Posse de bola no Facebook

Translate

quarta-feira, agosto 07, 2013

Se ficar, o Porto parte com 6 pontos de vantagem

«Estou muito contente por voltar a ter a oportunidade de treinar novamente e... não passa nada. Aproveito esta oportunidade para pedir desculpa às pessoas do Benfica, por mim e pela minha atitude. Peço desculpa aos adeptos, ao presidente, a todos os dirigentes, aos meus companheiros e ao corpo técnico. Agora acabou, só quero voltar a treinar-me», afirmou Cardozo, em declarações à Benfica TV.

O avançado reconheceu que errou no final do jogo com o V. Guimarães: «Fiz mal, sei que fiz mal. Com os meus companheiros estou tranquilo e também com o corpo técnico. Sei que não tive uma atitude correta, mas não queria ter saído tão cedo daquele jogo, queria continuar em campo um pouco mais porque sabia que em qualquer momento podia fazer um golo, apesar de estarmos a ganhar quando o mister me tirou. Depois eles empataram e fizeram o segundo golo logo de seguida e aí acho que perdi a cabeça, como se costuma dizer. Sei que fiz mal... agi mal, essa é a verdade e peço desculpa a todos por isso. Depois passou-se o que todos sabem... e pronto». 

O goleador está arrependido daquilo que fez: «Sim, muito arrependido». 

Cardozo analisou o seu futuro: «Tenho contrato com o Benfica e o clube é que está a tratar disso. Estou à disposição do clube, tenho contrato e vou trabalhar para estar sempre à disposição da equipa».

Durante a Eusébio Cup os adeptos gritaram pelo seu nome: «Fiquei feliz com esses cânticos, é muito importante para mim. Mas os adeptos têm de apoiar é a equipa... o resto já ficou para trás. Estou pronto para voltar a trabalhar, quero ficar bem fisicamente e os adeptos têm que apoiar a equipa e quem está a jogar, todos os jogadores. Os avançados que estão a jogar têm muita qualidade, Rodrigo e Lima são muito bons jogadores e merecem estar na equipa». 

O avançado deixou uma mensagem à massa associativa: «Estou muito agradecido aos adeptos por estarem sempre comigo, é verdade que em alguns momentos tivemos algumas divergências mas são coisas que acontecem em todo o lado. Estou agradecido a todos. Estou bem, graças a Deus vou voltar a treinar-me e isso era o que mais queria... queria ficar bem, voltar a estar bem fisicamente para poder jogar a qualquer momento e graças a Deus é isso que vou fazer». 
In A Bola

31 comentários:

Laranja disse...

Baggio, achas que o Benfica com Cardozo frente ao Porto é mais fraco que o Benfica sem Cardozo? Se sim, porquê?

Roberto Baggio disse...

Laranja, acho, que tal como Cardozo, qualquer jogador vai ter permissão para desafiar o treinador conforme lhe apeteça.

Dentro de campo, logo se vê. Vai depender das alterações no modelo de Jesus este ano. E no estado de maturação do modelo de Fonseca.

Fred disse...

Eu acho é que a inserção de Cardozo no plantel é o anuncio do despedimento do Jesus para as primeiras jornadas.

Roberto Baggio disse...

Fred, também pensei nisso.

JS disse...

Baggio, de facto, o post fica um bocado pobre só com o título e declarações. Até porque este género de blogs são conhecidos pela perícia no jogo em si e pouco do que se passa nos bastidores.

Vês isto como um desafio a Jesus, mas não achas que o Cardozo parte muito atrás do que estava há 4 meses? Achas que qualquer sente-se à vontade para fazer a Jesus o mesmo? Isto é supondo que Cardozo saia a ganhar disto... e que não tem punição.

Os casos não são similares, mas Enzo Perez já fez um pedido de desculpa parecido (menos dramático dada a situação) e é um jogador importante hoje.

Posso estar enganado, mas parece-me que estás a opinar com pouco conhecimento e numa área em que não tenho garantias de perceberes tanto como de tácticas.

Miguel Martins disse...

Até se percebe a questão da desautorização do treinador, mas pq 6 pts? Tem a haver com os jogos com o FCP? Ou é só para exemplificar?
Em minha opinião o JJ esta com a sua liderança muito debilitada, por diversas razões: Os jogadores não gostam da forma como ele os trata, postura arrogante e de sabe tudo, enquanto ganha, os jogadores "levam" com ele na onda do sucesso desportivo, mas a partir do momento em que perde deixam de estar pré-dispostos psicologicamente para o "aturar"; quando estiver na liderança do campeonato com 3pts de avanço, vai ter o peso dos dois campeonatos perdidos em situação semelhante... vai ser só ouvir "bocas" do outro lado (ah e tal pq tb já tiveram 4 pts e 5 pts e no fim ganhamos nós); quando for jogar com o FCP os jogadores vão olhar para ele e pensar... vamos ver o que este inventa desta vez; o seu "sucesso" a criar jogadores para vender tem como efeito que os jogadores se tornem individualistas, passo a explicar, quando o sucesso não é uma vitória colectiva mas um negócio individual é normal que os jogadores tentem atingir o sucesso ou seja valorizarem-se para serem vendidos e não ganhar troféus colectivos; os próprios jogadores (e esta é a única razão que é mais opinião pessoal do que concreta) não devem ter grande confiança no modelo de jogo que apresentam pois não os levou ao sucesso anteriormente.

Roberto Baggio disse...

JS

"Baggio, de facto, o post fica um bocado pobre só com o título e declarações. Até porque este género de blogs são conhecidos pela perícia no jogo em si e pouco do que se passa nos bastidores."

Não sabia que o blogue já era conhecido e catalogado. Mas gostei do catálogo :)

"Vês isto como um desafio a Jesus, mas não achas que o Cardozo parte muito atrás do que estava há 4 meses? Achas que qualquer sente-se à vontade para fazer a Jesus o mesmo? Isto é supondo que Cardozo saia a ganhar disto... e que não tem punição."

1º Isto é mau para o Jesus, uma vez ele já ter declarado anteriormente (entrevista a Benfica TV) que o Cardozo não faria mais parte das opções dele.
2ºAcho que os grupos, são "liderados e educados" pelo exemplo. Ou seja, se um fez isso e a punição foram 1,2 meses sem treinar ou a treinar na equipa B, outros, que jogam menos e que tenham momentos destes, podem sentir-se confortáveis para faze-lo, sabendo á partida que o castigo será, por exemplo o referido. Que convenhamos, para quem joga menos não será nada de mais.
3ºUm qualquer jogador, que agrida um colega, staff técnico, director, roupeiro, tratador da relva, não pode fazer parte de uma equipa com a dimensão do Benfica. Seja ele o Ronaldo ou Messi, tem que sair.

São coisas que fragilizam a liderança do treinador, ninguém o olhará da mesma forma (que já estivesse lá no ano passado), depois disto.

Disse, que começa com 6 pontos de avanço, o Porto, porque isto no Porto, teria dado venda do jogador, na hora, porque lá se a equipa está sempre em primeiro lugar. A equipa (FCP) está acima de treinador, jogador, dirigente.

João Tudela disse...

Boa noite,

Temos que olhar com olhos de ver para isto. Não pode ser coincidência a entrevista e o pedido de desculpas ter acontecido logo agora. Nos últimos dias tivemos o problema dos canticos na Luz pelo Oscar após um falhanço do Lima. Dias depois o Fenerbahçe, maior interessado no Cardozo, compra o Emenike ao Spartak pelos 13 milhoes que tantas vezes ofereceu ao Benfica. De repente, o Benfica ve-se com um dos maiores assalariados encalhado, sem propostas formais, com 30 anos, encostado, sem treinar e portanto a desvalorizar dia após dia, a 20 e poucos dias de fechar o mercado. Então se olharmos para as notícias mais recentes em que dão o Mora como certo no River, sendo que os responsáveis argentinos referem que o Funes Mori está metido ao barulho, cada vez mais me convenço que a SAD e o clube continuam interessados em desfazer-se do Cardozo. Agora, ele não pode é ficar parado e como tal vai reintegrar os trabalhos da equipa, ganhando a forma física necessária para não afastar possíveis compradores, reticentes a pagar os 15 milhões que o Benfica pede: "Entao vamos pagar 15 milhoes por um gajo de 30 anos que não treina desde Maio?!".

Basicamente agora vamos ter o teatro do "está tudo bem entre Jesus e Cardozo". Depois o Cardozo não vai jogar logo porque "ainda está a recuperar a forma". E depois vamos esperar até dia 31. Se aparecer uma proposta que satisfaça toda a gente, o Cardozo sai. Caso contrário fica, para marcar golos como sempre, com todas as possíveis consequências que já se especularam por aqui. Tenho muito interesse em ouvir o que vão dizer agora o LFV e o JJ depois desta entrevista que, como todos conseguimos perceber, foi encomendada (pois o canal do clube não se ia sujeitar a por os microfones à frente do Cardozo sem saber a 100% o que ele ia dizer).

Roberto Baggio disse...

Tudela,

Curto e conciso.

Concordo com o que dizes. Mas acho que há ainda mais, como por exemplo o que o Fred disse. E sobretudo ao nível da desconfiança dos jogadores, sobre a capacidade do treinador fazer-se respeitar.

João Tudela disse...

Sim, também concordo. Precisavamos era de saber quem está com o Jesus e quem não está. E eu acredito que ele saberá isso, com quem consegue ou não lidar. Com os novos ( sérvios, cortez e companhia) é fácil, ele tem-nos na mão. Quanto aos outros vamos ver...

E nesse sentido acho que não é uma coincidência o que me contou um amigo que tem as suas "fontes" no Benfica (e isto vale o que vale, pode ser verdade ou um total disparate): Segundo o que ele me contou, o Cardozo nesse dia fez aquilo ao Jesus porque sabe que o JJ tem uma grande percentagem do passe do André Almeida (que jogou no lugar do Melga, amigo dele). E ao que parece, a conversa terá sido nesse sentido "tu pões o gajo porque tens o passe dele, em vez de pores o Melgarejo!". Já o André Almeida disse a outro amigo meu (e aqui sei que é verdade) que o Cardozo nesse dia refilou com ele, e que disse que era o Melga que devia de estar a jogar - isto na fente de toda a equipa.

Neste sentido, e voltando acima àquilo que disseram (quem está com o Jesus e quem não está), dá que pensar olhar para as notícias todos os dias e perceber que o Benfica quer correr com o Melga, grande amigo do Cardozo. Ora eu não acredito que o Jesus não consiga ver aquilo que todos conseguimos ver (que o Melga não sendo um super lateral, é bem melhor que o Cortez)

Eu sei que isto são só especulações... mas que dão que pensar, dão!

Luis Barroso disse...

Este e' um caso tipico em que as opinioes se dividem quanto a melhor forma de usar a disciplina e de impor a autoridade de um treinador e de uma estrutura a uma equipa de futebol e a um jogador que se portou mal. Acho dificil generalizar e por isso nao concordo que o Porto "começa com 6 pontos de avanço". O Porto começa com avanço, sim, mas por outras razões. A verdade é que (em termos de futebol) o Benfica é bem mais forte com Cardozo do que sem ele, e desde que o ambiente lá dentro nao esteja minado (espera-se que nao, para os benfiquistas) esta re-aproximaçao parece-me acertada e benéfica para os interesses do SLB.

Estou também convencido que o modelo do Jesus no Benfica e os jogadores novos que chegaram este ano merecem um ponta de lança com o nivel do Cardozo. Mas isso já pedia uma discussao mais longa...

hertz disse...

João Tutela, se o Cardozo fez mesmo isso ao A. Almeida nesse dia então é muito grave e a juntar ao que fez ao JJ, então parece-me que não tem condições para ficar. Fala-se muito da relação dele com o treinador mas os colegas também não devem ter achado muita piada ao verem o Cardozo fazer aquilo a um companheiro que ainda por cima é jovem e estava a dar os 1ºs passos na equipa. O M. Vitor na entrevista que deu há dias até deu mais ênfase ao que o Cardozo fez ao A. Almeida do que eu JJ, classificando isso das piores coisas que já viu no futebol. Talvez no balneário também haja quem pense assim.
Acho que o Benfica vai tentar vendê-lo na mesma e só em último caso ficará com ele no plantel.
Se a integração do Cardozo é uma forma da direcção "forçar" o despedimento do JJ então é mesmo um golpe muito baixo.

Roberto Baggio, também concordo que no Porto a situação até poderia estar resolvida mas lembro-me, por exemplo, de notícias que revelaram que o Rodriguez e o Moutinho andaram à porrada no treino e só o Rodriguez é que saiu...aí também falou o estatuto.

DC disse...

E não me parece que seja só o JJ a sair fragilizado.
A direcção andou com teimas, a dizer que só negociava pelos 15 ou 18 milhões e no fim ficou com o jogador porque pura e simplesmente não teve competência para o vender.
Aliás nota-se a tentativa incessante por parte desta direcção de "comprar notícias" em que o Salvio tem propostas de 30 mas só sai por 40, o Matic tem de 40 mas só sai por 50, etc...
Mas no fim, zero, ficam todos porque ninguém paga nada por eles.

Agora quanto ao JJ, a posição dele já não tinha ficado fragilizada com a questão do Ruben Amorim? Afinal, um jogador que o desautorizou à frente de toda a gente acabou por renovar.

DC disse...

Hertz, 2 jogadores andarem à pancada tem alguma comparação com o que ele fez ao treinador?
Mais grave já teve o benfica com o Katso e o Luisão e mesmo assim não se compara à gravidade do que fez o Cardozo.

Aliás, quantos milhares de jogadores já se pegaram em treinos?

Signori disse...

off topic

off topic
“My Chelsea 2004-06, wouldn’t win the Scudetto,” insisted Mourinho. “My Inter wouldn’t win the Premier League, my Chelsea wouldn’t win La Liga, my Real Madrid wouldn’t win the Premier League, my Real Madrid wouldn’t win the Scudetto.

“This is about football ­culture, the culture of the ­opponents and the different characteristics of every league.

“So, when people see a certain kind of football [in a different country] and think that kind of football can succeed in the ­Premier League they are wrong.”


José Mourinho

hertz disse...

DC, não me interpretes mal, eu não estava a comparar as situações até porque não têm comparação possível. O que eu queria dizer é que nesse caso 2 jogadores andaram à porrada: um saiu e o outro nem castigo teve e esse foi o que tem mais estatuto. No Porto, se acontecesse uma cena parecida com a do Cardozo, ele já teria sido vendido há muito.

DC disse...

SIm, eu compreendi-te. Mas aquilo foi mais o "encher do copo" do Cebolla do que propriamente a razão da saída dele.
Ele teve muitos casos de indisciplina, bem abafados pela direcção do Porto.
Por exemplo, eu soube que ele praticava kickboxing nos tempos livres e que recusou parar de praticar mesmo depois da direcção lhe pedir. Arriscava lesões todos os dias basicamente...

DC disse...

Signori, acho que essas declarações são a grande razão da quebra de qualidade do Mourinho.

Miguel Martins disse...

Concordo a 100% com o Mourinho... Os modelos de jogo dos adversários tem sempre alguma influência no nosso (por isso é que se analisa os adversários) embora sejam pequenas adaptações nao alterações substanciais. O nosso modelo tem de se adaptar ao contexto competitivo em que se manifesta... Essas são as razões de ele ganhar em qualquer lado.. Sabe adaptar-se mantendo sempre a linha orientadora.

Roberto Baggio disse...

"Sabe adaptar-se mantendo sempre a linha orientadora"

Por linha orientadora, referes-te aos princípios de jogo das equipas dele certo?
Ou de uma forma de entender e pensar o jogo?

DC disse...

Mas ele não manteve os princípios de jogo que tinha no Porto no Inter e no Real Madrid (mas principalmente no Inter).

Ronaldinho disse...

Signori,
Muito interessantes essas declarações do Mourinho, embora não concorde com elas...

Miguel Martins disse...

Boas.
Refiro me aos princípios mais gerais... Defesa zonal e respectivos subprincipios; forte reacção a perda e ao ganho de bola; privilégio pela posse de bola; sistema de base 433 (4231 do real é derivado do 433 com 2 médios defensivos) com um extremo mais interior. O que mudou radicalmente foi a abordagem aos esquemas tácticos defensivos... O real marcava individual (embora com zona no poste e na entrada da pequena área mas considero como individual).
Depois cada equipa tinha dinâmicas específicas fruto dos indivíduos que as compunham e dos contextos competitivos em que participaram... Isto para mim é o top da especificidade.

Roberto Baggio disse...

Hmmm percebo. Apesar de não concordar com o privilégio pela posse de bola. E a reacção era forte a perda para organização não para a pressão.
A reacção forte ao ganho também mudou muito, antes era segurança e depois passou a ser rápido.
Portanto, muitas mudanças. Manteve, de certeza a qualidade do trabalho, mas como alguém disse, quando a ideia à partida está condicionada, o resultado não será o melhor. O que não deixa de fazer dele um grande treinador, que trabalha muito bem, dentro das ideias que tem.

Miguel Martins disse...

Ainda a alguns dias o Ricardo Carvalho dizia que ele trabalha para ganhar... Não para outras coisas (objectivo atingido todos os anos). O real só não tinha mais posse que o adversário contra o barca (em que nem tentava ter) ou num ou noutro jogo específico. A reacção continua forte o principio (e subprincipios) que orienta as decisões do jogador que recupera e dos colegas e que são diferentes mas a reacção está lá.

Signori disse...

O jogo directo regressou! Oh yeah

Roberto Baggio disse...

Depende de que real estamos a falar. Este do último ano, simplesmente entregava a bola sempre.

DC disse...

E Miguel, nunca poderemos saber se o Real com os grandes médios que tinha, caso optasse por uma abordagem baseada na posse de bola e na pressão alta não seria campeão na mesma.

Acho que o Ancelotti este ano vai surpreender muita gente.

Rafael Antunes disse...

http://abola.pt/nnh/ver.aspx?id=420267

Ela tardou, mas chegou!!!!

6 pontos pode o Benfica começar à Frente....!! disse...

lol... parece-me um exagero e até alguma falta de visão estratégica!! dizer que o Benfica vai começar com 6 pontos atrás por ficar com Cardozo!!! o que me parece é que se ficar com Cardozo, e tiver uma conversa daquelas á Mourinho... meus amigos o Jorge Jesus pode ser campeão este ano!! se não o fizer, aí concordo que já vai com 6 pontos atrás!!! o Prof. Manuel Sérgio costuma dizer tem uma frase espectacular que a meu ver, devia de dizer ao Jorge Jesus... “Não devemos ouvir só as palavras que são ditas… devemos ouvir principalmente aquilo que não dito e o fundamento do que é dito…" no fundo o que Jorge Jesus tem que ver é muito para além do que aquilo que aconteceu... ver este caso como uma extraordinária oportunidade de construir uma verdadeira equipa (coisa que neste momento não tem), só com um simples gesto e "matar" o adversário já antes do campeonato começar!!! adorava ser o treinador do Benfica neste preciso momento, até podia ser ao contrário em vez de eles me pagar eu é que pagava, mas se eu tivesse razão tinha que ganhar o dobro do que ele ganha!!!!

Antonio disse...

Engraçado, por acaso tenho o mesmo pensamento... Ja comentei isso com amigos meus que dizem que sou louco... Mas acho que neste momento o Jesus esgotou os últimos créditos que tinha... Agora tem que dar paços certeiros e firmes... E o Cardozo é uma Super mais valia no jogo de Jesus... Se ganhasse e o Cardozo fosse o melhor marcador, ficava ETERNO na História... Se o dispensar, acho que só fica mesmo a perder...! mas ele é que sabe! viva o Sporting!