Posse de bola no Facebook

Translate

quarta-feira, janeiro 15, 2014

Matic e Enzo

Jesus tem um meio campo de classe mundial. De fazer inveja a muitas equipas que lutam pelos primeiros lugares de alguns dos campeonatos mais fortes da Europa.
Por exemplo, os dois médios do Benfica entram juntos directamente no onze de três das seis equipas, que se diz que vão lutar pelo título inglês. E Matic só tenho dúvidas se não entrava no City, por não conhecer Fernandinho no pormenor, de resto, entrava em qualquer onze inglês, e não só.

A melhor coisa que Mourinho poderia fazer neste mercado de inverno, ou na próxima temporada, seria reforçar o seu meio campo.
Incrível como Matic e Enzo teriam muito mais a oferecer ao jogo, do que qualquer dupla que Mourinho utilizou no seu duplo pivot do Chelsea. Ignorando os estatutos e tudo mais, caso Mourinho conseguisse estes dois o seu meio campo, e o seu jogo dariam um salto qualitativo brutal.
Com Matic a coisa melhora, mas ainda me parece curto.

38 comentários:

Gonçalo Matos disse...

E quando jogam com 3 homens com o Amorim ao lado deles, fica ridiculo a qualidade do meio campo em comparação com o adversário.

DC disse...

Preferem Ramires ou Enzo?

Roberto Baggio disse...

Eu, Enzo.

Anónimo disse...

Prefere o Enzo ao Ramires? Pode elaborar mais apresentando argumentos?

Pedro Fernandes

José F disse...

Baggio
Como achas que será daqui em diante o meio campo do Benfica? Fesja, Amorim ou Gomes?
PS. muito curioso rever as entrevistas de saída do Javi onde ele diz que no Benfica tem um médio muito bom para o substituir que é o Matic e agora do Matic que diz que o André Gomes em 1 ou 2 anos será o melhor médio da liga (curioso como Matic "aposta" mais no André Gomes que no seu compatriota...
PPS: o que achas do André Gomes?

Gonçalo Matos disse...

Sem ter noção de números concretos, parece-me que o Enzo tem valores muito mais altos de acerto que o Ramires. Quer de decisão, quer de execução. Além de que é técnicamente mais evoluido.

Roberto Baggio disse...

Pedro Fernandes,

Pelos mesmos motivo pelo qual prefiro Moutinho ao Ramires.

Enzo é tão ou mais competente ao nível da organização defensiva, poderá perder ao nível da transição defensiva por Ramires ter maior disponibilidade (física) para recuperar em distâncias longas, mas em transição Enzo também é muito competente. Têm os dois a intensidade de concentração e a agressividade posicional que gosto. Diferem sobretudo naquilo que fazem com bola. Enzo é mais competente em organização ofensiva, tem mais técnica, é agressivo em transição ofensiva, joga melhor em posse.

Portanto globalmente até são parecidos no jogo posicional, sem bola, excepto no que toca ao jogo com bola, na qualidade para jogar em espaços curtos, na capacidade de passe, drible, condução e remate.

Parece-me que Enzo dá muito mais ao jogo, considerando todos os momentos, de que aquilo que Ramires pode dar.

José F,

"Como achas que será daqui em diante o meio campo do Benfica?"

Fejsa e Enzo seriam as minhas escolhas. Como vai ser, não sei.

"o que achas do André Gomes?"

Curiosas as declarações do Matic. Não tenho a mesma opinião que ele, acho que o A.Gomes não está a evoluir no sentido certo, e o estímulo de dificuldade que lhe está a ser colocado não é o melhor. Tem muito que melhorar ao nível da agressividade posicional e atenção aos estímulos do jogo, e do jogo com bola (deixar de fazer apenas o mais vistoso, começar a fazer o melhor para a equipa).
Não acho que em dois anos ele seja o melhor, mas acho que pode ser um jogador bom.

José F disse...

E achas que o Fesja dá conta do recado? a mim pareceu-me bastante competente a defender mas pouco a atacar... parece-me que é semelhante a um Javi Garcia mas sem tanta cultua táctica. o que achas?

José F disse...

PS: do André Gomes não sei muito pois não o tenho visto a jogar muito mas recordo-me de já 3 ou 4 treinadores adversários do Benfica B em declarações dizerem que quando ele tinha saído do jogo (aos 60 min por indicação de JJ quando era convocado para jogos do Benfica para a semana /meio da semana) que finalmente conseguiam recuperar de desvantagens pois ele estava até essa altura a encher o campo... Por isso pensei que tivesse melhorado nesse aspecto de intensidade...
Curioso é o carinho que vários jogadores do Benfica demonstram por ele nas várias entrevistas e acções que têm... lembro-me perfeitamente da defesa do Luisão quando o JJ o meteu num jogo a 3 minutos do fim e de entrevistas de Garay, André Almeida, Salvio ,etc onde lhe davam muita moral... A minha esperança era que ele tivesse evoluído e quando chegasse a oportunidade que a agarrasse

Roberto Baggio disse...

José F,

http://possedebolla.blogspot.pt/search/label/Fejsa

Roberto Baggio disse...

"do André Gomes não sei muito pois não o tenho visto a jogar muito mas recordo-me de já 3 ou 4 treinadores adversários do Benfica B em declarações dizerem que quando ele tinha saído do jogo (aos 60 min por indicação de JJ quando era convocado para jogos do Benfica para a semana /meio da semana) que finalmente conseguiam recuperar de desvantagens pois ele estava até essa altura a encher o campo... Por isso pensei que tivesse melhorado nesse aspecto de intensidade...
Curioso é o carinho que vários jogadores do Benfica demonstram por ele nas várias entrevistas e acções que têm... lembro-me perfeitamente da defesa do Luisão quando o JJ o meteu num jogo a 3 minutos do fim e de entrevistas de Garay, André Almeida, Salvio ,etc onde lhe davam muita moral... A minha esperança era que ele tivesse evoluído e quando chegasse a oportunidade que a agarrasse"

A velocidade da segunda divisão não se compara a da primeira.
Isso é sinal que ele tem grande potencial, para os colegas, e isso é maior do que qualquer opinião que eu, ou Jesus possamos ter. Os jogadores sabem bem quem tem qualidade e quem não tem, na maior parte do tempo, e conseguem reconhecer o que cada um pode dar a equipa.

José F disse...

e como explicas a pouca utilização de JJ tanto de A. Almeida, A. Gomes como de Bernardo (nem convocado foi para este jogo com o Leixões) em oposição ao Cavaleiro ou Djuricic que ainda mostraram pouco?
O Djuricic não terá o mesmo problema que o André Gomes?


desculpa estar sempre a chatear-te hoje Baggio!

DC disse...

Essas declarações a valorizar os putos são naturais em todos os clubes do mundo. Os próprios jogadores gostam de ver a formação a funcionar.

Eu sinceramente, não colocaria as minhas fichas no puto, não acredito que dê em jogador para o Benfica.

Quanto ao Enzo percebi-te. Agora, se fosse na táctica do Real do ano passado, acho que o Ramires seria mais adequado. Eu também preferia jogar em posse, com Matic, Enzo e óscar e Mata e Hazard nas alas, mas o Mourinho tem ideias diferentes (acho eu).

Roberto Baggio disse...

José F,

Não explico. Não trabalho com o Jesus, não sei. A lógica será pensar que os jogadores que lá estão têm cumprido bem o papel, o que não é mentira.

Djuricic, tem o problema do modelo de jogo, e de claro, vir de um campeonato diferente. No início da época falámos disso.

http://possedebolla.blogspot.pt/2013/08/djuricic-e-o-tenis.html

Na caixa de comentários, referi, penso eu os problemas de adaptação, como Ola John teve, porque o jogo tem mais velocidade, menos espaços, e é mais táctico em Portugal que na Holanda.

PP disse...

1 - Matic + Yaya... acho que com esses dois no meio-campo, poderia ter uma frente com Messi e Ibrahimovic no centro e Ronaldo e Bale nas alas, sem pensar em grandes entraves defensivos...

2 - Enzo + Matic forma(va)m realmente uma excelente dupla de meio-campistas, contudo, não sei se o Ramires/Lampard + Matic não será melhor... a ver vamos o que o Mourinho fará. Gostava que o português conseguisse retirar do sérvio mais jogo ofensivo, algo que com esse tipo de parceiros ele poderá atingir, tal como o Yaya conseguiu quando chegou ao City.

PP disse...

Estava agora a mudar para o Real Madrid e lembrei-me do seguinte: o parceiro ideal para o Matic seria o Modric... que equipa ficaria o Ancelloti com Matic e Modric no meio-campo...

Andrea Pirlo disse...

O Ruben Amorim fez um jogão, espero que o JJ, o coloque no 11 daqui para a frente, com Fejsa e Enzo no meio campo.
E o Ola John também esteve bem hoje, mas para meu espanto fui no maior blog de adeptos benfiquistas e deparo-me com praticamente toda a gente a dizer q ele esteve péssimo, e que dói vê-lo a jogar, ele q antes deste jogo tinha apenas 160min de jogo. Ridículo.

Quanto ao tema do post, concordo. O Chelsea vai melhorar bastante com a entrada do Matic, tou ansioso pela sua estreia no melhor campeonato do mundo.

Andrea Pirlo disse...

Correção: Ola John tinha antes deste jogo 278 minutos.

NSC disse...

O pessoal do maior blog de adeptos benfiquistas gosta é de ver gajos a correr desalmadamente.

PP disse...

E continua-se a defender aqui o Ola John! Tenham juízo pessoal!

O holandês é pouco mais que talentoso. Só isso! Para futebol ao nível de um Benfica, Real Madrid, Bayern Munique, United,... duvido muito que ele consiga atingir.

Seria um óptimo sinal se daqui a uns anos ele conseguisse lá chegar, mas duvido muito. Ele só ouve a ele próprio...

Pior é que o tipo tem oportunidades que se farta, muito mais que Cavaleiros e outros miúdos que estão na B que se tivessem uma oportunidade mostravam mais trabalho.

Exemplos? Desde o Bernardo Silva (que pode jogar também nas faixas), até ao Hélder Costa.

Por vezes fico a pensar se vocês aqui pertencem ao fundo que colocou o Ola no Benfica...

Andrea Pirlo disse...

PP, só não vê que ele tem muita qualidade quem não quer...

E o engraçado, é q o Djuri, marca um golo e faz um mau jogo, e no mesmo blog, dizem que ele vai melhorar, q ele tem qualidade, q não tem ritmo, bla bla bla, o Ola John, que faz um bom jogo, não presta, dói vê-lo jogar, que é para vender etc etc. As pessoas já tem aquela ideia na cabeça q o Ola não presta, e mesmo que jogue bem, as pessoas dirão o contrário. Mas enfim, talvez o futuro do Ola seja não ter sucesso no Benfica, veremos.

O Bernardo Silva ontem devia ter sido convocado pelo menos.

Andrea Pirlo disse...

E vejo agora na abola e no record, que o JJ quando o Ola saiu, deu-lhe um raspanete, e depois no final do jogo faz aquelas declarações ridículas, sobre o Matic e a formação. Enfim, a estupidez no Benfica continua...

Jorge Carolo disse...

O Ola J. para mim é um excelente jogador e ontem até fez um jogo interessante, para quem teve tão poucos minutos e oportunidades!!

Gosto muito das suas caracteristicas e julgo que a sua estagnação muito sde deve tambem ao "mau" trabalho de JJ!

Provavelmente, o maior erro do treinador se prenderá com as questões psicologicas, pois quanto a mim tecnica e tacticamente (nesta ultima, evoluiu graças a JJ) é um dos melhores do plantel, já para não falar das questões fisicas que são sobejamente conhecidas!!

Enfim um diamante em bruto que espero que venha a explodir no Benfica.

Cumprimentos e muitos parabens pelo excelente Blog.

Jorge Carolo disse...

No ultimo comentário esqueci-me de referir outro aspecto em que acho que Ola J. é muito bom que é a tomada de decisão! Sem duvida muito bom!

Penso que ultrapassando as questões psicologicas e melhorando a intensidade e garra, será um extremo de top!!

Se calhar é uma opinião descabida mas, muito sinceramente tenho uma grande esperança neste jogador.

PP disse...

@Pirlo,

O futuro do Ola se não tem cuidado, se não muda de atitude e postura, é o mesmo caminho do Balboa.

O Ola está a perder o comboio. Tem talento e tens uns pézinhos de fazer inveja a muito jogador. Não acho que a sua tomada de decisão seja assim tão boa (ontem fartou-se de decidir mal). Nem sequer tem a componente física que se esperava dele. E pior, não tem o "coração" de um atleta de alta competição.

Quanto ao Djuricic só tem um único problema: falta de jogos! Nada mais. Tem lá tudo. Ontem vi o sérvio a vir buscar jogo, a procurar as alas, a ir lá à frente. Em termos de movimentações está a pensar bem o jogo. Depois em termos de decisões, vê-se o que ele quer fazer, mas a falta de ritmo leva a que ele esteja a pensar o jogo a uma velocidade diferente dos seus colegas. Depois à a questão dos nervos... mas vê-se luta! Algo que não se vê no Ola John!

E, não venham com desculpas que o Jesus quebrou o menino. Se realmente fosse um diamante não teria quebrado.


@Carolo,

Falas em ultrapassar as questões psicológicas como se fosse algo simples.

Se o tipo não tem capacidade de superação no Benfica, com um treinador a dar-lhe um e dois anos de oportunidades, estás à espera que o menino mude?

Aliás, o Ola John está é a precisar de um valente xutão no rabo dele, para ver se isso lhe serve para abrir a pestana e ver que ainda não chegou ao topo das suas capacidades. Um pouco como aconteceu com o João Pereira quando saiu do Benfica para o Sporting de Braga. Foi a melhor coisa que lhe aconteceu na carreira, pois aí baixou a crista e começou a ver o que era a vida.

São idades tramadas, e nem todos os miúdos estão preparados para a profissionalização.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Oh PP epá tanto tempo depois e, peço desculpa, mas acho que continuas a não entender totalmente o que os autores do blogue vão dizendo...

Ontem o Ola, do pouco que vi, foi dos melhores do Benfica. Sempre à procura da melhor decisão, de temporizar, de procurar um apoio, uma alternativa simples em direcção à baliza.

E o mais engraçado é que conseguiu quase sempre executar com alguma qualidade. E depois o que acontece?

Chega ao banco e tufas porrada no gajo... Está visto que é mais um caso de contratação do clube que não se enquadra nas ideias, nos treinos e no modelo de jogo do JJ.

Que pena! Em quatro anos e meio não há assim tantos casos deste tipo mas ainda temos alguns (o mais recente foi, na minha opinião, o Cortez).

Por outro lado, como diz o nosso Pirlo, também estranhei a não convocação do Bernardo. Espero que se o Rodrigo saia este menino possa ocupar o seu lugar - mas duvido que isso possa acontecer...

Roberto Baggio disse...

Andrea Pirlo,

85% dos adeptos de Futebol não percebem nada do jogo.

5% acham que o futebol ainda se joga como nos 60s 70s 80s ou 90s.

Percebe-se isso facilmente com umas questões: Qual foi o momento do jogo em que Ola John falhou? Qual foi o erro? Falhou nas decisões com bola? Falhou algum posicionamento defensivo? Falhou nas soluções de passe que deu aos colegas? Teve erros de execução?
Pergunta-lhes isso, e vais ver que na globalidade as respostas não vão ser para nenhuma dessas perguntas.

Anónimo disse...

O ola e daqueles jogadores muita bons mas que nunca dao nada e a culpa e sempre do treinador que nao o aproveita e nao o motiva.

Andrea Pirlo disse...

Baggio,

Eu nem entro nessas discussões, não dá. Mas o que mais me incomoda é o JJ, um dia vou ao Seixal dar-lhe um calduço que até anda de lado eheh.

E ainda estou para perceber essa da atitude e da postura.

Anónimo disse...

Será que um video do jogo só com as jogadas do Ola John e em cada momento explicassem a sua qualidade de decisão as pessoas iriam entender? Será que as pessoas estariam predispostas a mudar de opinião após uma análise mais pormenorizada das suas acções?
Ainda ontem estava a falar com um amigo meu a ver o jogo e ficou escandalizado comigo porque lhe disse que gostava do Ola John. Tentei explicar-lhe o porquê mas não o consegui convencer. Ou porque tecnicamente não era bem sucedido ou porque tinha azar no ressalto, ou porque o colega não percebia a intenção da acção dele, ou então porque o meu colega achava que devia acelerar o jogo em vez de procurar apoios. Enfim...olhamos as estatísticas e não temos como defendê-lo. Porém as boas decisões não estão nas estatísticas! Como podemos alterar a forma de avaliar um jogador?

Esse mesmo colega disse-me que o Pastore voltou à boa forma pois marcou um golo e duas assistência. Ao qual eu questionei: Então mas dizes isso pelo que jogou ou pelo golo e assistências??

A avaliação de um jogador hoje em dia é assim! Ou marcas e fazes assistências, ou não prestas para nada!

João Bernardo

Roberto Baggio disse...

João Bernardo,

É uma luta inglória por dois motivos:

1- Não é na estatística que se entende o jogo. E para se perceber a intenção por trás da acção é preciso perceber as bases do jogo. Coisa que dá trabalho e leva tempo.

2- O jogo mudou e há quem negue isso. E negam porque acham que futebol se aprende com empirismo, como era no passado.

Anónimo disse...

As bases do jogo é uma das coisas que pouco se fala. Não são discutidas. Eu próprio enquanto joguei futebol 11 (juvenil e junior) nunca ouvi falar em princípios de jogo. Sempre me interessei por futebol e bebi informação de quem conhecia futebol. Engraçado porque foi quando joguei futsal adquiri mais informação sobre os princípios de jogo e percebi da complexidade do futebol 11. Não tenho dúvidas que o meu treinador ( Silas, na altura estava a jogar no Belenenses) procurava sempre que percebêssemos o treino de forma a jogarmos como treinávamos.

Baggio, achas que quem treina não tem as bases? Ou achas que quem treina, conhece mas não lhe dá relevância? A minha opinião é quem não lhe dá relevância não conhece!
Nos cursos de treinador, esses assuntos são discutidos? Que conhecimentos se adquire num curso de treinador?

João Bernardo

Roberto Baggio disse...

"A minha opinião é quem não lhe dá relevância não conhece!"

concordamos.

Nos cursos de treinador, esses assuntos são discutidos? Que conhecimentos se adquire num curso de treinador?

Os cursos foram remodelados, espero que para melhor, porque os anteriores eram uma palhaçada. Aprendia-se nada.

PP disse...

Enquanto só virem resumos de jogos, irão sempre pensar que o Ola é um excelente jogador da bola.

Quando virem os jogos por completo, digam qualquer coisa. Até lá, fiquem com a vossa convicção de que só vocês percebem de futebol.

PP disse...

Enquanto só virem resumos de jogos, irão sempre pensar que o Ola é um excelente jogador da bola.

Quando virem os jogos por completo, digam qualquer coisa. Até lá, fiquem com a vossa convicção de que só vocês percebem de futebol.

Jorge Carolo disse...

Em 1º lugar queria realçar o meu regozijo por ver que a minha opinião sobre Ola J. é compreendida na generalidade.

Por fim queria referir, falando do post, que esta dupla era incrivel, podendo-se claramente classificar como uma das melhores da europa, nomeadamente pela excelencia e multiplicidade de recursos que quer um quer outro apresentavam, não só complementado-se como tambem coexistindo em ambos.

De facto este meio campo sentaria facilmente o meio campo do Manchester United, Liverpool, Tothenham e muitos outros por essa Europa fora.

Enfim foi bom enquanto durou e agora é procurar outro ou outros colegas para Enzo que possam de uma forma ou de outra tentar espalhar a classe e magia que este tinha com Matic a seu lado.

Parabens pelo excelente post.

Roberto Baggio disse...

Jorge Carolo,

obrigado

http://possedebolla.blogspot.pt/search/label/Ola%20John?m=0

Como se vê, os argumentos contra o holandês são nenhuns.

Anónimo disse...

"Enquanto só virem resumos de jogos, irão sempre pensar que o Ola é um excelente jogador da bola.

Quando virem os jogos por completo, digam qualquer coisa. Até lá, fiquem com a vossa convicção de que só vocês percebem de futebol."

Discordo PP, pelo facto do Ola não ter aqueles rasgos individuais como é tradição de um extremo (aqueles em se passa por dois adversários através do drible ou velocidade e dar a assistência), e em vez disso pautar/pensar mais o jogo acaba por ser um jogador sem "Highlights". Ele não aparece nos resumos com a frequencia de jogadores como Salvio ou Gaitan. A ideia de que passa é que é um jogador inútil no processo ofensivo. Estar ou não lá estar é igual. Eu vejo outras coisas nele. E não é certamente nos resumos. Abraço

João Bernardo