, aquele meio campo é muito fraquinho.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Eu achei agradável a proposta do México. Sobretudo em posse de bola e em transição e organização ofensiva. Boas combinações, apoios, trocas de bola pelo meio.

Mas como disse no LE são uma equipa estranha. Às vezes parece que a equipa se parte em apenas duas linhas, muitas referências individuais a defender, transição defensiva esquisita (ficam uma série de jogadores à frente da linha da bola e depois não conseguem recuperar).

Acho que o próprio Herrera é um bom exemplo do que estou a querer dizer. É um jogador estranho. Já o vi fazer péssimos jogos, com erros técnicos consecutivos (às vezes parece que tem um tijolo nos pés; decide mal), mas depois também já o vi fazer coisas interessantes.

Como no primeiro golo do México: fez tudo bem e com categoria. Mesmo esquecendo essa jogada fez um jogo muito interessante.

Roberto Baggio disse...

Luís, não vi a Costa Rica, nem e a Itália só olhava para o ecrã de vez em quando.

Edson, eu também não desgosto da proposta do México em termos ofensivos.
E os pontos em que tu tocaste, são também os que me parecem carecer de melhorias imediatas, se querem ter alguma hipótese de se qualificar para a próxima fase.

Bernardo Pinheiro disse...

Impressionante o Valdivia jogar no Palmeiras há não sei quantos anos.

Unknown disse...

O Chile teve um enorme buraco no seu meio campo defensivo. Não sei se foi arrogância pelo adversário ter sido a Austrália.

Rafael Antunes disse...

Até agora do que vi... Chile ofensivamente (mesmo olhando ao adversário) gostei... Itália vale por ver lá o Pirlo a esbanjar qualidade...

Organizações defensivas horríveis...

Maurício Oliveira disse...

Baggio, aqui pelo Brasil muito se falou da vulnerabilidade Chilena na defesa. Pensa que está acertado dizer isso(que o Chile é vulneravel a defender)?

Se sim, no que pensas que deve o Chile melhorar quando em organização defensiva?

Anónimo disse...

o golo mais bem construído

Roberto Baggio disse...

Maurício, Deve encurtar melhor os espaços entre sectores jogadores do mesmo sector, e não ter uma agressividade suicida no momento defensivo. São muito facilmente ultrapassados.

Anónimo, obrigado