Posse de bola no Facebook

Translate

sexta-feira, julho 12, 2013

"Thiago é o único jogador que quero..."

«Sim, queremos contratá-lo. Falei com Rummenigge e Sammer mas não há novidades. Veremos o que acontece», afirmou o técnico, em conferência de imprensa, deixando elogios ao médio do Barça.
«Thiago é o único jogador que quero, foi o que lhes disse. É ele ou nenhum, Temos muitos jogadores mas precisamos da qualidade especial que o Thiago Alcântara traz. O clube vai decidir. Dei-lhes a minha opinião. Ninguém quer deixar o Barcelona a não ser que sinta que não jogarão muito. Ele quer jogar. É por isso que o propus ao clube»


Tinhámos aqui no blogue defendido que Thiago seria titular, de imediato, em todas às equipas do mundo, com excepção ao Barcelona.
Guardiola, vem confirmar aquilo que dissemos de Thiago. E se dúvidas havia, de que ele entraria em qualquer 11, aí está o treinador da "melhor" equipa europeia da actualidade a dizer caso ele vá para o Bayern, é para jogar!

Na caixinha de comentários do Futebol é Isto..., dei duas soluções para o Thiago poder encaixar em Munique, vamos ver o que Guardiola acha delas.




Notícia do jornal espanhol Marca

37 comentários:

Gonçalo Matos disse...

Thiago + Muller = Gonçalo Matos muito feliz

Eu nao sou muito fã do Bayern, como clube, mas estou em pulgas para os ver jogar!
Acho que o Kroos, o Gotze, o Alaba e o Muller se vão tornar nuns monstros. Com a mentalidade, capacidade física e qualidade individual que já têm, vão ser top5 mundial nas suas posições em 2/3 anos, caso o Guardiola se mantenha por lá

Ronaldinho disse...

Com o Thiago no plantel não é ele que necessita de ser encaixado, os outros é que precisam de arranjar lugar!

DC disse...

O Robben pode começar a fazer as malas. Vai ser Thiago, Gotze e Ribery atrás do avançado Muller.
A grande dúvida é quem vai ser o médio-defensivo, ou seja se o Javi joga lá ou a central.

Roberto Baggio disse...

Aposto com 90% de certeza que Javi vai abrir a candidatura à melhor central do ano

Ronaldinho disse...

Eu não tenho tanta certeza, eu tenho 50% de certeza vá!

KARLOS disse...

Boas Roberto

Vc sabia q ele tem sangue Brasileiro nas veias? e q jogou aqui no Flamengo? Pois é, ele nasceu na Itália se naturalizou espanhol, morou e jogou no Brasil e é filho de Mazinho (Jogador de muita técnica, nunca vi ninguém jogar na lateral direita e esquerda com a mesma desenvoltura q o Mazinho...) quando chegou ao Barça era um meia-esquerda Brasileiro, agora tá muito espanhol (muito toquinho de lado!) preferia o antigo mas... fazer o quê!!

Vcs gostam mais desse q tocam de ladinho... vide Oliver Torres!!

Abraço!

DC disse...

Então em quem apostam para pivot defensivo do Bayern? Schweinsteiger à frente da defesa?
Eu tenho um ligeiro pressentimento que o Emre Can vai ganhar um lugar de destaque no plantel...

Roberto Baggio disse...

KARLOS,
Boas,

Sim sabia, e sabia que era filho do Mazinho também. Já tinha comentado isso com o Ronaldinho várias vezes.

Quanto ao gosto, hmmmm, depende...
Por exemplo gostamos mais do Messi!!! hahahahha
Mas se tiver de escolher entre tocar de ladinho ou correr pá frente, prefiro, claro, o toque pó lado :)

DC,
Não conheço nada do Can...
Por isso, naturalmente aposto no Bastian para ocupar a posição. Se Javi não for central, sem qualquer tipo de dúvida que vai ser ele.

KARLOS disse...

kkkkk

Boas Roberto

O Messi é dos poucos q sabem mesclar isso, o toque de lado com o jogo vertical... e é isso q sinto falta nesses jogadores espanhóis...

Nessa Copa da Confederações a Espanha não encantou os brasileiros, estamos acostumados com "viradas" de jogo (quando a bola sai de uma lateral a outra), lançamentos, em certos momentos individualidades... mas eles tocam a bola sempre a 5m de distância, tem sempre a maior posse de bola e ganha de 1x0, 2x1... nada de goleadas... ninguém entendeu!!! esperavam ver um ZIDANE na Espanha e virão Busquet, Xavi...

O Iniesta era o único q eles queriam na nossa seleção, o resto não tinha vaga...

Abraço ;)

Anónimo disse...

Ahahah não diga isso... Olhe que as euforias descem rápido à terra... Olhe que o Brasil ganhou as duas anteriores, e a Espanha levou quatro da Argentina e de Portugal, e se estes últimos vocês superam, também se deve dizer que o Brasil não têm o Messi... ;)

Cumprimentos,
António Teixeira

Roberto Baggio disse...

Boas Karlos,

Eu não sinto isso, porque eles sabem ser verticais quando precisam. Não é o movimento mais forte deles, e não o fazem tão bem quanto outros pela falta de hábito. Mas também o sabem ser.

Pois, mas olha, do Onze inicial espanhol, Tinhas de ficar com o Iniesta e o Xavi ou Busquets e juntar isso ao Óscar. Depois tinhas de ficar com o Torres para juntar ao Óscar e ao Neymar.

Depois eu jogava também com o Dante no lugar do David Luiz. De resto, tudo certo :)

Anónimo disse...

Eu metia o Alba no lugar do Marcelo, mas jogava em duplo pivot ou com o Ramos a LD. O Piqué em forma entrava, mas neste momento preferia também o Thiago Silva e o Dante. Nos últimos 30 metros, depende de como queiras jogar..
Cumprimentos,
António TEixeira

PS: este Xavi não jogava comigo evidentemente.

Roberto Baggio disse...

O segundo Óscar é o Lucas

Roberto Baggio disse...

Pique e Ramos não poderiam jogar, comigo. Pelos mesmo motivos do David Luiz. Cometem muitos erros. E depois não gosto do duplo pivot, acho que tira fluidez ao jogo.
Abraço António

Anónimo disse...

Mas não dá para jogar sem duplo pivot com dois laterais como o alba e o alves.. Eu também não gosto, mas os problemas de transição defensiva desse modelos ficaram evidentes ainda esta época.. E associando a isso a baixa física e a falta de intensidade em todos os momentos do Xavi e do Andrés, não me parece que haja melhor solução (a não ser um lateral mais defensivo, daí Sergio Ramos). O Piqué sofre muito por causa das equipas. Já reparaste, voltando ao Barça, que a transição defensiva mete a nu as fragilidades do Piqué (1x1 e compensações no flanco em situações de transição da equipa adversária)? É que se passas pelo Buki, e o homem bem se desdobra em vinte, as deficiências dos restantes elementos da defesa (normalmente os dois centrais) são salientadas. É uma questão de como queres interpretar o jogo, e a verdade é que existem, a meu ver, certos jogadores que são válidos num modelo com determinados princípios, não o sendo noutro que seja divergente do primeiro, e o Piqué é um deles.

Cumprimentos,
António Teixeira

Gonçalo Matos disse...

Dani Alves, Martinez/ D Luiz, Thiago Silva, Alba

Busquets,Xavi,Oscar

Iniesta, Neymar, Mata


E atenção, jogaria com o Oscar de perfil com o Xavi, mesmo. Com a inteligencia que ele mostrou ter acho que se adaptaria sem problema.
Quanto ao Gr, estou inclinado para o Valdez, mas nao conheço o jogo de pés do J César

Anónimo disse...

Mas o problema dessa equipa, a meu ver, é que não vais ter consistência defensiva. Vai ser ainda pior que o Barça: não tens intensidade no meio campo, não tens jogadores bons na transição defensiva no ataque, e tens dois laterais que sobem muito e ao mesmo tempo. Logo, vais estar a defender com três em inúmeras situações


Cumprimentos,

António Teixeira

KARLOS disse...

kkkkk
Antonio
" Olhe que as euforias descem rápido à terra..."

Não, não disse isso pq o Brasil ganhou, e nem disse isso falando dos onze do FELIPÃO, disse isso em relação a quantidade de bons jogadores q temos e não foram convocados por ex:

Pato (Corinthians)
Willians,Fernandinho (ex Shakhtar)
Fernando, Alex Sandro, Danilo(Porto)
Felipe Coutinho (Liverpool)
Ramires (Chelsea)
...

Disse foi sério, só o Iniesta q queríamos pra nosso meio campo, com a ressalva q ele fosse menos burocrático... mas vertical!

Nossa!! nunca trocaria o Marcelo pelo Alba kkkk
O Fred pra mim não seria convocado, embora ache ele um grande finalizador, mas também não o trocaria pelo Torres!! não vejo vantagem no Torres.

O Xavi e Busquet pra mim só servem nesse contexto do Barça... fora dele são jogadores comuns, o Busquet então...

Abraço a todos
;)

Roberto Baggio disse...

Já que estamos numa de montar equipas :

Júlio César
Marcelo Dante Thiago Silva Daniel Alves
Willian Ramires Óscar
Neymar Lucas Hulk
Onze do Brasil, contando com os não convocados do Karlos

Valdez
Marcelo Javi Martinez Thiago Silva Daniel Alves
Busquets (para mim, o melhor mdef do mundo, atrás de Pirlo) Iniesta, Óscar
Neymar Lucas Torres



Anónimo disse...

Caro Karlos,

Como já disse, depende do modelo e dos princípios que quer utilizar. Como disse o Baggio, o Buki se não é o melhor na sua posição, anda lá perto, o que não quer dizer que sofra muito em determinados contextos (por exemplo, com o Barça do Pito). Agora nenhum jogador consegue cumprir o papel dele no contexto dele como ele. Não é jogador comum nenhum, um bom jogador é bom jogador em qualquer equipa, simplesmente pode ser melhor numas que noutras. Olhe, o Neymar no Barça também não traz grande benefício ao colectivo, e não deixa de ser um excelente jogador.

No caso de ter dito sobre isso, tem toda a razão, o Brasil tem individualidades fantásticas, na minha opinião.

Mas sobre o Andrés, isso não são burocracias, como lhe chama. Trata-se apenas de garantir a maior eficácia no momento de jogo e nos momentos que se lhe seguem (normalmente, organização ofensiva com transição defensiva), porque o Iniesta tanto é vertical como "horizontal". Depende das diversas variáveis que envolvem a tomada de decisão num determinado momento: o posicionamento da tua equipa e do adversário, o próprio desgaste, etc etc etc. Não pode pedir ao Iniesta que tente isolar o Alexis, a 60 metros da baliza, tendo o Alves, o Alba, o Pedro, o Messi e o próprio Alexis na linha da área, e depois o Cesc a dar um apoio frontal, porque isso vai levar a grandes facilidades na transição ofensiva do adversário. A bola serve, a meu ver, para três coisas essenciais: coordenar os tempos de jogo, desposicionar o adversário e posicionar a tua equipa. Claro que, tendo em vista uma grande eficácia no cumprimento destes três objectivos, a troca de bola será mais pausada, o que não significa, evidentemente, que isso seja mau. Aliás, compare o Barça do pito com o Barça do Pep, especialmente no jogo posicional no momento de organização ofensiva, e verá porque é que o Barça não foi campeão europeu.

Cumprimentos,
António Teixeira

Anónimo disse...

Sendo mais conservador:

Valdés,
Piqué, Thiago Silva, Alba, Ramos
Buki,
Oscar, Andrés (IE)
Neymar, Cesc, Podro

Duplo Pivot.

Valdés
Piqué, Thiago Silva, Alba, Alves
Buki, Gustavo,
Andrés
Neymar, Cesc, Podro

António Teixeira

KARLOS disse...

António Teixeira

Queria vê o Busquet na Inter, na Roma, Napoli... acho q passaria batido, seria jogador comum, ninguém iria prestar atenção nele! Mas no Barça nesse contexto, ele fundamental assim como o Xavi!1 Quem era o Xavi antes do Guardiola?! era um jogado comum...

Quando disse deixar de ser burocrático queria acaso dizer, seja o "CARA" seja decisivo, as vezes vc vê q sua equipa não está jogando bem daí vc chama o jogo pra vc, assim como fez:

ZIDANE,
MARADONA,RONALDO,
ROMÁRIO, BAGGIO (PQ NÃO), MESSI...

Ou seja tem q ser PROTAGONISTA!!, e não um cara q só joga se os outros estiverem jogando bem...assim vão ficar tocando bola até de manhã e não vão resolver!!

Abraço
;)

Roberto Baggio disse...

Mas isso é verdade para o Busquets, para o Iniesta, para o Xavi, para o Modric, para o Ozil, para o Cristiano Ronaldo, para o Ribery, Messi... Todos eles são muito melhores em contextos que os favoreçam. Todos eles não são ninguém em contexto que não favoreçam o jogo deles.

Messi, para mim, continuaria a ser o melhor do mundo num contexto que não o favoreça, mas isso é para mim que vejo o jogo de forma diferente. Já o escrevi, Xavi já jogava assim há muitos anos, a diferença é que Guardiola trouxe um futebol que fez exaltar todas as suas melhores qualidades.
Continuando com o Messi, ele era o melhor para mim, fora do contexto, mas nunca mais ia ganhar um prémio FIFA...
Acho que percebes bem onde quero chegar.
Portanto pedir a Iniesta para resolver problemas do colectivo, jogando mal, por vezes, é injusto.

Abraço

Roberto Baggio disse...

Portanto, Pirlo é o melhor, depois é Sérgio Busquets, de longe!
Abraço

Roberto Baggio disse...

O Gustavo não me diz grande coisa :p.
O resto mesmo não concordando, aceito :)

Anónimo disse...

Caro Karlos,

Mas é evidente que não ia ser nada de especial nessas equipas. Aliás, como já disse, o Neymar é um excelente jogador, e ao lado do Messi, no contexto errado, não vai sobressair.

Olha, e essas equipas italianas são razoavelmente fracas no futebol. Não percebi nunca a exaltação dessas equipas, porque o futebol é muito pobre. Fogo, o Messi nos distritais também não sobressaia, tomara, jogava num pelado e à primeira finta lesiona-se 5 meses.

Anónimo disse...

Preciso de um Gustavo no duplo pivot para manter uma grande capacidade de verticalizar porque há menos um apoio, e vai ter que verticalizar para o Cesc e para os alas mais vezes.

KARLOS disse...

Tá difícil!!

Eu quero dizer, q o modelo de jogo do Barça é único, e não precisa ser especial pra conseguir jogar nele ( o modelo é tão bom q se tirar um jogador do Barça e colocar uma cadeira no ataque, é provável q a cadeira brigue pela artilharia do espanhol), e mesmo não sendo um craque vc será supervalorizado por está nessa equipa... vide casos de Xavi, Busquet.

"Mas isso é verdade para o Busquets, para o Iniesta, para o Xavi, para o Modric, para o Ozil, para o Cristiano Ronaldo, para o Ribery, Messi..."

Na minha opinião tirando Xavi, Busquets e Modric (só assistir um jogo dele e não dá pra tecer cometário!) todos os outros q vc citou seria muito bem vistos nessas equipas q citei...

Antonio
A propósito, eu citei essas equipas aliatóriamente, e justamente por serem fracas, pq quando se assisti uma partida de uma equipa fraca quem é bom se sobressai, e eu não acho q com um time ruim eles iria se destacar!!

Por falar no Gustavo, não acho q seja grande coisa, mas também não acho q Busquet;p seja melhor q ele, aliás ele tá fudido pois no Munique tem o melhor volante em atividade, o alemão q não sei escrever o nome e estou com preguiça de pesquisar... (kkkkk)

PS.
Não quero mudar a opinião de vcs, só quero expressar a minha!! Se não puder paciência não volto mais, e me desculpeM!

Abraço
;)

Roberto Baggio disse...

Hahahah Karlos o objectivo do blogue é discutir é ter ideias plurais.
Desde que bem sustentadas. Tu tens a tua opinião, eu a minha e o António a dele. E estão todas aqui.
Esta é a riqueza do blogue, foi esse o nosso objectivo ao começar com este espaço.
És sempre bem vindo :)

Gonçalo Matos disse...

Só uma coisa, nao acho que seja tao linear que qualquer jogador jogue bem no modelo do Barça. Das ultimas contratações sao mais os que falharam que os que entraram no onze.

KAKA, o Brasil tem mesmo muito talento e vai ter sempre mais que os outros! Só precisam de arrumar esse talento todo num colectivo forte e serão campeões do mundo! Eu nao duvido disso, mas para que isso aconteça têm de trabalhar forte em alguns aspectos!

PP disse...

Olá pessoal,

Sinceramente, não estou a ver bem onde o Thiago Alcântara irá ser titular no meio-campo do Bayern.

É certo que o Guardiola está a transformar o 4-2-3-1 de Heynckes numa espécie de 4-3-3, ganhando com isso mais um lugar para o meio-campo.

No entanto, esse esquema até poderá privilegiar ainda mais um talento como o Toni Kroos.

Assim sendo e contando as canas para o trio titular do Bayern, vejo o Martinez a "6" (o "Busquets" do Bayern), o Schweinsteiger a "8" (o "Xavi" do Bayern) e o Kroos a "10" (o "Iniesta", o playmaker, do Bayern).

A verdade é que o Thiago pode muito bem fazer qualquer uma dessas posições, mas seria sempre uma quarta opção, a meu ver.

Por outro lado, o Guardiola está no direito de pensar que o Thiago é melhor que o Kroos, mas isso daria um bom debate.

Já agora, também não estou a ver bem como o Thiago poderá ser titularíssimo em Barcelona, pelos mesmos motivos. Contudo, acho mesmo que em Barcelona esta temporada poderá repartir a titularidade com o Xavi, que começa a entrar na sua curva descendente da carreira (não pela idade, mas porque acho que chegou a um ponto de saturação do seu futebol).

Onde acho que o Thiago poderia construir uma excelente carreira era num Manchester United. Aí, tenho poucas dúvidas que seria titular indiscutível.

Ou seja, na perspectiva do jogador colocam-se à sua frente três dilemas:

1 - Ficar no seu clube de sonho e ser aposta condicionada: o Barcelona.

2 - Ir atrás do treinador que o quer, mas com muita concorrência nesse clube: o Guardiola no Bayern.

3 - Ou ir para um clube gigante onde possa ser referência indiscutível: o Manchester United.

Estivessem na posição do Thiago para onde iriam?

Luis Santos disse...

Baggio, não preciso de escrever muito. Sabes bem o que penso do Thiago.

PP, ser treinado pelo Guardiola. Os treinos devem ser muito mais interessantes que os do Tito e os do Moyes. E o estilo de jogo também é o que prefiro. Barcelona tinha a vantagem de jogar ao lado de Messi e Iniesta.
E eu apostava na titularidade dele. Dizes que o Martinez vai ser o "6", mas pode jogar na defesa e Bastian no lugar dele com Kroos e Thiago à frente (depois Ribery, Muller e Gotze, por exemplo).

Já agora, quem acha que o Busquets não é dos melhores médios defensivos do Mundo só tem que fazer uma pesquisa no youtube pelo nome dele... Há muitos vídeos que mostram alta qualidade de passe e receção, posicionamento, controlo de bola,...

Cumprimentos!

Roberto Baggio disse...

Eu sou suspeito PP, porque adoro o Guardiola. Iria atrás dele, com a certeza absoluta que em dois anos, fazendo o maior número de jogos possíveis, mesmo com rotação (35/40> ou seja, pelo menos um por semana, seria candidato a melhor médio do mundo. Tem muito a aprender Thiago e com o modelo que Guardiola quer implementar, podia em curto prazo, crescer como nunca antes tinha feito.
E depois concordo com a questão dos treinos com Guardiola serem bem mais interessantes. O united de todas seria a minha última opção.
Abraço

PP disse...

Baggio,

Acho que o melhor para o Thiago é jogar e ganhar minutos.

Também fará muito bem para o Thiago experimentar um tipo de jogo bem mais físico, como é o futebol inglês, mais até do que o Alemão, pois na Alemanha a maioria das equipas joga num 4-2-3-1, sendo que o "10" acaba por ser mais um médio. Já em Inglaterra, irá jogar sobretudo em 4-4-2.

O Thiago sairá da sua zona de conforto, é um facto, mas só assim conseguirá escalar outro degrau na sua carreira. E, tenho a certeza que fará melhor jogador.

Ficando em Barcelona ou indo para o Bayern Munique, correrá o risco de futuramente ser ultrapassado pelo "the next best thing" que todas as temporadas aparecem.

Caberá neste momento ao Thiago dizer ao mundo que é ele quem merecerá esse título já na próxima temporada.

Depois, a ir para um United, não vai para um clube qualquer. Vai para um dos melhores e maiores clubes mundiais, de uma das melhores ligas do mundo.

Ir para o Bayern é muito tentador. Mas, poderá fazer com que se abra uma guerra no seio da equipa, o que poderá prejudicar o próprio Guardiola se não tiver cuidado e por fim, o que terá menos culpa, o Thiago.

Ficar em Barcelona, corre o risco de nunca ser devidamente valorizado...

Já agora, o David Moyes foi o tipo que mais rendimento tirou de um espanhol, de seu nome Arteta, transformando-o num belíssimo meio-campista.

O United para mim seria a primeira opção. A segunda seria o Bayern do Guardiola e a última, seria mesmo o Barcelona.

PP disse...

Soube agora mesmo que foi para o Bayern. Boa sorte! Vamos ver se não se perde...

Anónimo disse...

Karlos,

Eu respeito a sua opinião, simplesmente não concordo com ela. Um jogador bom não sobressai numa equipa má. Ou melhor, dependendo das características do jogador, é bem mais provável que não sobressaia.

Sobre o Buki, já disse o que tinha a dizer.

Sobre o Thiago, o ambiente em Barcelona é cada vez pior: são três ineptos que dirigem o clube; o rossel quer mudar o modelo desportivo do clube (basta ver que era responsável da nike no Brasil), e fazer de Barcelona um pequeno Santos ou algo do género; o futebol da equipa é horrível, e não vale a pena estar a enganar ninguém, a organização ofensiva é péssima, mas a transição defensiva é das piores coisas que há no futebol europeu.

Como já disse, não podes jogar com um médio centro e deixares os dois laterais subir como loucos, ainda para mais, se esse médio centro estiver com uma pubalgia desde Novembro. Mais, o Xavi, o Andrés, jogaram tantos jogos, e não têm capacidade física nem intensidade para jogar tantos jogos; a verticalidade cada vez maior do futebol do Barça, especialmente na organização ofensiva, não te permite uma boa transição defensiva. Se aliares a isso interiores com pouca intensidade, um médio centro que está lesionado, e um central que sofre cada vez que tem que ir à linha, então tens muitos problemas.

O Neymar vai trazer ainda mais problemas a esta equipa: vais tirar um dos dois extremos que pressionavam, e meter uma vedeta. Na organização ofensiva não podes jogar com Messi e Neymar, porque jogam nos mesmos espaços. Dá para ver, neste contexto, e especialmente quando existem 40milhoes de euros que ninguém sabe para onde foram, o aproveitamento pessoal da directiva do Barça.

Digo mais, o ano passado o Barça foi campeão, mas para mim, o Messi foi campeão. Sem o Messi, o Barcelona é uma equipa de terceira linha na europa.

Volta Laporta :(

António Teixeira

Anónimo disse...



Karlos,

Eu respeito a sua opinião, simplesmente não concordo com ela. Um jogador bom não sobressai numa equipa má. Ou melhor, dependendo das características do jogador, é bem mais provável que não sobressaia.

Sobre o Buki, já disse o que tinha a dizer.

Sobre o Thiago, o ambiente em Barcelona é cada vez pior: são três ineptos que dirigem o clube; o rossel quer mudar o modelo desportivo do clube (basta ver que era responsável da nike no Brasil), e fazer de Barcelona um pequeno Santos ou algo do género; o futebol da equipa é horrível, e não vale a pena estar a enganar ninguém, a organização ofensiva é péssima, mas a transição defensiva é das piores coisas que há no futebol europeu.

Como já disse, não podes jogar com um médio centro e deixares os dois laterais subir como loucos, ainda para mais, se esse médio centro estiver com uma pubalgia desde Novembro. Mais, o Xavi, o Andrés, jogaram tantos jogos, e não têm capacidade física nem intensidade para jogar tantos jogos; a verticalidade cada vez maior do futebol do Barça, especialmente na organização ofensiva, não te permite uma boa transição defensiva. Se aliares a isso interiores com pouca intensidade, um médio centro que está lesionado, e um central que sofre cada vez que tem que ir à linha, então tens muitos problemas.

O Neymar vai trazer ainda mais problemas a esta equipa: vais tirar um dos dois extremos que pressionavam, e meter uma vedeta. Na organização ofensiva não podes jogar com Messi e Neymar, porque jogam nos mesmos espaços. Dá para ver, neste contexto, e especialmente quando existem 40milhoes de euros que ninguém sabe para onde foram, o aproveitamento pessoal da directiva do Barça.

Digo mais, o ano passado o Barça foi campeão, mas para mim, o Messi foi campeão. Sem o Messi, o Barcelona é uma equipa de terceira linha na europa.

Volta Laporta :(

António Teixeira