Posse de bola no Facebook

Translate

sexta-feira, janeiro 24, 2014

Exercício de treino

O Tello que pare de tentar estragar os treinos ao Messi

16 comentários:

pv disse...

Eu não percebo nada de futebol e mais fico a pensar isso quando vejo um resumo destes...
Não era de mudar a táctica defensiva e deixar de jogar em fora de jogo? 4 golos sofridos da mesma forma? Bolas, nem que tivessem que jogar com um líbero, coisa que já não se usa :D

Romário disse...

PV,
"Não era de mudar a táctica defensiva e deixar de jogar em fora de jogo? 4 golos sofridos da mesma forma?"

Concordo com o mau controlo da profundidade. Tendo em conta que a bola está descoberta (não há ninguém em contenção) a linha defensiva deveria ter garantido a profundidade e não o fora de jogo.

António Teixeira disse...

Romário, mas importa salientar que muitas vezes não há ninguém em contenção porque o Messi quebra a contenção e limpa a cobertura. Obriga quase sempre, quando vem receber na primeira fase, a compensações a nível defensivo que não trazem estabilidade ao bloco. Quando tens um jogador tão forte no 1x1 (e 1x2 e 1x3) e que lê tão bem o jogo, vais encontrar sempre muitas dificuldades.. Imagina que, como disse o pv, controlavas melhor a profundidade: se o Tello e o Alexis continuassem a aproveitar e a fazer aquelas diagonais, e se houvesse um interior que desse um apoio ao Messi, ias ter que tirar alguém da linha defensiva, e criavas igualmente situações de 1x1 para o Messi, que tinha sempre a tabela e o espaço gerado pela movimentação do extremo para conduzir. Acho que o comportamento ideal é jogar em fora de jogo, porque se o Messi estiver em dia sim e se tiver algum espaço no meio campo, as coisas acontecem quer controles melhor a profundidade, quer jogues em fora de jogo. Reparei que o Levante tinha sempre uma linha defensiva de 5 homens em organização defensiva, para preencher a zona frontal. Bom para evitar penetrações nessa zona. Mas depois não tens superioridade no meio campo. Se por outro lado, tiveres superioridade no meio campo, vais dar mais espaço entre linhas e o Messi vai aproveitar. É sempre muito difícil a nível estratégico pará-lo, para não dizer impossível.

Cumprimentos,
António Teixeira

Romário disse...

António,

"É sempre muito difícil a nível estratégico pará-lo, para não dizer impossível."

Concordo sobretudo com isso.

Quanto ao resto discordo. Os jogadores não eram agressivos na contenção, nem saiam de contenção para cobertura e vice versa. Vês os golos, ele ultrapassa um jogador e ninguém lhe sai na contenção. Verdadeiramente, Messi nunca teve uma situação de 1x2, ou 1x3. Teve sempre 1x1, e claro que aí é mais fácil. O Messi sem espaço é o melhor do mundo, com espaço é o melhor de sempre. E eles fizeram o melhor de sempre aparecer. Eu cá prefiro jogar contra o melhor do mundo apenas.

O exemplo lógico é a grande organização da linha defensiva de Jesus, isto para a situação que ele ganha espaço de frente para a defesa. Quanto ao meio campo, o comportamento zonal pressionante de Vítor Pereira servia. Muita agressividade da permuta contenção/cobertura é o que se pede contra Messi.

Linha defensiva: http://possedebolla.blogspot.pt/2013/09/na-area-referencia-deixa-de-ser-o.html

O treino para o meio campo seria este: http://possedebolla.blogspot.pt/2014/01/contencao-e-cobertura-exercicio-de.html

António Teixeira disse...

Sim Romário, e entendo o teu argumento. Mas se és mais agressivo no meio campo, como o Vitor Pereira ou o Real do Mourinho, podes ter problemas na linha defensiva. Se por outro lado organizas melhor a linha defensiva e deixas mais espaço no meio campo, vais ter problemas deste género. No exemplo, da linha defensiva do Jesus, é verdade que está bem organizada, mas ainda assim, o passe não entrou porque não calhou. Podes argumentar, e como fizeste, que a probabilidade vai ser sempre menor numa e noutra situação. Mas mesmo assim, vai ser muito difícil pará-lo.
Depois, tens sempre o problema dessa orientação estratégica puder condicionar o teu modelo, ou de teres que fazer um modelo em função disso (por exemplo o Mourinho). Eu defendo que a melhor solução para parar o Messi é ter a bola, e mesmo assim, vais ter problemas em transição defensiva (ainda que menores). Acho também que as pessoas nao têm ainda noção do quão bom ele é em tudo. Só o facto de estarmos a debater esta questão, já o prova.

Cumprimentos

DC disse...

O incrível é a facilidade com que parece que ele faz isto. O Tello ainda vai fazer uma transferência milionária à custa destas bolinhas do Messi.
Acho que até eu conseguia enganar muita gente se tivesse estas bolas a cair-me nos pés.

Romário disse...

António,

"Sim Romário, e entendo o teu argumento. Mas se és mais agressivo no meio campo, como o Vitor Pereira ou o Real do Mourinho, podes ter problemas na linha defensiva."

Não. O Real de Mourinho não era agressivo (contra o Messi) sobre a bola e o espaço, era agressivo sobre o homem. O meio campo de VP sendo agressivo sobre a bola e estragulando o espaço ia trazer, só, o melhor do mundo na maior parte das situações. E ia coloca-lo constantemente em "dificuldades".

"No exemplo, da linha defensiva do Jesus, é verdade que está bem organizada, mas ainda assim, o passe não entrou porque não calhou"

Não. A bola não entrou porque a contenção e as coberturas foram muito agressivas, deixando os outros jogadores todos em FDJ. Quando a contenção e a cobertura são boas, podes e deves jogar e fdj. Caso assim não o seja, o melhor é baixar e não deixar espaço nas costas, seja contra que jogador for.

"Mas mesmo assim, vai ser muito difícil pará-lo."

200% de acordo. Ele quebra contenção e coberturas como ninguém!

"Acho também que as pessoas nao têm ainda noção do quão bom ele é em tudo. Só o facto de estarmos a debater esta questão, já o prova."

Discordo. Sei bem o quão bom ele é. Mas o comportamento defensivo do Levante foi desajustado e não foi por ser o Messi. Foi um comportamento paradoxal, dar espaço ao homem da bola e jogar com "muitos" metros nas costas não faz sentido. Porque dessa forma,mesmo que fosse só Messi e mais um dá para colocar um jogador 1x0+GR com relativa facilidade, no corredor lateral ou central.

DC,

Não podia concordar mais.

DC disse...

Em relação ao jogo do campeonato achas que foi o Levante que controlou melhor a profundidade ou é mesmo o Alexis que é um camelo e nem este tipo de desmarcações ofereceu ao Messi?

Romário disse...

DC,

"Em relação ao jogo do campeonato achas que foi o Levante que controlou melhor a profundidade ou é mesmo o Alexis que é um camelo e nem este tipo de desmarcações ofereceu ao Messi?"

Acho que Messi jogou mais adiantado e perto da linha de 5 e só quando trocou de posicionamento com o Cesc o Barcelona conseguiu melhorar um pouco e explorar melhor as deficiências do Levante. O Cesc até tentou colocar várias vezes na profundidade, só que ele não tem a qualidade de passe de Xavi, Iniesta, Sérgio, e Messi, acabando as bolas por ir parar sempre ao corredor lateral (em Pedro e Alexis), ou dificultando a recepção do jogador que se desmarca. Entretanto nesse jogo, também me pareceu que a linha de 3, e por vezes 4, médios do Levante estava mais agressiva sobre a bola.

Pedro Ferreira disse...

acrescentando a tudo o que já foi dito, permitam-me destacar o extraordinário lateral direito do Levante que foi comido pelo menos 3 vezes da mesma forma... A culpa não lhe pode ser inteiramente imputada a ele mas mesmo assim fantástico.

Anónimo disse...

JJ:



Os passes são muito bons mas esta defesa nao é fraquissima? Ficar literalmente a ver a bola..

Anónimo disse...

JJ:



Os passes são muito bons mas esta defesa nao é fraquissima? Ficar literalmente a ver a bola..

Gonçalo Teixeira disse...

Podem por aqui um vídeo do Ronaldo a fazer passes verticais a cortar 8 e 9 adversários do caminho? :) É isto que a maioria das pessoas não percebe... Muito bom o vídeo, parabéns.

Abraço

Romário disse...

Gonçalo Teixeira,

Obrigado

Signori disse...

http://www.youtube.com/watch?v=1ZdlTIbKLuI

Boas pessoal. O que acham deste Anderson, de 19 anos do Leixões, que dizm vir para o Sporting. Parece que tem bons pormenores.

Roberto Baggio disse...

Só vi um jogo dele, não convenceu.