Posse de bola no Facebook

Translate

sexta-feira, janeiro 17, 2014

Avaliação individual dos jogadores

A partir do segundo 35 pode-se retirar o essencial da mensagem de Vítor Pereira


Tal como temos vindo a fazer aqui, no exercício de avaliação dos jogadores, também Vítor Pereira o faz baseado na qualidade.
Qualidade do quê?
Tomada de decisão, posicionamento defensivo, movimento ofensivo (soluções de passe que proporciona aos colegas).
E o resto?
O resto, como aqui defendemos, é o menos importante, é o acessório, é o que o jogo proporciona 5% das vezes.

Entenda-se que uma equipa pode ganhar por 5-0, um jogador ter marcado os 5 golos, e esse jogador ter estado longe de ser o melhor em campo.

Importa estar bem em 95% das acções, e se for possível no restante. 
Estar bem apenas nos 5%, como o adepto gosta, é muito pouco para as exigências do futebol actual.

14 comentários:

Luis Santos disse...

Só uma coisa: concordo que se o jogador marcar 5, mas a equipa sofrer 4, 5, 6, etc. se possa tirar essa conclusão. No entanto, se um jogador marca 5 e a equipa não sofre golos, não sei se essa leitura é tão válida, porque sugere que está enquadrado no modelo. É um pouco o caso do Ronaldo. Quando não marca, os jogos dele são muito pouco interessantes, mas com o golo consegue decidir o jogo a favor da sua equipa. São esses 5% que fazem a diferença no caso do Real Madrid na Liga Espanhola e na fase de grupos também na LC. E no caso dele até nem serão só 5% das acções, mas tem uma equipa "atrás" dele que permite que ele jogue assim.

Roberto Baggio disse...

Luís,

válida para quem?
Já o disse aqui, tive um jogador que marcou 3 golos, era ponta d lança, ganhei 3-1, e só fez asneiras. Sim marcou 3 golos, e deve ter perdido umas 12, 13 bolas no resto das acções. Não jogou no jogo seguinte, e percebeu bem o porquê. Aliás, esse mesmo jogador, teve jogos seguidos a falhar muito na finalização, e a criar muitas oportunidades para os colegas, com movimentação, com tabelas, com assistências, com bons passes antes da assistência e nunca saiu.
Portanto do meu ponto de vista é assim, no meu modelo de jogo é assim. E o meu modelo de jogo não tem foras de série. Quantos há?! Para o ser não basta marcar 5 num jogo, tem que marcar consecutivamente, e aí enquadrar no modelo só para acções de finalização.

Anónimo disse...

Baggio será por isso que estas tao bem classificado no campeonato? 2º a partir do fim é muito bom. O problema é que muitas vezes até podem ser esses 2% que fazem a diferença.

Anónimo disse...

http://www.zerozero.pt/edicao.php?id_edicao=61078

Para quem estiver interessado. Agualva em grande

Roberto Baggio disse...

Não, estás enganado. O problema é exactamente o resto. O não criar oportunidades de golo, logo ter alguém que só finalize ou não é irrelevante. Se quiseres, anónimo, já que conheces tanto sobre os campeonatos em questão, e não tiveres vergonha de mostrar, mostra lá o resultado da minha equipa de juniores do ano passado, onde isso se passou, e da minha equipa de juvenis de há dois anos. Se não tiveres vergonha claro, e achares que essa tua idiotice justifica alguma coisa.

PS : comparar futebol de formação, distrital, com o profissional, é um exercício que só um parvo como tu que gosta de aparecer, e não tem argumentos para criar um espaço próprio de opinião e reflexão, faz.

Abraço Jesus Luís.

Tomas Brolin disse...

ainda deixas passar esses comentários, oh pequeno codino...

lateral esquerdo crew!!! lol

Anónimo disse...

"PS : comparar futebol de formação, distrital, com o profissional, é um exercício que só um parvo como tu que gosta de aparecer, e não tem argumentos para criar um espaço próprio de opinião e reflexão, faz."

Entao se eu sou estupido, tu que "avalias" os jogadores no futebol de formação distrital como "avalias" os jogadores profissionais. Que queres colocar a tua equipa a jogar como o Pep as mete, és o quê?

Roberto Baggio disse...

Quem disse que quero fazer isso?
Hmmm pois, bem me parecia que desconhecias o processo. E bem me parecia que eras estúpido o suficiente para achar que eu penso que posso jogar como Guardiola. Queres uma novidade? Guardiola só há um caro Luís Jesus. Mas lá está, gente parva é outra coisa. E mais, claro que ignoraste os resultados dos anos anteriores. Porque achas que resultados provam alguma coisa, principalmente ao nível da formação, onde o que nos interessa é formar. ideia certamente diferente da tua. Interessa que os jogadores saiam deste ano melhores que nos anteriores, com ferramentas que os vão ajudar a ser melhores no futuro e a superar a dificuldade dos próximos anos de futebol. isso é formação, para quem não o sabe. Deve ser outra novidade para ti, já vão duas hoje.

A sério, cria o teu espaço, e vê se alguém vai lá dar te atenção que está visto que necessitas e estás carente.

Um abraço

Rafael Antunes disse...

Boas...

Baggio: Santa paciência...

Livro "Senda de Campeones" - Martí Perarnau...

Provavelmente já conheces, mas comecei a ler e lembrei-me de partilhar aqui...

rafantunes@gmail.com para futuros contactos.. :D

Cumprimentos

Roberto Baggio disse...

Rafael,

obrigado pela partilha

Luis Santos disse...

Certo, Baggio. Li de outra forma... Falaste em marcar 5 num jogo e eu estava a assumir que era um jogador que por norma marcava muitos golos. Foi o meu erro... De acordo, então.

DC disse...

Tanta competência desperdiçada. Felizmente parece que ele começa a fartar-se disto e provavelmente para o ano seguirá para outro campeonato.

Gonçalo Matos disse...

Coitado do VP. E coitado do Baggio também. O Anónimo que comentou com o Link do Agualva deve ser o jornalista que esteve na Arábia.

Anónimo, ganha humildade e vê se lês as coisas com espirito critico. Não aceites tudo o que te dizem, seja aqui ou noutro espaço sem pensar. Se não és só mais um papagaio e pra isso podes comentar na Bola ou no Visão de Mercado que lá h+a discussões fixes sobre "futebol"

Gonçalo Matos disse...

Coitado do VP. E coitado do Baggio também. O Anónimo que comentou com o Link do Agualva deve ser o jornalista que esteve na Arábia.

Anónimo, ganha humildade e vê se lês as coisas com espirito critico. Não aceites tudo o que te dizem, seja aqui ou noutro espaço sem pensar. Se não és só mais um papagaio e pra isso podes comentar na Bola ou no Visão de Mercado que lá h+a discussões fixes sobre "futebol"