Posse de bola no Facebook

Translate

terça-feira, outubro 08, 2013

Ronaldo

Quando falo de foras de série, é a isto que me refiro. A Ronaldo, eu permitia tudo! Um fora de série, tem de apresentar estes números! Um golo por jogo, uma assistência por jogo, porque só assim, eu vou considerar frutíferos quaisquer erros que possam cometer, só assim, lhes vou dar liberdade TOTAL para jogarem em campo como quiserem. Se as suas acções individuais, ajudam a equipa, mais do que prejudicam, então que seja individualista. Se os números de acerto são baixos, que jogue com os colegas. Quantos fora de série há realmente?! Poucos, muito poucos!

50 golos marcados em 45 partidas!
Portugal tem um monstro que ainda está em actividade, que  já perfila na galeria dos melhores jogadores de toda história do futebol. Portugal não sabe reconhecer, devidamente, o contributo que ele dá, não sabe criar as condições para que ele renda o melhor possível. O público, só lhe coloca mais pressão, só o provoca mais, não lhe é dada estabilidade emocional e tranquilidade para que possa apenas jogar futebol. Comigo, em qualquer equipa do mundo, Ronaldo e mais 10. Comigo era ele que ditava como queria jogar, se queria ser substituído ou não, se queria marcar livres do meio campo, etc, etc, etc...

29 comentários:

Gonçalo Matos disse...

O Messi tem numeros tão impressionantes que muitas vezes esquecemo-nos que o Ronaldo é de outro planeta.
A grande diferença entre eles acaba por ser na maneira como percepcionam o jogo e as taxas de acerto em função disso.
Para mim, é o melhor português de sempre. Não vi Eusébio, mas pelo que se jogava na altura vs o que se joga hoje, colectivamente, não sei se Eusébio conseguia fazer estes mesmos números. Nem ter a mesma relevancia na sua equipa.

DC disse...

Não posso concordar com esse extremismo e dou um exemplo simples: quantos livres acerta o Ronaldo? 1 em 20? Se calhar nem isso...
Já o Ozil, das pouquíssimas vezes que o deixavam marcar, ou entrava ou ficava muito perto disso.
Ou seja, dizes que deixavas o Ronaldo marcar os livres que quisesse, tendo um marcador de livres melhor na equipa?

Da mesma forma dizes que em qualquer equipa ele jogava como quisesse. Então pergunto-te, ias para o Barça e levavas o Ronaldo e o Ronaldo começava a pedir para jogar com bolas directas em profundidade. Fazias isso?

Acho que tem que haver um limite para tudo.

Roberto Baggio disse...

Não. O Ronaldo ia fazer o quisesse com bola... Com bola... Quanto aos livres, sim, eu deixava-o marcar todos, é algo que ele gosta de fazer, e a mim não me faz diferença nenhuma. É perfeitamente compreensível um monstro destes ficar encarregue dessas situações tal é a preponderância dele na equipa, algo que os colegas percebem bem e apoiam.

DC disse...

Ok, com bola já se compreende melhor a tua afirmação.
Como disseste isto: "Comigo era ele que ditava como queria jogar", assumi que estavas a dizer que ele definia o estilo de jogo da equipa também.

Mesmo assim, não considero que num clube como o Barça ou agora o Bayern o Ronaldo devesse fazer o que queria com bola.

DC disse...

E já agora, outro pormenor: "algo que os colegas percebem bem e apoiam. "

Lembro-me de algumas ocasiões em que o Simão e o Deco não gostaram que o Ronaldo lhes tirasse a bola das mãos para bater os livres. Não sei, portanto, até que ponto isso não poderá afectar o balneário.

Roberto Baggio disse...

Sem bola é diferente. Se estiver com o adversário todos têm responsabilidades defensivas, se estiver na nossa posse, consoante a zona ele iria ter de cumprir com desmarcações de apoio ao portador ou desmarcações de profundidade, ou com o princípio de largura.
Quanto ao ele fazer o que quiser, iria fazer, sem dúvida. Mas numa equipa onde ele tivesse sempre apoios, onde ele visse os outros a jogar de forma diferente do que ele está habituado, ele mais tarde ou mais cedo iria começar a optar por soluções diferentes e colectivas, não tenho dúvidas disso.

Gonçalo Matos disse...

Que é o que esta a acontecer com o Neymar

Miguel Martins disse...

Boas. Não sei se dás conta que nesses 20 do Ronaldo estão 15 que mais ninguém no mundo bate directamente porque não conseguiria criar perigo. Nesses casos muitas vezes embora não de em golo dão ressaltos para golo ou situações de finalização... E a questão inerente à sua capacidade para bater livres de qualquer lado é que as equipas adversárias ficam condicionadas a não fazer falta a partir de 35m para a baliza... E um condicionamento enorme.

Miguel Martins disse...

Se o Ronaldo num contexto de qualidade coletiva inferior ao do messi tem esses números imaginem num contexto mais forte colectivamente. Em relação ao Ronaldo não concordo quando se tenta depreciar a sua qualidade dizendo que é fruto só da capacidade física... Esquecendo o Ronaldo aos 18anos no Sporting e a qualidade aue evidenciava e evidencia... Esta é colocado eem contextos que priveligiam a sua capacidade física para realizar transições em profundidade.

Gonçalo Matos disse...

O Ronaldo é dos jogadores que mais rápido executa e isso nao depende totalmente da sua velocidade de ponta mas também da qualidade técnica e da sua capacidade de decisão.
Quanto as características físicas, vejo isso como algo admirável, nao como algo que o desvalorize o atleta, principalmente se isso foi fruto do seu trabalho e se consegue usar o físico pra acrescentar qualidade ao seu jogo, sem se refugiar apenas nas capacidades físicas para jogar

DC disse...

" Não sei se dás conta que nesses 20 do Ronaldo estão 15 que mais ninguém no mundo bate directamente porque não conseguiria criar perigo."

Podes falar só de livres à entrada da área se quiseres. Basta estares com atenção para perceber que a eficácia dele é reduzida. Ele no ano passado acho que a época toda marca 3 ou 4 golos de livre em talvez centenas de tentativas.

Luis Santos disse...

DC e Miguel, estatísticas do whoscored.com, para ajudar:
http://www.whoscored.com/Graphics/23/Show/Cristiano-Ronaldo-Free-Kick-Attempts
http://www.whoscored.com/Blog/1v9r0nqzuesvvtuzmdzezw/Show
http://www.whoscored.com/Blog/qbaefg9am0gkliyyb56pla/Show

Tenta muito, acerta pouco em termos relativos, mas assusta imenso...

JS disse...

Oh Baggio, este post é mesmo só para responderes quando te chatearem por dizeres que Messi é o melhor do mundo, não é?

Que o Ronaldo é um fora-de-série, é. Que muitos bolas de ouros juntos não são melhor que ele, também. Que ele pode abusar um bocado mais da individualidade, claro.

Mas partes deste texto nem sobre o Messi escrevias.

Depois é um bocado contraditório... Então Ronaldo é mal aproveitado na selecção? Mas não é precisamente o que escreveste que já acontece na selecção... Tudo ao redor de Ronaldo?

Somos nós que aproveitamos mal o Ronaldo ou é a selecção que aproveita mal os outros jogadores de selecção?

Sobre gostos, já disse entre amigos: "esta seleção até pode ter mais condições de chegar a um caneco, mas prefiro a de 2000". desde Scolari que se descaracterizou a seleção e esse é também um problema de empatia com o público. Sabes o que dizia Cruyff há 11 anos sobre a nossa seleção?

Pedro Mendes disse...

A eterna batalha Messi VS Ronaldo :)

Ronaldo é um jogador completo. Capacidade física enorme, capacidade de finalização enorme, qualidade técnica acima da média.

Já Messi tem uma capacidade física dentro da média, capacidade de finalização enorme (mas Ronaldo ganha com aqueles saltos em que pára no tempo), qualidade técnica enorme (o melhor do mundo).

Ronaldo é "produto" trabalhado.. Deve dar um gozo enorme treiná-lo, pelo que se ouve dos treinadores q passaram por ele (primeiro a entrar, último a sair, dá tudo num treino).

Já Messi é talento nato.. nasceu com ele. É um génio do futebol que nasceu assim..

Eu não gosto do Messi, mas também não posso dizer que ele não é um dos melhores do mundo.. E porque é que digo um dos melhores e não o melhor? Porque não o consigo por a frente do Ronaldo assim como não consigo por o Ronaldo a frente do Messi..

O que preferias Baggio? Um talento puro na equipa ou um jogador que atingiu a forma, a técnica, etc, que atingiu trabalhando? Depende sempre dos gostos pessoais..

Quanto à selecção, claro que lhe é exigido tudo e ele é o primeiro a sofrer pelos desaires da equipa.. Quando a selecção falha, raramente se aponta o dedo ao seleccionador (que insiste num Ruben Micael que nem sei como foi lá parar), diz-se sempre "O Ronaldo também só sabe jogar no RM".. É pena.. tratamos tão mal os atletas que nos dão tudo

Roberto Baggio disse...

JS,

"Oh Baggio, este post é mesmo só para responderes quando te chatearem por dizeres que Messi é o melhor do mundo, não é?"

Tens um blogue? Twitter? Facebook? Uma qualquer rede social?
Pergunto isso, porque quero saber se as pessoas que fazem parte do teu canto virtual te andam a perguntar do porquê de publicares o que publicas?!
Isto já cansa da malta vir para cá e andar a questionar sobre o que metemos aqui ou não. Pah, aceitamos, obviamente todo o tipo de infromação que nos queiram passar, todo tipo de pedidos sobre novos artigos, dentro do possível e razoável, mas isto, desta forma, começa a tornar-se cansativo.
Os artigos, dos autores do blogue, são postados, porque este é o nosso cantinho virtual e postamos nele o que queremos.
Portanto, este artigo, como muitos outros, foi postado porque adoro o Ronaldo, como jogador de futebol, e portanto apeteceu-me escrever qualquer coisa curtinha sobre ele.
Sim o Messi é o melhor do mundo, e daí?!

"Mas partes deste texto nem sobre o Messi escrevias."

Gosto quando vocês se põem a adivinhar o que eu poderia fazer ou não. Tu não me conheces JS. E mesmo que me conheças, não me conheces, de certeza, como treinador. Não sabes como lido diariamente com os jogadores, não sabes que tipo de relação desenvolvo com eles, não sabes que tipo de liberdade lhes dou em campo, não sabes qual é o meu tipo de acção e intervenção dentro de cada contexto, como podes, então, aferir sobre o que eu escreveria (que neste caso tem a ver com os factores que citei) sobre Messi?!

"Depois é um bocado contraditório... Então Ronaldo é mal aproveitado na selecção? Mas não é precisamente o que escreveste que já acontece na selecção... Tudo ao redor de Ronaldo?"

O que começa a ser contraditório, é a malta escrever muito bem, mas não saber ler ou ter problemas de interpretação. E nada, nada mesmo, chateia mais do que isso.
Mas de onde é que tiraste essa ideia?! Mostra-me, por favor, onde é que no artigo, vem escrito que o Ronaldo é mal aproveitado na selecção?! Enfim...

"Somos nós que aproveitamos mal o Ronaldo ou é a selecção que aproveita mal os outros jogadores de selecção?"

Que outros jogadores?! Os que nunca jogam, ou os que nunca são convocados?

""esta seleção até pode ter mais condições de chegar a um caneco, mas prefiro a de 2000"."

Esta selecção não mais condições para chegar a um caneno, do que qualquer uma de 2000 a 2008...
Sabendo que a selecção de 2000, foi, para mim, a que melhor futebol jogou.

"Sabes o que dizia Cruyff há 11 anos sobre a nossa seleção?"

Não, não sei.

Roberto Baggio disse...

Pedro Mendes,

".. É pena.. tratamos tão mal os atletas que nos dão tudo"

Obrigado por teres entendido perfeitamente o que critiquei no texto.

"O que preferias Baggio? Um talento puro na equipa ou um jogador que atingiu a forma, a técnica, etc, que atingiu trabalhando? Depende sempre dos gostos pessoais.."

Eu não acredito em talento puro e inato. Todos os talentos são trabalhados. Dependem da forma como cada um deles é exposto ao trabalho. Do tipo de trabalho que fazem, os constrangimentos desse trabalho, as dificuldades, a superação, no fundo dependem das relações entre o trabalho, sucesso, insucesso, superação, reforço, interacção entre todos esses factores.

Portanto, preferia o Messi, porque está trabalhado, da forma como eu acho que se deva trabalhar um jogador de futebol.

DC disse...

Obrigado pelas estatísticas Luís. Confirmaram aquilo que eu desconfiava.

Roberto Baggio disse...

DC e desconfiavas, também, que a percentagem relativamente ao número de tentativas e golos era muito, muito, muito semelhante à dos outros jogadores mundiais de grande nível? Ou outros grandes jogadores que parecem ser mais especialistas que ele? Por exemplo, Pirlo?

Abraço

DC disse...

Confesso que é raro ver jogos da Juventus ou do campeonato italiano, portanto essa percepção não tinha.

Mas em relação ao campeonato espanhol e português, que são os que acompanho maioritariamente, a minha percepção sempre foi essa. A de que existiam outros jogadores com aproveitamento muito superior ao do Ronaldo, tendo-me saltado à vista o Ozil.

O Ronaldo deve ser o jogador que mais livres bate no mundo, é normal que marque de vez em quando. Agora, especialistas? André Cruz, Juninho, Mihailovic, Del Piero, Simão Sabrosa, quem sabe um dia Quintero (para puxar a brasa à minha sardinha :D).

Se calhar não é um momento fundamental do jogo, o da marcação de livres, mas sinceramente acho que o Real no ano passado (enquanto tinha Ozil), teria ganho bastante em partilhar mais a marcação de livres.
Este ano até compreendo que o Ronaldo os marque todos porque o 2º marcador é o Sérgio Ramos (salvo erro), agora no ano passado não.
E na selecção, com Simão fantástico nos livres directos e Deco fantástico nos centros tensos para a área, muito menos.

Roberto Baggio disse...

Eu percebo onde queres chegar. Mas como digo, isto é dar e receber. E eu, não me importo nada que bata os livres directos todos, se ele for mais feliz assim, e se cumprir sem bola com o que lhe peço. Ele cede, eu cedo... Depois sim, concordo que poderia partilhar mais, mas ele o faz, por vezes, e tenho a sensação que vai fazer cada vez mais. É um feeling.

Há claro os deuses das bolas paradas, contra esses não há nada a fazer. São os melhores nesses momentos.
O Quintero também me parece ser especialista, tal como Cardozo, por exemplo, ou Simão e acho que Ronaldo não chega ao nível deles. Mas também tens de ver que o Ronaldo cria perigo numa bola parada 37 metros afastada da baliza, quantos mais assim? Pah eu cedia esse momento, para ter outros, facilmente.

Abraço

Luis Santos disse...

Em relação aos livres do Ronaldo, eu pedia-lhe uma coisa: em vez de tentar marcar a 30/40 metros, que rematasse em força para a baliza para obrigar a defender para a frente (ou pelo menos para assustar). E é nesses casos em que ele fica a perder. Em termos de golo de livre directo tem estatísticas "normais", mas em bolas à baliza, são um bocado baixas e acredito que grande parte dos que não vão à baliza sejam os remates de longe.

DC, neste momento Quintero já é um dos maiores especialistas. É raro o livre que não cria perigo. Melhor que ele são poucos... Grenier, talvez.

Yilmaz disse...

Dois jogadores "especialistas" a bater livres tbm,e que aprecio bastante(por ser jogadores "classe"):Pjanic(Roma) & Grenier(Lyon)

Ambos aprenderam com o Maior(no Lyon),Juninho Pernambucano.

PS:O Reus(Dortmund)tambem é muito competente nesse exercício...

Diamanti(Bolonha)idem..

PS2:O Sneijder desde que foi pra Turquia parece que já não acerta uma... (mas esse tbm "era" um especialista)

Yilmaz disse...

Gareth Bale fortíssimo tbm... CR7 Style! ^^

António Teixeira disse...

Excelente texto!

Só para rematar na questão dos livres: é um bom argumento, realmente, o vosso, de que cria, de certo modo, situações de finalização; contudo, e porque é a comparação comum, prefiro o Messi que deve ter umas excelentes estatísticas (para não falar da beleza do gesto técnico). Se tiveres uma equipa forte a atacar a bola, talvez seja melhor meter sempre o Ronaldo a batê-los, aliás, os mais longe.

Cumprimentos

Anónimo disse...

JS, o que é que o Cruyff disse da selecção há 11 anos?

JS disse...

Xiça... era um bocado provocatório o meu comentário, mas se soubesse que levavas tão a peito, não o escrevia.

Sobre as minhas credenciais, não percebo 10% do que percebes deste jogo, raramente escrevo algo sobre a bola, mas isso não me impede de comentar noutros cantos. Ou de outros me perguntarem porque escrevo aquilo.

Peço, no entanto, desculpa por não ter percebido que criticas de leigos não eram muito úteis aqui ao cantinho.

"Portugal não sabe reconhecer, devidamente, o contributo que ele dá, não sabe criar as condições para que ele renda o melhor possível."

Se isto não é sobre a selecção, não percebo do que falas. Não lhe damos condições? (Não te preocupes em responder, é retórica) Até porque em Portugal a maior parte acha um crime falar mal do Ronaldo.

Outra vez, desculpa a irritação que causei. Mas caso pretendas fazer de treinador carreira, espero que te habitues e lides melhor com comentários como o meu. Vais ver que ganhas mais um trunfo.

Anónimo,

Disse que mais importante do que ir para o Mundial a pensar no título, Portugal devia preservar a sua identidade.

Roberto Baggio disse...

JS,

Criticar é fácil. Explicar o porquê da crítica é a parte difícil e é o que espero de um qualquer... Não é uma questão de credenciais, é uma questão de questionar o porquê dos artigos. Os artigos são porque nos apetece, todos eles...
Eu perguntei se quando publicas uma música no faceboookk se os teus seguidores perguntam sobre o porquê de a teres colocado... Etc, etc, etc... E é isso que tu fizeste.
Se quiseres ler o comentário do Pedro Mendes e a resposta que lhe dei, força. Se não, já vi que vais continuar sem perceber.
Não tenho nada contra ti, o problema é que já ando um pouco cansado, como escrevi, de ler coisas estranhas... Espero que entendas.

JS disse...

Baggio, mas eu escrevi porque estranho o conteúdo do post (ou a forma como é escrito). Até escrevi o que acho do Ronaldo como ressalva... acrescento que é provavelmente o melhor português de sempre.

Mas não vale a pena estar a rebater, quer o que acho do post quer a tua resposta. Eu vou continuar a ler... menos a comentar que gosto do blog e não te quero chateado. :p

KAKÁ disse...

Sinceramente se tem uma coisa q não me impressiona no Cristiano Ronaldo, é as cobrança de faltas (livres) q ele executa, hoje está muito fácil colocar efeito na bola, q é reconhecidamente mais leve e varia muito mais do q a bola de 20 anos atrás... mesmo assim a porcentagem q ele acerta é pequena em relação aos maiores batedores de falta (livres)...


;)