Posse de bola no Facebook

Translate

quarta-feira, outubro 16, 2013

Ghilas

É verdade que Paulo Fonseca gosta de jogar com dois extremos, mais na linha. Assim sendo, só há espaço para um avançado centro, de cada vez, no modelo e sistema de jogo do treinador. Mas será que isso justifica ter jogado tão pouco? Ou será que PF já se esqueceu o que é Ghilas!?


28 comentários:

DC disse...

Pior do que não o pôr a jogar para a moral dele, digo eu, é colocá-lo a jogar sempre depois dos 85min.

Se é assim que se trabalha e motiva um jogador...

Akwá disse...

DC, isso não é colocar a jogar.
Obrigado pelo comentário

emanuel melo disse...

Este é outro caso, que de facto não compreendo. Acho que o ghilas, deveria, de facto, efetuar mais jogos pelo Porto, nem que fossem apenas jogos de grau de dificuldade menor. Ou então podia, ser colocado a jogar a extremo.. se o próprio defour já jogou nessa posição, porque não dar uma oportunidade ao ghilas?
E pensar que a jogar nas alas do Porto.. estão Varela e Josué..
Ps: Ter jogadores como Varela, Hugo Almeida, Ricardo costa a atuar.. na seleção, até faz me chorar..

Diogo Teixeira disse...

Volta VP estas perdoado.

PF não tem, nunca teve nem nunca terá perfil para treinar o FC Porto.

Vamos par a 7ª jornada do campeonato e o FC Porto tem 7 jogos miseraveis e a jogar pessimamente.

Ghilas é um excelente jogador e merecia mais oportunidades. Estão a acabar com um belissimo jogador. Jacksson é dos melhores que já vi na sua posição em Portugal, mas ultimamente até tem comprometido a equipa em alguns jogos/lances. Bem que podia encostar ou em alternativa não jogar o jogo todo e sair aos 65/70min de jogo.

A juntar ao estranho caso de Ghilas, há ainda iturbe que muita falta faz nesta equipa sem um desiquilibrador nato nas alas.

Licá não é nem nunca será um jogador com qualidade para jogar no FC Porto. Varela vai pelo mesmo caminho.

Alas do FC Porto são um vazio completo. Izmailov não conta, Varela e Licá não têm qualidade, Kelvin tem que rodar novamente num Rio Ave, Braga, Guimarães! Porto não tem alas! E há falta delas deveria apostar em dois avançados, sendo que guilas merecia a titularidade ao lado de jacksson. FC Porto neste momento deveria jogar em 4-1-3-2.

Helton
Fucille Otamendi Mangala A. Sandro
Fernando
Quintero Lucho Josue
Jacksson Ghilas

Anónimo disse...

e porque não André Almeida, Miguel Veloso, Patrício, Nélson Oliveira, ou só os ex-portistas é que não devem jogar na selecção? Pelo menos o Varela marcou um golo cheio de classe.

Gonçalo Matos disse...

Diogo,

Acho que o Licá é o jogador mais inteligente do Porto, a seguir ao Lucho. Só por isso eu contaria com ele. Porque não gostas dele?

Akwá disse...

Emanuel,

O Baggio disse muitas vezes no blogue que os melhores jogadores não têm sido convocados para a selecção.

Quanto ao Ghilas é estranho jogar tão pouco, porque ele tem muita qualidade. Percebendo perfeitamente que Jackson é indiscutível.

Josué, quanto a mim, faz bem o papel de extremo. Os melhores jogos do Porto, dos que vi, foram com ele como extremo direito.

Diogo Teixeira,

Acho que comparar PF com VP não é justo. Simplesmente porque há treinadores melhores e treinadores piores. E apesar de toda a critica que sempre recebeu, neste blogue sempre foi defendida a excelência de VP, que é um treinador fabuloso. Daí, já podes perceber o peso da herança que ele deixou.
Quanto aos alas do FCP, concordo que continua a ser o pior sector da equipa. Tal como tu, eu jogaria em losango, com esses dois na frente.
Só não concordo com a ausência de Danilo do onze.

emanuel melo disse...

Referi ex jogadores do Porto mas há muitos mais. Por exemplo o caso do Veloso, do Hélder Postiga..
Assusta-me o facto de um jogador como o postiga ser um dos melhores marcadores de sempre da seleção. O Nélson oliveira.. é outro que não se entende.
cumprimentos

DC disse...

Postiga é só o jogador da selecção com melhor média de golos por jogo (sim, melhor que a do Ronaldo).
Além disso ainda é um jogador fundamental nos apoios e nos espaços que cria nas defesas adversárias.
Ainda não consegui perceber porque é criticado. Marca golos, abre espaços, joga para a equipa, mas leva sempre crítica, enfim...
Quando ele deixar de jogar é que vamos ver a falta que faz.

Akwá disse...

DC o Bággio fez um texto muito bom para isso

http://possedebolla.blogspot.pt/2013/05/avancados-e-pluralidade-de-tarefas.html

e outro mais recente onde não explica tão detalhadamente, mas vai no mesmo sentido

http://possedebolla.blogspot.pt/2013/10/os-avancados-valem-pelos-golos-que.html

DC disse...

O pior é que o Postiga até números em golos tem, mas mesmo assim batem-lhe como se fosse um Hugo Almeida.
São coisas que não percebo mesmo. No Europeu passado era ele a jogar muito bem e tudo a pedir o Nélson no lugar dele.
Os adeptos devem gostar só de remates a 30 metros, deve ser por isso que não gostam do Postiga...

Diogo Teixeira disse...

@Gonçalo Matos,

Licá sem dúvida que o vejo como um jogador inteligente. Mas na minha humilde opinião, que vale aquilo que vale, é que só isso não chega, porque depois falta-lhe imensas outras qualidades que um jogador na posição dele tem que ter! Ser só inteligente não chega. Falta-lhe explosão, qualidade de remate, força, corpo, etc... Acho Licá um bom banco! Mas não mais que isso. Estamos a falar do FC Porto e não de um Guimarães, Rio Ave, Estoril. Ao FC Porto exige-se jogadores de qualidade e Licá claramente creio que merece estar no FC Porto porque é Portista, é um jogador lutador, esforçado, inteligente, mas não merece o 11. Prefiro Josué na Ala, que trás à equipa mais imprevisibilidade. Só colocaria Licá no 11, se na outra ala tivesse um ala explosivo, tipo HULK/Quaresma, porque depois Lica, trás mais segurança a defender e compensa.

@Akwá

Eu não percebo nada de futebol! Sou um mero adepto do FC Porto, e o pouco que sei sobre futebol tenho vindo a aprender com este blog. Hoje decidi partilhar a minha humilde opinião. Só acho injusto comparar VP com PF pelo simples facto que VP tinha um dos melhores do mundo na sua posição chamado João Moutinho. No entanto tenho que criticar PF, porque questiono imenso as suas opções porque acredito que não têm sido as mais correctas em prol do clube que defendo.

A insistência no seu sistema tactico que tira preponderância a um dos melhores jogadores do FC Porto (i.e Fernando), a decisão de manter Izmailov no plantel, ter abdicado de ter Iturbe no plantel, a insistência em manter Danilo no 11, que não tem trazido nada à equipa, e é um jogador a meu ver banal, a insistência em Varela, a ausência de Ghilas no 11, as substituições tardias, o facto de ver a equipa a jogar sem garra sem querer, sem atitude, o facto de ver o FC Porto a jogar muito abaixo daquilo que me habituou, o facto de ver jogadores que parece que desaprenderam a jogar (caso de Mangala e Alex Sandro)... o facto de a equipa estar a sofrer muitos golos, etc.. Enfim! Não lhe consigo perdoar. Há ali muito muito trabalho e não creio que PF esteja à altura do desafio e a prova disso é que o SCP vai ganhar ao dragão sem grande esforço.

Abraço a todos.

Anónimo disse...

"Eu não percebo nada de futebol"

E fizeste questão de o demonstrar:
"a insistência em manter Danilo no 11, que não tem trazido nada à equipa, e é um jogador a meu ver banal"

Anónimo disse...

Quem escreve aqui não deve ser treinador. As decisões que PF toma, como as que VP tomava, estão relacionadas com o que fazem nos treinos e com a vida fora do campo. Porque é que Luis Fabiano e Diego foram a andar? Pelo mesmo motivo que Iturbe dificilmente algum dia será jogador a tempo inteiro do FC Porto. Gostam mais de putas do que de treinar futebol. Para jogar no Verona chega. No Porto nao facilitam em relacao a isso. Ghilas é do mesmo. Tem que ser menos visto nas discotecas do Porto para começar a jogar mais minutos, penso eu de que. É só perguntarem a amigos que tenham no Porto e que costumam sair à noite que é mais do que sabido. Mas claro que a qualidade do Ghilas sobrepões-se à organização e estrutura do Porto que não facilita um bocado.

Já agora, muitos criticavam VP porque James jogava alguns jogos no banco. Porque será que no Monaco continua no banco? Porque ainda não percebeu que não é nas discotecas que aprendem a jogar futebol. Discutir opções de treinadores estando de fora é do mais ridiculo que há. Então vindo de outros treinadores, é mesmo vergonhoso.

Akwá disse...

Anónimo tens toda razão. Mas eu não sou treinador. Logo acho que como adepto de futebol e um que não sabe dos vícios nocturnos do argelino, o posso fazer. Ou ainda é vergonhoso?
Gostaria muito de ver o PF dizer que ele não joga porque fora do campo perde-se.

Anónimo disse...

E alguém disse publicamente que Luis Fabiano, Diego ou Adriano se perdiam?

Anónimo disse...

E não é vergonhoso escreveres isso, mas sim completamente ridiculo.

António Teixeira disse...

Atenção, que o anónimo das 0:56 pode ter razão em muita coisa, e até me parece que tem. Os jogadores são humanos, e o Porto, normalmente, educa, de certo modo os jogadores. Mas existem, claramente, casos em que, por mais que se procure formar a pessoa, isso não funciona: veja-se o Iturbe. Aliás, o que é muito estranho no futebol português é o Ronaldinho não ter ido para nenhum dos grandes, mas principalmente para o Porto. Estaria com certeza referenciado. Aliás, mais estranho é não ter ficado no Estrela. Por alguma razão foi, e não deve ser um tiro no escuro, visto que o historial dele no Barça fala por si.
Ainda assim, e eu que tanto critico o Paulinho, dou lhe desconto em certas questões. Sabemos que o treinador tem 100% de liberdade no Porto, o que não quer dizer que não tenha que seguir certas directrizes próprias do clube. Agora há erros que ele poderia não cometer; a meu ver são erros, mas do prisma dele poderão ser resultado do treino, da ideia dele, etc. O modelo até pode vir a ser mil vezes melhor que o do Vitor Pereira, até porque nos primeiros meses deste foi o que foi, ainda que tivesse o Hulk que, gostando-se ou não dele, permitia ganhar de outra maneira (sem querer desvalorizar o trabalho do Vitinho).
E a questão Iturbe é eterna: o jogador tem poucas oportunidades, é certo; todavia, nas que tem, e especialmente em organização ofensiva, não mostra ser superior a nenhum jogador do Porto actual; penso que os rótulos de mini Messi terão influenciado a maneira de ver as coisas do adepto portista, mas a verdade é só uma: Iturbe tem muitas deficiências técnicas, e basicamente duas ou três mais valias que sobressaem naturalmente com espaço, logo em transição ofensiva e, por conseguinte, em modelos que privilegiem esse momento de jogo. Claro que o caso do Iturbe tem um paralelo inverso no caso do Quintero. Mas muitos adeptos continuam sem entender onde está a qualidade do Quintero.
Muitos adeptos queixam-se, também, das fintas do Alex Sandro e do Helton; muitos adeptos queixam-se do Otamendi; muitos adeptos queixam-se do Lucho; eu até aceito que não sejam perfeitos ou muito bons, e que o adepto manifeste essa opinião mas, o que acho mau, é criticar por criticar e criar ódios de estimação (com a excepção do Varela, porque já são muitos jogos a jogar pessimamente no que mais importa na posição dele. E muitos jogos não são 10, nem 20, nem 30).

Cumprimentos,
António Teixeira

Anónimo disse...

O Deco foi dos jogadores mais indisciplinados fora do campo (adorava o Estado Novo) e jogava sempre. O Bosingwa era um bêbedo, o Lisandro era do piorio, o Cebola e o Mariano idem...

Essa história da carochinha do Ghilas é treta, esse anónimo ou é estúpido ou é mentiroso.

Akwá disse...

Anónimo

"E alguém disse publicamente que Luis Fabiano, Diego ou Adriano se perdiam?"

Não, mas não vejo qual seria o problema de o fazer... É uma justificação perfeitamente plausível para jogadores de grande qualidade não alinharem no 11 inicial.

"E não é vergonhoso escreveres isso, mas sim completamente ridiculo."

Okay, aceito a tua opinião.

Anónimo disse...

Está visto que moras no Algarve. Se fosses da cidade do Porto, sabes muito bem que o Lisandro e o Mariano nem se viam de dia, quanto mais à noite, sendo um exemplo como o Lucho. Deco idem, só começou a pisar o risco depois do divórcio da Jaciara. No Estado Novo só se fosse o teu primo. Bosingwa até podia ser bêbado, mas devia beber contigo para saberes isso porque mais ninguém o via a beber. O Cristian pisou o risco e passou a encostar.

A organização do Porto não facilita em relação a isso. Os Super Dragões reportam directamente ao Pintinho, têm o controlo da noite e até as portagens tinham vigiadas. Nos dias de folga é diferente. Agora ver Iturbes, Ghilas e cia. constantemente na noite não há hipótese.

Mas já que sou estúpido e mentiroso e o Porto caga para isso, se és do Porto sabes deste facto de certeza. Victor Fernandez foi despedido após o jogo com o Braga na época 2004-2005 porque não acatou a ordem de Pinto da Costa para não por o Luis Fabiano a jogar nesse jogo, por motivos disciplinares. Jogou o jogo todo, perderam e o treinador foi a andar. No jogo a seguir nem convocado foi e só fez 2 jogos a titular depois disso.

Ai em Faro como estão as coisas?

Anónimo disse...

Se bem se lembram, VIctor Fernandez foi despedido em 1.º lugar!

Anónimo disse...

Não só sou do Porto como assisti mais do que uma vez, ao vivo no Estado Novo, às bebedeiras do Deco. Muitas vezes completamente bêbedo! E divórcio da Jaciara? Isso foi no Barcelona, deixa de ser idiota. Qualquer um com mais de 15 anos que more no Porto sabe dessas histórias. Tu é que não deves ter mais de 15 anos.

Quanto ao Mariano, Lisandro, Lucho, Tomas Costa, entre outros, se quiseres até fotos deles bêbedos se arranjam.

O Bosingwa era só ires ao Black Coffee beber um copo. Mais uma vez, deves ser do Porto mas sem autorização para sair à noite ainda. È o que dá ter 10 anos.

O Cristian pisou o risco 30 vezes até ser encostado por estar em final de contrato!

"Os Super Dragões reportam directamente ao Pintinho, têm o controlo da noite e até as portagens tinham vigiadas."

Era. havia um SD em cada portagem, daqui até Vigo. Já agora, sabes as histórias de Vigo do McCarthy? Ou esse também não bebida? E as do Carlos Alberto sabes?

És estúpido mesmo, porque o Fernandez foi despedido por levar 4 secos EM CASA com a merda do Nacional da Madeira! Diz ao teu paizinho para te parar de contar histórias da carochinha porque tu do Porto sabes ZERO!

Anónimo disse...

Com esta mataste tudo. O Victor Fernandez despedido depois de levar 4 secos na Madeira. OK nem ao Google consegues ir.

Anónimo disse...

Eu ajudo-te.

http://www.zerozero.pt/jogo.php?id=86979

Foi só mais de 2 meses depois do Victor ser despedido. Depois desta:
"És estúpido mesmo, porque o Fernandez foi despedido por levar 4 secos EM CASA com a merda do Nacional da Madeira! Diz ao teu paizinho para te parar de contar histórias da carochinha porque tu do Porto sabes ZERO!" fica bem claro que és um belo fala-barato e que deves ter começado a ver o Porto este ano.

Anónimo disse...

O Fernandez perdeu 15 pontos em casa! QUINZE! Sabes o que é isso?
Deixa de ser otário e dizer merda, ele foi despedido pelos resultados, qual Luís Fabiano qual quê?
O Fabiano tinha a mãe raptada no Brasil achas que andava em noitadas? Só dizes merda!

E do resto dos factos optaste por não falar por teres sido envergonhado. Sabes lá o que é a noite do Porto ou quem a frequenta, criancita.

Anónimo disse...

E já agora, desculpa por não precisar de ir ao zerozero para falar sobre o Porto. Errei realmente, a derrota com o Nacional foi antes. Foi despedido após MAIS UMA derrota EM CASA, desta vez com o Braga.
Em casa, tás a ver? Aquele estádio onde ninguém normalmente ganha ao Porto e esse gajo conseguiu perder 15 pontos.
Só um otário para dizer que ele não foi corrido por causa dos resultados.

Anónimo disse...

Ó adepto da treta ainda continuas a escrever idiotices?