Posse de bola no Facebook

Translate

quinta-feira, fevereiro 20, 2014

Funes Mori

Peço desculpa aos que conhecem o jogador melhor do que eu. Aos que viram jogos inteiros seguidos. Aos que têm percebido a evolução da qualidade e do critério, ou a não existência de evolução, melhor do que eu. Mas de um modo muito simples e reducionista, o que se vê no vídeo abaixo é tudo menos um jogador cepo. O que se vê ali é aquela qualidade mais importante no jogador de futebol moderno, que a maioria continua a ignorar. O que se vê ali é o cérebro a funcionar!

7 comentários:

Ronaldinho disse...

Por acaso era para te falar dele há uns tempos e depois esqueci-me, afinal não é tão fraco como o outro dizia...

Miguel disse...

O problema é que o pessoal (aqueles 90% que mandam postas de pescada sem ver os jogos) viu um jogo ou dois e como não marca golos é cepo! No jogo com o Gil Vicente viu-se que o homem percebe o jogo e que se mexe bem! Possivelmente não tem muito golo e isso marca logo a primeira impressão dele.

LGS disse...

Salvé Baggio

Vi alguns jogos da B e gostei. Muito jogo entre linhas, com tabelas, bem a segurar de costas para a baliza à espera de apoios. E assina de tudo bastante cérebro, muitas boas decisões. De negativo, parece-me "pesado" e falta qualquer coisa na finalização...

Sendo que técnicamente parece bom, o que o levará a ter uma relação mais difícil com o golo? (li há tempos, talvez até por aqui ou no LE, alguém dizer que alguns avançados só quando são mais velhos é que conseguem ter maturidade ou confiança q os torna goleadores. Isso tem algum fundamento? Se sim, porquê?)


Abraço

Roberto Baggio disse...

Pressão/confiança.

Acho que é a única coisa que poderá justificar isso. Sendo que há muito miúdo goleador. É mais uma questão de hábito, e repetição que outra coisa.
Se marca, tem reforço positivo, talvez quando for mais velho, deixe de dar tanta importância aos falhanços, não se deixando afectar mentalmente por isso. Mas não sei se isso será bem assim.
Cumprimentos

Rafael Antunes disse...

O Nuno Gomes também foi sempre mal amado, apesar de dar muito à equipa. Mas o que dava à equipa não era apenas o que os adeptos querem, golos, dava muito para além disso. O Postiga, outro exemplo que até tem sido falado aqui no blog...

Ainda não vi jogo nenhum do Funes, mas pelo que vejo aqui, a crítica está a ir no mesmo sentido...

Gonçalo Matos disse...

Tenho a mesma opinião sobre o funes que tenho sobre o Licá. É tácticamente um jogador acima da média, é mais inteligente e decide melhor que a maioria; mas parece-me limitado técnicamente para ser o ponta-de-lança (Licá não é PL obviamente) de uma equipa que quer passar a fase de grupos da Champions.
Também não vi muitos jogos, portanto posso estar biased, mas do que vi pareceu-me ter dificuldade na velocidade de execução, quando nõa joga de primeira. Estou a ser injusto?

fred disse...

Eu gosto!