Posse de bola no Facebook

Translate

sexta-feira, maio 11, 2012

Guardiola, melhor treinador da história?


Há uns dias atrás, li um artigo num blogue que classificava PeP como o MELHOR da história do jogo.

Se não tivesse começado a estudar MELHOR o jogo e sem esta aventura como treinador, provavelmente teria concordado com a análise que foi feita.

É um treinador com o qual me identifico devido à mentalidade de futebol ATACANTE e de POSSE de bola. Conseguiu aliar QUALIDADE de jogo como nunca vi e VITÓRIAS tanto em competições de regularidade como a eliminar . Conseguiu TRANSMITIR quase na PERFEIÇÃO a sua filosofia de jogo aos jogadores, fazendo com que esses o SEGUISSEM "até a morte". Em 4 anos como treinador, GANHOU 13 títulos e teve o reconhecimento massivo a nível mundial culminando com a entrega do prémio FIFA para MELHOR TREINADOR do MUNDO. Teve durante 3 anos (com a quarto ainda por terminar) pelo menos 2 jogadores no Top 3 mundial, com o pico a surgir com 3 jogadores da sua equipa a ocuparem o PÓDIO. E promove, tal como defendo, uma política "CANTERANA" sem medo de lançar jovens talentos para a equipa principal.

Contudo, Guardiola trouxe apenas uma "PEQUENA" INOVAÇÃO ao jogo. A sua REVOLUÇÃO permite elevar o jogo a outros patamares de exigência, mas não tiveram outras REVOLUÇÕES o mesmo efeito?

O modelo de jogo de Guardiola tem como princípio nuclear a POSSE DE BOLA e é esse o aspecto que ele traz como NOVIDADE. Não existiria já esse conceito? O de Guardiola não! Os seus jogadores adoram TANTO a bola QUANTO adoram fazer um golo. Sentem prazer em tê-la na sua POSSE e é para eles uma obsessão. E é esse o aspecto mais MARCANTE do seu modelo de jogo.

Ora vejamos: O Barcelona de Guardiola joga com uma DISTRIBUIÇÃO EQUILIBRADA dos jogadores em campo. Joga preferencialmente em ATAQUE ORGANIZADO. Tem como princípio de construção o SAIR A JOGAR. Joga de forma CURTA e APOIADA. Sustenta a sua defesa com ARMADILHAS DE FORA DE JOGO e defende EM LINHA e de forma ZONAL. Tem um princípio de PRESSÃO em transição defensiva. Em transição ofensiva privilegia a SEGURANÇA. COMPACTA na ZONA da bola e faz "CAMPO GRANDE" com os jogadores encostados às faixas laterais. A equipa BASCULA tanto ofensiva como defensivamente. VARIA muitas vezes o CORREDOR DE JOGO com intuito de desorganizar a defensiva adversária. Utiliza COMBINAÇÕES DIRECTAS e INDIRECTAS como forma de penetração. É uma equipa quase perfeita com domínio em quase todos os aspectos do jogo MODERNO.

Como se pode verificar, todas essas características da equipa de Guardiola não foram INVENTADAS por ele. Foram REVOLUÇÕES marcadas e também VINCADAS em equipas de outros treinadores. Outros treinadores também conseguiram TRANSMITIR um modelo de jogo DEFINIDO aos seus jogadores em que as suas características estavam bem evidentes aos olhos de todos. Outros treinadores também fizeram REVOLUÇÕES e GANHARAM muitas vezes. Também já vi equipas MODERNAS a jogarem 3-3-4 ou 3-4-3.

O que torna então o princípio proposto por Guardiola mais IMPORTANTE do que o PRESSING ZONAL? Ou do que a COMPACTAÇÃO? Ou que a DEFESA ZONAL? Ou do que QUALQUER outro princípio de jogo INVENTADO por outros treinadores?

Serão todos os que INVENTARAM esses princípios os MELHORES TREINADORES DA HISTÓRIA?

Apesar da afinidade que tenho pela obsessão de Guardiola pela bola, esse princípio é TÃO IMPORTANTE quanto todos os outros. Todos eles têm o mesmo FIM, são INTERDEPENDENTES e formam a BASE das estruturas MODERNAS de jogo.

A equipa de PeP não estaria tão perto da perfeição se não tivesse nela contida todas as outras REVOLUÇÕES que o jogo já teve.

Guardiola é, juntamente com Mourinho, o MELHOR treinador do mundo! Formou a melhor equipa que vi jogar! Ainda assim sei que a beleza está nos olhos de quem a vê!

Não existe algo como MELHOR TREINADOR DA HISTÓRIA.

Mais uma vez agradeço a Edição de Ana Silva e Célia Rodrigues :) beijinhos a vocês

Cumprimentos

Sem comentários: