Posse de bola no Facebook

Translate

quarta-feira, setembro 18, 2013

Varane, Valdano e a experiência

O Barça entregou a equipa a um treinador inexperiente como é Guardiola e Guardiola entregou o jogo a um futebolista inexperiente como é Sérgio Busquets. Na época do dream team, quando o Barça dividia o campo em 11 quadrados, Pep reservava o do médio para ele. Um lugar crítico para uma equipa que pretende ter a bola, porque é a partir deste ponto que se reparte o jogo e elege o ritmo. Sérgio Busquets mede uns 1,91 m, tem grande qualidade de passe e não é especialmente intenso. O valor dele é posicional, porque respeita o seu quadrado .como os guarda-redes respeitam a área; o seu segredo é gestual, porque tem muita coordenação e está sempre bem perfilado; e a sua velocidade é técnica, porque resolve sempre a um ou dois toques. Experiência? A ver se entendemos que para dirigir o jogo, como para dirigir uma equipa, como para dirigir um clube, antes da experiência faz falta critério.
Jorge Valdano, no jornal A Bola de 27 de Setembro de 2008

Diz-se por aí que Varane iria aprender muito com Pepe e Ramos as manhas do jogo. Experiência, segundo o comentário de um leitor. Esperteza saloia quer-se dizer, que do meu ponto de vista, falta nenhuma lhe faz. Que ele continue a interessar-se pelas coisas certas, pelo critério, que será a curto prazo o melhor do mundo na sua posição. Sem critério, não há experiência que se salve. Até porque o critério advém de boas experiências. Então, o que vale experiência na falta de critério?

Alterando um pouco a frase do professor Vítor Frade: A necessidade de considerar "a experiência" um tanto quanto como o bikini, mostra muita coisa mas não deixa ver o essencial.

12 comentários:

masterzen disse...


Existe um livro na net que se chama Senda de Campeões de Marti Perarnau onde explica ao detalhe a formação do estilo de jogo do Barcelona.
Após ter lido o livro fiquei com a ideia de que qualquer Bynia desta vida passando por lá desde os dez anos consegue chegar aos 20 sendo o Raul Meireles.
Tudo passa pelo ensino do jogo estruturado e de um ponto de vista cognitivo.
Ontem vi o Benfica contra os Belgas em Juniores na tv e fiquei a pensar para que servirá a ampliação do Seixal?
Os espanhóis tem uma expressão muito engraçada no desporto para as equipas que correm muito sem saber o que estão a fazer que é " corren como pollos sin cabeza" ... sou obrigado a concluir que vamos massificar a produção de frangos sem cabeças!

Um abraço para todos os autores que fazem deste blog uma referência no futebol português.


Signori disse...

Estas frases dizem tanto, e não é só relativamente à actividade futebol. Vou roubá-las

Anónimo disse...

Onde posso encontrar o livro ? Abraço

Kleber

Gonçalo Matos disse...

masterzen, obrigado pelos elogios!

Não conheço o livro e fiquei bastante interessado, podes arranjar um link ou algo do genero?

Um abraço

DC disse...

O Valdano tinha crónicas excelentes, foi uma pena ter deixado de escrever na bola.

Agora um off-topic: conhecem os putos que o Porto foi buscar ao SPorting? Valem alguma coisa ou destacam-se pelo físico como a maioria dos guineenses nas camadas jovens?

masterzen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
masterzen disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Roberto Baggio disse...

DC,
não conheço

masterzen disse...


Olá Gonçalo,

Apanhei o link na página do facebook do paradigmaguardiola.

Se quiseres xuta ai o mail que envio o livro.

Abraço

Dennis Bergkamp disse...

o livro é do Marti perarnau. no site dele esta o link para poderem comprar. recomendo vivamente

Rafael Antunes disse...

Essa frase do Vitor Frade não conhecia... GRANDE!!!!! É que é mesmo na mouche...

Rui Dias disse...

Bons dias caros escribas e comentadores!

É possivel que algum de Vós me envie um mail com o livro em questão?

ruicubadias@gmail.com

muito obrigado e continuação de bom trabalho!

Para quando este tipo de trabalho que aqui se desenvolve num programa de TV? É triste ter que continuar semana após semana a ouvir falar de parolices ao invés de se falar da parte do futebol que realmente é futebol!