Posse de bola no Facebook

Translate

sexta-feira, outubro 18, 2013

"O problema de Mourinho nunca foi com Casillas, foi sim com a mulher dele."

Aqui, divirto-me com os comentários de um anónimo e das duas uma: Ou o Ancelotti falou com o Mourinho e o português disse-lhe que a namorada do Iker era má para ele na imprensa, ou o italiano já havia sido arrasado por ela na imprensa.




Ou então há mesmo a última hipótese que é Diego Lopez ser efectivamente melhor que Casillas. Coisa que obviamente não discuto, quem é melhor, ou não, até porque de GR percebo muito pouco, contudo, o brilhante rendimento de Diego continua a dar razão a quem apostou nele, e não dá motivos para que o treinador o tire da baliza.



Vamos ver como é que Ancelotti encaixa esta bomba do capitão do Madrid e da selecção espanhola, mas como diz Arbeloa: "Mourinho partiu a cara e partiram-lhe a cara por nossa culpa. Fez tudo para defender este clube e no Real Madrid poucos podem dizer isso. Neste clube, as pessoas, sobretudo os jogadores, normalmente olham primeiro para eles próprios e só depois para os outros"

E quando assim o é, quando se quer jogar por estatuto, quando há jogadores maiores que a instituição, normalmente os treinadores perdem sempre.

PS: Dizia Silvino por entre a meia final europeia com o Bayern, que Iker era o pior GR que treinou, não a nível técnico, mas ao nível de profissionalismo.

35 comentários:

António Teixeira disse...

Baggio (agora akwá :D)

Desculpa publicitar, e apaga se quiseres, mas tem ai algumas possíveis respostas:

http://emjogo.blogs.sapo.pt/305142.html

Cumprimentos,
António Teixeira

Akwá disse...

António, o Baggio já não faz parte disto, por falta de tempo e compromissos profissionais.
Quanto ao blogue que enviaste, sim o texto tem alguns pontos interessantes, no entanto, o maior motivo do afastamento dele teve a ver com o relaxamento regular ao nível de treino.

António Teixeira disse...

Pena, votos de boa sorte para o Baggio, e que continues o bom trabalho dele ;)

Cumprimentos

DC disse...

Sinceramente acho um pouco estranho que se faça este massacre a um guarda-redes campeão do mundo e campeão europeu, só porque teve problemas com Mourinho.

Quer dizer, era o melhor guarda-redes do mundo até chegar Mourinho, vindo de um mundial fantástico onde se recorda aquela final contra a Holanda onde foi o melhor jogador em campo, e depois passa a ser um mau profissional de repente?
Um jogador que até 2012 ganhou 5 prémios de melhor guarda-redes do mundo e 6 inclusões na equipa ideal da UEFA, 2 Champions, 2 Euros e 1 Mundial, sempre a titular, e de repente é mau profissional? Um mau profissional faz 5 anos seguidos como melhor redes do mundo? Estamos a falar a sério?

Por ser suplente há cerca de meia época e agora estar a considerar a saída é mau profissional? Então o Ronaldo também é ou as declarações do "sinto-me triste" são melhores?

Ou Figo?
http://www.elmundo.es/elmundodeporte/2005/05/27/liga/1117194866.html

É assim tão fora do comum um jogador que passe de titular a suplente e tem dezenas de clubes interessados falar de saída?


Eu sei que Mourinho para alguns é quase religião, mas todo este dogmatismo faz-me confusão.


Já agora, o Silvino descobriu o profissionalismo antes ou depois daquela noite com o Oliveira e umas "amigas" no Mundial da Coreia e do Japão?

Akwá disse...

António, o mail dele está por aí.

DC, pto prévio: Nunca, nunca, nunca considerei Casillas o melhor do mundo. E está aí o Ronaldinho para testemunhar as discussões que tinha comigo, com o Baggio e afins.

Bom, quanto ao Resto, Com Sacchi como director desportivo, já ele dizia que Iker não treinava ao nível dos outros. Com Del Bosque na selecção, ao estilo Scolari, ele não precisa de jogar, para ser titular.
Se isso não é estatuto, não sei o que será.

Não estou a dizer que Iker não é um guarda redes de grande nível. Nem tão pouco que não mereceu os troféus que ganhou. Estou só a dizer que 1* Ele não é o melhor do mundo, e para mim nunca foi,
2* Ele treinava mal e foi por isso que Mourinho procurou logo no primeiro ano por um GR em Dezembro, e o cúmulo da preguiça dele foi essa fase decisiva da época passada,
3* Diego Lopez, chegou, viu, venceu, e se sair da baliza, é porque Casillas só lhe deu mais dois/três meses de titularidade,
4* Se outro, repito, outro, qualquer, repito, qualquer, jogador dissesse algo do género, seria irremediavelmente transferido, sabendo à partida que a posição dele estava bem assegurada na equipa por outro jogador de grande nível,
5* Como é Casillas e está com um problema por andar sentado no banco, porque acha que merece jogar, independentemente do outro que está no lugar dele ter um rendimento espectacular, o treinador vai acabar por ceder, claro,
6*Veja-se o que Guardiola diz de Mascherano... Perceba-se que o capitão da selecção argentina, era/é suplente e palavras de desagrado? Desculpa lá, mas um gajo que anda há tanto tempo no futebol, é capitão de equipas e seleções, inclusivamente capitão da equipa a que se refere e não guarda este tipo de comentários para ele, protegendo o que ele dizia ser tão importante para ele (Real Madrid, equipa) é porque é fraco mentalmente e é porque não devia ser capitão.
Não digo que ele estivesse conformado, que não estivesse a pensar em sair, que não falasse disso com o grupo, treinador, presidente. Agora meter o colega a prazo na imprensa?

Acreditas mesmo que isso, vindo de quem vem, tem a mesma gravidade de dizer que se está triste?
Isso não é um capitão de equipa, reitero.

DC disse...

Akwa disse que ele foi o melhor do mundo 5 anos seguidos porque efectivamente recebeu o prémio da Uefa de melhor do mundo 5 anos seguidos.

Opiniões divergem muito por isso baseei-me nos prémios individuais. Para mim o melhor é Buffon mas de certeza que há muita gente a apontar-lhe defeitos na carreira também.

Depois acho que estás a fazer do Diego algo que claramente não é. Tenho-o visto várias vezes "aos papéis" nos últimos jogos. É bom redes, mas não é de topo. Não são 6 meses numa carreira de 10 anos que o tornam de topo. Falas em espectacular, grande nível, eu vejo o Real a sofrer golos todos os jogos e não vejo um redes fabuloso como tu o fazes. É bom, não é isso tudo! E nem sequer está perto de estar na mesma liga do Casillas. Estamos a comparar um campeão do mundo com um jogador sem internacionalizações. Nada a ver mesmo.

Capitães de equipa? Se for esse o problema dou-te o exemplo do Jorge Costa no Porto que mal passou a suplente saiu em Janeiro para a Bélgica. Já te falei do Figo que imediatamente pediu a transferência mal se começou a sentar no banco, mas arranjo-te mais 10 exemplos, se for preciso. É a coisa mais banal no futebol, o jogador que vai para o banco e pede para sair. Se não se vir todas as semanas uma notícia dessas é quase...
Já para não falar que ele anda há 6 meses nisto e é a primeira vez que fala duma saída. Se calhar até é bem forte mentalmente. Achas lógico o treinador ter-lhe dito que só é guarda-redes para a Champions? Dizer-lhe logo que, a correr bem, esta época faz uns 12 jogos? Pelo menos tinha dito que o que treinasse melhor jogava. Não foi o caso!
E achas normal tirar o Moutinho tirar o Casillas para pôr o Adan e depois de chegar o Diego não voltar a convocar o Adan? Então se o Adan é melhor que o Casillas passou de titular a dispensado? Achas isto uma gestão competente do balneário? Eu chamo-lhe uma humilhação ao Casillas. Basicamente foi dizer-lhe que qualquer um ia jogar menos ele, até o da equipa B.

E se quiseres ver mais do que se passou faz uma recolha das declarações à imprensa de Mourinho e Ancelotti e Casillas e vê quem é que veio mandar mais "bocas para barulho". O Casillas fez a 1ª declaração minimamente polémica agora, vê quantas já teve que ouvir.
Gerir um balneário não é humilhar um jogador e esperar que ele baixe a cabeça.

António Teixeira disse...

O principal problema no meio disto tudo poderá ser semelhante ao do Benfica: os adeptos guardam uma espécie de mística que existiu no passado, uma identidade de clube, e essa mística sobrevive, de muitas maneiras, em muitos adeptos. E eu penso que o problema do Madrid será esse: a memória de uma identidade que se foi esvaindo com as mudanças na política do clube. Ora, advinda da necessidade de materializar ou objectivar essa identidade, surgem os ídolos, nomeadamente ao nível dos jogadores. Ainda que no Benfica não se verifique tanto essa identificação, no Madrid o Casillas é o santo padroeiro dos valores do clube; eu não conheço bem a história do clube e, por conseguinte, não me vou pronunciar acerca da personificação, na figura do guarda redes, da história e dos valores madrilenos. Mas, e isso podemos verificar em caixas de comentários e afins, os adeptos parecem realmente ver no Casillas uma representação do passado. Torna-se, como é evidente, um passado que, pelas glórias que trouxe, se torna figura imaculada e não passível de crítica e de reformulação ou adaptação. Agora, surgem em conflito cada vez mais em qualquer clube duas realidades, e aparecem até como consequência do contexto social, político, i.e. dos actuais paradigmas da cultura ocidental (se é que ela ainda existe); a primeira, que invoca o passado, e no caso dos clubes com passados grandiosos, como o são o Benfica e o Madrid, essa realidade é requerida pelos adeptos, especialmente aqueles que ou viveram esse passado ou que, por transmissão dos familiares ou comunidade, o sentem sem o terem vivido; por outro lado, a necessidade dos clubes em se ajustarem cada vez mais e de modo cada vez melhor ao contexto onde se inserem impede, a médio prazo (e talvez a longo prazo), o regresso a esse passado onde tudo era diferente.
Podemos, nesta questão, identificar dois problemas que brotam dessa coexistência de duas realidades distintas, uma que é, até certo ponto, saudosista e aqueloutra mais actual e enquadrada. Primeiramente, existe a tal questão dos adeptos não quererem ver perdidos os valores e a cultura de clube que os levaram, num passado que não é recente, a conquistar a glória. De seguida, identifica-se, em alguns casos, a impossibilidade de, pelos menos no curto prazo, ajustar esses valores e cultura à realidade actual. Ora, a solução ideal será reformular esses valores e cultura, por um lado ou, por outro lado, procurar ajustá-los ao contexto actual. Contudo, qualquer dessas soluções não se alcança de um momento para o outro, e requer paciência dos adeptos e muita competência dos dirigentes.
O Real Madrid parece viver nessa encruzilhada. Só que, a figura de Casillas surge, neste caso, como um santo que se aproveita do actual contexto e dos seus instrumentos para criar a sua própria imagem que remete para os tais valores e cultura: ele aproveita-se dos media, ele julga, como diz o Akwá, que treina como quer...Sumamente, julga-se mais que os outros jogadores, porque é da casa. E os adeptos apoiam-no. Talvez uma reformulação que tornasse o acto de dirigir mais vertical, uma política de clube séria, pudesse enquadrar esses valores e cultura, e permitir que o clube os mantivesse, fosse competitivo e que os seus bastiões não fossem superiores aos outros fora do balneário.
Desculpe-me o Èdson pela referência ao Benfica, não estou a pegar por nada, apenas é a minha leitura, e esteja à vontade para me rebater, até porque não conheço muito da história dos dois clubes. Ainda assim penso que podemos tirar algumas conclusões interessantes se colocarmos em oposição as nossas visões.

Cumprimentos

Gonçalo Matos disse...

Sinceramente, parece-me que o objectivo dos treinadores é que o Iker treine melhor, para que possa jogar melhor. Não acho que seja perseguição ao Iker, mas a realidade é que ele se queixa muito e pelos vistos faz pouco.
Como é que alguém pode tirar o Diego Lopez, que está em grande, pra colocar um jogador que parece estar a fazer birra e que se resguarda nos treinos?

António Teixeira disse...

DC,

Tem alguma explicação o Valdés (esse sim, o melhor guarda redes do último ano, e bem de longe) não ser mais que titular na selecção espanhola?
O rendimento do Diego e do Casillas no tempo em que coexistiram, qual deles foi superior?
O Mourinho não é santo, mas o Casillas também não, e podemos especular muito mais sobre o último pela ligação que tem com a imprensa, adeptos, etc.

Cumprimentos,

Gonçalo Matos disse...

António,

O Valdez é dos guarda-redes mais underrated do mundo e hoje em dia não se percebe porquê. É agil dentro dos postes, rápido no um para um e é o melhor do mundo com os pés. E hoje em dia já raramente sofre aqueles frangos que sofria no passado.

DC disse...

"no Madrid o Casillas é o santo padroeiro dos valores do clube"

Pois é, e não é num dia nem num ano que atinges esse estatuto. Tem uma carreira brutal de serviço ao Real Madrid e da Espanha. De repente chega o Silvino e diz que é o jogador menos profissional que já treinou...
Vamos acreditar que um dos melhores guarda-redes da história do futebol é péssimo profissional ou que o Silvino (aquele que ficou conhecido pelas noitadas da Coreia, pela agressão ao Chalana, pelos insultos aos jornalistas espanhóis ou por isto http://foradejogo08.blogspot.pt/2013/03/video-silvino-apanhado-fazer-um.html) é que é o santo aqui?

Podemos falar de uma suposta quebra de forma do Casillas, podemos dizer até que neste momento o Diego é melhor, agora por causa de um Silvino qualquer acreditar piamente que o Casillas é mau profissional? E em 15 anos de Real só notaram agora?

Antecedentes de mau profissionalismo têm o Silvino e o Mourinho 30 vezes mais do que o Casillas. Porque é que a palavra deles é que vale?

Anónimo disse...

akwa parece-me surpreendente que estando fora possas afirmar sem qualquer duvida qual o motivo para a saida de Casillas do 11. Mas como estaras certamente recordado, ele não saiu por causa do Diego Lopez. Primeiro, foi Adan a entrar para o 11. E mesmo trabalhando o dia todo, nunca valera metade de Casillas. E nao estou a dizer que o problema de Mourinho tenha sido a namorada de Casillas, mas quando treinas 1 equipa em que o teu capitao de equipa namora com 1 jornalista do principal jornal desportivo do pais e ela publica constantemente nas suas cronicas factos que apenas quem esta no balneario conhece, nao é dificil saber qual foi a fuga de informaçao. E bufos no balneario é coisa que nao se quer. Entao quando é capitao, ainda pior.

Akwá disse...

"Estamos a comparar um campeão do mundo com um jogador sem internacionalizações. Nada a ver mesmo."

Exacto...Quantos jogadores queres que foram campeões do mundo que nunca deveriam ter passado do distrital?
Desde quando é que títulos, dizem alguma coisa sobre a qualidade do jogador de futebol, ou do treinador? Acho que tens andado nos blogues errados...
Mas é como te digo. Aqui, não se liga, nada, nadinha a estatutos! Esteja-se a falar de Mourinho, ou de Abel Xavier. Qualidade é qualidade.
De Casillas ou de Diego Lopez.

Tendo em conta a tua resposta, em termos de comparação, já se viu que estás longe de compreender o que se passa. E que percebes pouco do processo. Se o processo COLECTIVO é mau, naturalmente a equipa sofre muitos golos independentemente da qualidade dos jogadores. Mas se não compreendes isso, lá está.
Aos papeis? Diego? Ele tem só sido, quase sempre, o melhor em campo para o Madrid. Acho que o Jesus quando lhe perguntaram, sobre o melhor GR da liga espanhola há alguns anos, depois do Roberto ter vindo para o SLB, respondeu que não era Valdes, nem Iker. Acho que falava deste Diego, que na altura ninguém desconfiava que iria para o Madrid. Mas como estava escondido, sem exposição mediática, já não presta, nem sequer está ao nível dos outros, argumento ridículo diga-se. Já te li mais coerente do que hoje.

Quanto ao resto, bom, só devo novamente dizer, que não me viste ainda dizer que Diego é melhor ou não, nem o vais ver, porque é irrelevante, percebo pouco de GR, e sobretudo, não é isso que está em causa. O rendimento do Diego tem sido o que tem sido e como diz o outro, não há como tira-lo de lá.

E depois, se os senhores capitães de equipa podem andar para aí a exteriorizar tudo, então pronto. Temos uma festa. As equipas passam a ser só de 11 jogadores, porque noutro caso há sempre jogadores a pedir para sair. Mas vão continuar a haver planteis e dentro disso há quem jogue mais e quem jogue menos. Pois, e os que passaram todo esse tempo a vê-lo na baliza? A sério, não acredito que estou a discutir isto.
ele é o capitão! Capitão! Sim deste o exemplo que Figo não falava com o treinador do Real Madrid pessoalmente, profissionalmente falava, como se leu, e Figo era o capitão do Real Madrid? Equipa que ele tanto defendia e amava, na qual foi formado?
Eu digo-te já assim de caras, esse senhor, para mim, a colocar colegas, repito, colegas, na brasa dessa forma, não é bom colega, não sendo bom colega não serve para capitão, seja de que equipa for!

DC disse...

António, até à chegada de Mourinho, Casillas mereceu claramente o lugar na selecção e provou-o no Mundial em que foi de longe o melhor guarda-redes presente.
Depois de Mourinho sim, podemos falar de Valdés. Mas a partir daí temos o Del Bosque a tentar gerir uma crise iniciada no Real e a tentar que ela não transpareça para a selecção. Coisa que aliás teve que fazer com muito cuidado depois das batalhas campais incitadas por Mourinho entre os jogadores espanhóis.

Quanto ao rendimento dos dois, nunca vi o Diego a fazer nada que o Casillas não fizesse.

"podemos especular muito mais sobre o último pela ligação que tem com a imprensa, adeptos"
Também posso especular muito sobre a ligação a certos jogadores do Jorge Mendes, sobre as tentativas de divisão da selecção espanhola, sobre as agressões, insultos e interrogatórios a jornalistas, sobre as constantes críticas a árbitros e jogadores nas flash-interviews...


Eu acho fabuloso como um gajo que agride um treinador adversário, faz 500 conferências de imprensa a falar de árbitros, Unicef, Uefa, Blatter, faz esperas no parque de estacionamento a árbitros, etc... sai disto como o herói e o Casillas como vilão.

Se calhar fui eu que sonhei com isso tudo...

Akwá disse...

"Tem alguma explicação o Valdés (esse sim, o melhor guarda redes do último ano, e bem de longe) não ser mais que titular na selecção espanhola? "

António, eu tenho. Há um que não treina no clube porque está lesionado. E na selecção no pasa nada. Há um que não é titular no clube e joga e outro que é titular e não joga.
Explicação: Statussssss

Akwá disse...

Ps, não está em discussão os actos das figuras enquanto pessoas particulares. Mas sim enquanto profissionais de futebol.

Daniel Santos disse...

Parece que o mourinho tambem nao saiu muito satisfeito com o ronaldo, que ate gerou aquela troca de bocas do verdadeiro, talvéz porque andasse triste mas ai nao foi buscar um substituto para o por no banco...

DC disse...

"Quantos jogadores queres que foram campeões do mundo que nunca deveriam ter passado do distrital?"

Dá-me outro que tenha sido o melhor jogador da final dum mundial então.

"Qualidade é qualidade."
Estás a querer dizer que o Casillas não tem qualidade? É isso?

"Se o processo COLECTIVO é mau, naturalmente a equipa sofre muitos golos independentemente da qualidade dos jogadores. Mas se não compreendes isso, lá está."

O processo colectivo é irrelevante para a discussão porque é igual para os 2. Falas de Casillas como se frangasse todos os jogos e Diego como se fosse buscar 10 bolas de jogo todos os jogos. Estás a radicalizar e sem qualquer prova. Mostra-me um jogo onde o Casillas tenha comprometido.

"Aos papeis? Diego? Ele tem só sido, quase sempre, o melhor em campo para o Madrid. Acho que o Jesus quando lhe perguntaram, sobre o melhor GR da liga espanhola há alguns anos, depois do Roberto ter vindo para o SLB, respondeu que não era Valdes, nem Iker. Acho que falava deste Diego, que na altura ninguém desconfiava que iria para o Madrid. Mas como estava escondido, sem exposição mediática, já não presta, nem sequer está ao nível dos outros, argumento ridículo diga-se. Já te li mais coerente do que hoje."

Extremismos mais uma vez. Tem sido o melhor em campo todos os jogos? Exagero novamente. Já o vi aos papéis muitas vezes mas como não deu golo ninguém fala, normal.
O JJ sabe muito de guarda-redes como se viu pela sua escolha de Roberto e de Artur. O Diego López joga há 6 anos na 1a divisão, chegou ao Real com 180 jogos de liga espanhola nas pernas. Desconhecido? E sabias que já foi 2 anos o suplente de Casillas no Real antes de 2007? Mais uma vez, desconhecido por quem?
Quanto ao argumento da exposição mediática, tendo em conta que eu nunca falei de exposição mediática em lado nenhum, acho estranho estares a chamar-me incoerente por uma coisa que nunca disse. Ou internacionalizações são exposição mediática? Queres ver que o Villarreal nunca teve interncionais? Onde jogava aquele brasileiro que tirava o lugar ao Fabregas na selecção de Aragonés?

"Quanto ao resto, bom, só devo novamente dizer, que não me viste ainda dizer que Diego é melhor ou não, nem o vais ver, porque é irrelevante, percebo pouco de GR, e sobretudo, não é isso que está em causa. O rendimento do Diego tem sido o que tem sido e como diz o outro, não há como tira-lo de lá."
Não te vi a dizer que era melhor mas vi-te a desvalorizar as exibições de Casillas face às dele e ainda não percebi com base em quê. Depois também acho estranho que digas que não percebes de guarde-redes mas que consideres indubitável que o Diego não possa perder o lugar e que era óbvio que Casillas mereceu sair da equipa.

Quanto ao Figo não falava com o treinador mas falava com a imprensa, como falou várias vezes a dizer que queria sair.
Mas dei-te o caso do Jorge Costa, optas-te por ignorar...

Finalizando, eu também nem me interessa muito comparar quem é o melhor. Interessa-me sim quando vejo a tratarem o Casillas como se fosse o Bossio e o Diego como se fosse o Yakin.
Só vejo posições radicais e acusações sem grande sustentação, a arrasar o Casillas. E isso não é por uma questão de jogo ou treino. É pela fantástica instrumentalização que o Mourinho mais uma vez conseguiu fazer. Mas enfim, nada de novo...

DC disse...

queria dizer Yashin, obviamente :)

Ronaldinho disse...

Desculpa lá DC, e digo isto com todo o respeito, se não consegues ver que o Diego tem sido dos melhores do Real então não vale mesmo a pena estar aqui a discutir.
Tens uma visão demasiado diferente das coisas para trocar argumentos.

Akwá disse...

Caro Daniel, "Parece que o mourinho tambem nao saiu muito satisfeito com o ronaldo, que ate gerou aquela troca de bocas do verdadeiro, talvéz porque andasse triste mas ai nao foi buscar um substituto para o por no banco..."

Não sei se andaste a dormir, ou se não percebeste que nesse mesmo ano, nessa mesma época, Mourinho saia do Real Madrid. Assim como, naturalmente, não foi buscar ninguém para substituir o Pepe.

DC, "Dá-me outro que tenha sido o melhor jogador da final dum mundial então."
E lá continuas tu preso aos estatutos, ou não. Quero dizer, para ti é muito fácil desprenderes-te do estatuto em tudo com que se relaciona com Mourinho, talvez por seres adepto do Porto e considerares que ele fez mal ao teu clube. Em relação ao Casillas, continuámos. Acho que percebeste perfeitamente a analogia do distrital, ou estás só a querer rebater por rebater.Se não percebeste, eu explico: Para mim, títulos, exibições num ou noutro momento (exemplificaste com um mundial, ou com um jogo, por ter sido eleito, ou ter sido na tua opinião o melhor), valem, dependendo da forma como foram conseguidos. Ganhar, para mim, só vale, se for causal. Portanto, daí depreendes, que essa questão do ganhou, do foi eleito, do foi o homem do jogo na final do mundial, fez um grande mundial, etc significa zero, por si só.
Mas essa discussão, só entrou neste ponto, porque tu a levaste ao mesmo. Mas então explica-me lá, se gostavas do Porto do Jesualdo, aquele que foi 3 vezes campeão creio, para perceberes exactamente o que penso sobre Status. A mim, diz nada, nadinha.

"O processo colectivo é irrelevante para a discussão porque é igual para os 2."

Só é relevante, porque mais uma vez, a tua forma de avaliar Diego, foi, ora deixa ver: Golos sofridos! Assim, acho que se percebe perfeitamente a relevância do argumento, uma vez que Casillas foi titular em quantos jogos do Real com Ancelotti? Para quantos do Diego? Qual era o grau de dificuldade desses jogos? Pois, daí, novamente, percebe-se a relevância do processo colectivo, mas repito, que só surgiu pela tua forma de avaliar o Diego (golos sofridos).

"Falas de Casillas como se frangasse todos os jogos"

Onde? Mostra-me por favor...

"e Diego como se fosse buscar 10 bolas de jogo todos os jogos."

10 não, mas duas a três sem qualquer tipo de dúvida. Já para não falar no jogo de pés, que disso percebo e muito, e na segurança quando defende cruzamentos, que disso novamente percebo e bem, sendo duas coisas que valorizo bastante.

"Mostra-me um jogo onde o Casillas tenha comprometido."

Mas quem falou em erros do Iker, que não fossem o não treinar com afinco, e o exemplo que está a dar ao balneário enquanto capitão? É que se falei, mostra-me novamente, quero mesmo ver.

"O JJ sabe muito de guarda-redes como se viu pela sua escolha de Roberto e de Artur."

Não sabe ele, não sabe Silvino, não sabe Mourinho, nem tão pouco o sabe Ancelotti, Capello e Sacchi.
O Roberto era mesmo mau GR? Ou mais uma vez estarás a fugir ao contexto? E o Artur? É mau, queres ver?

Akwá disse...

"Tem sido o melhor em campo todos os jogos? Exagero novamente."

Não todos, mas em quase todos. Na minha opinião, claro, de seguidor atento de 90% dos jogos do Real esta época.

" O Diego López joga há 6 anos na 1a divisão, chegou ao Real com 180 jogos de liga espanhola nas pernas."

Sim, e? Jogou em que clube? A sério que não queres novamente perceber ou estás a fazer-te? Ou o GR, capitão do Real Madrid não é de certeza mais observado que outros jogadores?

"E sabias que já foi 2 anos o suplente de Casillas no Real antes de 2007? Mais uma vez, desconhecido por quem?"

Quantos anos foi o Adán suplente? Alguém o conhecia? Alguém já tinha visto a cara dele? DC, não brinques comigo por favor! Ou será que como suplente do eterno Status Status o seleccionador espanhol, os olheiros, e os clubes ficam interessados? Não digas isso nem a brincar. Desconhecido por 90% do público do futebol sim. Saber o nome não é conhecer caro amigo. Conhecer é ver regularmente o jogador em campo, semana após semana. Não é ver 2/3 jogos por ano e dizer que se conhece.

Akwá disse...

"Quanto ao argumento da exposição mediática, tendo em conta que eu nunca falei de exposição mediática em lado nenhum, acho estranho estares a chamar-me incoerente por uma coisa que nunca disse."

Pois não, disseste que um era bom porque tinha ganho um milhar de coisas, e outro não podia ter o nível dele porque nunca tinha ganho alguma coisa. O que é revelador daquilo que a exposição mediática pode fazer. Pode fazer pensar que por um jogador não dar tantas vezes na televisão não é melhor do que outro. Se não percebes novamente o argumento, é porque tiveste pouco cuidado na forma como tentaste defender a tua posição. Coisa, pouco normal diga-se de passagem.

". Depois também acho estranho que digas que não percebes de guarde-redes mas que consideres indubitável que o Diego não possa perder o lugar e que era óbvio que Casillas mereceu sair da equipa."

Porque não percebo tudo sobre GR, só algumas coisas, que gosto muito, e que tenho visto. Que são as que já referi acima. Assim, como, também te digo, que a selecção espanhola a jogar como joga/jogava, para mim, o GR seria sempre, sempre, sempre Valdez, para teres um exemplo.

"Quanto ao Figo não falava com o treinador mas falava com a imprensa, como falou várias vezes a dizer que queria sair."

Pois, e era capitão de equipa? Tinha a responsabilidade sobre um grupo? Não, okay, então acho que começamos a ficar esclarecidos na questão do papel do jogador, e da responsabilidade de cada um.

"Mas dei-te o caso do Jorge Costa, optas-te por ignorar..."

Que saiu, certo? Percebes o porquê de ter ignorado? Porque ele não foi maior que a instituição ou treinador, como devem ser as coisas, aliás. E mais, não colocou nenhum colega sobre brasas, dizendo, se daqui a 3 meses eu não jogar para o campeonato, saio! Simples assim. Não percebo onde está, para ti, a confusão nisto.

"Interessa-me sim quando vejo a tratarem o Casillas como se fosse o Bossio e o Diego como se fosse o Yashin."

Onde? Novamente pergunto, onde? A sério, mostra-me, quero ver.

"Só vejo posições radicais e acusações sem grande sustentação, a arrasar o Casillas. E isso não é por uma questão de jogo ou treino. É pela fantástica instrumentalização que o Mourinho mais uma vez conseguiu fazer. Mas enfim, nada de novo..."

Claro DC, é sempre mais fácil fazer como Del Bosque não é? Deixar jogar os mais velhos, os que mandam, os estatutos. É que com ele, sempre foi assim, e vai continuar a ser.
Mas eu, queria ver a tua cara perante um grupo, perante jogadores, cujo TRABALHO é darem tudo que podem dar durante as sessões de treinos e os jogos, teres alguém que faz birrinha e não treina e ainda ser recompensado com a titularidade. Depois queria ver, como irias resolver isso, quando todos começassem a fazer birrinha e a treinar mal.

Lamento, lamento imenso, uma das únicas coisas que Mourinho tem mantido desde que começou a carreira foi avaliar o processo pelo treino e exigir, sempre, empenho máximo em cada sessão. Desculpa se ele fez algo que é perfeitamente normal para quem, perante um grupo, tem de fazer escolhas e deixar uns mais tristes e outros mais felizes.

DC disse...

"Desculpa lá DC, e digo isto com todo o respeito, se não consegues ver que o Diego tem sido dos melhores do Real então não vale mesmo a pena estar aqui a discutir.
Tens uma visão demasiado diferente das coisas para trocar argumentos."

Não disse que sim nem que não. Disse apenas que já o vi a falhar também.

DC disse...

" Ele treinava mal e foi por isso que Mourinho procurou logo no primeiro ano por um GR em Dezembro, e o cúmulo da preguiça dele foi essa fase decisiva da época passada,
3* Diego Lopez, chegou, viu, venceu, e se sair da baliza, é porque Casillas só lhe deu mais dois/três meses de titularidade"

Concluíndo, tu dizes que o Casillas era preguiçoso e treinava mal e que isso se reflectiu no final da primeira época nas exibições dele.
Afirmas CLARAMENTE que a única razão possível para o Diego perder a titularidade são estas declarações!

Daí, acho fácil de perceber esta minha afirmação, ou não?
""Interessa-me sim quando vejo a tratarem o Casillas como se fosse o Bossio e o Diego como se fosse o Yashin."

Ou fui eu que interpretei mal? O único que vejo tratado como intocável aqui é o Diego.

Quanto à questão dos estatutos estás a pegar no que te é conveniente e a ignorar o que não é. O Diego jogou vários anos no Villarreal ao lado do Senna e do Capdevilla. O Senna tirou o lugar ao Fabregas, o Capdevilla ganhou o lugar e o Diego ficou em casa. Quais estatutos, qual exposição mediática? Foram observados e um agradou e outro não, ponto! A não ser que o Aragonés não observasse guarda-redes.

Depois, vejo-te a fazer mais uma vez futurologia. O Jorge Costa não conta porque saiu, mas já assumes que o Casillas não sairá de certeza. Ora eu, não assumo nada disso. E se ele for transferido em Janeiro? É impossível? Não vejo nada diferente entre a situação do Jorge e a do Iker. Ambos foram para o banco, ambos falaram.

"Mas eu, queria ver a tua cara perante um grupo, perante jogadores, cujo TRABALHO é darem tudo que podem dar durante as sessões de treinos e os jogos, teres alguém que faz birrinha e não treina e ainda ser recompensado com a titularidade. Depois queria ver, como irias resolver isso, quando todos começassem a fazer birrinha e a treinar mal"

E eu, queria que tentasses perceber que nem tudo é preto ou branco, há o cinzento. O Del Bosque, mesmo com tanta confusão no campeonato espanhol, segurou o grupo. E sabes lá se o Casillas não foi fundamental nisso. A verdade é que a selecção espanhola continua unida, com bom futebol e sem problemas disciplinares (ia falar que apresenta resultados mas vinhas logo com a conversa que só falo em resultados).
Já no grupo onde o terrível Casillas foi afastado, tivemos o caso Pepe, o caso Ronaldo, o caso Di Maria, o caso Sérgio Ramos. Agora vou ouvir que foi o Casillas que os influenciou a todos, não é?

Continuo a dizer, vejo-te a falar do Casillas como um cancro no balneário e a única coisa em que te baseias é no Mourinho e no Silvino. Que, sozinhos, criaram problemas com mais gente que o resto das equipas da liga espanholas juntas! Ou tens mais alguns dados além desses?

Eu coloco muitas outras hipóteses. Até posso colocar a hipótese de Casillas ter cometido erros, agora pegar nisso para desvalorizar a carreira dele?

E não, não é uma questão de troféus, não é uma questão de estatuto, não é uma questão de números. É a questão de como ele conseguiu chegar a esse ponto. E conseguiu-o porque foi anos a fio um dos melhores do mundo, sempre com exibições fantásticas, que conquistaram tudo e todos até chegar um português e dizer que era tudo mentira.

Sabes o que me faz lembrar? Era uma vez uma equipa que ganhava tudo, jogava demais, encantava toda a gente, até chegar um português e falar em Unicef, árbitros, meia-final com o Chelsea, doping, teatro, etc...
E o que aconteceu depois? Hoje em dia em Portugal, é um facto indiscutível que o Barça passou o Chelsea pelo árbitro.
Da mesma forma, parece estar a tornar-se facto que o Mourinho não ganhou em Madrid por causa do Casillas.

Só digo isto, Mourinho realmente é um génio!

Akwá disse...

"Concluíndo, tu dizes que o Casillas era preguiçoso e treinava mal e que isso se reflectiu no final da primeira época nas exibições dele."

Não, mentira. Não falei em exibições, ou em rendimento desportivo. Falei em preguiça AKA falta de profissionalismo, e o cumulo da preguiça foi (aqui desculpa-me enganei-me) o período entre as meias finais europeias com o Bayern e o final da temporada.

"Afirmas CLARAMENTE que a única razão possível para o Diego perder a titularidade são estas declarações!"

Sim, para mim, só isso o fará sair. PorquÊ?
1*Diego tem-se revelado um GR estupendo, e o rendimento dele em campo não justifica a troca.
2*Diego, de CERTEZA que não anda relaxado nos treinos, porque sabe que ao mínimo deslize, salta fora.
3*Casillas é um daqueles casos onde o jogador é maior que o treinador, ou que o clube, e toda gente sabe e percebe isso, inclusivamente tu que estás a rebater arduamente.

"Daí, acho fácil de perceber esta minha afirmação, ou não?"
"Ou fui eu que interpretei mal? O único que vejo tratado como intocável aqui é o Diego."

Como viste, e agora bem explicadinho, sem metáforas e sem hipérboles, ficou mais claro o que queria dizer.

"Quanto à questão dos estatutos estás a pegar no que te é conveniente e a ignorar o que não é"

Não, não estou. Sem bem o problema que isso é. Aliás, basta tu mesmo olhares para a tua selecção nacional e percebes facilmente do que falo, se quiseres perceber, claro.

" O Diego jogou vários anos no Villarreal ao lado do Senna e do Capdevilla. O Senna tirou o lugar ao Fabregas, o Capdevilla ganhou o lugar e o Diego ficou em casa. Quais estatutos, qual exposição mediática? Foram observados e um agradou e outro não, ponto! A não ser que o Aragonés não observasse guarda-redes."

Estás novamente a fazer-me rir, mas atenção que com respeito, deu-me mesmo piada.

Olha lá, Valdez não agrada?! Reina não agrada?! Como explicas a titularidade de Casillas na Roja nestes últimos tempos?! Ah, espera, vais dizer que não são os estatutos. Ou então vais dizer que nessa altura, do Euro 2008, ele não tinha já uma grande reputação=estatuto, como titular absoluto e indiscutível da selecção e do "maior" clube do mundo. E depois vais dizer-me que nesses anos Reina não tinha também uma grande reputação, ou Valdez. Queres saber o que todos esses têm em comum? Eu digo, jogam em grandes clubes= têm uma maior exposição mediática, sim. São mais observados que os outros, sim. Esses são chamados primeiro que outros, sim. É normal! O que não é normal, é tu achares que por isso uns são melhores que outros, só porque "ninguém" os conhece.
E mais digo, para completar, após o final desse Euro, no final da primeira época de Guardiola, discutia-se a entrada de Pedro e de Busquets na selecção espanhola, mas achas mesmo que isso tinha discussão? Ou não era mais uma questão de estatutos?

O Senna, tirou o lugar como assim? Ele não foi ao Euro? E o lugar ele dele desde quando? Fabregas tinha algum estatuto na selecção espanhola, tinha quantos jogos lá? E se Senna, ganhou o lugar, com mérito, segundo a tua análise, viu-se Fabregas a chorar na imprensa pelo lugar?

"Quais estatutos, qual exposição mediática? Foram observados e um agradou e outro não, ponto! A não ser que o Aragonés não observasse guarda-redes."

Deve observar tanto quanto o PB observa médios. Já tem os dele, não precisa de mais. Observa muitos jogos dos outros, e alguns poucos dos que não conhece... Isto é demasiado óbvio para que não o entendas. Ou achas que um treinador que se ache bem servido numa posição, vai procurar mais? E não estou a dizer que não estava bem servido, estou a dizer que os estatutos pesam e não é pouco, e tu queres ser ingénuo por não o perceber.

"E eu, queria que tentasses perceber que nem tudo é preto ou branco, há o cinzento."

E eu queria que tu tentasses perceber que o fazer birrinha e o não se esforçar nos treinos é a última coisa que um capitão de equipa deve fazer.

Akwá disse...

"O Del Bosque, mesmo com tanta confusão no campeonato espanhol, segurou o grupo."

Sim, segurou, porque tinha o Barcelona a jogar. E até tu como seleccionador, ali, tinhas ganho, e pronto, conseguias segurar o grupo, e eras o maior.

"E sabes lá se o Casillas não foi fundamental nisso."

Sim, sim. Pode ter sido. O que lhe dá obviamente crédito, para ser titular, mesmo não jogando no clube dele. Foi ironia, claro.

"Já no grupo onde o terrível Casillas foi afastado, tivemos o caso Pepe, o caso Ronaldo, o caso Di Maria, o caso Sérgio Ramos."

Vais só ouvir que nunca ouviste, e duvido muito que o venhas a fazer, que algum desses jogadores não dá tudo nos treinos, regularmente! É só isso amigo DC, só isso.

"Ou tens mais alguns dados além desses?"

Esses dados, são mais que os teus, que se baseiam em especulações/suposições. Para mim, os meus dados dizem, e podes perguntar aos treinadores aqui do blogue ou aos treinadores leitores: Treinou mal, não joga!
Se há um a render, não joga!

É tudo que está aqui em causa, e o facto de um capitão de equipa com tantos anos disto, não o perceber.

DC disse...

Mas é esse exactamente o meu problema Akwá, é que tu estás fiado no "diz que disse". Estás a assumir como certo que o Casillas treine mal. Estás a assumir que saiu da equipa por ser preguiçoso. Eu não disse aqui nunca que o Diego mereça sair da equipa agora. Apesar de manter que já o vi a errar (o erro mais "famoso" talvez seja o golo de Wellbeck), acho que não fez nada para merecer sair da equipa agora. Mas da mesma forma não vi o Casillas a fazer nada que o fizesse sair também da equipa. E, pelo que li, e são esses os únicos dados que tenho, acho que a saída do Casillas teve a ver com tudo menos com questões exibicionais ou de treino.

Os teus dados podem ser mais do que os meus mas eu não estou a afirmar nada, estou a colocar hipóteses.
Agora, desculpa lá, mas antes de colocar em causa um jogador de currículo imaculado como o Casillas, com uma carreira de 15 anos sem polémicas e sem casos, preciso de mais do que uma afirmação conveniente do Mourinho.


Depois em relação ao resto estás a misturar muita coisa. Se eu estou a falar do tempo do Diego no Villarreal e do Aragonés porque me fazes a pergunta de porque é que o Casillas é titular hoje? Já não disse que concordo que hoje sim, devia jogar o Valdés? Mas em 2008 não, merecia jogar o Casillas! Ou, no mínimo, não havia qualquer razão forte para que o Casillas, em boa forma no Real, perdesse a titularidade para o algo irregular Valdés.

O meu problema não é o Casillas ser melhor ou pior que os outros. Para que saibas eu detesto o Real e praticamente toda a equipa deles e portanto o Casillas nem sequer é um jogador pelo qual tenha simpatia. O meu problema é só todas as assumpções que fazes. Assumes que o Casillas é preguiçoso, assumes que saiu da equipa apenas por causa disso, assumes que vai recuperar a titularidade por causa das declarações, assumes que não vai ser transferido...
Eu acho que não tens dados para assumir praticamente nada disso.

E acho também que a gestão do balneário de Mourinho foi miserável e não foi por culpa do Casillas. E se tens dúvidas deixo-te uma declaração dum jogador sem estatuto e que, por acaso, até foi usado como arma de arremesso contra o Casillas.
http://www.mundodeportivo.com/20130905/real-madrid/adan-critica-mourinho_54380039340.html

Resumindo, a nossa discórdia deve-se às premissas. Das duas uma, ou tu sabes mais do que eu sei por outras fontes ou então, caso estejas apenas a basear-te nas declarações de Mourinho e Silvino (que já várias vezes na carreira foram apanhados a mentir para chegarem onde lhes interessava), acho que não podes tirar nem metade dessas conclusões. Apenas isso, acho que face às "provas" em questão, a carreira do Casillas fala por si e é muito superior a estes rumores.

Anónimo disse...

http://www.record.xl.pt/Futebol/Internacional/real_madrid/interior.aspx?content_id=813703

Akwá disse...

"Agora, desculpa lá, mas antes de colocar em causa um jogador de currículo imaculado como o Casillas, com uma carreira de 15 anos sem polémicas e sem casos, preciso de mais do que uma afirmação conveniente do Mourinho."

Pronto, tu preferes não acreditar, eu prefiro acreditar, em quem pessoalmente recebeu esse feedback do Silvino, quando as polémicas entre eles eram zero :)

Akwá disse...

O artigo do anónimo é interessante, tal como o do Adan

Edson Arantes do Nascimento disse...

Granda funje que vai por aqui, camarada Akwá.

Para mim isto é tudo muito simples: o Diego Lopez é um excelente guarda-redes (formado no Real, fez grandes épocas no Villareal, sempre gostei dele) mas o Casillas é claramente melhor - tecnicamente, a jogar com os pés, debaixo dos postes, tem muito mais experiência (na posição isto é importante)...

Agora, se ele treina bem ou treina mal isso eu já não sei porque nunca vi um único treino dele.

O resto é apenas a tua/vossa opinião contra a minha.

E mais: falar de Silvinos Louros e restantes muadiês para mim é falar de tretas... Que não valem uma beata.

Jorge disse...

Eu sei que cabe aos "donos" do blog escreverem sobre aquilo que bem entenderem, mas o que me faz vir aqui varias vezes ao dia sao as analises sobre modelos de jogo, tacticas, metodos de treino, etc.
Os ultimos posts pouco teem a ver com os topicos que normalmente eram abordados neste blog. Sao tambem assuntos bastante subjectivos que carecem de informacao suficiente para serem analizados de uma forma interessante, parecendo-me que os bloguistas (?) acabam por "falar" daquilo que nao sao peritos, o que nao me parecia ser o caso anteriormente.

Akwá disse...

Jorge, olá. Bom deves estar a referir a saída do Baggio, creio. É natural que isto mude um pouco, mas nem tanto. Vão continua a haver análises e etc, e isto agora foi só para me estrear aqui na esfera.
Obrigado pela crítica.

Compadre Edson, funge de milho só se for hahah.
Quanto à tua opinião, concordo. Aliás nunca disse que um não era melhor que outro. Não interessa muito, porque o rendimento não justifica isso.

Anónimo disse...

alexis?