Posse de bola no Facebook

Translate

sábado, outubro 12, 2013

Espanha

Continua. para mim, a ser a grande favorita ao mundial. Continua, para mim, a ser a equipa nacional que melhor joga. Criatividade colectiva em doses industriais, qualidade individual absurda. Sem que tenha um jogador que se notabilize, apenas, pelo drible, é a selecção com mais jogadores criativos do mundo. Parece ser quase um requisito para se jogar nesta selecção.

18 comentários:

Gonçalo Matos disse...

Tens visto a Alemanha? Eu não, mas acredito que com o nucleo dos do Bayern do Pep mais uns quantos do Dortmund e o Ozil consigam bater-se com a Espanha

Luis Santos disse...

Baggio, mais um do Busquets:
http://www.youtube.com/watch?v=06_mfs_YIP4

E aquele toque de bola do Xavi...

DC disse...

Espanha e Alemanha pela qualidade táctica e individual, Brasil e Argentina pela individual, são para mim os 4 candidatos.
Com a Bélgica como um outsider interessante.

Yilmaz disse...

Neuer,Hummels,Lahm,Schweinsteiger,Gündogan,Kroos,Götze,Özil,Reus,Müller,Draxler,Klose.. vão dar cabo deles desta vez :)

Yilmaz disse...

http://youtu.be/NCjPWLto4Ss?t=4m46s

Müller-Özil-Müller-Kroos-Höwedes-Müller!

Yilmaz disse...

DC,

Cuidado com Itália tbm!

..Colômbia?

Yilmaz disse...

Lahm-Müller-Özil-Müller-Klose:

http://youtu.be/XOx-SV7hf7g?t=20s

Daniel Martins disse...

A Alemanha tem claramente uma selecção fantástica, mas os últimos 2 jogos oficiais contra a Espanha mostraram uma inesperada diferença de qualidade entre as duas equipas. Será que a Espanha estava muito inspirada nesses jogos, ou por coincidência foram dois jogos menos bons da Alemanha? Ou será que essa diferença de qualidade é real?

Gonçalo Matos disse...

Daniel,

Se bem me recordo, a Alemanha nesses jogos nunca conseguiu pressionar a Espanha e recuperou poucas vezes a bola. Acho que esse é o maior problema da Alemanha, contra a Espanha. Se conseguirem fazer isso, acho que se irão bater de igual para igual. A qualidade individual alemã não é muito menor.

António Teixeira disse...

Eu acho que o mundial se vai decidir entre Espanha, que é a que apresenta melhor qualidade, Alemanha, porque também é muito forte e provavelmente vai ter muitos jogadores moralizados com duas champions seguidas e Argentina se o Messi não estiver lesionado. Se tivesse que escolher um favorito, com essa condicionante, escolhia a Argentina, visto que acho que podem até golear a Espanha (é uma equipa razoavelmente vertical e com certa facilidade em sair em transição, tem muito valor individual e tem o Messi, o que lhe facilita a tarefa contra a Espanha ao contrário de outras selecções, como a Alemanha [vide lance pós mundial 2010 em que o gajo queima as linhas todas]).
Brasil também pode ter uma palavra a dizer...

Cumprimentos,
António Teixeira

Joao Rodrigues disse...

A duvida que fica pelo menos para mim, e se o clima que se vai verificar na altura do mundial não vai ditar algumas surpresas de que não estamos a espera...

KAKÁ disse...

É incrível como jogar "em posse" possibilita uma equipe ser supervalorizada (Swansea q o diga!!)...pq vão está sempre perto um do outro dando passe de 5metros e tendo um aproveitamento de passe surreal. Isso fica claro vendo o Barça de TATA (q em determinadado momento é adepto de lançamentos), nunca tinha visto Xavi e Iniesta errarem tantos passes como tenho visto agora!

Acho q teremos também uma outra surpresa sul-americana: Colômbia ou Chile. Chile q ninguém fala e é treinada por um bom treinador - Jorge Sampaoli!!

Aqui no Brasil é grande a expectativa pra vê quem vai ser o VICE...kkkkkkk

Claro também torcemos por PORTUGAL, todos os grande jogadores são bem vindos, e CRISTIANO não pode ficar de fora!!

Abraço a todos
;)

Yilmaz disse...

O problema da Alemanha é quando Löw começa a inventar("Jesus Style")como contra Itália no Euro onde tira o Müller e mete o Kroos...
Coisa estranha quando sabemos a relação que existe entre Özil & Müller(os vídeos que coloquei é prova disso;"Müller-Özil-Müller")...

Outra coisa a propósito desta relação Özil-Müller.Contra Espanha em 2010 Müller era castigado e foi o medíocre Trochowski que jogou no seu lugar...(estou convencido que com Müller em campo a música teria sido bem diferente..)

Coitado do Özil,tiras-lhe o Müller e já não tem quase com ninguém pra jogar...(Não é com Podolski que ele vai poder combinar nos espaços reduzidos..)

Mas agora é bem diferente,tem na esquerda Marco Reus(Schürrle;Draxler),Götze(que pode jogar como "falso 9")...
E quando Löw mete Gündogan(ou Kroos)no lugar de Khedira,aqui tbm a equipa já ganha outra qualidade...

Vai ser muito difícil bater esta Mannschaft!

PS:O único ponto fraco que vejo é o eixo defensivo
Löw experimentou sucessivamente durante esta fase de qualificação Mertesacker–Hummels,Hummels-Badstuber,Mertesacker–Badstuber,Hummels–Höwedes, Mertesacker–Höwedes,Mertesacker–Boateng...

É esta última dupla que vai jogando;coisa que não me agrada muito...(gosto do Hummels;pra mim seria ele com...(?).. Badstuber,talvez..)

Anónimo disse...

Caro Yilmaz,

De todas as selecções acho que é a com maior potencial futuro. Contudo, se tem debilidades defensivas, e contra a Espanha vai ter pouca bola, vai ser mais difícil.

Concordo com o Káka. A Colombia tem uma frente de ataque muito forte.

Cumprimentos
António Teixeira

Roberto Baggio disse...

Luís, já sabemos, Xavi, Iniesta, Busquets, em condições normais, os 3 juntos, na mesma equipa, matam qualquer outra :)

Anónimo disse...

Estava eu no meu zapping e apanho na RTP memória um Portugal-qq coisa de 97 ou 98. Começo a achar a redondinha demasiado bem tratada e atento melhor nos jogadores em campo. Estavam em campo ao mesmo tempo: P. Sousa, R. Costa, P. Barbosa, Figo e J .V. Pinto. Eram todos titulares na Selecção actual, mesmo a jogar ao pé-coxinho. Encaixava-se ali o CR e pronto, ainda ficávamos com o Moutinho no banco!

Roberto Baggio disse...

S.Conceição era lateral direito, também vi esse jogo. Era só criatividade. Essa selecção podia ter sido muito grande, caso os treinadores fossem tão competentes quanto os jogadores.

Miguel Antunes disse...

O Brasil não perde um jogo oficial em casa desde 1975, logo parte como principal favorito, mais que não seja por esse factor...39 anos de invencibilidade em casa, penso ser estatuto mais que suficiente para serem o principal candidato ao título, lado a lado com a Alemanha e Espanha