Posse de bola no Facebook

Translate

quinta-feira, maio 01, 2014

Sevilla... António Conte

Já tinha sido aqui analisada a organização defensiva de Emery. Mas este primeiro golo sofrido é brutal. Veja-se a reunião que os jogadores fazem ao redor da bola. Parece que se juntam para jogar às cartas.




"Caro Antonio Conte,
Hoje em dia eu percebo que quem foi ex jogador de futebol e que tenha tido alguma história num clube, tenha maiores benefícios e probabilidades de chegar a treinador de futebol de clubes de topo. Mas esgotam-se por aí os presumíveis créditos. A tua conferência de imprensa depois do jogo de hoje, deve encher de vergonha quem realmente viu o jogo de forma racional e quem o sabe analisar friamente. As tuas desculpas esfarrapadas e a forma como colocaste quase a derrota da tua equipa em causa por erros de arbitragem (quais já agora?), em vez de reconheceres mérito a quem o teve e em vez de pensares porque será que isso aconteceu, deve encher de vergonha quem viu o jogo com olhos de ver (mais uma vez). Caro Antonio, não estás a treinar um clube qualquer. Devias pensar isso sim, em formas de melhorar a qualidade de jogo da tua equipa, em melhorar aspectos do modelo de jogo da tua equipa que não te permitem à alguns anos, ir mais além nas competições europeias, porque, o quase tricampeão italiano não passar a fase de grupos da Champions e ser eliminado nas meias finais da Liga Europa, é motivo de reflexão. Em Itália, percebo que seja já um passeio. Percebes isso caro Antonio? Perdeste porque do outro lado tiveste uma equipa, como sempre, superiormente bem organizada, a saber quase sempre o que teve que fazer em campo em todos os seus momentos. Por isso meu caro, preocupa-te com a tua equipa, preocupa-te com o facto de não fazerem cinco passes seguidos, preocupa-te com o facto de que se o adversário condicionar a construção do Pirlo, a tua equipa não existe e já agora para acabar, quando quiseres falar em controlo do jogo, percebe que passando a primeira fase de construção, a demasiada verticalização do teu jogo, com constantes rupturas dos médios interiores em espaços aclarados e com bolas longas a lá entrar, não te ajudará a ter o controlo que queres ter. Reflecte Antonio. O árbitro não teve culpa nenhuma. O Benfica e o seu treinador foram melhores que tu e o teu conjunto de boas individualidades.
Um abraço Antonio."

Fonte: https://www.facebook.com/josecarlosmonteiroofficialpage?fref=nf

20 comentários:

Rafael Antunes disse...

Vamos lá debater coisas que me interessam como treinador... :D

21 não deve controlar a profundidade e definir a cobertura mais profunda?

O adversário não está dentro da área... a linha de cobertura não deveria ser posta mais profunda?

Roberto Baggio disse...

eu tenho dificuldade em dizer o que eles devem fazer. é tudo hxh...

Abraço Rafael

Rafael Antunes disse...

Sim... Concordo...

Soluções...

Rafael Antunes disse...

Sim... Concordo...

Soluções...

Gonçalo Matos disse...

Mais uma vez, com 10 jogadores o benfica controlou o jogo. Faz-me confusão como equipas de topo nos seus campeonatos são quase nulas em organização ofensiva (Chelsea, Porto, Juventus, até Altético de Madrid). Esta Juve, quando deixou de poder andar a brigar pela posse de bola no meio campo desapareceu.

Esse Conte é um picareta. Certamente se esqueceu que na primeira parte qualquer lance em que um jogador dominasse a bola era logo virado por um dos centralões.

Roberto Baggio disse...

Concordo com as tuas soluções, depois de revisto o lance :)

Unknown disse...

Gonçalo, a diferença dessas equipas para o Atlético, é que na estratégia ofensiva utilizada (transições), são muito bons, podendo esquecer a organização ofensiva pois não têm jogadores para tal. Agora, o Chelsea com o Oscar cagar no ataque organizado é só triste.

Gito Bastos disse...

Baggio, e JJ na Seleção? Isso é que era... :D

Roberto Baggio disse...

Não pah. Gito, na selecção não há tempo treinar

Anónimo disse...

Atenção aí ao Sevilla! Os gajos podem ter mau modelo de jogo, serem maus a defender e tudo o mais, mas o pouco que sabem fazer ofensivamente fazem bem. Viram bem a movimentação ofensiva no golo que dá a final? O Jesus bem gostava que os jogadores dele interpretassem os lançamentos longos assim.

Como vocês costumam dizer, estás mais perto do sucesso, tens mais probabilidades de vencer e vences mais vezes se jogares bem. Mas é só um jogo e um chutão para o Bacca ou um livre para o Mbia podem trazer de volta muitos fantasmas.

Não é para ter medo mas não são favas contadas.

Daniel Martins disse...

Contra o Sevilha o que mais me preocupa são as ausências do Benfica. Assusta-me a ideia de para a final ter um meio-campo com André Gomes e Cavaleiro (ou Suleimani). E este facto não vai passar despercebido ao Emery, que é um treinador estudioso.

Roberto Baggio disse...

Daniel, então ele anda a estudar a matéria errada xD

Gandaia disse...

"Resposta" de José Mourinho a Eden Hazard:

“Eden is a player who is not mentally ready to look back to his left-back and leave his life for him. When the comment come from a player like Eden, it’s normal because he’s not a player ready to sacrifice himself 100% for the team and the team-mates. And the comments weren’t critical. I’m not happy. I speak all season and I try to improve him all season.”

João Nogueira disse...

Baggio,

A diferença de organização das equipas europeias que a Juventus joga, para a grande maioria das que defronta no campeonato italiano, neste momento nota-se bastante. Sempre se disse que os italianos tacticamente são irrepreensiveis, mas isso era sobretudo nos anos 80 ou 90. O problema deles parece-me ser o de não terem conseguido acompanhar a evolução do futebol e ainda por cima continuarem a achar-se os maiores e superiores tacticamente. O Conte não deveria já, em 3 anos consecutivos de campeão italiano, ter incutido na equipa uma forma de organização mais moderna? É que mesmo aquele 3x5x2, ao contrário do que leio muitas vezes, parece-me adequado para o campeonato italiano, mas não tem repercursão na Europa, contra equipas que juntam as linhas quando em transição defensiva e são rápidas no contra-ataque ou têm jogadores com inteligência suficiente para perceber os "buracos" (e desgaste com as subidas constantes pelo flanco) nas costas dos alas. Que pensas disto?

Abraço!

Gonçalo Matos disse...

Unknown,

Não acho que o facto de uma equipa ser muito forte em transição justifique a ausencia de capacidade para jogar em organização ofensiva. O jogo tem 4 momentos e essas equipas, num deles, são no máximo razoáveis. Não percebo é porque dizes que não têm jogadores para tal. Chelsea tem Willian, Óscar, Hazard, Lampard, David Luiz (como central), pelo menos. ´
Porto tem Fernando, Josué, Carlos Eduardo, Quintero.
Atlético tem Diego, Turan, Tiago, Koke, David Villa, Oliver (agora emprestado no Villarreal).
Juventus tem Pirlo, Marchisio, Tevez, Llorente, pelo menos.

Só pra finalizar, dirias que por exemplo os jogadores do Estoril são mais capazes de jogar em org of que os dessas 4 equipas?

Roberto Baggio disse...

Joao,

Já tinha dito anteriormente, não sei se a ti. Os treinadores italianos estão ultrapassados. Não todos, claro, mas vivem na sombra do que o Sacchi conseguiu. E só.

Quando a Juve, parece-me defensivamente forte, tirando aalguns erros dos centrais. A organização defensiva não me parece má. Mas o problema é o resto...

Daniel Martins disse...

Oxalá tenhas razão, gostava de estar tão optimista como tu estás :)

Roberto Baggio disse...

Hahaha eu estou a brincar. Claro que há motivos para estar preocupado com tantas ausências. Por outro lado, da forma como a equipa está trabalhada, tenho de estar optimista. Porque aquele colectivo é muito forte.

Rocky Balboa disse...

Eu diria que o Benfica n sofreria nenhum dos golos que o Valência fez. Os dois primeiros pela óbvia qualidade em OD. O terceiro pela capacidade de subir a linha defensiva quando o canto entra no 2 pau. Já n haveria emenda ao remate inicial pois estaria tudo fora de jogo. Indescritível a diferença de qualidade da organização. Q disparidade de qualidade teremos presente numa final europeia.

Roberto Baggio disse...

O ano passado também tiveste. A organização do Chelsea era péssima.
Cumprimentos