Posse de bola no Facebook

Translate

terça-feira, abril 15, 2014

SL Benfica - FC Porto

No jogo de amanhã, dos quartos de final da taça, a grande diferença estará na qualidade colectiva. E quando assim é, poder-se-à dizer que o Benfica é claro favorito à vitória, e consequente passagem à final da Taça de Portugal, repetindo a presença do ano anterior.

Em verdade se diga que Jesus estará, ainda, a jogar contra Paulo Fonseca. Não se pode atribuir nenhuma responsabilidades a Luís Castro sobre o processo colectivo do Porto actual.

No 1x4-4-2 de Jesus, com os jogadores disponíveis para cada equipa:

Fabiano/Artur - ao gosto de cada um. Estando Hélton disponível, seria ele o indiscutível.
Danilo
Luisão
Garay
Alex Sandro
Fernando
Enzo
Markovic
Gaitan
Jackson
Ghilas

No 1x4x3x3 de Luís Castro

Artur/Fabiano - ao gosto de cada um. Estando Hélton disponível, seria ele o indiscutível.
Danilo
Mangala
Garay
Alex Sandro
Fernando
Enzo
Defour
Markovic
Gaitan
Ghilas

Os onzes, nada têm a ver com o que os jogadores mostram agora, inseridos em cada contexto particular. Mas sim, a mais valia que já demonstraram ser, dentro de um contexto colectivo de grande qualidade.

48 comentários:

DC disse...

Só não usaria o Ghilas no 4-3-3 porque acho o Jackson mais completo a dar apoios frontais e penso que combinaria muito bem com Markovic ou Gaitan.

Quanto ao jogo de amanhã, imprevisível. Este Porto tanto pode ser goleado como ganhar. Mas aposto mais na primeira hipótese.

Roberto Baggio disse...

"Quanto ao jogo de amanhã, imprevisível. Este Porto tanto pode ser goleado como ganhar."

É essa a diferença entre os treinadores competentes, e os outros. Os resultados deixam de ser aleatórios :)

JON disse...

Baggio,

Porque trocas o Mangala pelo Luisão do 442 para o 443?

Pela velocidade e capacidade ganhar na profundida?

Jorge Carolo disse...

E o Quaresma?!

Pode ir para o banco ao menos?

O único que para mim é mais questionável é o Defour, no 4-3-3...

Acho-o limitado...

Talvez o trocasse pelo Amorim, se estiver disponível, ou então poria o Gaitan como interior...

O problema seria quem pôr depois na ala.

Cumprimentos

Roberto Baggio disse...

"Porque trocas o Mangala pelo Luisão do 442 para o 443?"

Porque Luisão é o melhor a interpretar as ideias de Jesus. Já as ideias de outros.... Por exemplo, nunca na vida Luisão é jogador para jogar na selecção brasileira. A não ser que fosse treinada por Jesus, aí, seria indiscutível. Se tivesse que fazer um 11, com os melhores desde que chegou Jesus, D.Luiz ficaria de fora, e os titulares seriam Garay, e Luisão (mesmo que este fora do contexto Jesus ficasse de fora e claramente a perder para o D.Luiz).

"E o Quaresma?!"

Quem é o Quaresma?! :P

Tendo em conta os disponíveis, acho-o o melhor. Tendo em conta os que não estão disponíveis, seria como cada um gosta mais Amorim/Defour. Aceito os dois.

moskow disse...

Só não consigo perceber o Mangala.
Não consigo perceber em que contexto é que ele é util seja no que for.
Dizes que o Luisão no contexto ou a interpretar as ideias de outro treinador não teria o rendimento que apresenta actualmente (julgo que é a tradução do "..." :)) ok, compreendo isso perfeitamente e acho q não há discussão ai, mas acho que é muito mais inteligente (com toda a relatividade...), ou pelo menos mais competente, que o Mangala.

Roberto Baggio disse...

Moskow,

Aceito,e entendo. Apesar de discordar de "Não consigo perceber em que contexto é que ele é util seja no que for."

A minha opinião é que noutro contexto, Mangala e Luisão, escolheria sempre Mangala, porque me permitia, por isto "Pela velocidade e capacidade ganhar na profundida?", ser mais atrevido e agressivo ao nível dos princípios defensivos a utilizar. Isto porque, na minha opinião, ele é jogador para perceber bem os comportamentos defensivos, como já foi capaz de o fazer com outro treinador, e tornar-se competente nisso. Não obstante de ir sempre cometer um ou outro erro.

Abraço

Diogo Pinto disse...

Baggio,

no 1-4-3-3 pq o ghilas e não o jackson?

abraço

Roberto Baggio disse...

Pode ser o Jackson. São os dois melhores avançados da liga. É uma questão de gosto pessoal.

FranciscoB disse...

Ghilas? LOL

Helder Silva disse...

Boas,

E porque não o Siqueira e o Rodrigo?

Pelo que vejo analisaste os jogadores pelo que podem dar (alguns já o deram, mas para o jogo de amanhã dificilmente darão isso, devido ao seu próprio momento de forma, Mangala e Alex Sandro).

Eu sei que para jogar a 9.5 o Rodrigo tem dificuldades de decisão, como não tenho acompanhado o Ghilas a 9.5 (ou na dinâmica que quiserem tendo 2 na frente) porquê ele e não Rodrigo? Eu reconheço qualidades ao Ghilas, mas atendendo na globalidade de apenas esta época os elementos que referi não mereciam os lugares?

Ab

Vasco disse...

A minha pergunta é o porquê do Rodrigo não jogar a 9 também

moskow disse...

Sim ok, admito que tb estava a ser injusto com o rapaz com essa frase :P
E sim, se calhar com outro treinador (bom) teria um rendimento bastante diferente, mas é que cada vez que o vejo jogar sinto mesmo que a maior parte das vezes, se depender da cabeça dele, ele não vai perceber a situação que se está a desenrolar, e a natural consequência disso, tal como acho q alguns dos erros dele mtas vezes vêm precisamente da agressividade/ímpeto dele, q não lhe permitem ler bem toda a situação.
Gostava de ver num campeonato mais exigente, com mais equipas boas e competentes na momento de atacar se seria só um ou outro erro.
Ok isto se calhar tb é válido com o Luisão, mas continuo a achar q este tem uma melhor leitura das situações, mas tb admito q tem mais experiência e isso ajuda.
Pá ok, mas eu tb sou aquele gajo q só se pudesse pôr 10 Iniestas + 1 GR em campo é q ficava feliz ;)

Roberto Baggio disse...

Alguém falou em 10 Iniestas em campo?
Comprado!

Boas Hélder,

Siqueira parece-me inferior ao Alex, a todos os níveis. Mesmo tendo em conta o seu momento actual. Não significa que Siqueira não seja bom. É. Mas parece-me menos bom que o Alex.
Rodrigo é inferior a qualquer um dos avançados do Porto, a meu ver novamente. Pelo que não entra nos melhores 11.

Quanto à questão, se fores fazer um onze com os melhores dá época, então seriam, talvez, 10 do Benfica. Mas não é esse o exercício que está a ser feito. O objectivo é mostrar que o 11 que o Porto pode fazer não é assim tão inferior ao do SLB. Pelo menos não é certamente 14 ou 15 pontos inferior. Se o for, é 3,4 pontos. Uma diferença mínima.

Roberto Baggio disse...

Concordo com as dificuldades de Mangala na abordagem aos lances, o que dificulta a sua leitura. Assim como com as dificuldades com bola. :) Mas estou a escolher entre ele e Luisao. E no que Luisao melhorou ele também pode melhorar. Não é que chegue ao nível do brasileiro, mas ser competente chega.

Gonçalo Matos disse...

Bom, bom, era o Evandro. Em qualquer contexto.

Gonçalo Matos disse...

Bom, bom, era o Evandro. Em qualquer contexto.

moskow disse...

sim sim, eu tava a escrever isso sobre o Mangala e depois lembrei-me do Luisão inicialmente, se calhar tb não era assim tão diferente na leitura de jogo, neste momento eu iria sempre preferir o Luisão, mas realmente a experiencia dele e os anos com o Jesus é q se calhar fazem a diferença.

Fui eu q dei o toque dos 10 Iniestas, era não era? :)

moskow disse...

tb fiquei na duvida entre o alex sandro e o siqueira, mas admito que os actuais momentos das equipas e respectivas organizações defensivas influenciam demasiado a minha análise.
tal como tenho entre o danilo e maxi, mas aqui pq não acho q o danilo seja defesa direito, é bem melhor jogador que o maxi sem duvida, mas como DD epá...não me convence mto, mas lá está, a organização defensiva de ambas as equipas tem mta influência aqui.

Unknown disse...

O Mangala já mostrou que consegue interpretar bem as ideias defensivas de um colectivo bem treinado e não sendo tão rápido de pensamento como o Luisão, tapa bem essa deficiência com o físico. Mas atenção, ainda tem muito para melhorar neste aspecto.

A questão do Ghilas/Jackson/Rodrigo é a questão das particularidades. Possivelmente nestes desenhos tácticos também escolhia os do FCP, mas no 442 do SLB o Rodrigo tem estado bem e o Ghilas, apesar de que na teoria poderá jogar bem nesta posição, na pratica não se viu. É mais esta a minha dúvida.

Helder Silva disse...

Olá Baggio,

Okay, já te percebi, não tinha percebido que a ideia era mostrar que o 11 do Porto não é substancialmente inferior ao do Benfica (para mim perde em termos de banco de 11 é quase ela por ela).

Eu também concordo que o Alex Sandro é melhor que o Siqueira, mas na globalidade desta época o Siqueira foi o mais constante a meu ver (mas agora sim compreendo a tua escolha e nesse caso faria o mesmo). Por não ver os jogos do Ghilas, só alteraria o Rodrigo então :p

Já agora porque achas o Ghilas melhor? Volto a dizer que não o vi muitas vezes. E achas que o Rodrigo a 9 pode ser melhor que o Ghilas ou Jackson? Ou chegar ao nível do Jackson?

Helder Silva disse...

Olá Baggio,

Okay, já te percebi, não tinha percebido que a ideia era mostrar que o 11 do Porto não é substancialmente inferior ao do Benfica (para mim perde em termos de banco de 11 é quase ela por ela).

Eu também concordo que o Alex Sandro é melhor que o Siqueira, mas na globalidade desta época o Siqueira foi o mais constante a meu ver (mas agora sim compreendo a tua escolha e nesse caso faria o mesmo). Por não ver os jogos do Ghilas, só alteraria o Rodrigo então :p

Já agora porque achas o Ghilas melhor? Volto a dizer que não o vi muitas vezes. E achas que o Rodrigo a 9 pode ser melhor que o Ghilas ou Jackson? Ou chegar ao nível do Jackson?

João Rodrigues disse...

E porque não Bernardo Silva no 4-3-3, ele está disponível para o Jesus caso ele queira?

João Silva disse...

Boas Baggio,

off-topic, achei que seria interessante (mais) um artigo de acordo com a filosofia do blog

http://expresso.sapo.pt/nao-sou-canhoto-quem-me-ensinou-a-rematar-a-esquerda-foi-o-eusebio=f865691#ixzz2yzRg5B9r

"Não levo nada a mal quando me dizem isso. Sabe, cada um é para o que nasce. Nem todos podem ser craques. Eu apanhei grandes futebolistas, como o Chalana, que era o nosso Messi! (gargalhada). Mas eu era diferente. É como o Eriksson dizia: "Jogador que não tem cabeça, não presta"."

Cumps

Roberto Baggio disse...

Obrigado pela partilha João

Roberto Baggio disse...

"E porque não Bernardo Silva no 4-3-3, ele está disponível para o Jesus caso ele queira?"

Por algum motivo ele não é opção para Jesus. Creio eu que, o motivo é não ser melhor que nenhum dos extremos que aqui foram colocados. Ideia com a qual concordo.

"Já agora porque achas o Ghilas melhor?"

Porque faz tudo que o Rodrigo faz, melhor. É mais inteligente, e ainda é morfologicamente superior.

"E achas que o Rodrigo a 9 pode ser melhor que o Ghilas ou Jackson? Ou chegar ao nível do Jackson?"

Não creio. Isto porque, para mim, Rodrigo nunca terá a inteligência de Jackson, ou de Ghilas, nem nunca terá a morfologia de ambos.

NSC disse...

A 9, Rodrigo dá 10-0 ao Ghilas. E veremos onde chegarão um e outro.

Roberto Baggio disse...

"E veremos onde chegarão um e outro."

Que quer isso dizer?

NSC disse...

Vamos entrar numa discussão Rubens vs Rembrandt? Apesar de a aceitação canónica coeva não validar uma superioridade do exercício (tomado aqui como experiência magna, no sentido leibniziano) não deixa de ser uma forma de o mensurar.
Assim, veremos o que Ghilas irá alcançar no seu percurso profissional e o que calhará (permita-me usar um verbo com uma carga fatalista) ao Rodrigo.

António Teixeira disse...

NSC isso é completamente irrelevante. Eu até prefiro o Rodrigo, mas a não ser que aceites que numa relação onde "x é melhor que y", no contexto futebolístico, o futuro dos jogadores "x" e "y" possuam alguma influência, então não podes asserir o que asseriste. E há milhares de exemplos que refutam precisamente isso.

Cumprimentos,
António Teixeira

Roberto Baggio disse...

Acho que não quero entrar numa discussão. Só quero perceber, o que queres dizer com aquilo.

"Assim, veremos o que Ghilas irá alcançar no seu percurso profissional"

Que significado isso vai ter? O queres dizer com "alcançar"?
É quem marcar mais golos? É quem representar o melhor clube? É quem ganhar mais troféus? Quero no fundo perceber o significado disso. Para tentar perceber qual é a relação que te vai fazer continuar a aferir que Rodrigo é de facto melhor.

Joao Rodrigues disse...

Eu falava no bernardo como opção no 4-3-3 como interior e não como extremo

Helder Silva disse...

Boas,

Deve querer dizer, qual dos dois vai acabar nas melhores equipas e daí pode-se também retirar disso quem irá ter mais importância futebolística e ganhar mais títulos.

Digo eu que não escrevi isso :)

Mas é díficil de avaliar isso, tirando aqueles clubes que toda a gente diz que são grandes (Real, Barcelona, Bayern e por aí fora) que para mim até não são assim tantos (talvez entre 10 a 15 equipas melhores que o Benfica ou Porto), depois temos equipas como Valência por exemplo que para mim não é maior/melhor que um Benfica ou Porto. E todos sabemos que entrar nessas 10 a 15 equipas é dificílimo, daí eu afirmar que é difícil de comparar!

Roberto Baggio disse...

Bernardo Silva é interior? Eu não sei se ele jogou nessa posição. Mas desse ponto de vista Quintero também o seria, certo?

João Nogueira disse...

Baggio,

E o que dizer da cultura táctica, inteligência e tomada de decisão do André Gomes esta noite!! :D Simplesmente assombroso! Porque do Enzo já se sabe o que a casa gasta, mas hoje foi fundamental o papel táctico dos dois no meio-campo quando o Benfica estava a jogar com 10 (60 minutos assim). Que pensas sobre André Gomes?

Abraço!

Gonçalo Matos disse...

NSC,

Convém justificar as afirmações que se faz.. O Baggio já inumeras vezes justificou o porquê de Ghilas ser o melhor pra ele em comparação com o Rodrigo.

Pessoalmente, até Jackson considero melhor que o espanhol. Dá melhor o apoio frontal, é mais criativo, decide melhor. O Rodrigo é mais forte nos movimentos de ruptura sem bola, mas tirando esse aspecto parece-me mais fraco que o colombiano.

Roberto Baggio disse...

"Que pensas sobre André Gomes?"

Penso que tem melhorado muito. E que ainda tem muito a melhorar. Mas só o poderá fazer, dar o salto para o próximo nível, jogando com regularidade

Unknown disse...

"Apesar de a aceitação canónica coeva não validar uma superioridade do exercício (tomado aqui como experiência magna, no sentido leibniziano) não deixa de ser uma forma de o mensurar. "

Acabou aqui a discussão Baggio, sem hipóteses!! :D

João Nogueira disse...

Baggio,

Sim, concordo que ainda terá que evoluir mais, até pela idade e número de jogos que ainda tem de fazer na sua evolução. E de facto esta época, principalmente depois da saída do Matic, penso que já poderia ter mais jogos. Mas em relação à parte táctica e tomada de decisão, parece-me um jogador com grande futuro.

Abraço!

Gonçalo Matos disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Gonçalo Matos disse...

Acho que o principal problema do André é mesmo falta de intensidade, mas tirando isso tem lá tudo. Felizmente o que lhe falta é algo que se pode trabalhar facilmente, se houver predisposição para tal

João Nogueira disse...

Gonçalo Matos,

Ainda bem que o que lhe falta é mesmo algo que pode ser trabalhado. Concordo com o que dizes da intensidade, mas as vezes fico com a ideia que em relação à intensidade depende do jogo que está a disputar. Parece-me sempre que nos jogos com maior grau de dificuldade ele apresenta uma intensidade superior aos jogos teoricamente mais acessíveis. A prova foi ontem, intensidade máxima juntamente com o resto que já possui.Resultado, o melhor jogo que já fez pelo Benfica.

Rafael Antunes disse...

"Apesar de a aceitação canónica coeva não validar uma superioridade do exercício (tomado aqui como experiência magna, no sentido leibniziano) não deixa de ser uma forma de o mensurar. "

WTF!!!!!!! :-/

fred disse...

Baggio, a diferença de André Gomes para o fejsa na posição 6 não justifica tamanha diferença na utilização de um e outro, Fejsa é taticamente forte nos equilibrios na transição defensiva e tem bom passe, mas não faz o que o André Gomes fez ontem, é so a minha opinião de quem sempre achou que o André Gomes devia ser o substituto natural do Matic.

Ronaldinho disse...

Concordamos fred

Edson Arantes do Nascimento disse...

O André Gomes poderia ser um 6 de grande qualidade, e folgo em ter visto alguma evolução no rapaz, apesar de não ter visto o jogo contra o FCP.

Grande golo, já agora!

Ronaldinho disse...

Edson, há uns tempos atrás dizias que o A. Gomes "tem dificuldades com a bola nos pés, decide mal, não é criativo".
Na altura tentei mostrar-te o contrário. Hoje ainda pensas o mesmo?
Pergunto-te isto sem qualquer tipo de arrogância, quero mesmo saber se mantens a mesma opinião ou se o que tens visto alterou a tua forma de o ver.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Não tenho visto os jogos todos, especialmente os que ele tem jogado (taças e liga europa). Mas do pouco que vi, sim, gostei. Está a decidir melhor como, quando e para onde executar os passes e isso, só por si, já é muito agradável.

Não me lembro de ter dito que essa evolução era impossível. E estarei sempre disponível para mudar de opinião. O que eu disse, e mantenho, é que o A. Gomes joga pouco porque o Benfica tem outras opções com mais qualidade. É só isto. Não há mais nenhuma razão.

Quanto à criatividade duvido que possa evoluir muito. Mas ainda tem tempo. Por isso já afirmei várias vezes que gosto mais de vê-lo a 6 (não vi o jogo contra o FCP). Sendo a criatividade sempre importante, no modelo do Jesus - só para ter uma referência - não é essencial.

De resto tem os atributos que me agradam na posição desde que encontre bons treinadores - tem um potencial físico interessante, é calmo, movimenta-se com facilidade e inteligência (mas tem de melhorar nos posicionamentos defensivos e na agressividade), é bom com a bola nos pés sem ser maravilhoso, interage com os colegas, portanto, tá-se bem. Ainda por cima é mesmo muito jovem, apesar de já ter feito bastantes jogos competitivos.

Também disse na altura que o facto de ser português para mim é igual ao litro. E que não alinho na treta de que se é da formação então tem que jogar. Também não concordo com os elogios exagerados que vou ouvindo de vez em quando. O A. Gomes tem potencial para ser um bom jogador mas mais do que isso (tipo tornar-se uma referência para nós), sinceramente, será sempre uma surpresa para mim.

No entanto, isso ainda pode vir a acontecer.

Como treinador (se fosse treinador, o que não é o caso) o que me interessa se fulano de tal é da China, do Azerbeijão ou do Sudão do Sul? Essa narrativa não me diz nada.

Sempre a considerar.