Posse de bola no Facebook

Translate

quinta-feira, março 20, 2014

Brendan Rodgers

A nossa principal mensagem dita pelo treinador sensação da Premier League.



9 comentários:

João Nogueira disse...

Baggio,

Cada vez mais concordo com as vossas ideias e que são reforçadas com este pequeno video do Brendan Rodgers. Também fosses aqui neste blog tentam desenvolver mentes dos vossos leitores, de modo a que no futuro eles consigam transmitir essa linha de pensamento. Estão a conseguir, parabens!

Já agora só uma questão, penso que este treinador também tem um passado nas camadas jovens (do Chelsea penso eu, que foi quando o Mourinho depois trabalhou com ele como adjunto na equipa principal, se estiver errado corrijam-me). Achas que esse facto pode fazer com que ele tenha a ideia que ele transmite de, acima de tudo, querer desenvolver um clube e melhorar os jogadores, relativamente à forma de estar no jogo, mais ainda que os treinadores que nunca passaram por essa fase da formação?

Roberto Baggio disse...

João,

Acho que não. A minha opinião é que isso é uma questão de princípios. O que me leva a pensar isso é que a maior parte dos treinadores da formação não pensarem dessa forma. Ainda que lá estejam 3,5,10 anos.

João Nogueira disse...

Baggio,

De facto é estranho que a maior parte dos treinadores da formação não pensem assim. Porque eles, mais que todos os outros, deveriam assim pensar. Em formar o jogador para que quando chegar à equipa principal do clube esteja o mais bem preparado possível para demonstrar tudo o que aprendeu e também mais aberto a uma evolução continua na forma de pensar o jogo.

Vejo que estás por dentro dos treinadores de formação, e que provavelmente és ou foste um deles. Quais achas que serão os jovens treinadores com maior potencial para o futuro no panorama do futebol português, quer a nível de formação como de equipas seniores?

Roberto Baggio disse...

Não conheço 10% deles. Só os de Lisboa. E os nomes ficam para mim, por serem pessoas que não têm interesse em ser citadas. Pela posição que ocupam (clube onde estão).

João Nogueira disse...

Ok, se é assim compreendo. No entanto, se quiseres mencionar de algum dos treinadores conhecidos da I ou II Liga, além do Marco Silva que já foi várias vezes falado. É que pelo que tenho visto, o Ricardo Chéu que pegou no Académico de Viseu a meio da época, vindo de divisões inferiores e só tem 32 anos, parece-me estar a fazer um grande trabalho, tendo 8 vitórias (6 delas consecutivas, o que na II Liga é dificil), 1 empate e apenas 2 derrotas e contra Benfica e Porto B. Não sei se conheces ou tens opinião formada.

Jorge Carolo disse...

O Ricardo Cheu segundo se fala foi convidado para o lugar de treinador do Belenenses para substituir o Marco Paulo contudo a direção do Academico não permitiu a saída.

Já ouvi falar bem dele se bem que ainda não tive oportunidade de ver a sua equipa jogar...

Baggio, se não ensinam os treinadores a ter ideias concretas de jogo com os objetivos concretos para o cargo que ocupam, assim como, saber basicamente aquilo que vocês tão bem nos ensinam, o que é que ensinam nos cursos de treinador (assumindo que a minha premissa é verdadeira se não for corrige-me)?

Fico cada vez mais estupefacto com a possibilidade que foi dada a tantos treinadores em Portugal para treinar na 1ª divisão, quando nem os mais elementares princípios do jogo eles têm conhecimento...

Cumprimentos,

Roberto Baggio disse...

Ensinam-se piadas e historias engraçadas sobre o passado dos prlectores. Aprende-se muito pouco em termos de qualidade.

Gonçalo Matos disse...

Deixa-me so acrescenta algo, Baggio. Muitos dos que tiveram oportunidade foram ex jogadores com internacionalizações. Tiveram equivalência a uma serie de níveis. Pelo menos dantes tinham

Jorge Carolo disse...

Não me digas que se fazem cursos em não se fala de coberturas, contenção, posicionamento, profundidade, etc?

Talvez obriguem a saber quem foram os campeões do mundo e da europa nos anos 20....

Tristeza...

Com tanta gente ávida de conhecimento a serio sobre futebol e quem sabe com potencial para treinar equipas, que sabe tanto mais que muitos que por aí andam...

Abraço