Posse de bola no Facebook

Translate

terça-feira, setembro 03, 2013

Estoril 1-1 Académica


Hoje eu e o Ronaldinho assistimos ao encontro do Estoril com a Académica no estádio. Infelizmente, perdemos os primeiros 15 minutos, e quando entramos no estádio a Académica tinha acabado de marcar o golo.

Sistema de jogo do Estoril:
1-4-2-1-3




O Estoril parece manter o mesmo padrão da temporada passada. Joga curto e apoiado desde o GR, utilizando algumas vezes, na saída de bola, os médios mais perto dos defesas para que esses comecem a construir a partir da linha defensiva.

Quanto a organização defensiva do Estoril foi muito pouco testada. Houve uma situação apenas, que nos permitiu descortinar um erro, onde apareceu um jogador de frente para a linha defensiva, numa situação 1x4+GR, onde não saiu nenhum jogador para condicionar a acção do jogador da Académica. Não conseguimos perceber se isso era padrão, ou se foi circunstancial, tão poucas foram as vezes em que a Académica tentou um ataque.


A Académica, jogou, sempre, num bloco baixo com todos os jogadores a defenderem atrás da linha de meio campo. E mesmo quando invadiam o seu meio campo, eram pouco activos na recuperação, esperando na maior parte do tempo que fosse o Estoril a cometer um erro, perdendo a bola, do que ter papel activo na recuperação. Quando recuperou a bola, jogou sempre na frente, ou atrasou para o GR, para que esse jogasse na frente. Pelo que foi impossível descortinar qualquer reacção a perda por parte do Estoril, ou mesmo criação de zonas de pressão.
Foi muito pobre a equipa de Sérgio Conceição. Aliás, uma equipa a sua imagem, porque começou desde a primeira parte a pedir que os seus jogadores perdessem tempo e simulassem lesões, por forma a não deixar que o jogo tivesse fluidez. Esteve muitas vezes interrompido, muitas paragens.
Caso continue a jogar desta forma, a Académica é um claro candidato a descida.


Foi um verdadeiro massacre, e a Académica teve muita sorte em não ter saído goleada, tantas foram as ocasiões claras de golo do Estoril. Ficamos com pena de Marco Silva não ter mais talento no plantel, ou pelo menos mais soluções, para colmatar as saídas de um ou outro jogador do 11 inicial por lesão, ou para mudar o rumo do jogo com substituições.

20 comentários:

hertz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
hertz disse...

Vi o jogo apartir dos 60 min (mais ou menos). Só deu Estoril. Foi mesmo um massacre e até festejei quando marcaram o golo do empate porque era mais do que merecido e porque simpatizo com o Marco Silva (espero que ele seja o próximo treinador do meu Benfica quando o JJ sair).
Em relação à Académica, que porcaria de equipa. Tal como em épocas anteriores: autocarro e anti-jogo. Espero que seja desta que desçam de divisão para bem da 1ª Liga.

Roberto Baggio disse...

Hertz,
Sim esta Académica é deprimente. Dá vontade de chorar. Demasiado mau para ser verdade.
Sérgio Conceição, está a fazer outro grande trabalho...

Anónimo disse...

Boas. Achas que o marco silva era um bom treinador para o Benfica?

andre

Roberto Baggio disse...

Sim, acho. Tem boas ideias ao nível da organização ofensiva e não descura o trabalho defensivo.

Signori disse...

offtopic
Vítor no Sporting, que tal? não me desgosto com essa notícia, embora haja gente na equipa B que possa não gostar da ideia

Roberto Baggio disse...

Essa discussão está no outro post Signori.
Abraço

pedro7 disse...

Só para concluir, o Sérgio Conceição vai fazer aquilo que o Pedro Emanuel tentou e não conseguiu, a despromoção da académica...

Todas as equipas do Sérgio Conceição apresentaram um mau futebol até agora

Roberto Baggio disse...

Também Acho que está a ir por esse caminho

Luis Santos disse...

Bom trabalho, Baggio. Não sei se te lembras, mas quando discutimos as alterações no Estoril, disse-te que tinham ido buscar um médio que gostava muito de ver jogar: Filipe Gonçalves. Antes jogava mais adiantado, mas é claramente jogador para pegar cedo no jogo. Adoro o Gerso. Parece ter sempre ideias diferentes. Muito bom tecnicamente e muito rápido. Não percebo porque não se aposta mais nele... Talvez por não cumprir defensivamente, não sei.
Também há um miúdo que gostei de ver no ano passado, o Leandro (esteve emprestado ao Trofense), mas é extremo e não deverá ter muitas hipóteses...
Já agora, o Babanco é bom jogador. Ele jogava como "10" no Arouca, depois passou para lateral quando mudou para o Olhanense. Com o Tiago Gomes no plantel, eu apostava nele para o meio. Acho que rendia mais.

Tem boa equipa a Académica, pena não ter treinador ao nível...

Roberto Baggio disse...

"Não sei se te lembras, mas quando discutimos as alterações no Estoril, disse-te que tinham ido buscar um médio que gostava muito de ver jogar: Filipe Gonçalves. Antes jogava mais adiantado, mas é claramente jogador para pegar cedo no jogo"

Esteve muito bem, do meio-campo é capaz de ter sido o melhor elemento ontem. Mas também, foi pouco pressionado. Mas gostei mesmo muito dele.

"Adoro o Gerso, Parece ter sempre ideias diferentes. Muito bom tecnicamente e muito rápido. Não percebo porque não se aposta mais nele"

Também eu lol

Não conheço o Leandro.

"Já agora, o Babanco é bom jogador. Ele jogava como "10" no Arouca, depois passou para lateral quando mudou para o Olhanense"

Não pareceu nada, sinceramente. Mas há um facto importante: ele esteve duas semanas lesionado e voltou agora. Pode ter tido influência isso.

"Tem boa equipa a Académica, pena não ter treinador ao nível..."

Eu nem percebi se tinha ou não, tão má foi a proposta de jogo da equipa e feedbacks do treinador. Enfim, cada um sabe de si




Gonçalo Matos disse...

O Balboa não está no Estoril também?

Signori disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Signori disse...

off topic a respeito ainda de Mourinho e a mudança ou não de convicções:

reparemos neste excerto de uma entrevista que ele dá no dia a seguir a ser campeão no primeiro ano em itália, falando acerca de ter uma equipa maioritariamente veterana e quando perguntado sobre se esses jogadores já não teriam mesma vontade de ganhar. mas atentemos também no que vem a seguir:

mourinho - "Eu não vou por aí, porque humanamente é tão bom que eles
querem continuar. Agora o espaço de evolução do jogo da
equipa é que não. Eu cheguei a Novembro, e eu disse que
“se eu continuar a ir à procura do espaço de evolução da
equipa, eu não ganho o campeonato”.
pergunta - Tens que abdicar de certas coisas...
mourinho - Exactamente. Eu tenho que abdicar de alguma coisa.
Eu cheguei a um momento em que disse “o espaço de
evolução acabou e eu tenho que me agarrar à defensiva da
equipa, a 3 ou 4 princípios de jogo que eram fundamentais”.
Por exemplo, ainda ontem li qualquer coisa na Gazzetta
dello Sport, o jornal do Milan, em que faziam uma análise
ao trabalho dos campeões e uma análise ao meu trabalho,
dizendo que eu não trouxe nada de especial. Não perceberam
que o que eu trouxe de especial foi a maneira como o
grupo foi gerido. Acho um grande erro de um treinador não
ser capaz de abdicar de certos objectivos. Há treinadores
que dizem “ este é o meu modo de jogar preferido, este é
o meu sistema táctico preferido, e vou com este sistema e
com esta filosofia até à morte.” Eu acho que é completamente
errado. Eu acho que é legítimo dizer “esta é a minha
filosofia de jogo preferida, este é o meu modelo de jogo
preferido, este é o meu sistema táctico”. Isso é legítimo
dizer. Agora dizer “eu vou com isto até à morte”…aí é que tu
morres mesmo!"

Luis Santos disse...

Gonçalo, sim o Balboa também anda por lá.

Baggio, disse que tinha boa equipa pelos nomes: Marinho, Diogo Valente, Manoel, Cleyton, Buval, Abdi, Peiser, Ricardo, Halliche, João Real, China, Fernando Alexandre, Marcos Paulo,...

Roberto Baggio disse...

Não me trazes novidade nenhuma. Vai de encontro à tudo que disse anteriormente sobre ele.
Ele valoriza mais a vitória do que outra coisa. Daí a falta de sustentabilidade a longo prazo das recentes equipas dele.
Para ele o mais importante é ganhar. Seja de que forma for.
Isso é que tira qualidade à equipa dele. E ao contrário do que ele diz, para mim, é aí que ele morre. Pela boca, morre o peixe!

Reitero, não é novidade nenhuma essa entrevista. Isso é o reflexo das equipas dele, é isso que se vê em campo.

Anónimo disse...

Pço desculpa pelo off topic, mas reparem no que diz Pedro Barbosa acerca do derby:

O público que encheu Alvalade foi fantástico. Luisão errou no lance do golo. Focado apenas na bola, esqueceu-se de Montero. É um lapso frequente, esquecer-se da movimentação do adversário, seguir a bola. Foi fatal. O passe certeiro e decisivo de André Martins, mais a inteligência e classe de Montero fizeram o resto.

O luisao errou porque nao foi com montero???o maxi e k devia fechar por dentro, mas como e possivel um ex jogador de grande nivel dizer isto???

Daniel Santos

Roberto Baggio disse...

Vai exactamente no sentido do que jesus disse: A maioria dos jogadores não tem conhecimento do jogo. E no sentido daquilo que nós defendemos, que o facto de se ter jogado futebol durante muitos anos, por mais alto que fosse o nível, não garante aptidão para se ser treinador, ou sequer para discutir futebol!

Signori disse...

Não o critico pelo que fez no Inter, ganhou, fez o tri e deixou a fava para o Benitez. Em 2 anos, se fosse para efectuar uma revolução no plantel e consolidar outro modelo, nunca ganharia o que ganhou ao 2º ano.

No Real lá está, com as pontuações que o Barça anda a fazer, penso que com outro modelo pudesse começar a ter resultados praí no 3º ano, e no Real é fatal. Se tens resultados, como o Capello, mas não jogas bom futebol, não serve, se jogas bom futebol mas não ganhas, também não. Vamos ver se Ancelotti prova que é possível jogar bom futebol e ter resultados contra este Barça.

Signori disse...

E falou-se na obsessão dele no Chelsea de ganhar a 2ª champions, e daí ter mudado algumas coisas no 3º ano de Chelsea. Penso que enquanto não ganhar a 3ª champions e ficar isolado quanto aos treinadores que já a ganharam mais vezes, iremos ver mais disto durante os próximos tempos.

Por outro lado, todos os clubes onde passou depois do Porto são conhecidos por procurarem essencialmente resultados e serem cemitério de treinadores, não sendo especialmente conhecidos por procurarem projectos a longo prazo. Mourinho, logo Mourinho, muito compreensivelmente tomou as opções que tomou. Penso que também as tomaria.