Posse de bola no Facebook

Translate

segunda-feira, agosto 26, 2013

Nolito só tem dois movimentos. Não, Nolito só sabe duas coisas. Jogar Bem


27 comentários:

Rafael Antunes disse...

O central nº4 faz nos dois golos o mesmo movimento de subida, e nos dois o defesa esquerdo acompanha os adversários... Passa-se ali qualquer coisa...:D

No golo do Nolito, a cobertura que ainda agora discutimos não existe... O central convida o Nolito a meter pra dentro e rematar...

Roberto Baggio disse...

Erro muito comum. Se bem aproveitado, dá muitos golos. Se fosse por fora, já não teriam metade do potencial, as jogadas, precisamente por ser mais fácil de defender.

Le Cock Grande disse...

«Se fosse por fora seria mais fácil de defender.» Não é bem assim. Nesta jogada do Nolito acredito que tenhas razão, mas por exemplo numa transição rápida, em que apanhas a defesa contrária em contra-pé acho que não faz tanto sentido parar e vir para dentro, deixando os defesas ficarem à tua frente. Podes facilmente ganhar a linha e cruzar para a finalização do teu avançado. Em suma, tanto uma ou outra decisão é boa, o que valida essa decisão é o momento.

Roberto Baggio disse...

Numa jogada de transição, indo pela linha, estás a retirar potencial da jogada. Por só teres uma solução. Vindo dentro estás a potenciar, por teres várias.
São muito raros os momentos em que ir para a linha é melhor que vir dentro, então em transição, raríssimos.

DC disse...

Nolito é um jogador com muita escola, toma quase sempre boas opções. Como portista, foi das dispensas que mais gostei do Benfica.

Quanto ao teu amigo Rosado, vai ser treinado pelo José Mota lol. Acho que vamos perder um talento definitivamente.

Roberto Baggio disse...

Dcy, sem dúvida que vamos. Não é a equipa certa para ele. Mas pode ser que tenha sorte e o homem goste dele.

Pedro disse...

Off topic: http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=423855

Choremos todos juntos...

Count Zaccone disse...

Apesar de gostares tanto do Nolito, e eu também gostava, penso que estas a colocá-lo com um hype um pouco grande em relação à sua qualidade. Não achas que a carreira dele poderá revelar algo? Ou já que é tão bom, todos os treinadores do mundo estão distraídos? É que apesar de eu gostar dele, acho que as suas características físicas e técnicas são bastante razoáveis.

Roberto Baggio disse...

Não, não acho que a carreira dele revele nada de especial.
Acho que os treinadores não estão a dormir, porque cada um deles tem a sua ideia de jogo e não é fácil ter um modelo onde Nolito encaixe como peixe na água.
Portanto, não me surpreende a carreira que tem feito.

Signori disse...

http://www.tvgolo.com/jogo-showfull-1377457532---41

3:00m
Líbero no barça?

Gonçalo Matos disse...

Eu vejo o Nolito como vejo actualmente o Licá. São jogadores exemplo porque frequentemente ilustram coisas que acho que são bem feitas e que quereria na minha equipa. O Nolito dificilmente será uma estrela do futebol mundial porque também lhe falta mais qualidade individual. assim como o Licá

Postiga disse...

Licá é muito mais mecânico que o Nolito. O Nolito pensa o jogo, o Licá quando com alguem que pense o jogo por ele é forte a definir mas nao é um jogador que descubra linhas de passe com a facilidade do Nolito. Depois há outras coisas, Nolito é temperamental, Licá não, Nolito remata melhor mas o Licá aparece mais facilmente na finalização... Entre os dois escolhia sempre Nolito apesar de não gostar de certas atitudes dele por serem repetitivas...

Le Cock Grande disse...

Não gostar do Nolito por ser "repetitivo" é quase criminoso! A verdade é que se resulta porquê mudar?

Le Cock Grande disse...

«Numa jogada de transição, indo pela linha, estás a retirar potencial da jogada. Por só teres uma solução. Vindo dentro estás a potenciar, por teres várias.
São muito raros os momentos em que ir para a linha é melhor que vir dentro, então em transição, raríssimos.»
Nem todos os cruzamentos têm de ser da linha. Ao ires para dentro estás a meter-te na boca do lobo, numa transição rápida, aka, contra-ataque. Normalmente numa equipa que joga em posse, dos habituais 4 defesas, os laterais são aqueles que deixam mais espaços, pois são usados no processo ofensivo. Se os teus extremos no contra-ataque não aproveitam esse espaço então são facilmente anulados pela dupla de centrais e até do médio defensivo. Não entendo essa alergia ao cruzamento e essa obsessão ao jogo interior.

Roberto Baggio disse...

"Nem todos os cruzamentos têm de ser da linha. Ao ires para dentro estás a meter-te na boca do lobo, numa transição rápida, aka, contra-ataque. Normalmente numa equipa que joga em posse, dos habituais 4 defesas, os laterais são aqueles que deixam mais espaços, pois são usados no processo ofensivo. Se os teus extremos no contra-ataque não aproveitam esse espaço então são facilmente anulados pela dupla de centrais e até do médio defensivo. Não entendo essa alergia ao cruzamento e essa obsessão ao jogo interior."

Queres um desenho?
Eu faço!

Se fores pela linha, tens duas opções: Jogada individual ou cruzamento.

Se fores por dentro tens quatro: Soltar num colega que esteja a entrar em profundidade, combinar com um colega que esteja no centro do terreno, jogada individual, remate. E nesta jogada de Nolito, em que ele faz a assistência, ainda há uma 5º opção: Cruzar...

Agora diz-me o que é meteres-te na boca do lobo!

Percebes o que significa multiplicar opções? Percebes o porquê de ser melhor teres mais opções?
Porque torna o lance mais imprevisível! Causa maior dificuldade ao defesa por isso!

Portanto, é mais fácil defender, quando vais para a linha, sim.

Le Cock Grande disse...

Mas tu és lerdo ou fazes-te?! Tu nem com desenhos vais lá! Estou a falar em situações de contra-ataque, nada tem a ver com esta situação do Nolito! Mas, tu afirmas que essa é a maneira de jogar. Eu estou a escrever que em contra-ataque tal não é viável. Tens 8 da tua equipa lá atrás e tu estás a dizer que tens 4 linhas de passe?! Mesmo que ataques com 4, 2 ou 3 dessas linhas são para o lado ou para trás. Ou seja, preferes quebrar o contra-ataque e não aproveitar a vantagem numérica momentânea! Isso é estúpido! Até porque vais-te meter na boca do lobo. Ou tu achas que essas linhas de passe são assim tão seguras quando a outra equipa está em transição defensiva?! Verticalizar, cruzar e finalizar é previsível? Sim é! Mas, mesmo assim será possível anular se aproveitar a vantagem do desposicionamento da equipa adversária? Claro que não! Aliás, só se os teus jogadores foram anedóticos, o que com essas ideias obsessivas não estarão longe disso.

«Soltar num colega que esteja a entrar em profundidade, combinar com um colega que esteja no centro do terreno, jogada individual, remate.»
Se estás em contra-ataque com 3 ou 4 jogadores teus, a bola está num dos teus extremos, e tem 2 (centrias) + 1 (pivot defensivo) jogadores adversários vais meter-te pelo centro?! O teu avançado se for esperto arrasta marcação, para o portador da bola ter ainda mais espaço. O teu extremo até pode tabelar com um dos colegas no corredor central, mas sem nunca abandonar a ala. Depois na altura de cruzar tem pelo menos 4 linhas de passe se tu treinares bem: uma para o primeiro poste, outra para o segundo poste, outra para o coração da área e outra para a entrada da grande área. Se isto for feito com velocidade, chegas a esse momento com apenas 2 ou 3 adversários, tens 4 linhas de passe, faz a matemática.

Se travas o contra-ataque, aparecem mais jogadores adversários. Lá se vai a vantagem. Get it?!

Roberto Baggio disse...

Não, o aqui quem não percebe nada disto és tu!

"Eu estou a escrever que em contra-ataque tal não é viável"

Erro fatal...

Em transição, a melhor opção é atacar por dentro!!!!!!!!

O extremo trás a bola para dentro, "sempre"!!!

Só em ocasiões muito excepcionais, o extremo deverá seguir pela lateral!!!!

Ir pela linha é a excepção!!!

Na situação que descreves, o melhor é vir dentro!!!




Roberto Baggio disse...

Sabes o que é uma transição? Vê este vídeo

http://videos.sapo.pt/manage/video.html?id=2396463

Para-o no segundo 58, e vê como se deve atacar, num contra ataque!!!!
É por dentro!!!!

Anónimo disse...

Pelos vistos o que lhe sobre em Cock falta-lhe em cérebro. Não se pode ter tudo.

Le Cock Grande disse...

Vamos jogar a um jogo chamado "Tu não percebes"? Então aqui quem não percebe és tu! Estás a defender uma cena como sendo a única forma, quando ela só tem lógica em determinadas situações. Não vou sequer perder mais tempo com pessoas cheias delas próprias. E para a próxima mete um video que se veja.

Le Cock Grande disse...

Cobarde, a outros falta-lhes tudo, inclusive coragem...

Roberto Baggio disse...

http://videos.sapo.pt/JEdsy5Mna3ATJmgWJjwQ

Segundo 58...

"Estás a defender uma cena como sendo a única forma, quando ela só tem lógica em determinadas situações."

Não estou! Estou a defender uma cena que se deve fazer na maior parte do tempo, e depois há excepções!!!!!
Nem sequer é um 70/30...
É mesmo um 95/5...

"Não vou sequer perder mais tempo com pessoas cheias delas próprias."

A única pessoa que perdeu tempo aqui fui eu, a tentar explicar coisas, aqui e noutros posts, que estão para lá do teu entendimento! O que sempre acabou por se revelar, no final de todos eles!
Culpa minha, claro, por não ter percebido mais cedo, que não deveria sequer responder!

Gonçalo Matos disse...

Enfim...

Sempre me ensinaram, quer no futsal quer no futebol que num contra ataque a bola deve ser conduzida pelo meio.

Edson Arantes do Nascimento disse...

Pois, Gonçalo... E agora vai lá explicar isso aos Le Cocks Sportif e outros que tais.

Eu praticamente deixei de jogar futsal com um pessoal por causa destas coisas. O jogo começava e logo dois ou três camaradas gritavam: "Cada um com o seu!" (Eu começava logo a entrar em parafuso.)

Mais tarde vinham as reclamações: "Tu não estás a marcar ninguém!". E eu respondia: "Pois não, não sou o super-homem para andar a correr, por todo o campo, atrás de um gajo durante uma hora."

Em situações de contra-ataque, cada vez que alguém temporizava, por exemplo, eram gritos e coisas do género "tu não percebes nada de futsal".

Cada vez que eu dizia, que tanto no futebol como no futsal o jogo faz-se no meio, logo vinham uma série de figurões dizer que não, que isso é impossível.

Sinceramente, desisti de jogar com eles. Acho que deveriam também desistir de dar cenouras a quem já é burro de barriga cheia. É só uma sugestão...

Roberto Baggio disse...

"Acho que deveriam também desistir de dar cenouras a quem já é burro de barriga cheia. É só uma sugestão..."

É uma óptima sugestão :)

Le Cock Grande disse...

Ó Matos, no futebol actual, onde achas que começam os contra-ataques? No centro do terreno? Onde praticamente todas as equipas têm 3 ou 4 jogadores naquela região? Ou será que não é nas faixas onde o espaço é criado pela subida dos laterais adversários? Onde é que achas que os avançados das equipas de contra-ataque se posicionam normalmente no início desses lances? Na ala ou entre os centrais? Ainda deves ser daqueles que pensa que a bola tem de passar sempre pelo 10 da equipa.

Ó Baggio, que autoridade tens tu para dizer o que quer que seja ou afirmar o quer que seja de outras pessoas. Sabes lá que formação e experiência eu tenho na área. Se tu aprendeste a treinar segundo uma receita e ficaste agarrada a ela, problema teu. É pena, pois tal como tu, muitos outros seguem a mesma cartilha, por isso que milhares de miúdos acabam por nunca atingir outro patamar e se perdem.

Ó Edson, já pensaste que se calhar o pessoal que tu jogavas era pessoal que tinha outro nível físico e tu não? Vai lá ver um jogo de futsal profissional e depois diz se há assim tantos compassos no contra-ataque.

Dá Deus nozes a quem não tem dentes!

Roberto Baggio disse...

LoooL