Posse de bola no Facebook

Translate

quarta-feira, setembro 04, 2013

Tottenham, Arsenal, e Mercado interno

Os últimos dias de mercado foram agitados, mas antes disso já André Villas-Boas tinha feito a vontade do Posse de Bola ao contratar dois jogadores cujo principal atributo são a tomada de decisão e a criatividade, para além de uma qualidade técnica fantástica. Lamela e Eriksen são dois jogadores que aprecio muito e fico muito satisfeito por darem o "salto" para outro patamar de exigência.
Assim, os Spurs, com a qualidade individual que têm, mesmo não tendo o modelo de jogo que mais nos atrai, transformam-se em candidatos ao título, juntando-se ao Chelsea, Arsenal e Manchester City. Não nos podemos esquecer que são uma equipa organizada e que têm um bom treinador, que está no seu segundo ano no clube.



Já achava que o Arsenal ia ser candidato este ano, por Wenger ter conseguido manter no plantel todas as suas melhores unidades do ano anterior, estando assim em verdadeiras condições de lutar, seriamente, pelo campeonato, pela primeira vez em muitos anos. Mas depois de terem conseguido por "apenas" 50M aquela que, para mim, é a melhor contratação do mercado, não resta qualquer tipo de dúvida. Wenger declarou-se efectivamente como candidato, e quer apostar seriamente em conquistar uma competição importante este ano.
Futebol é isto, sobre Ozil, mais reacções aqui com MullerArbeloaSérgio RamosFabregasC. Ronaldo, Mourinho, e a turma do Emirates reage assim!


Cá por dentro foi o Sporting que conseguiu surpreender ao "despachar" Bruma, e contratar mais um jogador que, na minha opinião, entra directamente no onze, no lugar de Adrien Silva. Vítor, traz mais qualidade individual, criatividade e soluções para Leonardo Jardim, sobretudo se pensarmos que João Mário não tem a confiança do treinador (derivado a estar, ainda, na equipa B). É um jogador muito apreciado por nós, pela sua qualidade técnica e por optar por soluções diferentes das que estamos habituados a ver. 

O Benfica conseguiu nas últimas horas um lateral esquerdo, que já foi inscrito na Champions em detrimento do jogador responsável por Melgarejo ter saído do clube. De facto Cortez não tem sido nada feliz na luz, sobretudo pela falta de conhecimento dos comportamentos defensivos. Com Siqueira, parece-nos que o Benfica ficará melhor servido (não era difícil que o fosse) do lado esquerdo. Assim, caso se confirme a qualidade do Lateral que veio do Granada, o Benfica fica com o plantel mais forte do campeonato.

39 comentários:

José Fernandes disse...

E o Man Utd?
Baggio o que achavas de um SLB a jogar com:
Artur
Almeida Garay Luisao Siqueira
Matic Fesja Djuricic
Markovic Lima Gaitan

Nuno Lopes disse...

Permitam-me discordar mas acho que a "qualidade individual, criatividade" do vitor vai encaixar no lugar do Andre Martins, o Adrien tem demasiada no processo defensivo, incorpora força e intensidade que vitor e a.martins não conseguem devido às suas obvias limitações fisicas.

João mário nem na equipa B é titular, será pelo feitio ? Ou pela exigência mais fisica da 2ª Liga ? Consta-se que não é muito bom parceiro. Qualidade e, principalmente, inteligência, ele tem, de sobra.

Tottenham muito forte mas acho que lhes vai fazer falta um elemento com maior capacidade de desequilibro em força (tentaram Hulk?), como o bale. Em inteligência, eles têm de sobra mas na EPL pode fazer falta esse desequilíbrio, como o United tem no valencia ou o City no yaya.

Para o Ozil, não há palavras, acho que só o Presidente do Real achou bom negócio.

JON disse...

Baggio, mais um bom tem artigo. Chamo a atenção apenas para isto... Já não é a primeira vez que vejo...

http://acordo-ortografico.blogspot.pt/2012/07/em-bom-portugues-derivado-ou-derivado-de.html

Não publiques o comentário! Estou apenas a querer ajudar o meu blog favorito!

DC disse...

Não consideras o Utd candidato?

O Tottenham foi buscar 2 bons talentos, mas com um meio-campo de pedreiros como Paulinho, Sandro e Capoue duvido que lhes adiante muito.

Arsenal só tem que estabilizar defensivamente e principalmente recuperar os lesionados. Depois Ozil e Cazorla tratam do resto.

hertz disse...

- Sem dúvida que o Ozil foi "a" contratação do ano. Pelas reacções que se têm visto desde que ele assinou pelo Arsenal, tudo ficou surpreendido como o Real deixou sair este jogador fabuloso. Só mesmo aquele presidente para fazer uma coisa dessas. Bem, quem fica a ganhar é o Arsenal.
Em relação ao serem candidatos ao título, concordo, mas penso que aquela defesa poderá ser um problema. Acho que o Wenger deveria ter reforçado esse sector.

- Já agora, não achas que o Liverpool pode, pelo menos, lutar pelos lugares de acesso Champions?

- O Vitor foi uma grande contratação do Sporting. É um belíssimo jogador.

- "caso se confirme a qualidade do Lateral que veio do Granada, o Benfica fica com o plantel mais forte do campeonato." Mais forte que o do Porto? É que mesmo que o Siqueira se venha a mostra um bom LE, considero que o quarteto defensivo do Porto continua a ser bem superior ao do Benfica.

Ronaldinho disse...

DC já aqui foi dito, o máximo a que o Man Utd pode aspirar este ano é terceiro e acho que nem tanto.

Nuno Lopes, com a quantidade de vezes que referiste "físico" e "força" no teu comentário não surpreende nada que discordes de muita coisa que dizemos

KAKÁ disse...

Salve Baggio

O Shakhtar Donetsk, algum tempo atrás contratava Brasileiro e deixava-o fora do time por mais ou menos três meses, se aclimatando e se acostumando a forma deles jogarem, só depois disso é q iam para o jogo, assim corriam menos risco de serem rejeitados pelos torcedores...

O Cortez sempre foi forte no 1x1 ofensivo mas muito criticado no defensivo (mesmo em um sistema tão simples como o nosso, onde não há princípios), até mesmo pelo fato dele ser um atacante de ofício, ele passou a ser lateral quando não teve chance em time nenhum como atacante!! mas continuou fraco no defensivo...

Partindo desse "idéia" do Shakhtar, vc não acha mas correto o técnico ter um adjunto de confiança (pra q o técnico não perca tempo com isso) q possa passar esses princípios do jogo para esses q nitidamente não sabem?!

Vc me disse outro dia, q até europeus não sabem. Como assim! fica por isso mesmo? ninguém ensina?

Vc ensina isso aos seus alunos? me pergunto qual é a dificuldade de ensinar isso a alguém?

Vão deixar o Benfica perder dinheiro com essa contratação? Será se não vai chegar ninguém no Cortez e dizer:
"Não rapaz, não é assim q se joga aqui, os princípios são esses..."

Não falaram isso para o Elias e o Sporting perdeu dinheiro com ele, q já está fazendo muito sucesso no flamengo sendo até cogitado pra Seleção Brasileira... embora não tenha evoluído nada taticamente, o q é um absurdo!!

Abraço
;)

Postiga disse...

Penso que o melhor ataque do Arsenal será: Arteta, Wilshere, Cazorla, Ozil, Walcott e Giroud. Walcott será certamente um dos jogadores que melhor vantagem poderá tirar deste meio campo.

No Tottenham confesso que desconheço muito daquele meio campo mas Paulinho, Ericksen e Lamela podem perfeitamente formar um tridente com muita criatividade e alguma consistencia. Não sei que alas têm, se Lennon está por lá, Holtby é bom mas tenrinho, avançado será sempre Soldado

Quem tem um grande plantel é Mourinho, sem grandes falhas por posição, talvez um defesa direito mais consistente em falta.
Man Utd foi buscar Fellaini que dá outros argumentos e será sempre a par do City os 3 principais favoritos ao titulo...

Anónimo disse...

Özil é isto:

http://futeboleisto.blogspot.pt/2013/09/ozil.html

Roberto Baggio disse...

José,

O Manchester não mostrou, ainda, modelo de jogo que permita bater os principais concorrentes, que têm um nível semelhante de qualidade individual: Chelsea, modelo com qual não concordo, mas equilibrado defensivamente, e isso em Inglaterra conta muito.
Manchester City, modelo ainda em desenvolvimento, mas equilibrado e bom ofensivamente.
Arsenal, modelo de jogo bom ofensivamente, e a melhorar transição defensiva. Em organização, falta talvez alguma agressividade, de resto os jogadores até estão bem posicionados.
Tottenham, com o AVB no segundo ano, melhorou muito o plantel. Se bem que continuo a achar que podiam ter contratado um lateral esquerdo melhor. Tem um modelo de jogo bem organizado.

Quanto ao teu 11 do Benfica, não conheço o Fesja, por isso não o colocaria a jogar já. Por ele Enzo ou o Rúben. Depois na frente, gosto muito do Ola John, mas pelo Gaitan aceito a tua escolha. É um 11 muito forte.

Nuno,

Eu também acho que Jardim vai tirar o Martins. Eu pessoalmente não o faria. Vitor e Martins dão mais ao jogo que Adrien. Sobretudo se pensarmos que o Barcelona jogou com Xavi e Iniesta e "tem demasiada importância no processo defensivo, incorpora força e intensidade" não são atributos deles, e eles não têm capacidade física, como tu dizes para o fazer. Então a minha questão para ti seria, se tivesses Xavi e Iniesta no plantel do Sporting, tiravas ou não o Adrien? Pergunto isto porque não sei se o que disseste foi a tua opinião ou o que pensas que Jardim vai fazer.

João Mário não sei qual é o motivo. É simplesmente demasiado bom jogador para estar na equipa B.

Quanto aos Spurs, para mim a única coisa que falta é um defesa esquerdo. O resto está lá tudo.

JON,

Obrigado pela correcção, assim que me sentar no meu computador corrijo.

DC,

Os spur, reforçaram-se naquilo que lhes faltava no meio campo: Criatividade. Têm agora, Holby, Sigurdsson, Eriksen e Lamela. Todos esses podem jogar no meio com qualquer combinação dos outros. Com dois destes em campo, já é mais criatividade que na época passada inteira, sobretudo se Verghtogen jogar também.

Hertz,

Sim, considero que o Liverpool, com as mexidas que fez e a manutenção do Suarez, deve lutar pela champions. Espero que consigam.

Quanto ao Benfica considero a defesa do Porto melhor sim, excepção a Garay. Quanto ao resto do campo o Benfica tem mais e melhores soluções, com ás óbvias excepções.
A questão do Benfica é não ter saído nenhum titular do ano passado (excepção de Melga) e ainda terem vindo mais e melhores jogadores para todos os sectores.










José Fernandes disse...

Baggio,


então qual seria a tua aposta para campeão em Inglaterra? eu apostaria no Chelsea...


dos jogos que vi do Fesja quando vivi 4 meses na Grécia (foram apenas 5 ou 6) ele era um jogador tipo Javi Garcia, ligeiramente menos poderoso fisicamente e com um bocado de melhor passe longo... essa minha ideia de juntar os 2 servios no meio campo seria libertar mais Matic com um jogador que ocupasse bem os espaços lá atrás...e é apenas uma ideia para já pois o Enzo parece que ainda está com a cabeça no ano passado...

quanto ao Ola John acho-o o extremo mais inteligente do Benfica mas, na minha opinião, falta-lhe atitude competitiva... muitas vezes o vejo a desistir de jogadas e andar a passo em vez de tentar "morder os calcanhares" aos defesas adversários para os obrigar a cometer erros...

Anónimo disse...

Qual o mal do modelo de jogo do Tottenham?
Quem é o ponta de lança do Arsenal?
É uma pena quem tem apenas Sporttv não poder ver este ano a liga inglesa :(
E quem tem melhor 11 Porto ou SLB?

Gonçalo Matos disse...

Olá malta,

Acho que o jogo do Liverpool com o Man Utd exemplificou o porque de considerarmos que este ano não estão tão fortes. O Liverpool com menor qualidade individual não só se aguentou como dominou o jogo em vários momentos. O campeonato ingles este ano parece-me ser o mais equilibrado e o mais interessante! Vi pelo menos um jogo de cada uma das equipas de todo, excepto do Arsenal, e o Liverpool parece-me ser a melhor colectivamente. Começo a acreditar que este ano podem intrometer-se nos 3 primeiros.

Gonçalo Matos disse...

"Qual o mal do modelo de jogo do Tottenham?"

Muito pouca criatividade em organização ofensiva, muito foco na capacidade física dos jogadores em detrimento da inteligencia. A equipa funciona muito mal ainda, os médios centro estão muito estáticos (principalmente o Paulinho). Eu não consegui ver o ultimo jogo da Liga Europa mas acredito que estas criticas tenham sido menos evidentes ou inexistentes, tendo em conta o onze titular desse jogo.

"Quem é o ponta de lança do Arsenal?"

Tem jogado o Giroud.

José Fernandes disse...

Gonçalo Matos

concordo... tenho seguido o Tottenham e nos jogos em que o Villas Boas coloca Paulinho Capoue e Dembele é constrangedor ver o Soldado sozinho todo o jogo sem a bola la chegar em condições. correr muito lá eles correm, mas muitas vezes mal. senão bastava ir à secção de maratona e formar de lá uma equipa de futebol... vamos a ver se o Villas Boas me surpreende com uma equipa do genero:
Lloris
Walker Vertoghen Kaboul(quando a 100 %) Rose
Capoue Eriksen Lamela Chadli
Soldado Defoe (ou Sigurdson)

João Rodrigues disse...

Duvido muito que o Villas Boas jogue com Eriksen e Lamela no meio, acho que o Lamela vai jogar na esquerda. Em relação ao Arsenal tem de melhorar no seu processo defensivo mas para mim falta.lhes alguma qualidade individual na defesa. Ainda assim a Premier vai ser muito interessante curioso para ver quem fica de fora na corrida champions, ainda assim acredito quem vai a Champions serão os mesmos que se qualificaram para a edição desta epoca

Gonçalo Matos disse...

José Fernandes,

Do que vi do Chadli não gostei, jogaria com o Holtby nessa posição, mas admito que não o conheço nada bem

José Fernandes disse...

Gonçalo Matos

Sinceramente nesta época pelo Tottenham sou capaz de concordar contigo, mas do que vi em anos anteriores ele esteve bem melhor... acho que ele está a ter um problema comum em jogadores nos 1os jogos num clube: tenta mostrar serviço e fazer tudo sozinho... quando perceber que o melhor tanto para ele como para o clube será passar a bola a um colega melhor posicionado em vez de entrar em vários dribles, ir à linha e despejar a bola na área vai melhorar muito...
mas realmente o Villas Boas não se pode queixar este ano com tanta matéria prima de qualidade... o Holtby também é bem bom

Cole disse...

Acho que o Man Utd esta época vai ficar muito abaixo do nível habitual. Alguns dos melhores jogadores têm a cabeça noutro lugar (Rooney, Nani...) e muita gente que antes se impunha muito pelo físico (Vidic, Ferdinand, Evra...) está a nível francamente baixo para as exigência de um United (excetuando, talvez, Evra). Se juntarmos a isto a saída do Fergunson...
Eu diria que o Man Utd pode transformar-se numa espécie de Lakers da Premier League. Quando saiu o Phil Jackson, nem o Kobe Bryant e outros jogadores conseguiram levantar-se do choque.
De todos os que aqui se falaram, caso o Liverpool mantenha o crescendo, riscava o United da Champions para a próxima época...
Aliás, quem precisava de um Ozil era mesmo o Man Utd.

Cole disse...

P.S.: Não conheço as suas capacidades para comunicar com os jogadores, mas conhecendo o seu perfil de inteligência enquanto jogador, somando a experiência que tem no clube, não dou muito tempo para que o Giggs que faz 40 anos (!) daqui a dois meses passe para treinador principal.

Roberto Baggio disse...

Kaka,

A dificuldade é de encontrares o melhor método para que ele aprenda. Como disse num post anterior, cada jogador/ser humano, tem um ritmo próprio de aprendizagem de tarefas complexas. Ou seja, ensinar algo ao Cortez que o Melgarejo aprendeu num mês, não significa que o Cortez aprenda num mês. Nem significa que alguma vez venha a aprender, porque os mesmos métodos não garantem a aprendizagem de todos os jogadores. É preciso saber chegar a cada jogador, mas isso é uma tarefa muito, muito difícil. Estamos a falar do futebol profissional, em que não há espaço para erro, com a pressão de se jogar ali. Por isso é que nós batemos tanto na ideia de os jogadores virem ensinados da formação, porque isso vai levar a que eles venham ensinados a aprender, e a colocar em prática o aprendido. Isso facilita muito e a maior parte dos jogadores não o tem.

Então, tu ensinares, em treino e teoricamente o Cortez, não garante que ele aprenda, porque nada garante que o estás a ensinar da forma certa, para ele. Essa é a dificuldade.

Abraço

KAKÁ disse...

Valeu Baggio!!

Obrigado pela atenção, e clareza da resposta!!

Abraço!
B)

Signori disse...

Achas que passar da Roma para este Tottenham é aumentar o patamar de exigência? veremos se AVB saberá usar da melhor forma o que tem em mãos.

Ainda desconfio deste Chelsea. Frente a Real, Bayern e Manchester raramente teve a iniciativa de jogo. Se o Real de Mourinho apenas dava a iniciativa ao Barça, e raramente lhes ganhou, este Chelsea dando iniciativa a United, City, Arsenal, e quiçá Liverpool e Tottenham quando jogar fora, duvido que chegue longe. E sinceramente parece-me que o dar a iniciativa neste Chelsea significa que é essencialmente por não ser tão forte. Está ainda a faltar algo àquela equipa para ter maior posse e passar mais tempo em organização ofensiva com equipas de bom valor. Com Ozil lá sim, diria que eram super favoritos. Vamos ver se em Janeiro o Sneijder não irá para lá

Eu não descartava o United ainda. Retirava o Tottenham dos candidatos e colocava o United.

O Ozil é a peça que leva o Arsenal de candidato a Champions até ao patamar de candidato ao título.

Penso que quando o City ficar mais calibrado, é o principal candidato, confio bastante em Pellegrini.

Em relação ao Sporting, realmente precisava de um Vítor ou alguém como ele, para avançar mais um patamar de qualidade. Sonho com um losango William, Adrien, Martins, Vítor, Carrillo e Montero, mas não me acredito, como diria JJ.

O problema do Benfica, e das equipas como o Real de Mourinho que viveram um pouco à base do querer e da motivação em destronar os campeões reinantes, é que chega uma altura e o balão esvazia. Foi o que aconteceu com o Real de Mourinho na 3ª época, e acontece com este Benfica, após a tragicomédia que foi o fim da época passada. Depois acredito que alguns quisessem sair, procurar um novo desafio, noutros sinto alguma precipitação de querer despachar os jogos a partir de atalhos para rapidamente chegarem a uma posição de recuperarem o que "perderam" na época passada. Outros podem já não sentir tanta corrente com o treinador, que também parece ainda não ter acordado do pesadelo de há uns meses. Neste momento considero o Porto super favorito, quanto ao Benfica é esperar para ver o que acontece, às vezes os resultados fazem milagres e podem aumentar a competitividade e motivação e confiança da equipa.

Giuseppe

GBC disse...

Baggio,

Gostas tão pouco assim do Adrien? Não o acho o supra-sumo da criatividade, mas acho que é bom jogador.

Se me pudesses explicar as razões que te levam a comentar depreciativamente o Adrien, elogiando ao mesmo tempo o J. Mário (que eu acho bom jogador, mas dificilmente superior ao Adrien), agradecia.

Espero que não entendas isto como tom de desafio, ou qualquer coisa parecida, é mesmo porque gostava de saber a tua opinião (fiz o mesmo no post do Porto-Marítimo, se bem te lembras).

Quanto ao Vítor, é mt bom jogador, e acho que vai entrar no onze (seja para o lugar do Adrien ou do André Martins). Tenho pena, porém, pelo Chaby, muito mais do que pelo João Mário. Isto porque acho que o João Mário pode coincidir, por exemplo, com o Martins e o Vítor, ou com o Adrien e o Martins; mas tenho mais dúvidas que o Chaby possa... parece-me que, contratando-se o Vítor, dificilmente o Chaby surge na 1ª equipa. E quem faz passes destes tem de jogar na 1ª equipa, e no meio-campo...

http://www.youtube.com/watch?v=Fp_6UC9SoI4 (1:02)

Um abraço

Daniel Martins disse...

O Benfica tem o melhor plantel do campeonato? Quantos jogadores do Benfica entrariam no onze do Porto? Tendo em conta o ano passado, talvez uns 3 ou 4. Tendo em conta a forma actual, talvez um!

Lamela e Eriksen são dois jogadores fantásticos e o sucesso de Villas Boas passará em grande escala pela adaptação destes dois à equipa e ao futebol inglês. Sim porque o resto do plantel é de uma banalidade atroz, salvo uma ou duas excepções. E o cúmulo da mediania é aquele meio-campo...

Vítor é bom reforço, ainda para mais pelos montantes envolvidos (que pelos vistos não foram nenhuns). A não-inscrição de Cortez na Champions tem tanto de anedótica como de positiva, já que o ex-São Paulo consegue ser pior que o Emerson.

Roberto Baggio disse...

GBC,

Não te preocupes que não encaro nada. Não me chateio ctg :-P
Só gostaria é que me dissesses onde é que avaliei depreciativamente o Adrien. Ou onde é que disse que ele não prestava, ou onde é que disse, sequer que comigo não jogaria...
O facto de eu achar uns melhores, não significa que não ache os outros bons.
Eu disse, num comentário no post do Ozil, que para mim, com Vítor, cada vez mais fazia sentido jogar em losango. Só que não jogando dessa forma, para mim, prefiro o Vítor e o André no mesmo onze inicial e sacrificava o Adrien, por ser menos criativo que os dois. Mas isso tem a ver com forma como vejo o jogo.

João Mário, Chaby, e Esgaio, são jogadores para estar na equipa principal.

Daniel,

Bom se contarmos com a forma actual nenhum jogador do Benfica é jogador do futebol. Excepção feita ao Markovic... Portanto...

Roberto Baggio disse...

Signori,

AVB com o plantel actual era candidato ao título em Itália certo?
E a Roma não é candidata ao título com o plantel que tem, certo?
O Tottenham em Inglaterra é uma espécie de underdog nessa luta certo?
Então está numa equipa melhor, de um campeonato melhor( em termos de qualidade individual). Isso é, para mim, dar um salto.

Abraço amigo

Anónimo disse...

Caros,

Eu concordo, em muita coisa, com o Daniel.

Olhando para o plantel do Porto, em 433, quem, do Benfica, entraria no onze? A resposta é: um extremo a vossa escolha. Nem o Matic, no modelo do Vitor Pereira, ocuparia o lugar do Fernando, por muito melhor que seja; do quarteto defensivo, e embora saiba que apreciam centrais com as características do Otamendi e do Garay, creio que pela igualdade dos seus valores, é necessário um central que não lhes fica muito atrás mas que lhes ganha em qualquer atributo físico, como o Mangala. Nas laterais, não há discussão. O Enzo não tira o lugar ao Lucho, tampouco alguém tira o lugar ao Quintero. O Josué é titularíssimo, e, apesar de achar que o Markovic só perde para o Quintero a nível de talento e de futuro no nosso campeonato, não posso garantir-lhe um lugar (a não ser a extremo, e ainda assim...) sem o ver a cumprir um papel num modelo diferente do do Benfica. Posto isso, no modelo deste ano, não posso, igualmente, garantir lhe lugar, pelos mesmos motivos, mas posso fazer entrar o Matic para o Pivot e, fazer disputar um lugar entre o Defour e o Enzo. De resto, e ressalve-se, salvo um extremo á vossa escolha (o que é difícil, considerando as dinâmicas da equipa, mas os extremos do Benfica são superiores, claramente), não me parece que ninguém do Benfica entraria de caras no onze do Vitor Pereira, e um ou dois entravam no do Paulo Fonseca. O inverso também é válido, porque poucos jogadores do Porto conseguiriam entrar no onze do Jesus. Se formos a fazer um onze para um modelo qualquer, o Porto teria o Helton, Danilo, Sandro, Quintero, Jackson, e o Benfica teria Matic, dois extremos, Markovic. Os centrais, qualquer opção, seja Mangala/Otamendi, Otamendi/Garay ou Garay/Mangala é válida, sendo que eu prefiro Otamendi/Mangala (a este último, adivinho-lhe a melhor carreira, evidentemente). Por isso, o Benfica ter o melhor onze não é assim tão linear, e a verdade, é que, clubismos à parte e com todo o respeito, apesar de discordar de vocês, o Benfica costuma ser sempre o mais forte em tudo, mas no fim acaba sempre por perder em tudo. Não o digo por mal, aliás, é normal, sendo vocês do sul, que acompanhem mais o Benfica e o Sporting. Mas não se iludam, extrapolando o valor dos jogadores do Benfica para fora do seu valor real, e negligenciando características muito importantes em certos jogadores que são muito úteis no contexto em que se inserem.

PS: Há um jogador do Benfica que só não calçava no Porto nos anos do Mourinho, porque de resto, era titular em todos: Aimar.

PS2: Como disse, não quero levantar nenhum debate do género que se vê no dia seguinte e tutti quanti.

PS3: Só em plantel ganha o Benfica ao Porto e, mesmo assim, poderá ser argumentável.

Cumprimentos,
António Teixeira

Anónimo disse...

Caros,

Eu concordo, em muita coisa, com o Daniel.

Olhando para o plantel do Porto, em 433, quem, do Benfica, entraria no onze? A resposta é: um extremo a vossa escolha. Nem o Matic, no modelo do Vitor Pereira, ocuparia o lugar do Fernando, por muito melhor que seja; do quarteto defensivo, e embora saiba que apreciam centrais com as características do Otamendi e do Garay, creio que pela igualdade dos seus valores, é necessário um central que não lhes fica muito atrás mas que lhes ganha em qualquer atributo físico, como o Mangala. Nas laterais, não há discussão. O Enzo não tira o lugar ao Lucho, tampouco alguém tira o lugar ao Quintero. O Josué é titularíssimo, e, apesar de achar que o Markovic só perde para o Quintero a nível de talento e de futuro no nosso campeonato, não posso garantir-lhe um lugar (a não ser a extremo, e ainda assim...) sem o ver a cumprir um papel num modelo diferente do do Benfica. Posto isso, no modelo deste ano, não posso, igualmente, garantir lhe lugar, pelos mesmos motivos, mas posso fazer entrar o Matic para o Pivot e, fazer disputar um lugar entre o Defour e o Enzo. De resto, e ressalve-se, salvo um extremo á vossa escolha (o que é difícil, considerando as dinâmicas da equipa, mas os extremos do Benfica são superiores, claramente), não me parece que ninguém do Benfica entraria de caras no onze do Vitor Pereira, e um ou dois entravam no do Paulo Fonseca. O inverso também é válido, porque poucos jogadores do Porto conseguiriam entrar no onze do Jesus. Se formos a fazer um onze para um modelo qualquer, o Porto teria o Helton, Danilo, Sandro, Quintero, Jackson, e o Benfica teria Matic, dois extremos, Markovic. Os centrais, qualquer opção, seja Mangala/Otamendi, Otamendi/Garay ou Garay/Mangala é válida, sendo que eu prefiro Otamendi/Mangala (a este último, adivinho-lhe a melhor carreira, evidentemente). Por isso, o Benfica ter o melhor onze não é assim tão linear, e a verdade, é que, clubismos à parte e com todo o respeito, apesar de discordar de vocês, o Benfica costuma ser sempre o mais forte em tudo, mas no fim acaba sempre por perder em tudo. Não o digo por mal, aliás, é normal, sendo vocês do sul, que acompanhem mais o Benfica e o Sporting. Mas não se iludam, extrapolando o valor dos jogadores do Benfica para fora do seu valor real, e negligenciando características muito importantes em certos jogadores que são muito úteis no contexto em que se inserem.

PS: Há um jogador do Benfica que só não calçava no Porto nos anos do Mourinho, porque de resto, era titular em todos: Aimar.

PS2: Como disse, não quero levantar nenhum debate do género que se vê no dia seguinte e tutti quanti.

PS3: Só em plantel ganha o Benfica ao Porto e, mesmo assim, poderá ser argumentável.

Cumprimentos,
António Teixeira

Daniel Martins disse...

Lol sim Baggio, o momento actual do Benfica não serve de exemplo. Mas mesmo imaginando um mundo paralelo em que os jogadores do Benfica estejam a jogar aquilo que sabem, não sei se terias três jogadores do Benfica no onze inicial do Porto. Para mim o plantel do Porto é indiscutivelmente o melhor em Portugal há 4 anos, fruto também de ter um orçamento superior a todos os outros. Faz-me impressão ver os benfiquistas a queixarem-se que o JJ perdeu tudo com a melhor equipa em Portugal (falso), quando ele com um plantel limitadíssimo do meio-campo para trás ia conseguindo o impossível.

António, o meu onze seria Helton, Danilo, Alex Sandro, Otamendi, Garay, Matic, Fernando, Lucho, Salvio, Ola John, Jackson. Optei apenas por escolher jogadores já bem conhecidos do futebol português, apesar de saber que tanto Markovic como Quintero são daqueles que não enganam. A escolha do Ola John é quase um "guilty pleasure" na medida em que ainda não rendeu o suficiente para entrar no onze, mas com a lesão de Salvio, o tempo de adaptação de Djuricic e o maior rendimento de Markovic na zona central acredito que o holandês possa aproveitar as oportunidades que irão surgir para mostrar todo o futebol que tem.

Roberto Baggio disse...

Vocês não me chinguem por isto, eu sou um gajo estranho, tenho gostos esquisitos.
Por isso mesmo, o meu onze inicial, para jogar no meu 4-3-3, seria.
Helton
Alex
Danilo
Garay
Otamendi
Matic
Josué (Aqui aceito Lucho com tranquilidade)
Quintero
Markovic
Ola John (Aqui aceito Gaitan com tranquilidade)
Jackson

Quanto à que disseste António, não concordo. Acompanho a realidade, do futebol, treino e jogo (não mais que isso, claro), do Benfica e Porto em igual medida.

Depois o que disse, era que tem um melhor plantel. Não disse que tinha melhor 11.
Abraço

Ronaldinho disse...

Está aqui o meu:
Helton
Danilo
Otamendi
Garay
Alex Sandro
Matic
Lucho
Quintero
Markovic
Gaitan
Jackson

GBC disse...

Baggio,

Foi a impressão com que fiquei, desculpa lá então pela interpretação! E Adrien-Martins-Vítor? Lembro-me que o Adrien, na época passada, fez um jogo a médio-defensivo (sozinho) e, apesar de 2 perdas de bola algo problemáticas (sem linhas de passe), foi no jogo todo muito forte ofensivamente... O próprio João Mário nos juniores jogava a médio-defensivo, atrás do João Carlos e do Chaby.

A minha maior dúvida quanto à contratação do Vítor era mesmo o Chaby. Acho que está pronto para entrar. Tanta qualidade técnica, tanta criatividade... é o meu "jovem" preferido dos da formação, mais que o João Mário (comparei-o com o Adrien porque tb não o acho especialmente criativo ou forte em espaços curtos, embora seja um "sr. jogador").

Juntava-lhes a estes o Iuri, também (a qualidade que pode dar entrelinhas é muito superior à que o Wilson pode dar, embora o Wilson seja um jogador mt disponível e que sabe o que não consegue fazer). E quiçá o Betinho (aposto como é muito mais jogador que o Cissé e o Slimani, desmarca-se mm muito bem, precisa de pouco espaço para finalizar, e sabe recuar e tabelar.. precisa só de o fazer com mais frequência).

É a melhor fornada de sempre do Sporting. Repara que, na mesma equipa, jogavam o Ilori, o Esgaio, o Mica (que ninguém gosta mas q, apesar da lentidão, eu gosto de ver tabelar e jogar dentro), o João Mário, o João Carlos (perda importante), o Chaby, o Iuri, o Bruma e o Betinho. E ainda estava o Dier a aparecer... tanta qualidade!!

Anónimo disse...

Viana, Custódio, Quaresma e Ronaldo chegam e sobram para esses todos.

Está na moda agora dizer que um jogador é bom porque tem qualidade "entre linhas".
Isso é o quê? Ele dá umas snifadas de coca antes e depois dos jogos?

Ah e tal, o Fernando Aguiar não sabe passar nem receber, mas dá uma qualidade "entre linhas"...

Roberto Baggio disse...

Qualidade entre linhas é isso mesmo. Receber, enquadrar, passar, driblar, conduzir, dentro do bloco adversário.

Roberto Baggio disse...

Sim GBC, também aceito o teu triângulo de meio campo. Porque esses executantes, garantem grande fiabilidade.

Yilmaz disse...

Falando de "entre linhas" não sei bem se Lamela pode jogar dentro do bloco adversário...

É que não posso avaliar bem suas capacidades porque dele não vi quase nada(só alguns jogozitos do mundial sub20;na Roma nada)...
Alguém o viu jogar na Roma,e saberá me dizer se ele é capaz de jogar em zonas mais interiores,descobrir passes..?

Espero muito dele e do Eriksen(acho que este é capaz de jogar no corredor central -entre linhas- com relativa facilidade),porque esses Paulinhos Capoues & Dembélés não me inspiram grande coisa...

Definitivamente,carregadores de piano..

Anónimo disse...

Julgo que o Tothenham tem um bom plantel com várias soluções à excepção dos laterais.

Penso que o Vilas Boas não tem unhas para tocar esta guitarra e este é o grande problema do Tothenham, pois não tem um estatuto que lhe permita ter o respeito e compreensão de alguns jogadores com mais prestigio.

O Villas Boas não conseguirá mais do que um 5º ou 6º lugar e mais uma vez friso, que não é pelo plantel mas sim pela sua liderança e qualidade tecnica.

Abraço

Vitor Pereira

Gonçalo Matos disse...

Olá Vitor,

Quais consideras ser os pontos mais fracos do Tottenham?