Posse de bola no Facebook

Translate

quarta-feira, janeiro 15, 2014

"Is much more difficult to play offensive"

Não podíamos estar mais de acordo com Mourinho, daí as nossas maiores críticas serem sempre para a forma como as equipas defendem, mais do que para a forma como as equipam atacam. Claro que um factor influência outro, defende melhor quem ataca bem e ataca melhor que defende bem.
Contudo, atacar o adversário na procura do golo durante o tempo todo, sem olhar para o resultado, controlando através da posse de bola, com dinâmica, é muito difícil de conseguir.

Daí a nossa eterna admiração por Guardiola, que chega ao Bayern que ganhou tudo, equipa que se dizia não poder melhorar mais, coisa que sempre refutamos, e coloca o capitão a dizer isto: «Temos potencial para controlar os nossos adversários durante 90 minutos, em vários jogos seguidos, sejam quem forem. Podemos sempre ficar melhores. Praticamos um futebol dominante, mas continuamos a ter momentos em que entregamos aos nossos adversários a posse de bola».

13 comentários:

DC disse...

Já agora, eu que deixei de acompanhar o Chelsea depois do entediante Utd-Chelsea (em que o Chelsea foi tudo menos uma equipa de ataque), o Mourinho está a cumprir o que diz ou está só a falar por falar?

Roberto Baggio disse...

Está a melhorar. Nota-se nos jogadores a intenção de fazer as coisas bem, os extremos a dar linhas de passe dentro, laterais and combinar mais do que cruzar, extremos procuram constantemente o interior para combinar ou rematar. Mas continua a haver muita asneira, quando está a ganhar a equipa baixa, não sei se por ordem dele ou hábito dos jogadores, o meio campo continua a jogar muitas e muitas vezes sem critério na frente, e ainda não é grande coisa a sair a jogar.

Miguel disse...

Baggio, achas que a equipa faz isso por opção voluntária do treinador ou por Mourinho achar que não tem jogadores na primeira fase de construção que cumpram bem essa tarefa (sendo que tem um dos melhores centrais do mundo a sair com bola). Isto é, se Mourinho jogando com Ramires e Lampard não entende que esse meio-campo depois lhe oferece pouco ao nivel das coberturas e da transição ataque-defesa. Já agora, qual é a tua opinião sobre um dueto de meio-campo Matic-Ramires? Mais qualidade que Matic-Enzo (até por terem um terceiro homem à frente) ou Ramires pode oferecer menos à equipa com Matic a seu lado?

Roberto Baggio disse...

Miguel,

"achas que a equipa faz isso por opção voluntária do treinador ou por Mourinho achar que não tem jogadores na primeira fase de construção que cumpram bem essa tarefa (sendo que tem um dos melhores centrais do mundo a sair com bola)."

Faz o quê? Não entendi esta questão.

"Isto é, se Mourinho jogando com Ramires e Lampard não entende que esse meio-campo depois lhe oferece pouco ao nivel das coberturas e da transição ataque-defesa."

E isso impede o quê, eles não oferecerem coberturas ao nível da transição defensiva? Não sei se estou a perceber bem a questão.

"Já agora, qual é a tua opinião sobre um dueto de meio-campo Matic-Ramires? Mais qualidade que Matic-Enzo (até por terem um terceiro homem à frente) ou Ramires pode oferecer menos à equipa com Matic a seu lado?"

Respondi a essa última questão no Post que lancei agora.

Cumprimentos

Gonçalo Matos disse...

Tendo em conta que atacar é mais dificil que defender, e estou 100% de acordo, o que dizer do Laudrup?
Faz-me confusão ver equipas que atacam bem, colectivamente, e defendem mal. Acho sempre que é por ignorancia do treinador, acima de tudo. Ao Laudrup devem-lhe faltar compreender conceitos importantes, que um Klopp ou um Guardiola já compreenderam? Ou achas que a falta de qualidade defensiva (comparada com a ofensiva) se deve à menor qualidade individual dos jogadores do Swansea em comparação com Dortmund ou Bayern?

DC disse...

Se agora receber Matic deixa de ter grandes desculpas para jogar sem critério e sair mal a jogar, não?

Já agora, com Matic porque não abandonar o duplo pivot e deixá-lo sozinho?

Roberto Baggio disse...

Gonçalo Matos,

"Tendo em conta que atacar é mais dificil que defender, e estou 100% de acordo, o que dizer do Laudrup?"

Tem óptimas ideias ao nível ofensivo, e péssimas ao nível defensivo.

"Ao Laudrup devem-lhe faltar compreender conceitos importantes, que um Klopp ou um Guardiola já compreenderam?"

Provavelmente, sim.

"Ou achas que a falta de qualidade defensiva (comparada com a ofensiva) se deve à menor qualidade individual dos jogadores do Swansea em comparação com Dortmund ou Bayern?"

A comparação pode-se estender ao nível de qualidade individual para o futebol de ataque que joga, no entanto fâ-lo bem, com boas ideias, independentemente dos executantes. Então, dado a natureza recorrente dos erros, parece-me que a culpa é da forma como ele organiza a equipa na defesa, e não da qualidade dos jogadores.

Roberto Baggio disse...

DC,

"Se agora receber Matic deixa de ter grandes desculpas para jogar sem critério e sair mal a jogar, não?"

Não acho que o perfil dos jogadores seja desculpa para jogar da forma que jogava, acho que são as ideias do treinador que o ditam. Hoje em dia Mourinho usa os médios para trabalho defensivo, lançar na frente e pouco mais.

"Já agora, com Matic porque não abandonar o duplo pivot e deixá-lo sozinho?"

Porque ele quer jogar assim, com dois médios de cobertura. Essa "mania" veio de Itália e nunca mais a largou.

Gonçalo Matos disse...

"A comparação pode-se estender ao nível de qualidade individual para o futebol de ataque que joga, no entanto fâ-lo bem, com boas ideias, independentemente dos executantes. Então, dado a natureza recorrente dos erros, parece-me que a culpa é da forma como ele organiza a equipa na defesa, e não da qualidade dos jogadores."

A minha questão é a seguinte: sendo os jogadores do Swansea mais limitados, provavelmente perdem a bola em zonas mais recuadas do terreno do que os do Bayern, será que isto poderá justificar a menor qualidade defensiva?

Roberto Baggio disse...

Não, porque os erros sucedem-se em organização

Miguel disse...

Baggio,
"Faz o quê? Não entendi esta questão." - "continua a haver muita asneira, quando está a ganhar a equipa baixa, não sei se por ordem dele ou hábito dos jogadores", bem sei que deixaste aqui a tua dúvida, mas o que te parece mais plausível?

"E isso impede o quê, eles não oferecerem coberturas ao nível da transição defensiva? Não sei se estou a perceber bem a questão." - Se o facto de ele achar que são jogadores com demasiada vocação ofensiva e com pouca agressividade na ocupação de espaços (aqui talvez mais da parte do Lampard), e como tal faz a equipa baixar o bloco quando se apanha a ganhar já que o meio-campo não lhe dá a consistência defensiva que pretende.

Roberto Baggio disse...

Miguel,

As duas hipóteses são possíveis e as duas são bastante prováveis, tendo em conta a forma como o Chelsea conseguiu os sucessos recentes, e que a maior parte destes jogadores estavam na equipa. Há também a história recente das equipas de Mourinho em que os médios são quarter backs. Portanto admito as duas possibilidades.

Tudo depende da forma como ele quer que se realize a transição defensiva. Se quer pressão imediata, é uma questão de treino, se quer recuperar posições, aí sim já depende muito da "capacidade" do jogador. Como não sei bem o que ele quer, não te consigo responder.

Abraço

Miguel disse...

Obrigado Baggio,
Abraço