Posse de bola no Facebook

Translate

quinta-feira, março 13, 2014

Vítor Pereira & Jorge Jesus

Acham que agora já posso dizer que Pereira e Jesus dão 10-0 em organização defensiva a esmagadora maioria dos treinadores mundiais?!

Muitos estranharam a péssima ocupação dos espaços da equipa de Pellegrini no jogo de ontem. Eu não. Do que vi das equipas dele, sempre foram uma lástima defensivamente. Inclusivamente, esta época, tinha dito que estava a tentar melhorar a sua organização defensiva, dizendo que era um dos momentos que treinava mais, em organização e transição, mas para já sem resultados práticos.
A exibição defensiva de ontem foi em tudo semelhante a esta, com a particularidade do Barcelona ter mais vezes a bola, logo consegue expor mais vezes os problemas organizativos do City. Compara-se ainda a excelência defensiva do FCP de Vítor Pereira ao Málaga de Pellegrini, aqui.

Veja-se quando escrevi sobre a excelência defensiva de Jesus, relativamente aos outros treinadores do mundo, a polémica que causou, no Lateral Esquerdo. E perceba-se a qualidade do seu trabalho em comparação com a maioria dos outros treinadores, no momento defensivo.

E o mais ridículo é que continuam a surgir questões do tipo: "Ah, se eles são tão bons por que motivo um está na Arábia e outro está no Benfica, sem que tenham abertura por partes das grandes equipas?!"

Ora, se calhar quem escolhe os treinadores não percebe nada do jogo. Porque não é normal o Barcelona escolher um treinador que coloca Mascherano uma parte inteira a perseguir o Aguero, abrindo constantemente espaços entre os centrais, que só não foram aproveitados pela fraca exibição colectiva do City em organização ou transição ofensiva.
Ou então preferem mesmo que as suas equipas defendam assim, ou assim, ou assim, ou assim, ou ainda assim.

Relembro um artigo antigo do Posse de Bola...

E declarações de Vítor Pereira sobre Jorge Jesus, "Já o disse e volto a dizê-lo sem qualquer problema: o Jorge Jesus é um grande treinador. Isso obriga-me também a ser cada vez melhor, a estar atento. É salutar essa competição. Podem gostar mais dum estilo ou doutro, dum tipo de futebol ou doutro, mas a verdade é que esta competição tem sido produtiva"

37 comentários:

DC disse...

Não espetes mais a faca, Baggio que isto dói muito aos portistas :D

Quanto ao Pellegrini, a ideia que tinha do Málaga era que era bastante organizado. No City tem-me desiludido um bocado, principalmente quando opta pelo 4-4-2 clássico.

Ontem, na 2a parte, há 20 minutos em que o Barça abdica de pressionar alto, abdica da bola. É isto que o Tata anda lá a fazer porque tudo o resto foi Messi, Iniesta e Xavi. É lamentável que se escolha gente assim para o Barça.

Zdamen disse...

Passarão muitos e muitos anos, décadas provavelmente, até termos uma pareja de treinadores tão evoluídos à frente de duas equipas que disputam o título em Portugal.

Adicionalmente, não creio que se deva apenas focalizar na capacidade de organização defensiva destes treinadores. Também ao nível do processo ofensivo me parecem muito evoluídos.

A questão é que neste capítulo, a qualidade individual dos atletas faz uma diferença muito grande e por isso é normal que parece que outros treinadores consigam extrair mais dos seus atletas nesse capítulo.

Tenho a certeza que VP aos comandos do Bayern seria um cilindro tão ou mais avassalador que esta versão do Guardiola...

Roberto Baggio disse...

DC,

Ontem, na 1º parte, só começou a pressionar quando o público começou a assobiar. E foram os jogadores que decidiram e não aguentaram, porque a estratégia era defender com o bloco médio.

DC disse...

E o presidente falava de renovação. Benditas 3 derrotas no campeonato que os levaram a mudar de ideias. E a derrota no Bernabeu enterrará o assunto de vez.

Espero que para o ano optem pelo Luís Enrique ou pelo Frank de Boer que me parecem ter a filosofia ideal para o clube.

Andrea Pirlo disse...

Também reparei nisso, e como eu não acompanho o Barça do Martino, estranhei, espero q no final da época ele saia. Será q nem os dirigentes do Barça percebem o jogo? Não acredito.

JON disse...

DC, quem antevês para o ano no nosso clube?

Estou com esperança num resgate arábico, mas é mais wishful thinking que outra coisa...

Dennis Bergkamp disse...

Serviço publico!

E ainda vai haver malta que mesmo vendo, mesmo revendo, e mesmo sendo explicado de 30 mil maneiras diferentes vão continuar a contestar.

O que é optimo, vai testar a nossa paciencia e capacidade de argumentação, obrigado por isso =D

Agora, interessante seria conseguir chegar a conversa com todos esses treinadores e perceber as suas ideias. Ver se o que se passa são realmente conceitos que são diferentes daquilo que consideramos correcto, ou se os problemas ocorrem na operacionalização.

São coisas totalmente diferentes e fazem toda a diferença.

Gito Bastos disse...

Tens razão DC... é que estes artigos sobre VP dão pra entrar em depressão, profunda!!! :-)
Há tempos estive a ler algumas entrevistas feitas a VP e não foi fácil... quase que ficava de cama lol É frustrante!
Incrivel como os responsáveis dos clubes percebem tão pouco do jogo.
Vê-se muitos treinadores com medo de falar e avaliar os seus colegas de profissão, por questões éticas que até compreendo... mas acho que era importante que os bom treinadores o fizessem, em favor da classe e do futebo
GitoBastos

Edson Arantes do Nascimento disse...

Tens razão, Baggio.

Eu gosto do Pellegrini como sempre disse mas não há como esconder que as equipas dele têm problemas na organização defensiva (mas não só). No entanto, não deixa de ser um óptimo treinador, na minha opinião. Se for a tempo de corrigir os erros seria excelente.

Quanto ao Barça aquilo não tem ponta por onde se possa pegar. Só que quem tem Messi (especialmente) e outros como Xavi e Iniesta - era capaz de ficar dias inteiros só a vê-los jogar - arrisca-se a que tudo de bom possa acontecer.

Tiago disse...

É bem!! :D

Será Marco Silva capaz de preencher o pódio?

Roberto Baggio disse...

Pirlo,

O Rosell?!

Quem escolheu Guardiola foi o Txiki, que está agora no City, despediu, e bem, o Mancini, e contratou o Pellegrini. Que como o Edson diz, e concordo, e bom, e pode melhorar. Pode ainda dizer-se que está no 1ºano, a conhecer os jogadores, a conhecer a realidade competitiva, expectativas dos adeptos, e etc. MAs não consigo deixar de esconder alguma desilusão por o modelo de jogo não estar ofensivamente melhor, e pelas contratações que fez, exceptuando Fernandinho (top). Navas, Negredo, Demichellis... Enfim.

Dennis,

Se os treinadores (nos) dessem abertura para tal... Quantos são os que falam abertamente dos seus modelos de jogo, e dificuldades de operacionalização?

Edson,

O Barcelona ontem entrou com 10 criativos em campo (todos menos o Mascher). Ainda que não quisesse, seria difícil perder contra uma equipa tão desorganizada (em todos os momentos do jogo) como foi o City.

Edson Arantes do Nascimento disse...

É verdade Baggio. Quando citei aqueles três foi mesmo por falta de paciência para desfilar os outros todos. Mesmo assim teria entrado com o Pedro em vez do Neymar!

E o Jordi Alba é como vocês dizem: até a central ou a médio-centro joga melhor do que muitos especialistas destas posições...

DC disse...

Baggio, não te esqueças de Jovetic, esse é craque.
Ele não deve ter tido tudo o que pediu. A contratação do Demichelis foi um bocado em desespero. Ele no Málaga parecia ter outro critério: Isco, Joaquin, Saviola, Santa Cruz...

JON,

Eu com esta direcção já não digo nada. Sabem zero mesmo. Saiu Pep, saiu Abidal, saiu Valdés, saiu Thiago, fala-se na saída de Sergi Roberto, Tello, Pedrito, etc... É mau demais!
Eu queria Luis Enrique ou De Boer, não porque sejam especialmente bons mas porque iriam manter o estilo. Mas isto só vai ao sítio com o regresso do Laporta em 2016 (espero eu).
Quanto a árabes, era perigoso demais. Iriam desvalorizar a formação em busca de resultados imediatos. Mais vale uns anos sem títulos do que trocar tudo o que de bom se fez pelos resultados imediatos.

Roberto Baggio disse...

Edson,

Sim. O Alba é fantástico.

Roberto Baggio disse...

DC,

Concordo com o Jovetic. Sim, esqueci-me dele.

JON disse...

DC, não era bem esse clube! Eu clube só tenho um! ;)

DC disse...

ahah ok, li à pressa.
Mas a resposta á questão arábica mantenho-a.

Quanto a treinador acho que vai ser o Marco Silva, mas não acredito que tenha capacidade para vencer o Benfica do JJ.

DC disse...

E se o resgate arábico é o VP (hoje estou lento pra caraças :P), não acredito. Acho que saiu por haver muita gente na direcção contra ele.
Mas obviamente, sendo hipótese, será sempre a minha primeira escolha.

Rui Ribeiro disse...

A sério, esta constante comparação entre o vitor pereira e o JJ é de bradar aos céus. O jesus está no maior clube português e um dos maiores do mundo, o vitor pereira anda perdido no campeonato das arábias. É preciso dizer mais alguma coisa?

António Teixeira disse...

A questão do Barça é directiva. Enquanto não mudar isso, o resto não muda. Simples.

Cumprimentos,
António Teixeira

Antonio disse...

Vitor Pereira teve tudo acertado para ir para o Everton. Apenas não foi porque o nivel do seu inglês não foi considerado satisfatório por parte dos dirigentes do clube.

Unknown disse...

Tens toda a razão em relação ao VP e JJ, os gajos são bastante bons e tivemos sempre campeonatos animados e nivelados bem por cima com eles.

Santos disse...

"Ora, se calhar quem escolhe os treinadores não percebe nada do jogo."

Esta lógica é completamente errado e enganadora.

Quem escolhe os treinadores não tem que perceber nada de futebol (como é óbvio ajuda!), tem que perceber é de gestão e de liderança.
_______________

O VP até pode ser o melhor treinador do mundo no papel, mas não o vai provar nas arábias. Para confirmar a capacidade que o autor lhe atribui terá que voltar à europa e certamente que não terá problemas em arranjar clube.

O sucesso no futebol mede-se pelos resultados, não há volta a dar. Quando maior e mais prolongado for o sucesso maior o mérito do treinador.

Ronaldinho disse...

Santos, se não têm que perceber nada quem tem? É para escolheres bem um treinador tens mesmo que perceber do jogo. Então como ficamos? Podem perceber muito de gestão e liderança, escolhem mal o treinador o sucesso nunca vai chegar, ou chega mas de forma fortuita. Ninguém quer ficar entregue à sorte...

Gonçalo Matos disse...

Santos e Rui Ribeiro,

Quantos posts do Posse de bola já leram? Percam algum tempo a ler sobre os temas que abordaram por favor..

Santos,
Então com base no quê se escolhem os treinadores? Tu dirias que o Marco Silva é mau treinador? Dirias que o Sherwood, por estar em 5º em Inglaterra é bom?

Rui Ribeiro,
Nem vou falar dos mil e um posts sobre VP no Posse, Lateral-esquerdo etc. Só não vê quem não quer. Sabes o que VP disse há uns tempos? Que quando acabou a carreira de jogador mal tinha que comer, não tinha dinheiro. Imagina que eras VP, ias ficar desempregado à espera de um clube ou ias encher os bolsos para a vida em 2 anos de trabalho? As conferencias de imprensa com que tanto se goza não demonstram que o VP pensa claramente melhor que 90% dos treinadores mundiais?

Santos disse...

Ronaldinho,

Claro que quem dirige um clube tem que ter noções mínimas obre o jogo, mas ir além disso acaba por ser redundante.

Para se estar mais perto de uma boa escolha é necessário ter uma visão que vá muito além das meras capacidades técnicas.

Quem é que escolheu o Moyes? Penso que percebe muito do jogo, e agora é o que se vê.

Outro exemplo: penso que é unânime que o Rui Costa possui conhecimento relativamente profundo sobre o jogo. Quem foi a escolha dele? Quique!

Santos disse...

Gonçalo Matos,

Os textos deste blog são opiniões, não são lei. Eu tenho as minhas ideias baseadas no que li, ouvi e vi dentro e fora do mundo do futebol.

Os treinadores, a meu ver, devem ser escolhidos com base em vários critérios que mudam consoante "n" variáveis. Quase que podemos dizer que cada clube é um mundo e tem exigências diferentes.

E esse exemplo só me ajuda: para mim o Marco Silva é melhor treinador que o Sherwood. Estamos de acordo.

Dito isto, se tivesse de escolher um dos dois para o Tottenham... não escolhia nenhum, procurava outra alternativa, pois o Marco Silva não é o treinador certo para aquele clube, e isto nada tem a ver com as suas noções de jogo, mas sim com tudo o resto. Basta ver o que fez o AVB no porto e em Inglaterra, e penso que não se pode dizer que o Marco Silva tem um sistema de jogo mais evoluído que o AVB.

C-zero disse...

"Rui Costa possui conhecimento relativamente profundo sobre o jogo"

Afirmas isso com base em quê? Porque foi jogador de futebol?
Apetece-me dizer que o Jaime Pacheco também foi jogador de futebol...

Abraço

Ronaldinho disse...

LOOL Rui Costa tem um conhecimento profundo do jogo desde quando? Quem dirige um clube tem, pelo menos, que se apoiar em alguém que perceba muito do jogo para escolher treinador, não tens hipótese.
Podes vir com os exemplos que quiseres, mas isto é básico. Não tens maneira de perceber as ideias, os métodos de um treinador se não perceberes o jogo!

Santos disse...

Baseio-me nos relatos de pessoas que lidam com o Rui Costa. Admito estar enganado e ele ser um leigo na matéria.

Mas eu dei 2 exemplos. O Ferguson também não percebe muito de futebol?

Se não percebe arrisco dizer que está para nascer quem perceba.

Anónimo disse...

aí está a diferença entre o Jazus e o Vítor Pereira. um tem classe, com declarações dum desportivismo inquestionável sobre o adversário directo. o outro continua a ter a necessidade de fazer figurinhas como óntem, ainda por cima num jogo que não tem nenhuma carga emocional particular. e se o mérito do trabalho dele tem sido muito realçado aqui, eu pelo menos também me lembro de não tão poucas ocasiões para aprender alguma humildade que ele teve nos últimos anos.

zdamen disse...

Bom, acho que ontem o JJ ilustrou este post em White Hart Lane… E o VP deve ter sorrido lá nas arábias...

zdamen disse...

Bom, acho que ontem o JJ ilustrou este post em White Hart Lane… E o VP deve ter sorrido lá nas arábias...

Roberto Baggio disse...

Santos,

O Ferguson não é deste tempo. Aliás, ele só conseguiu continuar a ser competitivo por ter sempre contratado adjuntos de alta qualidade. A equipa técnica dele era muito boa.

Anónimo disse...

Baggio, achas que o Queiroz é um tecnico muito bom?


Ac

Roberto Baggio disse...

Ac,

Acho que é um treinador que já foi muito bom. Respeito muito o seu passado. Foi/é uma referência, mas acho que está ultrapassado.

PPM disse...

Baggio aqui está uma entrevista a Vítor Pereir pelo jornal O Jogo em 2012! Está muito boa e dá para tirar algumas ilações em relação ao que se passou durante esse ano e no ano seguinte assim como a previsão do actual!

http://portistaforever.blogs.sapo.pt/1154809.html

Abraço